logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 8 ago 2016 às 16:21
Austrália volta a surpreender e derrota Sérvia na abertura da segunda rodada

Liderado por trio da NBA, campeão da Oceania isola-se na liderança do grupo B

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

Sérvia e Austrália

(1-1) Sérvia 80 X 95 Austrália (2-0)

A Austrália voltou a aprontar na abertura da segunda rodada do torneio olímpico de basquete masculino. Liderado pelo trio Andrew Bogut, Matthew Dellavedova e Patty Mills, o campeão da Oceania soube tomar o controle da partida nos instantes finais e conseguiu uma improvável vitória sobre a Sérvia. O resultado coloca a equipe na liderança isolada do grupo B.

Depois de vencer a França na estreia, os australianos voltaram a fazer um início de jogo forte diante dos favoritos sérvios: com quatro cestas de longa distância e seis lances livres convertidos nos dez minutos inaugurais, os “azarões” já rapidamente assumiram o comando do marcador e saíram do primeiro quarto com vantagem de 26 a 23.

A diferença chegou a ficar em três posses de bola no período seguinte, quando a defesa australiana deixou o adversário quase cinco minutos sem fazer cestas. No entanto, graças ao pivô Miroslav Raduljica, a equipe sérvia conseguiu manter-se próxima no placar e “atacou” nos dois minutos finais: marcando 13 dos 16 pontos decisivos do quarto, os europeus foram para o intervalo vencendo por 43 a 40.

A Sérvia retornou dos vestiários tentando expandir sua vantagem recém-aberta e, com cestas do armador Milos Teodosic, o time chegou a ter três posses de frente. Dellavedova, porém, reagiu e anotou cinco pontos seguidos para reestabelecer o equilíbrio na partida – nos dez minutos posteriores, nenhuma equipe abriria mais do que duas cestas de dianteira sobre o oponente.

O emparelhamento foi quebrado a menos de cinco minutos do fim, quando Mills e o veterano David Andersen combinaram para dez pontos consecutivos e a defesa australiana permitiu somente quatro aos sérvios. Os favoritos até tentaram se recuperar, mas, com dois minutos no relógio, veio uma sequência de quatro cestas sem resposta – novamente, impulsionada por Mills – para dilatar o marcador e sacramentar a vitória da Austrália.

A Sérvia tenta recuperar-se e conquistar a segunda vitória no torneio na próxima quarta-feira, diante dos franceses. A Austrália busca manter sua invencibilidade com uma parada indigesta no mesmo dia: nada mais do que os EUA.

Destaques

Sérvia

Patty Mills: 26 pontos
Matthew Dellavedova: 23 pontos e 13 assistências
Aron Baynes: dez pontos e sete rebotes
Joe Ingles: dez pontos e cinco assistências
Andrew Bogut: nove pontos, 12 rebotes e seis assistências

Austrália

Miroslav Raduljica: 25 pontos
Milos Teodosic: 17 pontos
Bojan Bogdanovic: 12 pontos e oito rebotes

  • DirkMito

    Bogut. Que homem.

  • Anderson Tomás

    Austrália Globetrotters. Time do Eduardo Paes…

  • Iggy

    Ouro neles!

  • The Wild One

    Patty Mills subestimado!

  • Thiago91

    A lista de destaques está invertida.

    Dellavedova com duplo-duplo. Meus Deus, parem as maquinas!!!!

  • maia bucks

    Delly, um steal dos Bucks.
    #FEARTHEDEER

    • Claudio R.

      eu ia falar isso…. se trocar o Monroe pelo Rudy Gay por exemplo, pode ter um bom time pros offs.

      • Chimbinha

        Mais pivô pro Kings? Outro dia teve outro querendo uma troca pra mandar o Vucevic pro Kings também . Pelo jeito , pessoal não gosta do time de Sacramento mesmo

        • Claudio R.

          kkkkk… ah cara, já ate desisti dessa franquia… só fazem loucura, quero que alguma franquia tire o Demarcus Cousins de lá.

    • Vitor

      e você acha msm que ele vai ter esse tipo de atuação na nba ?

  • Burnie … Wtf??

    Acho a Sérvia mais time..mas Delly e Patty com sangue nos oinhinhos…

  • The Real Jay

    BOGUTTTT

  • Diego Alexsander

    Gente…

  • – Tiago

    Caralho quem diria que a Austrália iria ganhar a Sérvia KKKK Dellavedova ta jogando o fino

  • Claudio R.

    MVP ate agora do torneio: Matthew Dellavedova… ta voando o PG do Bucks… rapaz, que Steal do Jason Kidd

  • Rubem Figueira.

    Australia daqui uns tempos tera o Simmons

    • Claudio R.

      o Simmons, o Exum, tem bons jogadores ainda pra vir.

      • Sanliv

        Thon Maker joga pela Australia ou Sudão?

        • Voreno

          Provavelmente Austrália, senão não tem chance de ir pra uma olimpíada.

        • TRUETHIAGO

          A cidade que ele nasceu faz parte do Sudão do Sul agora, se tornaram independentes do Sudão em 2011 e se filiaram na FIBA em 2013. Porém, eles ainda não participaram de nenhuma competição oficial. Tudo indica que, se for jogar, será mesmo pela Seleção Australiana.

  • LP

    Austrália deve ficar em segundo, bom se o Brasil ficar em terceiro pq Delavedova não se cria pra cima do Raulzinho

  • Rafael Victor

    Brasil conseguindo se classificar, fugindo dos EUA, mesmo assim ainda deve pegar uma pedreira na próxima fase! Austrália tá voando, a Sérvia é excelente e França pode se recuperar e começar a jogar bem! Pra conseguir pelo menos disputar uma medalha(chegando na Semi, já garante a disputa) Brasil vai ter jogar muito!

  • Álvaro S.R.

    Como joga o Patty Mills! Time tá encaixado demais, jogando redondo.

  • Voreno

    Torço pra Austrália e Brasil se pegando nas quartas. Austrália fã jogando muito além do que realmente joga e isso é bom que aconteça agora.

  • TRUETHIAGO

    Como dito no texto, foi um jogo totalmente parelho, mas quando chegou na metade final do último quarto, no “clutch time” a Austrália praticamente não errou uma bola… Mills, Baynes, e até o Ingles, que estava apagado no jogo, apareceu para ajudar matar a partida. Dois resultados surpreendentes dos Boomers, encaminharam bem a 2ª colocação no grupo.

  • Thiago Pinto

    Apesar dessas vitórias eu ainda prefiro que o Brasil pegue a Australia nas quartas do que Servia ou França…apesar de achar que da pra fazer jogo duro com qualquer time humano nesses jogos.

  • Essa seleção australiana tá jogando um basquete de alto nível, coletivo, entrosado, Dellavedova tirando passes incríveis da cartola, Mills em ótima fase, e Bogutão arrebentando como ala de força, pena que não tenham um banco tão bom tirando Andersen e Broekhoff, a Sérvia deveria ter mantido mais o Bogdanovic no primeiro tempo, e os erros de arremesso no último quarto foram cruciais

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados