logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 10 ago 2016 às 16:33
França vira no fim e conquista sua segunda vitória diante da Sérvia

Apesar de discreto durante o jogo, Tony Parker fez a cesta da vitória para a França

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Pedro Nery
O astro do tênis Novak Djokovic esteve presente no ginásio

Sérvio, o astro do tênis Novak Djokovic esteve presente no ginásio

(1-2) Sérvia 75 x 76 França (2-1)

Em um duelo equilibrado, a França virou a partida no último minuto em cima da Sérvia e conquistou sua segunda vitória nos Jogos Olimpícos do Rio de Janeiro. Após um começo excelente por parte da equipe francesa, a seleção sérvia conseguiu virar o jogo e liderar o confronto até o último minuto de partida. Tony Parker que esteve tímido durante o jogo, fez o arremesso que deixou a França momentaneamente líder do grupo A (já que o EUA ainda não fizeram sua terceira partida).

Os franceses começaram a partida dominando a Sérvia nos dois lados da quadra, com Nicolas Batum e Nando de Colo como destaques. Restando pouco mais de cinco minutos para o fim do primeiro quarto, o placar apontava 20 a 6 . A partir daí, o time sérvio conseguiu cortar parte da diferença e o período terminou 26 a 17 para a França.

A Sérvia que já havia ameaçado uma recuperação no quarto anterior, aproveitou o bom aproveitamento nos arremessos de três pontos – principalmente do ala Bogdan Bogdanovic – para encostar no marcador. Os franceses reagiram, aumentando novamente a liderança, estagnando o jogo e pontuando em lances-livres. Os sérvios com um banco eficiente e com um jogo de transição rápido responderam ao adversário e reduziram a vantagem para apenas quatro pontos. As equipes foram para o intervalo com o placar mostrando 40 a 36 para a França.

A melhoria do jogo sérvio continuou na segunda metade de partida. Aos poucos a equipe liderada pelo pivô Miroslav Raduljica foi crescendo dentro de quadra e quando faltava pouco mais de um minuto para o fim do terceiro quarto, a bandeja do ala Marko Simonovic deixou a Sérvia na liderança pela primeira vez no confronto.

O último período foi marcado pelo equilíbrio e pelo placar apertado. De Colo e Joffrey Lauvergne não permitiam que a França ficasse muito distante da Sérvia. Embora nesta altura o jogo estivesse acirrado, a equipe sérvia sempre esteve na frente no marcador. Faltando pouco mais de um minuto para o fim de jogo, De Colo deixou a França apenas um ponto atrás.

O ataque seguinte da Sérvia foi um arremesso de três pontos errado do armador Milos Teodosic. Quando restava 31 segundos para o fim do jogo, Tony Parker, discreto em sua atuação com apenas seis pontos, converteu um arremesso e deixou a França na frente. A Sérvia ainda teve tempo de cometer um erro de ataque, recuperar a bola e tentar um tiro de três pontos com Bogdanovic para vencer a partida, mas o sérvio falhou e viu a França vencer seu segundo jogo na competição.

Sérvia

Miroslav Raduljica: 16 pontos, três rebotes
Milos Teodosic: dez pontos, nove assistências
Bogdan Bogdanovic: dez pontos, quatro rebotes, 3-4 tiros de 3 pontos
Marko Simonovic: nove pontos

França

Nando de Colo: 22 pontos, 6-10 tiros de quadra
Boris Diaw: 11 pontos, nove rebotes, nove assistências
Joffrey Lauvergne: 12 pontos
Nicolas Batum: 11 pontos, três assistências
Tony Parker: seis pontos

  • Diaw, Scola e Teodesic: A tríade de ouro do basquete FIBA.

  • Rodrigo SMC

    O último minuto do jogo foi muito bom.

  • Diaw beirou o TD hj, jogou demais, De Colo tbm estava muito bem, a Sérvia se precipitou um pouco nos ataques, foi afobada no último quarto, jogo muito igual, mas quem soube definir melhor levou a melhor…

  • Zack Batista

    Diaw quase faz um triplo-duplo, por pouco.

    Fazer TD na NBA é fácil, quero ver fazer no basquete FIBA..hahaha =D

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados