logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 5 out 2016 às 18:01
“Eu nunca me juntaria a um supertime”, crava Damian Lillard

Líder do Blazers não condena reuniões de astros, mas não se vê como “esse tipo de jogador”

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

Os torcedores da NBA estão cada vez mais acostumados com as reuniões de astros para formação de supertimes. Mas, se você não gosta de decisões como a tomada recentemente por Kevin Durant, o craque Damian Lillard tem uma boa notícia – e uma promessa – para você. Embora não condene os colegas da liga, o ídolo do Portland Trail Blazers não vê algo parecido no futuro de sua carreira.

“Não é contra as regras que alguém queira juntar-se a outros astros para formar um supertime. Os jogadores podem fazer isso. Só se cria mais pressão para que seja campeão. Todos jogamos para ganhar títulos, no fim das contas. A decisão cabe a cada um, mas eu nunca faria isso”, sentenciou o armador, em entrevista concedida à rádio Sirius XM nesta terça-feira.

Lillard, inclusive, pode considerar-se um beneficiado junto à torcida da sua equipe pelas reuniões de craques da liga. Ele tornou-se o principal atleta do Blazers após a saída do ala-pivô LaMarcus Aldridge para o San Antonio Spurs, onde passou a atuar com Kawhi Leonard, Tim Duncan, Tony Parker e Manu Ginobili. Um caminho até mais rápido para os títulos, mas que não atrai o titular de Portland.

“Eu simplesmente não sou esse tipo de jogador. Acho que posso ser orgulhoso ou competitivo demais para colocar-me em uma situação dessas, mas é muito mais divertido assim como estou. Você tem que ser monstruoso para chegar ao topo e as coisas são mais legais assim”, explicou o sexto principal cestinha e oitavo maior assistenciador da última temporada.

Eleito para o segundo quinteto ideal da campanha passada, Lillard foi o grande líder do Blazers na surpreendente classificação às semifinais de conferência Oeste no primeiro semestre. O armador esteve presente em 75 partidas da temporada, anotando médias de 25.1 pontos, 4.0 rebotes, 6.8 assistências e quase 38% de aproveitamento nos arremessos de longa distância.

  • Sid Payne- Dança muito

    Pensamento é esse

  • #TheBrodie

    “Voce tem que ser monstruoso para chegar ao topo e as coisas são mais legais assim”

    Rapaz…belo discurso.

  • Uncle Drew – Revenge Tour

    Quando se é jovem na liga, é normal ter esse tipo de pensamento. O Durant foi um dos primeiros jogadores a criticar a formação do Big 3 do Heat, passou um tempo sem conquistar título.. e mudou de idéia.
    O ponto é q, vc não ganha título na NBA atual sem os chamados super times.Pegando como precursor dos Super times dessa era moderna a NBA, o Miami Heat. Claro, existem exceções (o Spurs q venceu o Heat. E q se tornou um desses super times na temporada passada.), o Mavs (q foi uma verdadeira zebraça), e tem o GSW de 2014/2015 (q tbem se tornou um super time logo depois.).
    O caminho para vencer título atualmente é esse. Junta estrelas em um time, e busca esse objetivo. Cavs, Miami, Rockets, Lakers, Clippers, Celtics e agora Spurs e Warriors tentaram/tentam isso. Alguns dão certo, outros não. Mas o caminho é esse. Raramente alguém acerta no Draft e forma um super time original e além disso é preciso MUITA sorte! Se o David Lee (jogador respeitado no elenco e com fama de All Star) não tivesse se lesionado por um bom tempo….vai saber o q seria do Draymond Green?. E a merda q aconteceu no OKC, vai q o Sefolosha tivesse alguma lesão grave e o time fosse “forçado” a começar com Westbrook, Harden e KD logo de cara e desse certo?
    Lillard é orgulhoso e competidor ao extremo (e só ver o choro q ele faz pq não vai para o ASG, se ele tem uma oportunidade ele alfineta sobre isso), logo título deve ser algo fundamental para um jogador como ele (na verdade todos pensam em conquistar títulos), se ele passar alguns anos de frustrações… Hmmmmmm sei não.

  • Rdrigo Cruz

    Gosto deste tipo de mentalidade!! Obviamente para ele ser campeão em Portland, terão de surgir peças com calibre, mas certamente ele será oFP, principalmente depois da resposta da ultima temporada… com troca de 4 titulares de bom nível…

  • Doug

    Damião, Damião…

  • DirkMito

    Bom discurso,mas veremos no futuro.

  • DamonHeat

    durant em 2010 também pensava assim…

  • Galvão 🔥 #305

    Nunca é uma palavra muito pesada Dame!

    E não é a primeira vez que um atleta fala isso, e nem sempre segue a risca.

    • A.C

      durant falou a mesma coisa em 2010 é olha onde ele ta hj kkj

  • ThiagOo25

    Vocês não entenderam: ótimos jogadores vão para Portland, isso foi o que ele quis dizer. HAHAHA.

    Mas sobre o que ele falou, vai ficar sem anel então, porque infelizmente ou não, a tendência da NBA atual é essa, um ótimo time para conquistar o título. Ainda mais com o teto salarial sempre aumentando. E se for pegar as franquias campeãs nos anos 90, um exemplo, tinha times muito bons, super times.

  • Claudio R.

    Hipocrita… deixa passar um tempo… se bem que, ele nunca terá a pressão de um KD, Westbrook, Anthony, Chris Paul, porque não é do mesmo naipe deles… é um allstar, mas nada mais que isso.

    • dirct

      Disse tudo! Não tem a mesma pressão de um anel porquê nunca se esperou dele o que se espera desta turma que vc disse, Lillard é apenas um bom jogador mas estes caras que vc citou estão na história da NBA e do Basquete mundial o nível de cobrança é outro, Lillard ainda tem pouco tempo de liga, vamos ver se ele ficar uma década jogando em times fracos e vendo os outros jogadores ganhando tudo vamos ver se lá pelos 30 anos de idade ele vai dizer a mesma coisa, o seu próprio ex companheiro LaMarcus percebeu que enquanto estivesse em Houston seria só mais um na NBA e sua ficha caiu por volta dos 30 anos, com ele será o mesmo, o problema é se algum super time vai querê-lo como quis caras como Lebron e Durant.

  • Lucas Callado França

    Quanto vale ser o FP de uma franquia? Quanto vale ser fiel à essa franquia, ser ídolo na cidade, adorado pelas crianças locais, respeitado pelos torcedores não só pela bola que joga mas também pela cumplicidade e fidelidade?
    Não dá pra dizer. Não tem preço. Particularmente, acho que vale muito mais do que um anel que cai no colo, um anel como o que Durant deve ganhar nessa temporada.

  • Jean carlos

    Esse é o Lillard! Ele JÁ é um dos grandes da história do Blazers. Se ele realmente seguir esse pensamento estará no panteão do time ao lado de Walton, Drexler, M Lucas, Terry Porter e etc. Ele gosta muito de viver na cidade de Portland e isso conta muito a favor. Espero que seja assim mesmo.

    • Gabriel Almeida

      Quase todos os caras que vc sitou q estão no panteão do Blazzer largaram o time em algum momento pra se juntar a um super time.

      • Jean carlos

        Dois deles ganharam um título com a franquia antes de sair. Espero que realmente o Lillard esteja falando sério. Se ele sair dentro de pouco tempo não marcará o nome na história do time. Os jogadores citados por mim ficaram o suficiente para marcarem o nome na franquia. Tomara que Lillard ao menos fique bastante tempo.

    • DamonHeat

      drexler? não foi para o rockets montar aquele timaço com o the dream?

  • Olavo #WeAreRipCity
  • Olavo #WeAreRipCity
  • Gezuys

    Esse ai nunca vai ganhar anel..

  • Vítor Hugo ⚡️
    • #TheBrodie

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      o famoso hipócrita

  • Edson Eu

    Falar mal do Durant virou escora pra aparecer. Jogar basquete que é bom mesmo …

  • The Point-GOD

    Esse daí é o cara mais subestimado da liga. Não importa o que faça parece que sempre será visto como “apenas um bom jogador”. Se jogasse num Lakers ou Knicks da vida seria visto com outros olhos…

  • Rafael Victor

    Deixar passar umas boa temporadas ficando no quase ou não tendo um time decente pra chegar nos Playoffs pra ver se ele não toma o mesmo rumo do Garnett, Equino, Durant…

    • Pedro Ferreira

      Equino seria o Lebron?

  • Guilherme Prates

    Nada impede o Lillard de acabar num timaço ou de o Blazzers montarem um timaço. Acho que ele ta mais dizendo sobre ir para um time pronto. Ou seja, ele quer um título como do LeBron no Cavs, mas não como do LeBron no Heat. rs

  • Nunca diga nunca garoto…
    só o tempo dirá…
    mas fez uma média legal com a torcida

  • Eu vim na intenção de zuar, e dizer que daqui uns anos estará em um super time, mas pensando bem creio que o Lillard pode estar certo. Ele é realmente orgulhoso, e gosta de ser a estrela do time, não acho que ele gostaria de dividir suas posses de bola com mais duas ou três estrelas.

  • Michel Moral

    Pessoal comparando-o com Durant, mas lembrem-se que são personalidades muito diferentes.

    Damian é imaturo em muitas das suas atitudes e pode estar sendo mais uma vez. Porém, ele é bem mais genioso do que o Durant. Há uma tendência de que ele seja odiado por boa parte das pessoas, jogadores e fãs de basquete, nos próximos anos. Fala o que pensa.

    Agora, é inegável que o discurso é bom.

    Vale lembrar ainda, que quando todas as pessoas o criticaram por não aceitar ficar de fora de um ASG, ele voltou ainda melhor e levou o Blazers a um patamar fantástico para um time em Rebuild.

    Aliás, o rebuild mais eficiente da NBA nos últimos anos. Até o Celtics, que fez um planejamento muito bom, conseguiu ser tão eficaz e rápido.

    Isso porque disseram que ele seria um crazy shooter, segundo a previsão de muita gente antes da temporada passada.

  • MarceloBulls

    Tomara que não seja igual o Bundant que criticou e depois fez a mesma coisa.

  • Tony

    CUIDADO LILLARD!!! você é escravo de suas palavras.

  • MarcoLakers

    Grande discurso, veremos se ele cumpre suas palavras.
    Espero que sim, pois seria um grande homem num meio em que é cada vez mais difícil de se encontrar.

  • gabrielnba

    Será mesmo? Se sequir exemplo do Durant huehue

  • WESLEY

    nunca diga nunca porque esse dia pode chegar

  • Danilo Veroneze #GreenRunsDeep

    é aquela cunversinha de sempre , veremos

  • Diego Alexsander

    Já considero pacas.

  • Thiago Legori

    Esse tem meu respeito. Tb não curto essas panelinhas

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados