logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 21 ago 2016 às 21:20
Emocionado, Carmelo Anthony anuncia aposentadoria da seleção dos EUA

Ala encerra carreira internacional como único jogador de basquete da história com três ouros olímpicos

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

Carmelo Anthony ouro

O único jogador tricampeão olímpico da história do basquete masculino não tentará a quarta medalha de ouro em Tóquio-2020. Após conseguir o feito inédito na tarde deste domingo, o craque Carmelo Anthony anunciou que está se aposentando da seleção norte-americana no Rio de Janeiro. O ponto final em sua carreira de mais de uma década com o time nacional foi confirmado em uma emocionada entrevista após a vitória sobre a Sérvia.

“Esse é um momento especial para mim. Acaba aqui para mim. Eu me comprometi com essa seleção em 2004, vi o pior e o melhor que podíamos alcançar, e estamos aqui agora, três medalhas de ouro depois. Eu estou empolgado pelos novos atletas que poderão experimentar algo assim e gostaria de agradecer a chance de ter sido um dos líderes não só de uma equipe, mas de um país”, disse o ala do New York Knicks, contendo as lágrimas.

Carmelo era o atleta mais experiente do elenco dos EUA e um dos dois únicos com experiência olímpica, ao lado de Kevin Durant. A idade, vivência e rodagem com a seleção fizeram com que ele assumisse um papel de liderança dentro do grupo ao longo da competição. Mas, para o treinador e fã Mike Krzyzewski, chamar o agora dono de três medalhas de ouro apenas de “líder” não é capaz de representar seu impacto no time campeão no Rio.

“Pedimos comprometimento aos atletas e, embora todos estejam comprometidos, tentamos mostrar que há um nível ainda mais profundo de altruísmo a aprender. Carmelo é o exemplo perfeito desse nível. Ele tem sido sensacional de se treinar, alguém que aceitou diferentes funções e o mais brilhante jogador de grupo que treinei. Ele foi um grande jogador, líder e muito mais”, exaltou o “Coach K”, que também despediu-se da seleção nas Olimpíadas.

A participação no Rio-2016 também foi além da relação com atletas e dos jogos para o ala. Ele tornou-se o principal porta-voz entre os jogadores profissionais norte-americanos na tentativa de atenuar o clima de crescente tensão racial que domina os EUA em tempos recentes e, com a medalha de ouro no peito, pôde reforçar seu discurso de igualdade, união e pelo fim da violência armada no país em um âmbito global.

“Apesar de tudo que está acontecendo, nós temos que ficar unidos. Eu estou feliz por ter aceito esse desafio, pois representar o nosso país no maior palco possível é o mais importante. Acredito que os EUA voltarão a ser grandes. Ainda temos muito trabalho, mas é preciso dar um passo de cada vez. Estou feliz e agradecido por ter representado meu país da forma como fiz hoje”, finalizou Carmelo, acreditando em uma vitória norte-americana fora das quatro linhas também.

  • DamonHeat

    grande carmelo.
    sinceramente eu torço para ele ganhar pelo menos um anel antes de se aposentar

    • King Cuban

      Não vai ganhar nada esse….

    • Vinícius Maia

      Apesar de ser torcedor do Cavs, também torço por um anel do Melo. Acho que ele merece. Nos tempos de Denver ele era muito estrela e egoísta em quadra, mas ele parece ter mudado bastante depois que foi para o Knicks

    • Victor Chittolina

      Tem três jogadores que eu gostaria de ver com um anel: CP3, Westbrook e Melo, nessa ordem.
      Até a temporada passada, queria que o Durant ganhasse, agora torço contra. hahaha

    • Tiago

      Acho que a torcida para o Melo ser campeão é grande, mas ele dificilmente disputará ao menos uma final de NBA enquanto estiver na mesma conferência que LeBron.
      ps:estou tb na torcida,muito chato ver grandes jogadores serem rotulados por não possuírem um anel da NBA

  • Kleber

    Melo é o maior jogador da história da seleção americana. Parabéns pelos títulos olímpicos.

    • Diego Alexsander

      Tá de zueira, Kleber… Só pelos 3 títulos?

      • tigre

        Não é nenhum absurdo pensar dessa forma.Por analogia, imagine que você ache que Messi é o maior jogador argentina da história, mas por outra ponta o maior jogador da história da seleção argentina foi inegavelmente Maradona, por tudo que ele fez pela seleção.Carmelo Anthony com certeza não foi o melhor jogador a jogar pela seleção americana, mas em termos objetivos como maior campeão e pontuador olímpico pode ser considerado o maior jogador da história da seleção americana, é uma questão de ponto de vista.

        • Diego Alexsander

          Sob esse ponto de vista, podemos dizer que Iman Shumpert é maior jogador do que foi Charles Barkley.

          • tigre

            Nossa cara, que péssima interpretação de texto!Você não entendeu nada do que foi escrito.Aparentemente você tentou responder com sarcasmo, me desculpe se não foi o caso, mas na verdade você esteve muito longe de alcançar o raciocínio, foi quase um “airball”.Essa sua conclusão absurda passa muito longe do que foi dito e da razoabilidade. .Eu ainda dei o exemplo da Maradona com Messi pra facilitar o entendimento.Não se trata do jogador x, ser maior que o jogador y por ter ganho o título z que o outro não ganhou, em nenhum momento isso foi dito ou sequer insinuado.Se trata do jogador que fez mais história com determinada camisa em relação a todos outros que vestiram a mesma camisa.Carmelo foi o maior campeão olímpico da história do basquete masculino e maior pontuador da história da seleção americana, e por isso poderia ser considerado o maior jogador da seleção americana.Como eu disse é uma questão de ponto de vista, é só uma forma de pensar, pois se pode considerar Jordan ou mesmo Durant( jogadores superiores a Carmelo, Jordan evidentemente, e Durant na minha opinião), maiores que ele na seleção americana, pelo destaque nas duas Olimpíadas que ganharam, ou mesmo vários(muitos e muitos, incontáveis) outros jogadores só por terem sido melhores que ele não tem nenhum problema.Agora é impossível utilizando esse raciocinar chegar a conclusão que “shumpert é maior que Barkley”.Eu ainda dei o exemplo da Maradona com Messi pra facilitar o entendimento.Agora eu vou te dar um exemplo que você não vai ter como não entender o raciocínio:Romário foi melhor que Roberto Dinamite, incontestavelmente para provavelmente toda a torcida do Vasco e pra toda universalidade.Romário foi o melhor jogador a vestir a camisa do Vasco.Agora, o jogador considerado maior jogador da história do Vasco, por toda sua história com a camisa cruzmaltina, é de forma inegável e universal o Dinamite, inclusive o próprio Romário, que todos sabem ter humildade zero,reconhece isso.Espero ter lhe ajudado, abraço.

          • Diego Alexsander

            Não é questão de boa ou má interpretação de texto, Tigre. É uma questão de concordar ou não com determinada linha de raciocínio. Eu já havia entendido sua linha de raciocínio, mas agredeço seu tempo em esse novo esclarecimento. Mas, reconheço, na pressa, usei um exemplo infeliz. Mas esclareço: Seu comentário, à luz da lógica, seu comentário é sem detalhe, contudo, eu não concordo com ele porque esportes, geralmente, transcende a lógica. Se o seu comentário se trata do jogador que fez mais história com determinada camisa em relação a todos outros que vestiram a mesma camisa, correto? Só que ganhar títulos não necessariamente significa fazer história, ou melhor, não é porque jogador A ganhou mais títulos que jogador B que jogador A é maior que jogador B ou que jogador A fez mais história, entende? Por exemplo, soa absurdo dizer que Bob Harison fez mais história que Elgin Baylor, só porque aquele ganhou 3 títulos e esse nenhum. Mesmo time: Minneapolis. Carmelo ganhou 3 títulos e não foi protagonista em nenhum deles. Trazendo para o futebol, como vc fez, seria o mesmo que dizer que Cafú foi maior jogador que Zico, em termos de seleção. Por fim peço desculpas se dei a entender que fui irônico ou sarcástico, não foi minha intenção. Seu ponto de vista é bom, eu só não concordo com ele.

          • Diego Alexsander

            Não é questão de boa ou má interpretação de texto, Tigre. É uma questão de concordar ou não com determinada linha de raciocínio. Eu já havia entendido sua linha de raciocínio, mas agredeço seu tempo em esse novo esclarecimento. Mas, reconheço, na pressa, usei um exemplo infeliz. Mas esclareço: Seu comentário, à luz da lógica, é sem detalhe. Contudo, eu não concordo com ele porque esportes, geralmente, transcende a lógica. O seu comentário se trata do jogador que fez mais história com determinada camisa em relação a todos outros que vestiram a mesma camisa, correto? Só que ganhar títulos não necessariamente significa fazer história, ou melhor, não é porque jogador A ganhou mais títulos que jogador B que jogador A é maior que jogador B ou que jogador A fez mais história, entende? Por exemplo, soa absurdo dizer que Bob Harison fez mais história que Elgin Baylor, só porque aquele ganhou 3 títulos e esse nenhum. Mesmo time: Minneapolis. Carmelo ganhou 3 títulos e não foi protagonista em nenhum deles. Trazendo para o futebol, como vc fez, seria o mesmo que dizer que Cafú foi maior jogador que Zico, em termos de seleção. Por fim peço desculpas se dei a entender que fui irônico ou sarcástico, não foi minha intenção. Seu ponto de vista é bom, eu só não concordo com ele.
            Não é questão de boa ou má interpretação de texto, Tigre. É uma questão de concordar ou não com determinada linha de raciocínio. Eu já havia entendido sua linha de raciocínio, mas agredeço seu tempo em esse novo esclarecimento. Mas, reconheço, na pressa, usei um exemplo infeliz. Mas esclareço: Seu comentário, à luz da lógica, seu comentário é sem detalhe, contudo, eu não concordo com ele porque esportes, geralmente, transcende a lógica. Se o seu comentário se trata do jogador que fez mais história com determinada camisa em relação a todos outros que vestiram a mesma camisa, correto? Só que ganhar títulos não necessariamente significa fazer história, ou melhor, não é porque jogador A ganhou mais títulos que jogador B que jogador A é maior que jogador B ou que jogador A fez mais história, entende? Por exemplo, soa absurdo dizer que Bob Harison fez mais história que Elgin Baylor, só porque aquele ganhou 3 títulos e esse nenhum. Mesmo time: Minneapolis. Carmelo ganhou 3 títulos e não foi protagonista em nenhum deles. Trazendo para o futebol, como vc fez, seria o mesmo que dizer que Cafú foi maior jogador que Zico, em termos de seleção. Por fim peço desculpas se dei a entender que fui irônico ou sarcástico, não foi minha intenção. Seu ponto de vista é bom, eu só não concordo com ele.

          • Diego Alexsander

            Não é questão de boa ou má interpretação de texto, Tigre. É uma questão de concordar ou não com determinada linha de raciocínio. Eu já havia entendido sua linha de raciocínio, mas agredeço seu tempo em esse novo esclarecimento. Mas, reconheço, na pressa, usei um exemplo infeliz. Mas esclareço: Seu comentário, à luz da lógica, é sem detalhe. Contudo, eu não concordo com ele porque esportes, geralmente, transcende a lógica. O seu comentário se trata do jogador que fez mais história com determinada camisa em relação a todos outros que vestiram a mesma camisa, correto? Só que ganhar títulos não necessariamente significa fazer história, ou melhor, não é porque jogador A ganhou mais títulos que jogador B que jogador A é maior que jogador B ou que jogador A fez mais história, entende? Por exemplo, soa absurdo dizer que Bob Harison fez mais história que Elgin Baylor, só porque aquele ganhou 3 títulos e esse nenhum. Mesmo time: Minneapolis. Carmelo ganhou 3 títulos e não foi protagonista em nenhum deles. Trazendo para o futebol, como vc fez, seria o mesmo que dizer que Cafú foi maior jogador que Zico, em termos de seleção. Por fim peço desculpas se dei a entender que fui irônico ou sarcástico, não foi minha intenção. Seu ponto de vista é bom, eu só não concordo com ele.

  • Sid Payne- Dança muito

    GOAT

  • Marcelo Desoxi

    Monstro!

  • wesley

    grande jogador espero que ele ganhe o anel da nba

    • Felipe Monteiro

      Porra, mas ai ele precisa vazar de NY urgentemente!!!

  • Diego Alexsander

    Anel que é bom, nada. PREGO!

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados