logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 1 out 2016 às 10:11
Magoado com postura do Heat, Chris Bosh garante que carreira não está acabada

Diagnosticado com repetidos casos de coágulos sanguíneos, ala-pivô confia em volta às quadras

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Lima

O casamento de seis anos entre Chris Bosh e o Miami Heat está terminando de uma maneira desagradável. Diagnosticado com repetidos casos de coágulos sanguíneos, o jogador foi reprovado em uma série de exames médicos, e, por isso, não foi liberado para participar da pré-temporada da equipe. No começo da semana, o presidente da franquia, Pat Riley, anunciou que a carreira do ala-pivô no Heat acabou por conta dos problemas de saúde. Nessa sexta-feira, Bosh comentou sua situação. Ele não escondeu que está magoado com a postura da franquia.

“Eu não via a minha carreira em Miami terminando desse jeito. Não recebi um telefonema, uma mensagem ou algo do gênero. Quer dizer, é um negócio. Entendemos isso e estamos sempre dizendo essas coisas. Mas eu fiquei incrédulo por alguns segundos com o anúncio de Pat Riley, e, então, arremessei meu telefone ao chão. Estou contente por não ter quebrado o meu telefone. Eu queria quebrá-lo, mas não o fiz. É difícil. Falamos em compromisso, parceria. E, então, por alguma razão, você descobre as coisas dessa maneira. Isso dói”, afirmou o jogador de 32 anos.

Conforme já divulgado pelo repórter Adrian Wojnarowski, do The Vertical, a relação entre Bosh e Riley é a pior possível, já que o jogador tem se negado a conversar com o dirigente nos últimos meses.

Temerosos pela saúde do ala-pivô, o dono do Heat, Micky Arison, e os médicos da equipe não acreditam que alguma franquia da liga esteja disposta a correr os riscos e contrate o jogador. Já Bosh não se dá por vencido e ainda mostra confiança que pode voltar a jogar. Segundo o atleta, a posição do Heat não deve influenciar os outros 29 times da NBA.

“Esta é a minha realidade. Você pode torná-la uma coisa boa ou uma coisa ruim. Você pode reclamar ou você pode apenas seguir em frente. E eu decidi seguir em frente. Então, eu acho que a minha trajetória em Miami chegou ao fim, mas a minha carreira não está acabada. Há outras 29 equipes na liga. Um time não forma a opinião do restante”, finalizou.

Vale lembrar que o ala-pivô tem mais três anos de contrato com o Heat. Bosh poderá ser retirado da folha salarial da equipe se permanecer inativo por um ano, o que pode acontecer em fevereiro de 2017.

Bicampeão pelo time de Miami (2012 e 2013), o camisa 1 defende o Heat desde julho de 2010. Em 893 jogos disputados na carreira, o ala-pivô acumula médias de 19.2 pontos e 8.5 rebotes.

  • Matheus Pitarello

    Ninguem vai querer correr o risco de ter um cara morto em quadra… Pat fez certo, claro, podia ter telefonado e avisado antes ou informa-lo de alguma outra forma, enfim… Bosh tem que acordar, fala como se fosse uma virose… sera q ele não ve que o problema que ele teve o afastou de praticamente duas temporadas?! Não é brincadeira… Acorda Bosh… #forçabosh

    • Vinícius Maia

      Acho que a postura do Heat foi correta no que diz respeito a afastá-lo das quadras. Foi uma atitude 100% correta. Mas achei meio anti-ético o Pat Riley vir a público falar que a carreira do cara no Heat acabou, ainda mais agora sabendo que nem o próprio Bosh foi avisado sobre isso. Esse é o tipo de informação que deveria ser mantido em sigilo por respeito ao jogador. Apenas a diretoria e o departamento médico do Heat deveriam saber disso e se fosse para externalizar, que fosse com times que demonstrassem algum interesse nos serviços do atleta. Achei a atitude do Pat Riley bem infeliz.

      • Matheus Pitarello

        sim, concordo… o Heat fez certo so q do jeito errado rsrs…

    • Galvão 🔥 #305

      O Manny Navarro do Miami Herald disse que todos do Heat tentaram falar com ele e o Bosh não respondia ninguém. E que Riley tentou falar com Bosh um dia antes do Media Day para falar com ele sobre os exames, mas sem sucesso também.

      https://twitter.com/Manny_Navarro/status/781979139439939584
      https://twitter.com/Manny_Navarro/status/781975122739470336
      https://twitter.com/Manny_Navarro/status/781974718421217280

      • Matheus Pitarello

        Bosh é foda né…sera q nao sabe da gravidade ou ele sabe e ele ta iludindo ele mesmo?!

  • Renato

    Ninguém vai querer o Bosh pelo máximo, mas acho que vale a pena correr o risco pelo preço certo. Se o cara quer correr risco de vida, a franquia fica isenta de culpa no meu entender, ele é profissional tem que sabe conduzir sua carreira.

    • Matheus Pitarello

      e se ele cair morto em quadra, quem se responsabiliza?!

      • Claudio R.

        hora, poque alguem tem que ser responsabilizado?… se o proprio profissional escolheu…

        • Matheus Pitarello

          ele pode muito bem escolher e ninguem o querer (como muito provavelmente vai acontecer), mas se uma franquia aceitar ela que se responsabiliza, pois ela deixou e aceitou o cara, mesmo todos os medicos dizendo q ele não tem condição alguma de jogar… o cara escolhe, mas a franquia que permite…

    • DamonHeat

      o mundo não funciona assim não cara.
      Mesmo que ele fale para todo mundo que assume 100% da culpa.
      se o bosh morrer jogando em qualquer time que seja, essa franquia, tá completamente ferrada.

  • Sid Payne- Dança muito

    Para de fazer média po

  • Burnie … Wtf??

    O Pat foi duro, mas talvez de forma maquiavélica… se não me engano, o Heat só pode tirar o Bosh do cap, como diz a matéria, se ele ficar um ano inativo, porém essa inatividade aplica-se a qq franquia.. tipo, se ele jogar um dia pelo Cavs, pelo salário mínimo que seja, o Miami já não pode tirá-lo dos livros.. ou seja, faz todo o sentido o Pat botar terror nos outros times pra ng contratar o Bosh… sou fã do Dino, mas o cara tem que se dar conta de largar de mão… seria melhor pra ele e pro Heat..

    • Claudio R.

      Pode sim, se o Bosh não jogar ate fevereiro pela Franquia ele é anistiado… assim não perde o salario, mas o Heat deixa de conta-lo na sua folha de pagamento e ele pode assinar com qualquer outra equipe.

      • Burnie … Wtf??

        Blz. E ele só pode sair do Miami se rolar um buyout ou ele tá preso? E se ele aceitar o buyout e ganhar menos grana ele sai dos livros do Miami?
        Tipo, ele só pode jogar por outro time depois de fevereiro ou se o Heat liberar?

        • Claudio R.

          O Heat tem 2 opções, esperar ate o fim do All Star, que é quando Bosh pode ser anistiado… ou o Heat optar pelo Buyout, das duas formas o Bosh continua com o salario, e o heat tira o salario do cap dele, a diferença, é o tempo de quebra de contrato, o Buyout o heat pode fazê-lo até a midseason senão me engano…

          • Burnie … Wtf??

            Valeus mano…

  • Galvão 🔥 #305

    Como o Denis (ou o Danilo, eu nunca acerto) disse no podcast do bola presa dessa semana “Bosh está querendo calar os críticos e mostrar que pode jogar, mas o críticos são todos os médicos que não liberam ele para jogar. Mas médicos tem que ser escutados. Ele diz que está na melhor física da carreira, mas o problema dele não é físico, e ele precisa entender isso”.

    • Guilherme Prates

      Estudei com os dois. Essa confusão Denis Danilo sempre existiu! ahahahah Além de meus amigos, manjam e gostam do esporte PRA CACETE. Quem fez a leitura foi o Danilo. O post dele no Bola Presa sobre o assunto é muito, mas muito bom (e triste, claro, gostamos do Bosh….)

  • RodrigoBrBa

    não entendo o bosh.. ele tem um sério problema de saúde e quer jogar.. ai morre durante um jogo e as críticas vão todas ao heat/pat..

  • Pedro Ferreira

    O Bosh ama o jogo e isso todo mundo sabe, mais ele tem que entender que a saúde dele é o mais importante, tem muita gente que depende dele vivo

  • Claudio R.

    Eu disse, que ele vai procurar outra franquia pra jogar… Eu disse… Quem mais var perder é o Heat… perder outro Franchise Player em 3 anos… Vamos Bosh… aposenta não cara, dê a volta por cima… vai pro Cleveland brow, ou Chicago…

    • João Leonildo dos Santos Canit

      Se morrer em quadra a culpa será de quem?

  • drakes

    Eu estranhei o tom da fala do Pat Riley, do jeito que anda a coisa em fevereiro veremos o Heat solicitar a NBA a anistia e o Bosh não aceitando, isso levará a arbitragem.

    O problema do Bosh não aceitar e brigar, somado a saída do Wade, muitos jogadores podem começar a olhar a direção com outros olhos. Se o movimento de aposentar o Bosh é correto, até antes da próxima temporada provavelmente estará sacramentado, a forma é muita importante para poder atrair alguma estrela.

  • WESLEY

    heat precisa muito dele

  • thiago

    bosh tem filhos? se tiver deveria pensar antes de colocar sua vida em risco

  • Killer Crossover

    Só mostra como o Pat ta certo (mesmo que de uma forma não muito “amigável”) em “desistir” dele. Ta mais que claro que se não houver uma “intervenção maior” (leia-se a própria NBA) que o Bosh não vai parar de tentar voltar, seja no Miami ou em qualquer outra equipe, e sabendo como é a liga é bem capaz de existir algum time que aceita o cara (mesmo nas condições atuais dele).

  • Pablo Leite

    É como eu disse: Bosh tem todo o direito de procurar um milagre, e o Heat tem a obrigação de achar que não vai acontecer, até que aconteça. A melhor chance do Bosh voltar a jogar é acontecer alguma evolução científica que possa curar o problema dele.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados