logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 8 set 2016 às 14:29
Técnico do Celtics lamenta saída de Evan Turner: “Lacuna difícil de preencher”

Brad Stevens exalta papel do ala-armador e vê problemas para encontrar substituto na rotação

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

O Boston Celtics foi uma das equipes mais elogiadas pelo trabalho realizado nesta offseason, especialmente pela chegada do astro Al Horford. Mas nem tudo foram vitórias para a direção de Massachussets no mercado. Um dos principais reservas da temporada passada, o ala-armador Evan Turner resolveu sair da equipe para assinar com o Portland Trail Blazers – e deixou uma dor de cabeça para o técnico Brad Stevens.

“Será uma lacuna difícil de preencher. Evan foi um grande jogador para nós e fazia jogadas importantes no fim de jogos. Ele nem sempre tinha bons aproveitamentos nos arremessos, mas sempre surgia quando o relógio estava para zerar. Convertia lances livres em momentos derradeiros e marcava até três posições. O tempo vai dizer o que faremos”, admitiu o treinador, que sempre defendeu a manutenção do agora ex-comandado.

Stevens ainda não tem sequer uma ideia de quem será o substituto de Turner na rotação e todos os candidatos à vaga – que vão do jovem R.J. Hunter ao recém-contratado veterano Gerald Green – devem iniciar a pré-temporada em condição de igualdade. “Nós temos vários jogadores que podem aproveitar a oportunidade para suprir essa necessidade. No entanto, no momento, essa ainda é uma lacuna importante”, encerrou.

  • Sander Santos Baptista

    Depois de séculos eu voltei rsrs

    Gosto muito do Turner, mas vejo a garotada dando conta do recado.

    • Pedro Cortez

      Eu tb, mas o contrato dele foi surreal

      • Sander Santos Baptista

        Não valia a pena pagar o contrato que ele ganhou.

    • Lucas Antunes

      De fato os meninos têm evoluído bem e serão bem usados pelo Stevens, mas a saída desse cara tende a fazer mta falta vindo do banco. Ótimo scorer e, de certa forma, era um dos mais experientes do elenco. Espero que o jaylen, Green, smart, rozier e até olynik possam fazer bem esse papel

      • Sander Santos Baptista

        Acredito e torço em uma evolução do Rozier e do Hunter.

  • Galvão 🔥 #305

    Quando Thomas ia pro banco, Turner fazia um excelente trabalho com a bola nas mãos. Mas acho que o Rozier tá pronto para fazer essa função.

  • Fabrica de Vassilo

    Gostava dele também, mas pagar um absurdo por ele não dá, mesmo que seja importante. Ele não fazia parte do futuro da equipe mesmo, então acho bom a saída pra dar espaço pro rozier que agora parece mais maduro e pronto pra assumir a função dele.

  • Alex Alves

    Até uns 10, 11 pila compensava segurar ele mas por 17 milhões é complicado iria comprometer muito o cap da equipe.

  • Rdrigo Cruz

    Fará falta, mas acho que é um consenso entre todos, que o salário foi meio exorbitante…

    Rozier vai ter q chamar a responsa… mas tenho a leve impressão que o Smart osciliará na
    reserva do bradley e thomas… fazendo a função de armador na segunda unidade…

  • Oberdan Gonzalez

    Botando na balança o salário absurdo e que agora temos o Brown, o Green e o Rozier 2016, acho que saímos ganhando muito. É só o tempo de arrumar as peças.
    Ps – Eu gosto dos dois jogadores, mas tenho dúvidas sobre o Hunter e o Young.

  • Pablo Leite

    O Boston acumula anos de drafts. Veteranos saem. E até hoje ainda não ficou muito claro onde a franquia quer chegar. Até o Lakers, apesar de equívocos na FA, parece que vai chegar a algum lugar com Ingram, Randle e Russell. E os Celtics, parecem que estão aguardando, aguardando e…

    • Jean Brazuna

      Então amigo discordo, o Boston está a dois anos no draft, e nesses dois anos apenas em um não foi aos playoffs, conseguiram um all star, isaiah thomas, adicionaram outro para essa temporada, al horford, tem um jogador do primeiro time de defesa nba, bradley, tem um ala que pode entrar nos futuros times defesa da nba que é o crowder, a base é nova, e ainda tem duas first picks provavelmente altas do nets, nas duas próximas temporadas, além de ter ainda uma base com smart o rozier e agora o jaylen brown, recém draftado que é bem promissora, se isso não lhe diz aonde o celtics vai, realmente ai é complicado.

      • Pablo Leite

        Então, entendo seu argumento. São todos bons jogadores, mas, pelo menos por enquanto, não vejo esses jogadores aumentando tanto assim o poder de Boston a ponto de machucar os Cavaliers, e talvez nem os Raptors. Todos bons jogadores, mas nada de extraordinário, exceto a defesa. Tanto que dentre todos esses, o jogador que mais ajuda a elevar o status do time é Horford, que também não é a última bolacha do pacote. Todos falam do draft do ano que vem, se for o que todos dizem e o Boston acertar em cheio, ok, vai ser demais, o Boston será bem mais forte, mas olhando para tudo o que acumularam e o que prometia, esparava o renascimento do Boston como uma potência da NBA para esse ano. Mas acredito que Wolves e até o Lakers pelo que conseguiram até o momento estão mais perto que os verdes.

        • Jean Brazuna

          Então meu caro jogar com o futuro é sempre complicado, creio q vc esta fala do isso em relação a lakers e wolves em relação a desempenhos individuais, mas nenhum desses teve a responsabilidade de levar a franquia além, e não vejo em um espaço de no mínimo dois anos lakers voltando nem a playoffs, e wolves talvez consiga antes, mas longe de incomodar as grandes potências, enquanto o celtics, não faz a reconstrução apenas pensando no futuro via draft, mas também em aquisições vide que dos titulares, todos foram adquiridos e só o Bradley é formado no celtics, temos um dos melhores se não o melhor GM, em questão de trades e negócios, e um ótimo jovem técnico que já implementou sua filosofia de trabalho, da para dizer que as outras equipes twm isso tanto quanto celtics?? Duvido muito.

          • Pablo Leite

            Mas justamente por tudo isso que você disse eu esperava mais. O Boston joga numa conferência pouco competitiva. Se fosse no Oeste, talvez não tivesse ido a Playoffs em nenhum ano, ou ia se agarrar a borda com a ponta dos dedos.

          • Jean Brazuna

            Sim mas ainda sim, estaria a frente deste que você citou, que se apegam a uma expectativa de que todos os jovens valores vão vingar, e dar em um time bom, e que todos irão permanecer, são muitos “se”, enquanto Boston já é uma realidade, mais um nome de impacto de preferência pivô, e Boston vira contender, e com boa flexibilidade de cap,essa é a realidade e ponto.

  • drakes

    Salário sem chance, não ter reassinado deu ao Celtics na próxima temporada mais uma chance de conseguir um FA de peso.

    Ao meu ver o buraco do Turner será coberto em parte pelo Rozier, Smart e Green.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados