logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 24 set 2016 às 13:30
Towns se emociona com despedida de Garnett e avisa: “Eu assumo agora”

Jovem talento do Timberwolves teve veterano como mentor desde sua chegada à NBA

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

AP TIMBERWOLVES GARNETT EXIT BASKETBALL S BKN FILE USA CA

O maior jogador da história do Minnesota Timberwolves decidiu sair de cena na noite desta sexta-feira. E aquele que muitos acreditam ser o próximo grande astro da equipe recebeu a notícia com bastante emoção. O atual vencedor do prêmio de calouro do ano da liga, Karl-Anthony Towns, despediu-se de forma pública do amigo e mentor Kevin Garnett por meio de uma publicação em uma rede social.

“Obrigado por tudo, meu irmão. Você sabe que eu vou sentir muita falta de jogar e simplesmente estar ao seu lado. Parabéns por ter tido uma das maiores carreiras que a NBA já viu. Já conversamos e sei o que preciso que fazer de aqui em diante. Eu assumo agora”, avisou o jovem talento, apostando estar preparado para ser a grande referência do time de Minneapolis a partir da próxima temporada.

Garnett disputou 13 temporadas com a camisa do Twolves, encerrando a carreira como líder da história da franquia em jogos realizados (970), minutos em quadra (36.198), pontos (19.201), rebotes (10.718), tocos (1.590), assistências (4.216), roubos de bola (1.315) e duplos-duplos (607). Towns, por outro lado, só tem 82 partidas disputadas pelo time, com médias de 18.3 pontos, 10.5 rebotes e 1.7 tocos.

  • Rodolfo Ribeiro #OKCLoyalty

    😭😭😭😭😭

  • Vinícius Maia

    Só torço para que o Towns e o Wiggins não entrem numa briga de egos como foi com O’neal e Kobe. Towns já mostrou ter uma personalidade forte no que diz respeito a liderança, pois desde que foi draftado, antes mesmo de disputar uma partida da NBA, ele já falava em ser o líder da equipe. Tomara que o Wiggins não entre em conflito com ele por causa disso. Os dois, somado ao Lavine, tem tudo para tornarem o Wolves um candidato ao título num futuro próximo.

    • Dirk Mavs

      Mano, se for pra entrar em conflito, mas mesmo assim ganhar 3 títulos seguidos como os mencionados acima, não vejo problema algum…
      kkkkkkkkkk

      • Vinícius Maia

        Tem razão, mas melhor do que três títulos seguidos de um conflito e uma separação, são 6 títulos jogando juntos como foi com Jordan e Pippen kkkk

  • wesley

    towns podera assumir mesmo

  • Galvão 🔥 #305

    Garnett é o grande responsável pela nova personalidade de KAT, e ele fez um grande trabalho! Towns veio da faculdade como um jogador quieto que fazia seu papel e não tinha uma personalidade forte em quadra, agora é exatamente o contrário. Towns se impõe e está fazendo que a NBA tenha medo dele e de sua evolução a cada vez que ele entra em quadra! Sem dúvidas que será o líder dessa equipe, e está em ótimas mãos.

  • Tim “Legend” Duncan

    Bastão passado!
    Agora a porra ficou séria!!!

  • Rafael Victor

    Não sei porque, mas acho que a dupla Wiggins-Towns não vai durar muito tempo!

    • Pedro Ferreira

      Por falta de companherismo,ou porque um deles vai cair de rendimento?

      • Rafael Victor

        Ego!

        • Pedro Ferreira

          Espero que não pq o Minessota é uma franquia que merece ser forte,mais pode acontecer msm do ego atrapalhar

    • Galvão 🔥 #305

      Cara, o Wiggins é considerado meio Low profile desde Kansas, quando o cara do time era o Embiid e ele não se importava muito com isso. Parece que ele não faz muita questão de ser considerado pela mídia o FP do Wolves agora, ele não se manifesta, não fala nada sobre, acho que deve estar de boa com isso. Mas vai saber né, uma hora o cara pode querer o protagonismo só pra ele.

      • Danilo

        Isso q eu ia dizer, parece q a personalidade dos dois se completam, Towns é mais líder e Wiggins mais tranquilo mas vai saber né, vou torcer pra q esse time do Wolves dure muito tempo.

    • – Tiago

      Acho que o Wiggins não liga muito pra isso, se não ele já teria falado algo…Fora que a mídia depois que o Towns chegou na franquia parece que nem lembra do Wiggins, falam bem pouco dele. Towns tem mais jeito de líder e mostrou com essa declaração que realmente vai ser o líder do time.

      • Vinícius Maia

        O towns fala em ser o líder desde que foi draftado. Se eu não me engano, em sua primeira entrevista após o draft, ele falou em liderar o time e levá-lo aos playoffs. Apesar de existir o risco de uma briga de egos ocorrer, eu penso que, o melhor jogador tecnicamente não precisa, obrigatoriamente, ser o líder da equipe. Comparo essa situação a um trabalho dentro de escritório. Nem sempre o cara que é o melhor profissional tecnicamente tem habilidades para ser um bom gestor. Acho que o Wiggins pode vir a ser melhor que o towns tecnicamente, mas o towns parece ter mais condições de ser um líder “moral” dentro da equipe. Se eles conseguirem lidar bem com essas diferenças, não tem porque haver briga de egos

      • Rafael Victor

        Sei lá… espero que o Wiggins não ligue mesmo, é que as vezes algumas influências externas acabam interferindo e convencendo o cara de que ele tem que ser o protagonista, ele tem que ser o líder e tal!

  • EduardoRIPCITY

    Quando o Warriors tinha Curry, Thompson e Green ainda jovens, tinha hype com o Wolves? O pessoal já tá falando em 3 títulos seguidos aí, sei não…

    • Rodolfo Ribeiro #OKCLoyalty

      Cheirinho de tri.Só não vê quem não quer

      • Pedro Ferreira

        De tri eu não sei,mais que se tudo corre bem um titulo é quase certeza,muito talento junto

    • EduardoRIPCITY

      como*

    • Não havia hype, mas quando deram (Warriors em 2014) aquele calor no Spurs nos playoffs e eliminaram com tranquilidade do Nuggets na primeira rodada ficou no ar a sensação que o time era muito bom e seria uma questão de ajuste técnico.

      O Wolves não tem nem playoffs na bagagem, particularmente eu acredito que é um elenco aquém da expectativa proporcionada. E a hype se sustenta em torno de três jogadores (LaVine — Wiggins — KAT) que possuem apenas uma temporada completa. Nem Tom Thibodeau é uma unanimidade como líder na equipe técnica e nem o trio é tão extraordinário hoje para mudar o panorama em duas temporadas.

    • Vinícius Maia

      Acho que ninguém tinha expectativa que curry se tornaria o jogador que se tornou. Ele sofreu muito com lesões nos seus primeiros anos o que gerou certa desconfiança

  • É por isso que eu gosto do Big Three local (LaVine — Wiggins — KAT) são três personalidades diferentes que têm uma grande combinação positiva. Falando exclusivamente das ”estrelas” Wiggins e Towns são jogadores potencialmente parecidos, mas no trato com a carreira são perfis bem diferentes.

    Wiggins — Extremamente introvertido, não sabe muito além do que as notícias de bastidores apontam, mas ele é um grande trabalhador e não soa como aquele cara que fala na frente das mídias. Acredito que a maturidade vai trazer cada vez mais a presença dele como um porta-voz do time/grupo porque o líder técnico ele já é.

    Towns — É nitidamente ‘o cara que todo mundo gosta’. Ele é divertido, se expressa bem, a exemplo só as declarações sobre sua ligação com MN já preenchem um espaço de idolatria desde Kevin Love. Os torcedores tem confiança plena de um planejamento de carreira em torno dele.

    Acredito realmente difícil um choque da vaidade entre ambos, já quanto a LaVine aí é algo que o tempo vai demonstrar. Mas para quem tenta acompanhar o máximo do dia-a-dia da franquia nota-se um ”leve desconforto” do ala-armador.

    • Vinícius Maia

      Pode ser que esse desconforto do lavine seja apenas por ele ainda ser um reserva na equipe enquanto Wiggins e towns já estão brilhando. Acho pouco provável que o Lavine entre em conflito com towns e wiggins. impressão que eu tenho é que ele já aceitou ser a terceira opção do potencial big three de Minesota. Esses dias eu estava olhando o instagram dele e ele parece ter uma grande amizade com o Wiggins. Eu acho que no futuro ele pode vir a sair, pois vejo potencial nele para ser mais do que uma terceira opção ofensiva numa equipe, mas acho que ele não vai sair em conflito com seus amigos, assim como foi com Harden e com Reggie Jackson

  • DamonHeat

    se o towns,lavine e wiggins se tornarem 70% do que se esperam deles.
    o campeonato vem para o wolves

  • Uncle Drew

    Q HOMEM ESSE CARLOS ANTONIO CIDADES!
    Rapaz… esse sabe liderar, só por essas declarações dá para perceber q ele tem moral com elenco.
    Não sei se o Wiggins fica por mt tempo por lá, pq já na primeira temporada ele foi um pouco ofuscado pelo Towns. E acho q ele tende a ser deixado um pouco mais de lado, pq parece q o Towns será o Franchise Player, desde os primeiros jogos q o KAT demonstra isso.
    Falam do estilo sossegado do Wiggins, q pode não interferir na relação com o elenco e etc. O Durant e o LaMarcus Aldridge tbem eram jogadores q eram considerados nesse estilo, de q não queria chamar atenção e tals. Bastou o Lillard assumir o protagonismo no Blazers, q o Aldridge se emburrou. E bastou o Westbrook começar a tomar o comando do Thunder q o Durant começou a agir todo esquisito, começou a reclamar até dos tênis da Nike, de q os seus eram um dos mais baratos da marca (numa clara intenção de procurar ser mais protagonista.). Nessa questão do KD: o esquema do Donovan é voltado para o Westbrook, não a toa o West vem conseguindo Triple Doubles varias vezes. Ele “se aproveitou” da lesão do Durant para ganhar protagonismo, e quando o Durant voltou… o Westbrook já estava no comando.
    O cara pode não ligar mt para a fama, mas uma hora deve incomodar. Durant e Aldridge eram assim tbem, e mudaram.

  • ThiagOo25

    Poderia ficar passando experiência para esses garotos internamente, nos treinos. Mas, acho que ele quer ficar um pouco longe da NBA, acordar tarde, ir dormir tarde, gastar um pouco do $$, família.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados