logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 7 ago 2016 às 21:10
Em jogo eletrizante, Croácia surpreende e bate Espanha

Dario Saric foi o herói croata após dar um toco em Pau Gasol no último segundo

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Lima

Croácia 72 x 70 Espanha

Dario Saric - toco no Gasol

Em um jogo dramático, decidido apenas na última posse de bola, a Croácia surpreendeu e venceu a Espanha por 72 a 70. O jovem Dario Saric, que vai defender o Philadelphia 76ers nesta temporada, saiu de quadra como herói após dar um toco no veterano Pau Gasol no último segundo.

A Espanha foi melhor na primeira metade de jogo. Na defesa, os armadores espanhóis botaram muita pressão na bola e nas linhas de passe. No ataque, o veterano Pau Gasol era procurado na maioria das posses e não decepcionou. O novo reforço do San Antonio Spurs acertou sete arremessos em dez tentativas e anotou 16 pontos no primeiro tempo.

Pela seleção croata, que carece de força ofensiva no garrafão, o ataque foi comandado pelo ala Bojan Bogdanovic. O jogador do Brooklyn Nets anotou 12 pontos e foi o cestinha da equipe na primeira metade da partida. O jovem Mario Hezonja, do Orlando Magic, acertou uma bola de três pontos no estouro do cronômetro, e a Espanha foi para o intervalo com uma vantagem de seis pontos: 38 a 32.

No terceiro quarto, a seleção espanhola voltou melhor com Sergio Rodríguez na armação e abriu uma vantagem de 14 pontos. No entanto, a Croácia aproveitou que Gasol foi para o banco e reagiu. Com o ala-pivô Dario Saric armando o jogo, a equipe croata fez nove pontos seguidos e a diferença no placar caiu para apenas cinco a menos de um minuto para o fim do período. Posteriormente, Nikola Mirotic acertou uma bola de três quase no estouro do cronômetro e deu um alívio aos espanhóis, que foram para o quarto final vencendo por 54 a 47.

No período derradeiro, a Croácia dobrou a marcação sobre Gasol e conseguiu a virada a seis minutos do fim após uma bola de três pontos do armador Roko Ukic e uma enterrada do ala Luka Babic. Na segunda metade do período, as seleções alternaram cestas de três pontos e a liderança no placar. A um minuto e meio do fim, o ala-armador Krunoslav Simon roubou a bola de Rodríguez e fez uma bandeja, deixando a Croácia novamente no comando do marcador.

A 17 segundos para o final, Simon converteu dois lances livres e a vantagem croata subiu para quatro pontos. Na sequência, Mirotic se aproveitou de um erro defensivo do adversário e acertou uma bola de três, dando mais drama à partida. Quando restavam 12 segundos, Saric acertou um dos dois lances livres cobrados e a vantagem da Croácia subiu para dois pontos. Na última posse de bola, a Espanha tinha a oportunidade levar o jogo para a prorrogação ou ganhar, caso convertesse uma bola de três pontos. Só que o jovem Saric protagonizou um toco incrível sobre Gasol e deu números finais à partida.

As duas seleções voltam à quadra nesta terça-feira (9). A Espanha enfrenta o Brasil, às 14h30 (horário de Brasília), em um jogo que já ganha ares de dramático, pois as duas seleções perderam na primeira rodada do grupo B. Já a Croácia pega a Argentina, às 22h30.

Croácia
Bojan Bogdanovic: 23 pontos e três bolas de três pontos convertidas; 36 minutos
Darko Planinic: 11 pontos e seis rebotes; 22 minutos
Krunoslav Simon: dez pontos, cinco rebotes e quatro assistências; 24 minutos
Dario Saric: cinco pontos, sete rebotes, cinco assistências, 1-7 nos arremessos de quadra e um toco que decidiu o jogo; 33 minutos

Espanha
Pau Gasol: 26 pontos, nove rebotes e três bolas de três pontos convertidas; 32 minutos
Nikola Mirotic: 19 pontos, seis rebotes e quatro bolas de três pontos convertidas; 30 minutos
Sergio Rodríguez: dez pontos e sete assistências; 27 minutos

  • Uncle Drew

    Os torcedores do Sixers vendo o Saric dando um TOCAÇO DECISIVO, em cima do Pau Gasol (no seu movimento mais forte, q é a jogada de Low-Post.).
    https://pbs.twimg.com/media/Bw0KZeEIMAE3S7G.jpg
    TRUST IN THE PROCESS.

    • Michel Moral

      Eu praticamente não torço, mas não escondo que se fosse para escolher, eu torceria para o Knicks e/ou Sixers, respectivamente, pois sempre gostei dessas duas franquias.

      Vendo os treinamentos do Embiid e acompanhando o rendimento do Saric pela seleção, dá para se empolgar.

      Claro que Ayon já foi eleito melhor jogador de competições internacionais e na NBA nunca passou de um Role Player, que sequer jogava.

      Se souber fazer negócio com as moedas de troca e der sorte (porque tem isso também), Phily vai voltar aos anos de glória.

      • Claudio R.

        Eu pegava o Saric e o Noel e trocaria no Chris Paul (já que ele tá no ultimo ano de contrato) por exemplo, jogador de perimetro o Sixers não tem, e trocava o Okafor pelo Crowder + smart , pronto Paul – Smart – Crowder – Simmons – Embiid. time fodastico pra ir aos offs.

        • Michel Moral

          Pelo lado do Sixers seria lindo.

          Agora, não tem a mínima chance de Clippers e C’s aceitarem negócios nesses moldes.

          CP3 deve sair no ano que vem, mas pelo que tenho acompanhado, o time de LA vai pagar para ver seus dois melhores jogadores na FA (Griffin e Paul). Pelas declarações de Doc Rivers existe convicção de renovação.

          E eu não sei se CP3 veria com bons olhos atuar agora pelo Sixers.

          Com relação ao C’s, Ainge vetou trocas por não querer mexer no seu perímetro. O GM fez cagada na noite do draft, quando deveria ter envolvido a pick 3 em algum negócio, mas preferiu selecionar o Brown. Claro que ele pode ser um bom jogador, mas em termos de negócio, foi mal feito. Acho que Boston só trará reforços de peso se abrir mão das picks futuras e um único jogador, como o Smart. Algo que não acho que haja muita disposição para fazê-lo.

          • Claudio R.

            Eu ate entendo a posição do Celtics, porque o time já é de playoffs e tem quimica, mas msm com a adição do Horford, não muda o patamar do time, o Okafor poderia fazer isso, mas entendo. Já o Clippers acho muito arriscado essa atitude, pois acho o Griffin muito volatio e o Paul quer ser campeão agora, e acho que tem chances sim dele sair… enfim, vamos ver.

  • É essa Espanha que vai ganhar dos EUA? Deus Saric Rules.

  • Russell Westbrook #OKCLoyalty

    isso só deixa mais clara uma coisa: prata e bronze estão em aberto

    • Michel Moral

      Fora o fator casa, nada me leva a crer que o Brasil vá conquistar medalha no basquete masculino.

      Existem muitas falhas por corrigir, mas o pior é que: tudo que o time tem de recurso está sendo usado, ou seja, é isso que estamos vendo mesmo.

    • TRUETHIAGO

      De fato, imprevisível de acertar, mas eu DUVIDO que fuja das Seleções Européias.

  • Burnie … Wtf??

    Cara..agora melou qq um desse grupo pode ficar em 4 e pegar os EUA no mata mata da próxima fase…

  • !

    Sem Marc Gasol , Ibaka , rubio fica complicado . Pelo lado da Croácia podiam ter levado o ZUBAC do lakao da massa , pelo menos pro banco

  • Rafael Victor

    Brasil vai ter que se superar pra vencer uma dessas duas Seleções! Se jogarem com o empenho do segundo tempo contra a Lituânia e desperdiçarem o menos possível de lance livres, acho que podem ter alguma chance de vitória, caso contrário…

  • Anderson Tomás

    Meu Deus que jogão!

    Os caras deixaram de fora Ante Tomic , D. Rudez , Oliver Laffayette, Dontaye Draper, Damir Markota etc., e continuam fortíssimos!!!

    Parabéns a Croácia e a Espanha!

  • JR

    Pau Gasol é um monstro no FIBA, aho que ninguém é tão dominante como ele. Mas a espanha mantém o mesmo problema: a dependência total do poste (Mirota ontem ainda respondeu), o ano passado deu para vencer o Europeu mas isso não funciona sempre e a competição nos olímpicos é maior. A seleção espanhola decaiu muito de qualidade do que era no final da última década e do início desta. Quanto à Croácia, é uma geração com potencial mas não me dá muita confiança na luta por medalhas, talvez em 2020

  • TRUETHIAGO

    É rapaz, nada mal pra uma Seleção que se classificou pras Olimpíadas “na cagada”, rs…

  • Douglas Mavericks

    Cara, acho que essa derrota da Espanha preocupante para o Brasil. A Espanha vai vir com sangue no olho pra ganhar. Alguma dessas duas seleções vai para a terceira rodada com 2 derrotas na conta. Caso o Brasil perca, vai enfrentar a Croácia com a corda no pescoço. Pode se complicar nessa…

  • Saric é o Ben Simmons sem grife.

    • Claudio R.

      eu trocaria o Saric, o Noel e o Okafor nessa offseason, pegava o Chris Paul (ofereceria Noel + Saric+ landry + first round pick) e trocaria o Okafor(pegava Crowder+Smart) e pronto.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados