logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 1 ago 2016 às 13:32
Após aposentadoria na NBA, Amare Stoudemire jogará em Israel

Ex-ala-pivô e ídolo do Phoenix Suns acerta contrato de dois anos com o Hapoel Jerusalem

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Freitas

A aposentadoria do ala-pivô Amare Stoudemire durou pouco. O ídolo do Phoenix Suns anunciou ter resolvido dar sequência à carreira em Israel e assinou contrato pelas próximas duas temporadas com o Hapoel Jerusalem. O ex-atleta da NBA era um dos acionistas minoritários do clube e aceitou vender sua participação no time para poder defendê-lo dentro de quadra.

“Todos sabem do meu crescente interesse por Israel nos últimos seis ou sete anos. Hoje, um sonho torna-se realidade para mim. Eu estou ansioso para esse próximo capítulo em minha vida. Jogar em Jerusalem vai permitir que continue cuidando de minha carreira profissional e jornada espiritual ao mesmo tempo”, afirmou o astro, em entrevista coletiva.

Stoudemire tornou-se extremamente ligado a Israel após descobrir o que chamou de suas supostas “raízes judias”, a partir da religiosidade dos pais. Desde 2010, o experiente jogador realizou múltiplas viagens ao país com sua família na intenção de fortalecer a ligação com a cultura local e as crenças recém-adotadas. Adquirir ações do Hapoel fez parte desse “processo”.

Segundo o empresário do ala-pivô, Happy Walters, existiam propostas de times da NBA e atuar no basquete israelense foi opção do seu cliente. “Eu tive uma grande jornada na NBA. Joguei por 14 anos e tive uma carreira bem sucedida. Perseverei muito, mantive o foco. Minha determinação sempre esteve dentro de quadra, mas passou”, contou o atleta de 33 anos.

Entre seus feitos no basquete norte-americano, Stoudemire conquistou o prêmio de novato do ano da liga, foi convocado para cinco Jogos das Estrelas e eleito para um dos quintetos ideais de temporada em cinco oportunidades. O medalhista de bronze em Atenas-2004 acumulou médias de 18.9 pontos e 7.8 rebotes em 846 partidas disputadas na NBA.

 

  • Galvão 🔥 #305

    Assinou com Knicks pra terminar a carreira por lá, fez todo aquele discurso e vai jogar em Israel, mas é um bricalhão.

    Esse aí

  • Knickerbockers

    Fazer um pé de meia antes de encerrar a carreira é sempre bom. Esses jogadores em decadência na NBA vão para outras ligas e se tornam ídolos, devido ao nível das outras ligas.

  • Diego

    Ele é hebreu por parte de mãe sempre visita Israel , não tem nada de dinheiro . Inclusive ja quis jogar por Israel

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados