logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 13 jul 2016 às 10:23
NBA aprova expansão de regras para reduzir hack

Medidas votadas não visam acabar com estratégia de faltas intencionais na próxima temporada

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

DeAndre Jordan

A NBA deu mais um passo para diminuir a incidência de faltas intencionais longe da bola na noite desta terça-feira. O comitê dos donos de franquias aprovou pequenas mudanças para expandir regras já existentes no combate à estratégia do hack, em reunião realizada em Las Vegas. As medidas visam redução no uso do artifício, que bateu recordes ao longo da última temporada.

A partir de outubro, a proibição de faltas intencionais fora da bola nos dois minutos derradeiros do último período e prorrogações será expandida para os dois minutos finais de todos os quartos. As infrações que aconteçam antes da bola ser colocada em jogo, além disso, passarão a ser punidas da mesma forma que aquela citadas anteriormente: um lance livre e a manutenção da posse de bola.

O vice-presidente de operações da NBA, Kiki VanDeWeghe, esclareceu que tudo foi pensado para limitar, mas não abolir a estratégia. “Observando dados e soluções em potencial para combater o aumento preocupante do hack, acreditamos que as medidas aprovadas são a abordagem mais sensata. Sua introdução visa diminuir o crescimento desse tipo de faltas sem eliminá-las completamente”, explicou.

Outra mudança aprovada nas regras é a marcação automática de faltas flagrantes em lances que representem força excessiva e ação perigosa ao cometer infrações intencionais, como saltar nas costas de um oponente para pará-lo. Anteriormente, tais faltas podiam ser analisadas e consideradas flagrantes de forma esporádica. Agora, elas são flagrantes automáticas.

O dono do Dallas Mavericks, Mark Cuban, foi um dos votantes que mostraram-se contrários às alterações. No entanto, múltiplos dirigentes, convidados e donos de equipes confirmaram que a NBA apresentou números alarmantes sobre o impacto negativo do hack na fluência e qualidade do jogo. Tais índices, notadamente, mudaram a opinião do próprio comissário da liga, Adam Silver, ao longo da temporada passada sobre o assunto.

  • Bruno Grotta

    Depois dessa notícia…

    • Bruno de Souza

      É inadmissível que um All Star não saiba cobrar um lance livre decentemente…

  • PISTELTICS

    Boa, agora só tem 40 minutos pra fazer!

  • Fabrica de Vassilo

    Ainda acho que deve ser não só por dois minutos mas o jogo todo.

  • Infelizmente necessário. Apesar de ser justo, o Hacking torna o jogo uma coisa insuportável de assistir.

  • Jefferson Cavalcanti

    Acho que quando a falta fosse fora da bola o time deveria ter a opção de cobrar os lances livres ou sair jogando da lateral.

    Um cara como DeAndré Jordan já é muito bem punido por não poder relar na bola durante o jogo por não saber cobrar um FT, esse Hack só o prejudica ainda mais além de beneficiar o infrator.

    • Burnie … Wtf??

      A tua ideia é boa, mas aí seria o fim definitivo do hack, pois perderia o sentido.. Gostei da decisão da liga, ainda mais q as organizações torcem o nariz pra mudanças muito radicais..

      • Jefferson Cavalcanti

        Pois é. mas seria bacana algumas mudanças radicas.

        Já pensou o fim do Tank? Sei lá, em 2026 os 14 times que não forem para playoffs terão a mesma chance de conseguir a primeira escolha, seria animal. nunca mais veriamos um time grande como o 76ers “destruindo-se”.

  • Bernardo Dalla Vecchia

    Concordo com as medidas tomadas pela NBA, mas uma coisa temos que concordar, os pivos deveriam tomar vergonha na cara e treinar lance livre porra ! Se o cara é bom de lance livre essa historia de hack a fulano acaba, alias não precisa ser bom, só precisa ser descente, mas como eles não treinam a NBA se ve obrigada a isso, infelizmente.

  • André Spurs

    Sou contra. D. Jordan e Drummond tem que criarem vergonha na cara e ir treinar lances livres, o Whiteside melhorou, eles e os outros também podem, mas é na base do esforço.

    • Michel Moral

      Cara, mas eles vão continuar sendo ruins. Isso não vai beneficiar aqueles que não sabem bater lance livre, pois não vai impedir que isso aconteça.

      A NBA simplesmente está coibindo, acertadamente, ao meu ver, a prática de faltas gratuitas sem lance de bola. Não faz sentido dar aval para a prática do hack.

      Enfim, essa é uma medida que não vai interferir nada no jogo. Quem é bom de lance livre e quem é ruim vai continuar sendo. Vc ainda pode se valer da falta, só que o jogador tem que estar com a bola nas mãos, caso contrário, “falta intencional”.

      Faz todo o sentido. O que não fazia sentido era ficar parando o jogo, por uma brecha que havia na regra, que diga-se de passagem nunca foi permitida para este fim.

  • JASPION DA MASSA

    um jogador da NBA acertar menos que 65 % é uma VERGONHAAAAAAAAAAAA

    • Marcelo Desoxi

      O Duncan, um gênio do basquete, terminou a carreira com 69%, então ele superou por pouco a ”vergonha” ?

      • MarceloBulls

        O que dizer do Shaq com apenas 52% então? kkk

        • Lucas Ricardo Vidori

          O cara tá falando exclusivamente dos Ft’s… Ou tu vais contrariar e dizer que o Shaq não era uma vergonha nos mesmos?

  • Guilherme Prates

    Ou seja, um pivô puramente físico e nada técnico, a partir de hoje, pode ganhar MVP! 🙂

  • David Silva

    Não mudou nada.Ainda teremos um festival de faltas intencionais acontecendo.Boa, NBA!

  • Não foi uma mudança muito significativa, mas entendo o porque do Cuban ser contra, o pivô do time dele é o Bogut (que é bom em FT’s) e não o D.Jordan haha…mas acho que tudo depende da repercussão que isso vai continuar trazendo, se continuar feio, eles vão tentar limitar novamente…

    • Lucas Ricardo Vidori

      Bogut bom de FT? Não tenho certeza disso…

    • Lucas Ricardo Vidori

      .558 a porcentagem do Bogut na carreira…

      • Putz! 55% só, o arremesso dele nem é tão ruim como o do Jordan foi o que eu quis dizer…

  • Kaio Borges

    Isso num vai reduzir em nada o hack, mano.Só tem 8 minutos a menos kkkkk

  • King Cuban

    Não vou ter que preocupar-me com o Hack no Andrew Bogut….

  • Thiago Pinto

    Eu acho que tem que proibir o jogo todo. Entendo o argumento que os caras tem que aprender a bater FTs, mas o jogo fica chato para quem assiste (e a NBA sobrevive de audiência, público…), além de ser totalmente anti-desportivo.

    • Jefferson Cavalcanti

      Beneficia o infrator, isso já está errado.

      Concordo com vc.

      Acho que os Pivôs que não sabem cobrar um FT já são muito bem punidos por não poderem relar na bola durante um ataque pq se não alguém já comete uma falta neles..

  • Bruno Hornets 🐝

    Pó NBA deixa os garoto hackear haha.
    Ver a cara de cu de uns Drummond/D. Jordan da vida ao meter aquele air Ball é impagável kkkkkjk

  • #OKCThunder

    Isso nem influencia o Thunder hehhe
    Bigodes brothers se viram bem hehehhe

  • Tiago

    Toda e qualquer medida que queira acabar com o Hack é babaquice. Se vc joga contra o LeBron vc não vai deixa-lo infiltrar e vai forçá-lo a chutar de longe e se vc joga contra o D Jordan vc não vai deixa-lo fazer pontos na área pintada e forçá-lo a chutar da linha de lance-livre, são estratégias que se usam para ganhar, seria o mesmo que fazer uma regra que proiba que os adversários explorem o ponto fraco do oponente!

    • David Ribeiro

      No geral concordaria com você Tiago, tomar medidas contra hack é prevalecer a falta de habilidade dos jogadores. Mas nesse caso, concordo com a NBA. Essa medida é boa porque só impede as faltas fora da bola, as toma como técnica, ou seja, não impede totalmente o hack e melhora o jogo.

    • David Silva

      Acontece que, se você força o LeBron a arremessar, ele ainda tem alternativas.Não é obrigado a arremessar.Com o hack, é totalmente diferente.Drummond e DJ poderiam melhorar seu % em FT?Claro.Mas ainda assim, é um ponto fraco deles, que é explorado de forma injusta.

      • Jefferson Cavalcanti

        Exatamente, se o Drummond pudesse passar a bola pro lado durante um FT (exemplo, nem quero que isso seja possível) ai sim a comparação do Tiago seria válida.

        • Tiago

          A comparação não foi das melhores , mas a intenção é mostrar que todos tem defeitos em seu jogo e a NBA não pode compactuar com eles, se eles existem são para serem explorados pelo adversário.

    • Tiago

      Como um espetáculo a NBA ganha com regras contra o Hack , como um jogo repleto de variações táticas e ajustes perde.

    • Cvrtlik

      Você não vai deixar ele infiltrar com marcação dupla? Aí ele passa a bola. E esqueceu que não pode ficar dormindo no garrafão?

  • Galvão – TANK CITY 🔥 #305

    Não vai ter tanto, mas ainda vai ter. Então é bom esse pessoal tomar vergonha na cara e treinar!

  • dueti

    Por mais que treine, a questão é melhorar a mecânica de arremesso, dificilmente esses big man vão conseguir ao longo do tempo, até pq no jogo arremessam pouco em vista de outros jogadores. Tem horas que no jogo fica chato demais por ficar quanto um período de tempo vendo essa cena e o jogo não flui.

    • Vinícius Maia

      Diga isso para os jogadores europeus. Veja se Marc Gasol ou até mesmo Mosgov sofrem como Hack e você já viu o tamanho das “crianças”?

      • dueti

        Todos os que falaram são europeus, cultura diferente na formação dos jogadores de basquete que é no EUA, por isso geralmente quem tem mais dificuldades no lance livre são os pivôs americanos.

        • Vinícius Maia

          Então que mudem a formação dos pivôs da NBA cara. Estão tentando justificar a incompetência dos jogadores em algo que é quase um fundamento básico do basquete.

          • Cvrtlik

            Jogador americano foi feito para ter força física. Ser um atleta, não ter técnica como um Sabonis por exemplo. Os europeus tem muita técnica e fundamentos e são pobres fisicamente. É questão de formação e cultura.

  • Rafael Victor

    Vagabundo ganhando os tubos de dinheiro, o minimo a fazer, seria treinar lances livres!

  • DirkMito

    Parabéns aos dirigentes da NBA por compactuar com a incompetência dos jogadores. Sensacional.

    • Lucas Ottoni

      Concordo totalmente.

  • Jefferson Cavalcanti

    A galera reclama da qualidade atual dos pivôs mas não veem que durante os últimos 15 anos as regras só mudaram para prejudica-los.

    Os 3 Seg de garrafão por exemplo.

    Essa regra atual que permite o Hack é uma vergonha, beneficia quem faz a falta, a regra não foi criada para punir quem a faz?

    Os Pivôs são incompetentes de não saberem bater um FT? é claro, mas quando ele vai pra linha ele é obrigado a chutar.

    Tony Allen não é obrigado a chutar de 3.
    Stephen Curry não é obrigado a enterrar.
    James Harden não é obrigado a defender etc…

    98% dos jogadores da liga possuem pontos fracos, por que os que não sabem bater lance livres são claramente os mais prejudicados?

    • JP13

      Comentário muito sensato. Concordo com tudo.

    • Vinícius Maia

      Enterrar não é fundamental para o basquete, arremessar de três não é fácil, defender também não é tão fácil, agora lance livre, é um jogada que em tese, foi criada para ser fácil. Você arremessa de frente para a cesta (posição mais fácil para se converter um arremesso dentro de quadra), numa distância relativamente curta, sem nenhuma marcação, com tempo suficiente para respirar e se concentrar. Comparar isso com arremessos de três e com defesa é um tanto quanto insensato visto o nível de dificuldade e um cara que não converte menos de 50% desses arremessos deveria sentir vergonha.

      • JP13

        Mais fácil pra quem? Isso é relativo, se tu é treinado para determinadas ações do jogo, não necessariamente vai desenvolver aptidão para outras.

        • Vinícius Maia

          Como eu disse, lance livre foi feito para ser fácil. Arremessar é um fundamento do basquete e o lance livre é um arremesso ausente de marcação, numa posição totalmente favorável, não muito distante da cesta no qual o jogador tem até 10 segundos pare respirar e se concentrar. Se o cara não consegue ser competente nisso, azar o dele, que vá treinar. Duvido que D12 não terá, pelo menos, 65% de aproveitamento nos lances livres se dedicar, pelo menos, meia hora do seu treino a isso.

          • Cvrtlik

            Achismo. Você quer dizer que todos os jogadores que arremessam mal não treinam?

          • Vinícius Maia

            Bom…eu joguei basquete por três anos na minha adolescência e “coincidentemente” todos os caras no clube em que eu treinei que eram bons arremessadores eram caras que treinavam muito arremesso. Eram caras que chegavam no clube uma hora antes do treino ou que ficavam uma hora após o treino apenas para treinar arremesso. Eu era preguiçoso para treinar arremesso, gostava de treinar controle de bola, mas nas poucas vezes em que eu me dediquei um pouco para treinar arremesso, eu evolui. Então, não estou falando com base em achismo. Além disso, na NBA também tem exemplos de caras que melhoraram seus arremessos com o passar do tempo. Tiago Splitter melhorou seu aproveitamento nos lances livres. Derrick Rose, antes do ano do MVP, não era grandes coisas arremessando de três e quando foi MVP, teve um aproveitamento razoável. Esses caras melhoraram num passe de mágica?

          • David Silva

            Treinar, os caras treinam.Isso não é exatamente uma prova, mas veja uma tabela com os aproveitamentos em treinos do Lakers de 2010, e perceba que o Dwight Howard tinha incríveis 82% de aproveitamento.E era um dos que mais treinavam.São outros fatores que determinam o quão bom você será nesses lances livres durante o jogo, tem muito da parte psicológica também.

          • LASH-Lakers

            Duncan tem 69%! Tu acha q ele não treinava? Tu acha q D12 vai ter um aproveitamento perto do de Duncan? Baseado em q tu diz q D12 não treina? … Vamos parar d achismo! Vc pode ate ta certo, mas vc não sabe o quanto ele treina, nem eu.

          • Yan Alves #Suns

            Verdade.. mano eu lembro que o Shaq ficava puto da vida com os hacks nele. Ele treinou pra caramba e mesmo assim o máximo que conseguiu foi uma temporada acima dos 60%, o resto da carreira toda ficou por volta de 55%.

          • David Silva

            Duvido muito que esses jogadores não treinem, ouvindo todos os tipos de críticas e tendo que sofrer com estratégias como o Hack.

            Isso não é exatamente uma prova de que o Howard treina FT’s, mas aqui está um quadro com resultados de treinos no Lakers, na época em que ele jogava por lá e curiosamente, tinha um aproveitamento excelente:

          • David Silva

            O % em FT’s melhorou muito desse ano pra cá? Não.

          • David Silva

            Duvido muito que esses jogadores não treinem, ouvindo todos os tipos de críticas e tendo que sofrer com estratégias como o Hack.

            Isso não é exatamente uma prova de que o Howard treina FT’s, mas aqui está um quadro com resultados de treinos no Lakers, na época em que ele jogava por lá e curiosamente, tinha um aproveitamento excelente:

          • David Silva

            Duvido muito que esses jogadores não treinem, ouvindo todos os tipos de críticas e tendo que sofrer com estratégias como o Hack.
            Isso não é exatamente uma prova de que o Howard treina FT’s, mas aqui está um quadro com resultados de treinos no Lakers, na época em que ele jogava por lá e curiosamente, tinha um aproveitamento excelente de 82%:

      • Jefferson Cavalcanti

        Independente da dificuldade do movimento o infrator nunca deveria ser beneficiado.

        Eu acho vergonhoso que um cara como Dwight Howard que sofre com isso há uma década não tenha aprendido a bater lance livre, não estou falando nem em dominar, se ele acertasse 65% já tava excelente, mas ele não consegue.

        Eu acho que ele que é severamente punido por não poder participar do ataque do time, pois a partir do momento que ele toca na bola ele sofre uma falta.

        Se o time tivesse a opçao de bater os FT ou sair pela lateral essa discussão acabaria e ainda outra regra seria consertada a de quando um time precisa de 3 pontos e sofre uma falta impedindo que o time tenha a oportunidade de arremessar.

        • Leitor do Bola Presa

          Concordo plenamente. Tu lê o bola presa?

        • Vinícius Maia

          Em que momento que o infrator é beneficiado cara? E se o cara não pode participar do ataque por não saber bater lance livre, a culpa é dele por não saber bater lance livre, coisa que é praticamente um fundamento do basquete e que, como eu disse anteriormente, deveria ser um lance fácil. Se for olhar por isso, vamos punir os times que forçam o Lebron a jogar longe da cesta porque ele não sabe arremessar de três. Vamos punir os times que conseguem impedir o Stephen Curry de arremessar de 3 pontos porque ele não é grande passador e não consegue fazer muitas infiltrações.

          • Matheus Oliveira

            Kkkkkk sem clubismo mas.. Curry infiltra bem demais. Demais mesmo, pra mim só fica atrás do Irving nisso. Muita habilidade
            Eu concordo com você. E também os caras no máximo podem melhorar porém não aperfeiçoar. Não tem como corrigir esse defeito dos pivôs é de fábrica.. Ao longo dos anos sempre foi assim e até hoje existe pessoas que diz não ao basquete moderno por causa deles.
            É facil mas homens grandes tem mais dificuldade é provado isso.

          • Vinícius Maia

            “homens grandes tem mais dificuldade é provado isso.” Diga isso a Dirk Nowitzki, Marc Gasol e Timofey Mosgov. Diga isso a também a Tiago Splitter que sofria com hack, começou a treinar e não teve mais problemas com isso. Não tem desculpas cara, se os caras treinarem, eles evoluem no quesito. Quanto ao Curry, sei que ele infiltra, mas não vejo isso como ponto forte nele e acho que tem armadores melhores no quesito além do Irving.

          • Leonardo

            Mano eles são europeus (e brasileiro) lá o fundamento é priorizado em relação à força, coisa que a NBA inverte. Não pode comparar kras europeus com americanos…

      • Cvrtlik

        O lance livre envolve muita técnica, enterrar não, é força física. Acho que não se pode beneficiar quem faz falta.

    • Thiago91

      Estamos falando de um simples lance livre. Não de enterrar…chutar de 3…defender, mas entendo sua posição.

  • Galvão – TANK CITY 🔥 #305

    Acho que arremessar uma bola parado e de frente pra cesta deve ser o primeiro contato de uma pessoa com o jogo de basquete, não importa a idade. Claro que uns tem mais dificuldades que outros, mas o cara que treina basquete a vida toda fazer menos de 50% é um absurdo.

  • JP13

    Analisem o índice de acerto de Big Mens na história da liga, simples. A maioria tem essa dificuldade, o que deve demonstrar ser uma questão de mecânica mesmo, lógico que existirão extra-classes que superarão isso, mas eles não podem ser levados como padrão, quando na verdade são a exceção.

    Se é um problema da maioria, muda-se a regra simples.

  • wesley

    achei melhor para parar de fazer falta nos piores no lance livre

  • Marcelo Desoxi

    Direi oque disse ali abaixo. O Duncan é de forma unânime considerado um gênio do basquete , faz o simples como ninguém jamais fez, e terminou a carreira com 69 porcento nos FT. O que esperar de um jogador como DJ ou Drummond que só enterra?.

  • Lucas Ottoni

    Quanto a tentar limitar o hack, sou totalmente contra. O cara é muuuuuuuuuuito bem pago pra ir lá e fazer o trabalho dele, que é acertar o lance livre. Medida contra o hack privilegia os ricaços incompetentes em fundamento BÁSICO do jogo. E não me venham com essa de que é pra preservar o produto NBA. Quer preservar a porra do produto NBA? Então acaba com as panelas, kceta! Isso prejudica muito mais a liga do que o hack!

    • Cvrtlik

      Pessoas tem habilidades diferentes, não são todos que conseguem fazer tudo bem. Alguns simplesmente não conseguem melhorar. Deixar como estava seria beneficiar a falta. E basquete visa o ataque.

      • André Gomes

        Basquete visa o ataque? basquete visa permitir os diferentes estilos de jogo digladiarem entre si dentro de quadra.
        Essa de basquete (ou futebol) visa o ataque é historinha.

    • Matheus Oliveira

      Cara, nba vai ficar vetando as decisões dos jogadores? Durant não foi obrigado a jogar lá foi porque quis. Panela com a mudança de um jogador só é novidade HEM kkkkkk

  • Thiago91

    Como vi em alguns comentários que a questão não é o treino, mas sim a mecânica dos arremessos…então que mudem o cacete da mecânica e treinem ainda mais. Duvido que esses caras treinam o quanto dizem, ou comentárias dizem. Não é possível que treinar todos os dias, umas duas horas a mais por dia (chutando um horário razoável), o cara não vai melhorar o lance livre. Postar vídeo de 40 segundos de alguma coisa ou foto é fácil.

  • Yan Alves #Suns

    Tem tantos meios pra ir contra o hack, até mesmo se considerassem falta fora do lance de bola, a equipe que recebeu escolhe quem bate o lance livre

  • Elber Sampaio

    Provavelmente pegaram as estatísticas e viram que acontece mt nos finais de cada quarto. So que isso nao resolve, agora os Hacks acontecerão mais cedo e ja deixarão o jogo mais feio logo de inicio se bobear. Melhor seria abolir e marcar qualquer falta fora da bola com FT + posse para os adversários de uma vez, independente de tempo de jogo.

    • Marcelo Desoxi

      Vai mudar quase nada.

    • THE BULLS23

      No inicio dos quartos as faltas não levam para lance livre. lembra?

  • João Vitor

    Legal, agora só restam 40 minutos para fazerem faltas intencionais

  • Gabriel S Monteiro

    Absurdo um cara que ganha 20 milhões ano, nao acertar a porra do lance livre, eu não concordo com essa medida.

  • #newsplashbrothers

    O jogo com o hack fica muito feio e chato, mas por outro lado os caras ganham milhões, não é possível que um esforço a mais no treino durante algum tempo, seja mudando a mecânica ou a melhorando não surta algum efeito razoável.
    As vezes eu penso que eles se acomodam por já estar na NBA, e não se esforçam o bastante para melhorar o arremesso.
    Mas também posso está enganado, vai que os caras treinam feito doidos e não conseguem melhorar, vai saber.

    • Gabriel S Monteiro

      Também acho isso, o jogo perde a dinâmica, porém e muito dinheiro pra nao aprender a bater lance livre, nao e possível que um cara desse como Deandre, Drummond, não tenha vergonha na cara e fique uma hora a mais treinando, acredito eu que mecânica de arremesso tem como ser moldada.

    • THE BULLS23

      Assino onde?

    • danielzera

      Tenho uma teoria a respeito disso…
      Quando eu fazia muito treino de musculação atrapalhava de mais meu arremesso, acredito que esses pivôs treinam tanto a parte física que tira um pouco da sensibilidade com a bola, acho que não adianta treinar chute após uma seção de musculação pq acaba mais deformando do que melhorando, como a NBA é um jogo que exige muito do condicionamento físico de seus atletas junto a quantidade excessiva de jogos e viagens deve ser difícil achar um tempo para treinar a mecânica de arremesso em uma situação ideal, assim eles prezam pelo treino físico e o chute fica de lado.

      Obs: Mesmo com os excelentes profissionais e técnicas de treino físico da NBA, nada tira da minha cabeça que o doping rola solto por lá e em todos esportes americanos (principalmente na NFL e no hockey).

      • #newsplashbrothers

        Pode ser, ou então os caras só nasceram grandes e fortes, e aí enveredaram pro mundo do basquete pelo porte físico sem ter nenhum talento, e nunca conseguirão a chegar a um arremesso no mínimo razoável, simplesmente pq é algo que vai além de suas habilidades.
        comparando ao futebol, será que um perna de pau consegue aprender a bater falta, mesmo com todo o treino do mundo ?

        • Cvrtlik

          Isso mesmo. Já vi muita gente treinar e não melhorar nada.

        • Diego Pereira Dos Santos

          A falta no futebol nao é equivalente ao lance livre e sim a um arremesso de tres pontos
          , o lance livre tem que ser comparado a um penalti, aí o perna de pau consegui sim!

        • Matheus Oliveira

          Consegue, tudo é treino repetição

          • Leonardo

            Mas há pessoas que não conseguem, por mais que treinam. Sempre vão existir jogares que arremessam mal, a NBA precisa entender isso!

  • Se o adversário arremessa mal, você foca na proteção de aro e dá espaço para ele arremessar de longe e tijolar, hack é a mesma coisa, uma estratégia que explora uma deficiência do oponente e não tem nada de errado nisso, é feio de se ver, mas não acho certo não poder explorar o ponto fraco de um oponente.

    • Jefferson Cavalcanti

      Mas ai o adversário pode não arremessar né? ele pode simplesmente passar pro lado ou forçar uma infiltração. No FT o cara é obrigado a chutar.

    • THE BULLS23

      De errado não. Tem de chato.

    • Cvrtlik

      VocÊ não pode ficar plantado no aro, esqueceu? Basquete defende o ataque não a defesa!

  • THE BULLS23

    GLORIA DEUS!!!!!! ALEULUAI SENHOR!!!!! DEUS SEJA LOUVADO!!!!!!!!!!

    Infelizmente por causa de uns babacas que não sabem perder, assistir jogo de basquete estava CHATO.

  • Pablo Leite

    Eu acho que o melhor seria investir na correção técnica de jogadores deficientes, não proteger a ineficiência.

    • Cvrtlik

      Mas no basquete você beneficia o taque não a falta. Acho justo.

  • Tony parker

    A NBA tá de sacanagem. Eles deveriam lembrar que o Basquete é um esporte, e não somente entretenimento. Deveriam proibir os jogadores que não sabem arremessar, de jogar os dois últimos minutos de cada quarto, pelo bem do público.

  • Diego Alexsander

    Isso vale para faltas intencionais no final do jogo, fora do hack?
    Tipo quando o time está nos segundos finais, perdendo e, aí, força a falta.

    • Wellington Godinho – Bulls

      Apenas faltas intencionais fora da jogada, ou seja, quando o jogador que recebe a falta não está com a bola nas mãos.

      • Diego Alexsander

        Obg pela resposta, Wellington. Se antes era lega, porque os times não faziam falta intencional em quem tivesse o pior arremesso livre mas sempre em quem tivesse com a posse?

  • LASH-Lakers

    Muito bom! Só pra lembrar, Duncan teve 69%, alguém acha q ele não treinava? …

    • Hennan Carvalho

      Com 69% ninguém vai fazer falta em você, dá 1,38 pontos por posse de bola. A parti de 50% já não vale.

      • LASH-Lakers

        Se não percebeu, eu falei de Tim Duncan…Não da pra exigir que D12,Drummond e etc, cheguem perto de Tim… E isso de 50% depende, pq obriga o outro time a só fazer 1 ponto no ataque, e não pode gastar o tempo, pois nem precisa ir no cara da bola. Fora que um cara q tem 50%, em momentos de pressão, isso pode piorar.

  • Matheus Oliveira

    Engraçado esse povo que usa argumento “ah mas ganham milhões e tal”. São os mesmos que reclamam das eras dos pivôs, jogo no post enfim
    Deviam saber que pivô não é um jogador tão técnico como os outros, desde os primórdios da NBA sabemos que um pivô tem mais dificuldade de bater Ft que um PG.. Isso diminui o tamanho deles na história? Não. LeBron e Duncan são lendas mas não são essas maravilhas não, é uma dificuldade que cada um tem (isso requer anos de treino não vai ser agora depois de velho formado que vai mudar)
    Só pra deixar claro, sou totalmente contra em qualquer hora do jogo. Nba deveria se preocupar também com essa história de 3 segundos de ataque e defesa além dessas faltas aí ter critério pra marcar. Hoje você tá assistindo jogo ouve apito ficar procurando o que tem de errado no lance

  • Renato Baldassari

    Ao invés de obrigar os caras a melhorarem os lances livres, eles preferem impedir de colocar esses mesmos jogadores na linha. Por que ninguém faz Hack num armador? Porque ele chuta bem. O pivô agora deve ser tratado de forma diferenciada?

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados