logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 4 out 2016 às 09:32
Luke Walton se espelha em Steve Kerr para iniciar trabalho no Lakers

Novo técnico da equipe angelina pretende utilizar o que aprendeu ao lado do técnico do Warriors

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Eduardo Ribeiro

pi-nba-warriors-luke-walton-102915.vresize.1200.675.high.5

Após uma última campanha com péssimos resultados, o Los Angeles Lakers optou por realizar mudanças no comando técnico e buscou a contratação de Luke Walton, que deixou o cargo de assistente técnico do Golden State Warriors para assumir a equipe Angelina. Sendo este o seu primeiro trabalho como técnico principal de uma franquia, Walton pretende utilizar o que aprendeu com a equipe de Oakland e se espelhar no estilo de jogo de Steve Kerr.

“Eu costumava pensar ‘O que o Kerr faria agora?’”, afirmou Walton ao The Orange County Register, sobre sua experiência como técnico interino do Warriors. “Agora, é o time e a visão dele que estamos seguindo aqui. Muito do que estamos fazendo nos treinos e dos vídeos que estamos passando para os jogadores são baseados nisso.”

Apesar de utilizar o antigo companheiro de comissão técnica como referência, Walton garante que ainda não precisou da “ajuda” de Kerr e nem do ex-técnico Phil Jackson, do qual é próximo. “Até agora durante os treinos da pré-temporada, não precisei de nenhum conselho. Mas tenho certeza que muitas coisas podem acontecer na temporada e eu vou entrar em contato com eles.”

O primeiro compromisso do novo técnico à frente do Lakers ocorre nesta terça-feira (4) pela pré-temporada, onde a equipe enfrenta o Sacramento Kings, na Califórnia.

  • Acho bacana essa relação de admiração. Se inspirar nos melhores é o melhor caminho para superá-los.

  • Uncle Drew

    Isso já tava cantado desde a época em q o Lakers contratou o Mozgov, e draftou o Zubac. O Russo (ou o Croata) deve fazer o papel do Bogut, inicia como titular fica uns 25 minutos na quadra para ser uma presença no garrafão e ser um protetor de aro.. e na maior parte do jogo deve ser Small Ball, com Ingram, Deng e Randle.
    Acho q será isso.

    • Pedro

      na verdade tem a explicação de eles quererem inflacionar o mercado, assim trancando o cap de muitas equipes e saindo beneficiados nas próximas agencias livres; mas é claro, foi um movimento arriscado e que precisa de sorte pra funcionar; além de que é só especulação, também é bem possível que seja o que você falou

    • Michel Moral

      A grande diferença é que para Randle fazer a função do Green a defesa precisa ser aprimorada quase que em 100%.

      Para falar a verdade, penso que impor um sistema de jogo é errado. Igual Phill Jackson insiste em fazer no Knicks.

      Você tem que criar o sistema de jogo a partir das características do time e não o contrário. Quando você faz o caminho inverso, acaba sacrificando alguns jogadores e desperdiçando talento.

      O SB para o Lakers pode até funcionar, mas com Ingram e Deng no time acho bem difícil de dar certo, principalmente se usar o Randle de Center.

      Claro que algumas peças precisam ser adaptadas. Na NBA não existe time completo (ainda bem). Porém, tem que tomar cuidado.

  • #TheBrodie

    ih,vai ter tik-taka no Lakao então

    • WESLEY

      kkkkkkkkkk e mesmo

  • Michel Moral

    Esse “laboratório” com Walton pode dar tudo certo ou dar tudo errado. Não vejo meio termo.

    Uma coisa é substituir Kerr no Warriors, com um time que joga há anos junto e todos já sabiam o que precisava ser feito dentro de quadra.

    Em LA a história é outra. É começar um trabalho do zero, com jogadores de características muito diferentes do que tinha G State.

    Mas espero que dê certo. Faz bem para a NBA quando uma mentalidade nova é bem sucedida.

  • Bruno – LA.Lakers 16x🏆

    Espero uma grande melhora em relação ao time comandado pelo Byron Scott !

  • Tárcio

    Russell faria o Curry.
    Clarkson e Ingram poderiam fazer papeis de Klay Thompson e Barnes.
    o Deng claramente foi contratado pra fazer o que o Iguodala faz.
    E o Mozgov pra ser o Bogut (era melhor ter trazido o próprio)
    O mais complicado será achar um Green, pois o Randle, apesar de ser um ótimo talento e ter um físico parecido, não tem Q.I. e defesa pra fazer esse papel, o Nance inclusive já deu declarações se oferecendo pra fazer esse papel.

    Sem ataques, não estou falando de qualidade, mas de estilo de jogo, e no que acho que passa pela cabeça do Walton: Ele acha que em CARACTERÍSTICAS alguns jogadores se assemelham, e quer claramente montar um plano de jogo semelhante.
    Se vai dá certo, só o tempo vai dizer, totalmente imprevisível.

    • Michel Moral

      Tárcio,

      O primeiro ponto divergente entre os dois times é o arremesso longo. O espaçamento de quadra do time de Oakland funciona porque os caras metem muita bola. Com Durant, esse espaçamento tende a melhorar ainda mais.

      O segundo ponto é o sistema defensivo, como você citou.

      Não sou louco de afirmar que é impossível, pois esse time do Lakers é muito promissor. Só não acredito em um impacto imediato a ponto de uma imposição de jogo tão consistente.

      Prefiro buscar equilíbrio defensivo primeiro. No ataque tem que ir introduzindo Ingram no jogo e dando a bola para ele fazer o que sabe, pois, juntamente com Russell, são os dois grandes talentos desse time californiano.

      Não adianta adotar o sistema de jogo do Warriors, porque as peças são bem diferentes.

      • Tárcio

        Certamente Michel
        e lógico que não acredito em impacto imediato,
        O Lakers esse ano tem que aprimorar a parte tática que não existia, e desenvolver esses meninos, deve ficar fora dos Playoffs, mas se afastar das últimas posições já seria um avanço; aos poucos ir subindo o nível.
        É um desenvolvimento lento, mas pela qualidade envolvida, pode dá certo. Eu acredito bastante na qualidade do Luke.

  • ThiagOo25

    Mais um GSW na NBA, pqp.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados