logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 15 ago 2016 às 10:41
Batum explica dificuldades dos EUA no Rio-2016: “Mundo do basquete evoluiu”

França foi segunda seleção a perder por apenas três pontos para norte-americanos nas Olimpíadas

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

Nicolas Batum France 1

A seleção norte-americana teve mais trabalho do que o imaginado na primeira fase das Olimpíadas do Rio de Janeiro. O time comandado pelo técnico Mike Krzyzewski venceu duas de suas cinco partidas no grupo A por uma diferença de somente três pontos, contra França e Sérvia. Enquanto muitos procuram os problemas dos EUA para explicar o momento, o francês Nicolas Batum acredita que o fortalecimento dos concorrentes deveria ser reconhecido.

“Eu sei que as pessoas comparam esse time norte-americano à equipe de Londres-2012, mas os adversários também melhoraram. O mundo do basquete evoluiu. A NBA nunca teve tantos representantes nos Jogos Olímpicos e todas as seleções já possuem alguém que jogue nos EUA. O mundo evoluiu nos últimos 20 anos e isso deve ser levado em conta”, explicou um dos líderes da seleção francesa, após a derrota para o Team USA por 100 a 97.

Diante do que viu no jogo deste domingo, Batum acredita que franceses e outras potências podem sonhar com uma vitória contra os norte-americanos mais para frente e, consequentemente, a medalha de ouro. “O torneio está totalmente em aberto. Nunca se sabe. Eles ainda são os favoritos, claro, mas há muitos times querendo provocar uma grande surpresa. Quer dizer, por que não?”, questionou o jogador do Charlotte Hornets.

  • Jacob

    Sempre baixo os jogos da NBA pelo davka, agora nas olimpiadas da pra baixar só os jogos do USAB… alguém conhece outro site onde posso baixar jogos dos outros times?

  • Russell Westbrook #OKCLoyalty

    poe umas aspas ai.Se Curry,Lebron,Harden,Westbrook e CP3 tivessem ido,o basquete americano fluiria tranquilamente nas Olimpiadas.

    • indian!

      Só quem faz falta e o LeBron, iria fazer todo time jogar 10X mais ele é um líder

      – O resto é mais do mesmo

      • Russell Westbrook #OKCLoyalty

        4 dos 5 melhores da ultima temporada não foram.USA teria algumas duplas entrosadas que fazem mt diferença,como Curry-Thompson,Westbrook-Durant…No caso do Lebron,o Irving provavelmente ficaria sem vaga,mas ele é o Lebron.CP3 está desde sempre na seleção e sabe organizar o time,Harden é o melhor de sua posição.Kawhi é um excelente defensor.
        A qualidadr no minimo dobraria.Não é mais do mesmo

      • Matheus Oliveira

        Imagina se Curry e Westbrook não fazem falta né
        Só são top 3 da Liga.

    • DamonHeat

      o EUA tá jogando praticamente com o time reserva rs
      curry,wesTO,lebron e cp3 seriam facilmente titular no time

  • Vinícius Maia

    Mencionei um dia desses aqui no jumper numa “conversa” com o Michel. Claro que se alguns caras como LeBron, Curry, CP3 e o Monocelha estivessem presentes, o time norte-americano estaria um pouco mais tranquilo, mas concordo com o Batum, o nível das outras seleções aumentou nos últimos anos e provavelmente, o verdadeiro Dream Team, aquele de Jordan e companhia, foi quem deu o ponta pé inicial por essa evolução gradativa no basquete internacional.

  • indian!

    PQP eu vi o Paul George e Cousins e não consegui pegar autógrafos deles, Que inferno

    • Russell Westbrook #OKCLoyalty

      Cousins ia te enfiar a porrada

  • Victor Chittolina

    O USA Team tá desfalcado, é fato. Se fizer um time com só os que não foram (Curry, CP3, Lillard e West; Harden e Beal; LeBron e Leonard; Griffin, Aldridge e Davis; Drummond), eu acho que seriam amplamente favoritos contra esses que estão no Rio.
    Ainda assim, são 12 atletas que seriam titulares em todas as seleções. É como tirar o Messi, Suarez e o Neymar do Barcelona e eles irem jogar contra o Flamengo. Estão desfalcados das principais estrelas? Sim. Podem perder o jogo? Sim. Mas ainda tem um plantel melhor e muito mais qualidade que o adversário.

    • João

      Essa analogia me mostrou bem como é diferente falar em time reserva em um clube e em uma seleção. O Barcelona teria problemas realmente sérios sem os seus três atacantes, acho até que eles nem tem tantos atacantes com experiência no banco de reservas, e com certeza nenhum deles é um jogador valioso. Ou seja, seria um time improvisado, bem mais fraco. Agora, se você fizesse um selecionado do Campeonato Espanhol de Futebol sem os jogadores que entraram pra seleção da temporada do último Espanholzão, seria uma ótima equipe.

      O que entra naquilo que todos sabemos: Os EUA podem perder pelas condições do jogo e do esporte, mas pelo material humano eles têm a obrigação de vencer.

  • André

    O que está atrapalhando os EUA por incrivel que pareça é o seu ”melhor” jogador , o Durant, ele está errando muuuito ,o time tem se adequar ,é cheio de estrelas, mas só quer fazer jogadas individuais, se o Durant jogar mais para o time, e deixar o Carmelo arremessar mais , os EUA vão ganhar mais fácil os jogos . Na minha opinião o que está quebrando os EUA, é o Durant e o Cousins que está devendo muito .

    • Matheus Oliveira

      Se deixar o Carmelo arremessar mais vão ter que trocar de Sexta. Carmelo exceto aquele jogo que estava calibrado não repetiu as atuações
      Concordo que KD tá forçando, mas ele é o melhor jogador do time. Tá chamando responsabilidade pelo menos

      • André

        Concordo , mas mesmo assim, o KD tá forçando demais ,errando muito …teve um jogo ai que acertou 3 arremessos de 18 se não me engano ..o time tem que trabalhar mais a bola, o Irving quando faz suas jogadas individuais tá jogando bem .

  • Matheus Oliveira

    O que me impressiona é que alguns caras que não é nem tanto conhecido se dão muito bem no basquete FIBA. Os europeus tem uma consciência tática fora do comum, muito mais aplicados que os Americanos.
    Estados Unidos está pecando por excesso de individualidade, falta de vontade… Praticamente quem recebe a bola arremessa sem nenhuma jogada trabalhada
    Só vejo o Cousins e o DJ com vontade nesse time, de resto, “joga pra cima se cair caiu”

  • Gustavo

    Não sei o que está acontecendo mais Durant, Thompson, Paul George e Cousins estão uma desgraça eram pra serem os principais jogadores do time, parecem que estão sendo obrigados a entrar em quadra, e só reparar na vontade do Jordan, Butler, Green , Lowry e DeRozan jogando, Barnes poderia ganhar alguns minutos também pelo menos uns 3 ou 4 sacanagem deixar o cara no banco e outros andando em quadra

  • Burnie … Wtf??

    Fecho com o Batum… Apesar da seleção americana estar devendo um pouco, acho que tem que se dar mais crédito à evolução dos jogadores internacionais e ao conjunto que os times europeus e latino-americanos conseguem jogando e treinando juntos há mais tempo, além de estarem mais acostumados às regras da Fiba (que implicam algumas diferenças)..

  • Marcelo Desoxi

    Você tá devendo um pouquinho nessas olimpíadas em Batum, você agora é um jogador de 24M filho.

  • Pablo Leite

    E se você pensar bem, os USA vieram sem James, Curry, Leonard, Aldridge, Griffin, Paul…então, os USA com o time B são favoritos disparados, com o A, praticamente imbatíveis.

  • Leonard

    Na minha humilde opinião: o que mais vem fazendo falta para esse time dos EUA é a ausência de um armador puro. Nas duas últimas olimpíadas tivemos Jason Kidd e Chris Paul, e esse ano simplesmente temos Kyrie e Lowry. Ambos são jogadores sensacionais entretanto nenhum deles é um armador à moda antiga, algo que todas as equipes possuem ao menos no banco e no basquete FIBA faz muita falta. Mas ainda assim a concentração de talento existente no time americano consegue suprir essa falta.

  • Marcelo

    Eu não concordo com o Batum… Os times internacionais já estiveram melhores.
    O time B dos EUA é melhor que os outros times, mas não é um time que encaixa bem, os jogadores não combinam e o jogo não fluí e na defesa o time dos EUA tá jogando mal também, o que é surpreendente, mas nem tanto assim porque o time realmente levou alguns jogadores que não são bons na defesa.
    Eu acho que se os EUA viesse jogando desse jeito em outras edições das Olimpíadas já tava com derrotas na conta.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados