logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 10 out 2016 às 11:37
Melhores jogadores por posição (2016-17) – Armador

Gustavo Freitas lista os 25 melhores atletas da posição para próxima temporada

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Freitas

O ranking dos melhores jogadores por posição para a temporada está de volta.

Antes de qualquer coisa, é um ranking pessoal. Não reflete o pensamento de todos os outros integrantes. Para isso, existe a previsão para a temporada, que será publicada em breve. Todo mundo do Jumper Brasil participa, opina e escreve. Mas não é o caso aqui.

Esta previsão dos melhores jogadores por posição leva em conta números, potencial, surpresas positivas ou negativas, contusões anteriores e seus riscos no futuro, e principalmente, opinião pessoal. Não quer dizer exatamente que um determinado jogador é melhor ou pior que o outro.

O histórico conta, mas se o jogador em questão veio de lesão ou ainda vai demorar a estrear, como por exemplo Reggie Jackson, ele cai no ranking.

Entre parênteses, o que subiu ou desceu em relação ao ano anterior.

Veja também:

Melhores armadores 2011-12
Melhores armadores 2013-14
Melhores armadores 2014-15
Melhores armadores 2015-16

 

1- Stephen Curry, Golden State Warriors (0)

curry

MVP em dois anos consecutivos, o astro Stephen Curry quase fez a temporada dos sonhos em 2015-16. Recorde de vitórias, recorde de cestas de três, cestinha da temporada, mas acabou derrotado na final diante do Cleveland Cavaliers. Em sua defesa, Curry vinha de duas lesões quando encarou o Cavs. Para 2016-17, não é esperado que ele ultrapasse a marca de 402 cestas de três, até porque o Golden State Warriors acertou com Kevin Durant. Nos primeiros jogos da pré-temporada, Durant foi o foco do ataque da equipe californiana, então acredita-se que seus números tenham algum tipo de impacto. Ainda assim, é o melhor da posição atualmente. Obteve 30.1 pontos, 6.7 assistências, 5.4 rebotes, 2.1 roubadas e teve aproveitamentos de 50.4% nos arremessos de quadra, 45.4% de longa distância e 90.8% em lances livres.

2- Russell Westbrook, Oklahoma City Thunder (+1)

Westbrook

Kevin Durant foi embora. É hora de tomar conta de todas as ações ofensivas do Oklahoma City Thunder. É esperado que Russell Westbrook seja o cara da franquia e, por suas exibições em 2015-16, que faça estragos por aí com triplo duplos. Só na temporada passada, foram 18. Westbrook terá de evoluir no arremesso de três, algo que ainda é uma pedra no sapato. O armador ficou abaixo de 30% de aproveitamento em quatro de suas oito temporadas, incluindo as últimas duas. Com Victor Oladipo ao seu lado, é possível que ele jogue um pouco menos com a bola, sem a pressão de construir todas as jogadas. Vai participar delas, mas possivelmente recebendo a bola e partindo para a cesta. Na última temporada, ele ficou com 23.5 pontos, 10.4 assistências, 7.8 rebotes, 2.0 roubadas e 45.4% de acertos em arremessos de quadra.

3- James Harden, Houston Rockets (NR, 1° ala-armador)

James Harden loss

Sim, eu sei que a origem de James Harden é como ala-armador, posição que atuou em toda a sua carreira. Porém, o técnico Mike D’Antoni confirmou a mudança de posição para 2016-17. Na verdade, provavelmente apenas da nomenclatura, já que Harden sempre teve o papel de organizar as jogadas no Houston Rockets, especialmente nos últimos anos. Nesta temporada, o Rockets perdeu o pivô Dwight Howard, mas ganhou dois excelentes arremessadores de três (Ryan Anderson e Eric Gordon) para fazer o time jogar como D’Antoni quer: jogo em transição, arremessos de longa distância e muita velocidade. É esperado que seus números melhorem ainda mais com a chegada do treinador. E pensar que Harden sequer fez parte dos times ideais de 2015-16 ao obter 29.0 pontos, 7.5 assistências, 6.0 rebotes, 1.7 roubada e 236 cestas de três (todos, exceto em roubos de bola, melhores marcas da carreira).

4- Chris Paul, Los Angeles Clippers (-2)

Chris Paul 4

Melhor armador puro da NBA, Chris Paul é apenas o quarto no ranking deste ano. Estaria no pódio, mas James Harden tornou-se jogador da posição e, em números totais, Paul não o supera. O atleta fez o Los Angeles Clippers mudar de patamar desde a sua chegada, mas isso ainda não se traduziu nos playoffs. Vale lembrar que Paul obteve média de ao menos dez assistências em seis de suas 11 temporadas e registrou isso nas últimas três. Ainda é um defensor de elite, apesar de ter diminuído a intensidade de seu jogo nos anos anteriores. Na verdade, desde a lesão no joelho, quando ainda fazia parte do elenco do New Orleans Hornets, Paul caiu de produção e perdeu parte da explosão. Em 2015-16, ele fez 19.5 pontos, 10.0 assistências, 4.2 rebotes, 2.1 roubadas e 89.6% de aproveitamento em lances livres.

5- Damian Lillard, Portland Trail Blazers (0)

DamianLillard-640x356

Alguém tem dúvida que Damian Lillard merecia uma vaga no Jogo das Estrelas em 2015-16? O armador liderou o Portland Trail Blazers aos playoffs, que só os torcedores do time achavam possível antes do início daquela temporada, depois de perder quatro titulares. Ainda assim, Lillard não foi, mesmo com os melhores números da carreira. Agora, que todo mundo sabe o potencial do Blazers e Lillard estabeleceu o seu jogo como um dos melhores da posição, é esperado que faça, no mínimo, algo parecido com o que fez na temporada passada. Ele obteve 25.1 pontos, 6.8 assistências, 4.0 rebotes e um aproveitamento de 37.5% em três pontos.

6- Kyrie Irving, Cleveland Cavaliers (+3)

Kyrie Irving 8

Kyrie Irving começou a temporada passada na enfermaria, por conta de lesão sofrida no joelho ainda nas finais de 2014-15. Perdeu os primeiros 24 jogos por isso e outros cinco, poupado. Em números, fez a pior fase de regular desde o seu primeiro ano na liga. Aparentemente, deixou tudo para os playoffs, quando registrou médias de 25.2 pontos e 4.7 assistências. Responsável pela cesta da vitória na partida decisiva diante do Golden State Warriors, Irving é provavelmente um dos jogadores mais talentosos da NBA. Não fica muito além no ranking por um motivo simples: o técnico Tyronn Lue vai poupar LeBron James e ele durante a temporada regular, cortando seus minutos e deixando-o preparado o máximo possível para os momentos mais importantes. Ficou com médias de 19.6 pontos, 4.7 assistências, 3.0 rebotes e aproveitamento de 32.1% de três em 53 partidas.

7- Kyle Lowry, Toronto Raptors (-1)

Kyle Lowry

All Star por dois anos seguidos, Kyle Lowry ganhou uma chance de ganhar a medalha de ouro nas Olimpíadas do Rio de Janeiro e agora, vai jogar em seu ano de contrato. Lowry tem opção em seu acordo e já sinalizou que vai deixá-lo para receber algo bem mais lucrativo. Imagine o que ele vai fazer em 2016-17. Bem, uma coisa é certa: ele vai pegar 4.7 rebotes por jogo. Já são quatro temporadas seguidas com a curiosa marca. Mas Lowry é um jogador completo, que sabe passar e defender, mas prefere atacar, tanto que atingiu sua melhor marca da carreira em 2015-16. Ameaça aos adversários em três pontos (212 cestas, com 38.8% de aproveitamento), o armador vai liderar o Toronto Raptors aos primeiros lugares da conferência Leste. Ele ficou com médias de 21.2 pontos, 6.4 assistências, 2.1 roubadas e um aproveitamento de 81.1% nos lances livres em 77 partidas na temporada passada.

8- John Wall, Washington Wizards (-4)

John Wall

A cirurgia realizada na offseason não deverá diminuir o ritmo de John Wall, que passou perto de ter uma temporada com médias de 20 pontos e dez assistências em 2015-16. O armador do Washington Wizards agora luta para levar seu time aos playoffs, depois de ficar de fora no ano passado. Wall evoluiu muito no arremesso de longa distância e continua sendo efetivo na defesa, um dos melhores da liga no quesito. Seu reserva em 2016-17 será Trey Burke, titular em boa parte da carreira. Burke pode ajudar a aliviar a pressão sobre ele em alguns momentos, já que o técnico Scott Brooks afirmou recentemente que pretende utilizar os dois ao mesmo tempo. Em 2015-6, Wall obteve 19.9 pontos, 10.2 assistências, 4.9 rebotes e 1.9 roubada.

9- Isaiah Thomas, Boston Celtics (+12)

pi-nba-suns-celtics-isaiah-thomas-022315.vresize.1200.675.high_.18

De última escolha do draft de 2011 a jogador de All Star, Isaiah Thomas claramente evoluiu durante a carreira. Ainda corre mais do que o necessário, às vezes, mas passou a controlar seus erros e tratou de encontrar seus companheiros em quadra, ainda não o suficiente para um armador. Mas Thomas agora terá ao seu lado o pivô Al Horford para fazer do Boston Celtics um dos melhores times da conferência Leste. Sem a pressão por ser o principal cestinha, o atleta deve ajustar um pouco o seu jogo nesta temporada. Em 2015-16, ele obteve médias de 22.2 pontos, 6.2 assistências, 1.1 roubada, e aproveitamento de 35.9% nos tiros de longa distância.

10- Kemba Walker, Charlotte Hornets (+5)

kemba walker

Finalmente, Kemba Walker arremessou acima de 40% nos lances de quadra depois de dois anos com aproveitamentos sofríveis. Não por menos, o armador liderou o Charlotte Hornets aos playoffs e teve seu nome considerado para atuar no Jogo das Estrelas. Se ele conseguir manter a evolução, deve voltar a ser cogitado. O Hornets não vai contar com Jeremy Lin, que foi para o Brooklyn Nets, então Walker terá ainda mais espaço, depois de jogar quase 36 minutos por noite em 2015-16. Ele obteve médias de 20.9 pontos, 5.2 assistências, 4.4 rebotes, 1.6 roubada e 37.1% em aproveitamento de três pontos.

11- Mike Conley, Memphis Grizzlies (-3)

Mike Conley

Por alguns dias, o armador Mike Conley teve o maior salário da NBA. Para um jogador que jamais esteve no All Star Game, o máximo que posso dizer é que seu empresário é genial. Por partes, Conley é um ótimo jogador, pra lá de subestimado até então e provavelmente, um dos melhores defensores de perímetro. Mas esse contrato aí (US$ 153 milhões por cinco anos) chega a ser uma obscenidade. Fora isso, quase tudo bem. Conley perdeu 26 jogos na temporada passada por lesão e teve o pior aproveitamento em arremessos de quadra (42.2%) da carreira. Fez 15.3 pontos, 6.1 assistências, 1.2 roubada em 56 partidas em 2015-16.

12- Eric Bledsoe, Phoenix Suns (-2)

Eric Bledsoe

Saudável, Eric Bledsoe era um candidato em potencial para participar do Jogo das Estrelas na temporada passada. Vinha, inclusive, tendo os melhores números da carreira quando sofreu uma contusão que o tirou de toda a fase regular. O armador do Phoenix Suns deve retomar de onde parou, como o principal cestinha. Vai ter concorrência por tempo de quadra, pois Brandon Knight e o ótimo arremessador Devin Booker, mas nada que tenha algum impacto. Em 31 jogos, Bledsoe obteve médias de 20.4 pontos, 6.1 assistências, 4.0 rebotes, 2.0 roubadas e um aproveitamento de 37.2% nos tiros de longa distância.

13- Goran Dragic, Miami Heat (+4)

Goran Dragic

Dwyane Wade foi para o Chicago Bulls, Chris Bosh está fora do Miami Heat (talvez da NBA). Assim, Goran Dragic será a principal arma da equipe nesta temporada. Será um ano difícil, já que as chances de conseguir uma vaga nos playoffs caem por terra sem Bosh, mas Dragic conta com a evolução do pivô Hassan Whiteside pela chance de brigar por alguma coisa. Seu arremesso de três é inconstante e precisa melhorar, pois o técnico Erik Spoelstra garantiu que o time vai correr mais e esse estilo de jogo carece de bons chutadores. Em seu melhor ano na carreira, em 2013-14 pelo Phoenix Suns, o armador fez 20.3 pontos e 5.9 assistências, similar ao projetado para esta temporada. Fez 14.1 pontos, 5.8 passes decisivos, 3.8 rebotes e 1.0 roubada em 72 jogos na campanha passada.

14- Jeff Teague, Indiana Pacers (-7)

Jeff Teague

All Star em 2014-15, Jeff Teague deixou o Atlanta Hawks após sete anos e foi para o Indiana Pacers em troca tripla. Teague sabe que boa parte das jogadas do Pacers passa pelas mãos de Paul George (isso sem contar com Monta Ellis), então terá de aprender a jogar sem a bola. A vantagem é que o Pacers vai fazer uso do jogo corrido e ainda, estará em seu último ano de contrato. Ou seja, é bom esperar boas coisas de Teague, que converteu 40% dos chutes de três pontos em 2015-16. Aparentemente, o jogador certo no time certo. Na temporada passada, ele obteve médias de 15.7 pontos, 5.9 assistências e 1.2 roubada em 79 partidas.

15- Rajon Rondo, Chicago Bulls (-3)

Rajon Rondo

Líder em assistências em três temporadas na carreira, incluindo em 2015-16, o armador Rajon Rondo deu a volta por cima no ano passado, depois de uma passagem desastrosa pelo Dallas Mavericks. No Sacramento Kings, Rondo reencontrou o seu melhor basquete e teve o melhor aproveitamento em arremessos de três (36.5%) e o maior número de passes decisivos em uma só campanha, com 839. Agora no Chicago Bulls, Rondo chega em um time que conta com Jimmy Butler e Dwyane Wade, dois ótimos passadores. Como não tem um arremesso preciso, não será difícil vê-lo no banco em algumas ocasiões decisivas. Aos 30 anos, o atleta obteve médias de 11.9 pontos, 11.7 assistências, 6.0 rebotes e 2.0 roubadas em 72 jogos em 2015-16.

16- Jeremy Lin, Brooklyn Nets (NR)

Jeremy Lin

Ele está de volta. Depois de quase três anos vindo do banco de reservas, Jeremy Lin assume a titularidade do Brooklyn Nets, provavelmente em sua última chance de brilhar na liga. Lin apareceu bem no New York Knicks em 2011-12, mas de lá pra cá, foram três times, sem contar o Nets. Mas em sua nova equipe, é esperado que ele divida a liderança com Brook Lopez, e seus números tendem a crescer bastante em 2016-17. Na reserva do Charlotte Hornets, Lin obteve 11.7 pontos, 3.2 rebotes e 3.0 assistências em 78 jogos.

17- D’Angelo Russell, Los Angeles Lakers (NR)

D'Angelo Russell

Não tem como negar que 2015-16 foi uma temporada de aprendizado para D’Angelo Russell. Era titular, perdeu a vaga no meio da campanha, envolveu-se em uma polêmica com Nick Young e virou a principal arma para levar o Los Angeles Lakers de volta aos playoffs no futuro. O técnico Luke Walton quer que ele seja mais agressivo e, pelo que Russell jogou nas Ligas de Verão e tem feito na pré-temporada, acredita-se que o armador vai evoluir bastante em seu segundo ano. Fez 13.2 pontos, 3.4 rebotes, 3.3 assistências e converteu 35.5% dos arremessos de três em 2015-16.

 

18- Dennis Schroder, Atlanta Hawks (NR)

Atlanta Hawks v Golden State Warriors

Esta será a primeira temporada do alemão Dennis Schroder como titular no Atlanta Hawks. Beneficiado pela troca que envolveu Jeff Teague, o armador terá a grande oportunidade da carreira, após provar nos últimos dois anos sua consistência vindo do banco. Schroder não está totalmente pronto, entretanto. Seu arremesso de longa distância ainda não é dos melhores (32.4% como profissional) e comete muitos erros de ataque para poucas assistências. Na defesa, também precisa evoluir. Fez 11.0 pontos e 4.4 assistências em cerca de 20 minutos de ação em 2015-16.

19- Reggie Jackson, Detroit Pistons (-3)

Reggie Jackson

Era para Reggie Jackson estar melhor ranqueado, mas uma lesão no joelho deverá tirar o armador das quadras por até dois meses. Quando voltar, ainda vai precisar de se readaptar. Ou seja, cai pela contusão. Sem ele, o Detroit Pistons vai de Ish Smith no quinteto titular. É possível que o time comece a temporada abaixo do esperado, mas a esperança é que, quando Jackson retornar, o Pistons embale na classificação para os playoffs. Em 2015-16, o italiano obteve médias de 18.8 pontos, 6.2 assistências e 3.2 rebotes nas 79 partidas disputadas.

20- Derrick Rose, New York Knicks (-9)

Derrick Rose

Ainda não existe decisão sobre o caso de estupro, então estamos assumindo que Derrick Rose vai jogar a temporada 2016-17 pelo New York Knicks. E será o seu primeiro ano fora do Chicago Bulls, onde foi MVP de 2011. Uma carreira que tinha tudo para ser brilhante, levou uma “pancada” por conta das inúmeras contusões graves no joelho desde então. Existe a torcida para que ele recupere o seu melhor jogo, de explosão, de ataque ao aro, mas a cada ano, Rose fica mais longe de ser esse jogador. Obteve 16.4 pontos, 4.7 assistências e 3.4 rebotes em 66 jogos em 2015-16.

21- Ricky Rubio, Minnesota Timberwolves (+4)

RubioWhite_crop_north

Nem parece, mas Ricky Rubio vai para o seu sexto ano na NBA. O armador espanhol foi bancado pelo novo técnico do Minnesota Timberwolves, Tom Thibodeau, mesmo com a seleção de Kris Dunn no draft deste ano. Rubio ainda passa longe de ser um bom defensor (possui números de roubadas, mas…), seu arremesso segue questionável (32.8% de aproveitamento para três em 2015-16), mas é sempre bom vê-lo em quadra, especialmente por lances plásticos e por sua visão. Fez 10.1 pontos, 8.7 assistências, 4.3 rebotes, 2.1 roubadas e um aproveitamento de 37.4% em arremessos de quadra.

22- George Hill, Utah Jazz (-2)

George Hill

George Hill saiu do Indiana Pacers, onde não conduzia a bola, para o Utah Jazz, onde será mais do mesmo. No Pacers, Paul George e Monta Ellis organizavam a maioria das jogadas. No Jazz, esse papel é de Gordon Hayward e agora terá Joe Johnson. Jogar sem a bola não é novidade, portanto. Hill é um ótimo arremessador de três pontos (37.6% de aproveitamento na carreira) e usa a envergadura de incríveis 2,06 metros para ser um bom defensor. Ficou com 12.1 pontos, 4.0 rebotes, 3.5 assistências, 1.1 roubada e um aproveitamento de 40.8% nos tiros de três em 2015-16.

23- Elfrid Payton, Orlando Magic (-4)

Elfrid Payton

Existe uma boa expectativa de que Elfrid Payton faça a sua melhor temporada da carreira em 2016-17, principalmente por conta da evolução nos arremessos de longa distância. O armador do Orlando Magic ainda é um produto a ser lapidado (o lance livre, de 58.9% de aproveitamento, é um indício), mas tem campo para melhorar. O chute de média distância, grande problema em seu primeiro ano, pareceu mais confiável em 2015-16. A visão de quadra é boa o suficiente para um jogador jovem. Obteve médias de 10.7 pontos, 6.4 assistências e 1.2 roubada em cerca de 30 minutos por noite em 2015-16.

24- Tony Parker, San Antonio Spurs (-9)

Tony Parker vs. Russell Westbrook

É claro que Tony Parker é talentoso o suficiente para estar acima nessa lista. O problema é que ele joga para o técnico Gregg Popovich, que restringe seus minutos em quadra. Tem também o fato de ter se lesionado mais do que o normal nos últimos anos, mas o francês caiu de produção. Em 2015-16, obteve os piores números da carreira desde o seu primeiro ano na NBA, no longínquo 2001-02. Parker ainda tem a concorrência do australiano Patty Mills, mais jovem e mais confiável nos arremessos de três. Na última temporada, ele ficou com 11.9 pontos e 5.3 assistências em 72 jogos.

25- Deron Williams, Dallas Mavericks (-1)

Deron-Williams

Não faz tanto tempo assim, mas lembra quando Deron Williams era considerado um dos melhores armadores da NBA, ao lado de Chris Paul? As lesões, como sempre, foram as vilãs em sua carreira. Enquanto sua melhor fase ficou para trás, Williams ainda pode contribuir, agora em seu segundo ano no Dallas Mavericks. Desde o primeiro ano no agora Brooklyn Nets, em 2011-12, ele tornou-se um jogador comum graças a um tornozelo pouco confiável. Obteve médias de 14.1 pontos, 5.8 assistências, e um aproveitamento de 34.4% nos arremessos de longa distância.

  • Vinícius Maia

    É impressionante a quantidade de armadores de alto nível presentes na NBA hoje.

    Sobre Deron Williams, eu acompanho muito pouco a sua carreira, mas sempre que o vejo jogar, a impressão que eu tenho, é que o cara perdeu a paixão pelo jogo. Parece que não tem mais motivação e joga por jogar.

  • Michel Moral

    Não se trata de um ranking pessoal não, Gustavo. Muito bem elaborado técnica e analiticamente

    Ao meu ver é uma lista para o presente, com certo índice de projeção futura.

    – Kyrie merecidamente a frente de muitos armadores que deixaram a desejar na última temporada.
    – O Barba está no mesmo nível de Westbrook, como jogador de basquete, mas como armador, o camisa zero do Thunder é obviamente melhor.
    – CP3 é um grande armador. E é isso que o mantém em um top5 a essa altura. Mas se o Clippers for mais do mesmo, a tendência é que perca ainda mais posições nos próximos anos.

    A ordem no ranking dos “bichados / esquecidos / mal amados”, como Rose, Rondo, Deron e Rubio, é mais uma questão de ponto de vista mesmo.

    Os que têm mais chances de melhorar a posição na lista são: Russell; Schroder, Reggie e, por que não, Jeremy Lin (agora que deve ser o centro das atenções em Brooklyn).

  • #TheBrodie

    Definitivamemte,essa é a Era dos Armadores
    Até a 15a posição,mais ou menos,são jogadores de alto nível. Isso é mta coisa.Os primeiros colocados são todos jogadores que compõem a elite do basquete mundial hoje.
    Os 3 primeiros são jogadores da mesma geração e que subiram de nível na liga praticamente no mesmo período.
    Chris Paul manteve o nível,Lillard e Irving cresceram.
    Wall é um cara que pra mim ainda está acima do Lowry e Irving,mas infelizmente vai continuar pagando o pato por causa do seu time.
    E a promessa pra mim é o alemão do cabelo 3% descolorido.

  • WESLEY

    gostei da lista

  • Mailson Silva Sena

    Cadê o ranking da temporada 2012-2013?

    • Gustavo Freitas

      Não teve. 🙁

  • DamonHeat

    impressionante como a NBA tem bons PG.
    do 1° até o 8°, são excelentes PG, todos all stars.

  • Claudio R.

    O engraçado é que há uns dois anos atras o Curry não tava nem no top 3…. E tem alguns que o acham o melhor jogador do mundo… fala serio!

    • Matheus Oliveira

      O nível dele cresceu tanto e as temporadas dele foram tão brilhantes que subiu bastante, mas não a esse ponto. Naquele momento todo mundo questionava um pouco se Curry podia pelo menos fazer frente ao reinado do LeBron.. Principalmente após aquele massacre em cleveland. Mas as finais mostrou que LeBron está muito a frente dos outros, Curry tem de se contentar como segundo.. Os haters do LeBron já fazia as zoeira com a idade dele chegar enfim

      • Claudio R.

        pois é… eleveu sim, muito, indiscutivel estar entre os melhores hj, só queria que as pessoas tivessem o msm tratamento pra avaliar os dois, LeBron em 2006 teve uma temporada monstra, em 2007 levou o time as finais, e msm assim ninguem em sã consciencia falava que ele ja era melhor do que o Kobe…. isso só foi acontecer em 2008… de lá pra cá com uma consistencia incrivel…. ou seja, vai fazer 10 anos que ele é o melhor jogador da liga… E não há 2 temporadas.

  • Pedro Coimbra

    Acho q Reggie Jackson poderia subir umas duas posições.

    • Gustavo Freitas

      Era para estar acima disso, se não tivesse a contusão no joelho.

  • Diego Godinho

    Perai… Irving pior que paul e lillard? Isso é mentira. Irving é para tar no top 3

    • Luiz

      Perai ne,num é só porque ele jogou bem nos offs que ele vai ser melhor que outros que jogaram melhor que ele a temporada inteira.

      • Vinícius Maia

        Você viu o que Irving fez em 2014-2015 na regular e nas partidas em que esteve nos playoffs? Honestamente eu fico surpreso com a galera falando do Irving como se ele tivesse surgido na última temporada, sendo que em termos de números, foi uma de suas piores temporadas regulares. 2014-2015, Irving jogou muito durante toda a temporada regular, tendo feito, inclusive feito mais de 50 pontos em duas oportunidades. Eu posso estar enganado, mas nessa lista eu acho que o Gustavo leva em conta a carreira do cara também e se eu estiver certo nisso, posso te garantir que em termos de números, a última temporada regular foiuma das piores do Irving.

    • Gustavo Freitas

      Não é pior. Em nenhum momento esse é o ponto. Subjetivamente, minha lista é outra. Objetivamente, com NÚMEROS, com projeções, como os times vão jogar, o ranking acaba sendo outro.

      Na minha opinião, o melhor PG mesmo é Chris Paul. Acho Irving excelente e poderia estar no pódio ou perto disso, mas veja o que ele produz com LeBron ao lado, exceto em playoffs. Aqui é sobre temporada regular. Irving será poupado. Veja a diferença do que ele fez entre temporada regular e playoffs. É imensa.

    • Michel Moral

      Discutindo o “subjetivamente”…

      Cara, não colocar o Lillard em um top five depois do que ele fez com esse time do Blazers é brincadeira.

      Eu acho o Irving o jogador mais habilidoso da liga, mas em termos de competitividade e liderança ele não tem comparação com Damian e CP3.

  • Uncle Drew – Revenge Tour

    Eu colocaria D’Angelo Russell e Schroder a frente de Lin, Rondo e Teague. Colocaria tão acima pq o Walton realmente vai tentar emular o Warriors (o Julius Randle estar mais com a posse de bola (teve 5 assistências no jogo de ontem) é um indício disto.). Russell deve se dar bem neste estilo e está mais confortável com o Walton treinando, em vez do Byron Scott.
    O Schroder é pq ele já estava roubando o protagonismo do Jeff Teague, e só tende a crescer mais ainda, agora com o DH12 por lá. ..ele pode ter mais facilidade para pontuar e distribuir assistências através de Pick-and-Rolls. E tem o jogo coletivo do Hawks, q ajuda mt tbem.
    Tirando isto, estou de acordo com o ranking.
    PS: O REGGIE JACKSON É ITALIANO ?! Porra, tá aí algo q eu não sabia,rsrs.

  • Victor Chittolina

    Achei a lista bem justa. Até os nomes que estavam mais abaixo do que eu colocaria, estavam bem explicados.
    Posição muito bem servida de bons jogadores. Junto com a posição 3, ala, talvez seja a que mais bons nomes tenha.

    • Nilton Junior

      Acho que a posição 4 tem mais (em números) talento que a 3.

      • Victor Chittolina

        Cara, eu acho que não. Se levar em consideração que as alas têm pelo menos 4 jogadores que podem ser TOP 10 (LeBron, Durant, Kawhi e PG), além de outros ótimos nomes como Melo, Butler, Hayward, Giannis, Wiggins, Batum, acho que a posição 3 é a mais bem servida da NBA.
        Tipo, fazendo um TOP 10, comparando os primeiro com os primeiros, os segundos com o segundos de cada posição e assim por diante e ranqueando eles de melhor a pior, acho que as alas seriam a posição mais forte, junto com os armadores.

        Até vou tentar fazer a experiência. kkkk

        1) LeBron(SF) – Curry(PG) – Monocelha(PF) – Cousins(C) – Thompson(SG)
        2) Durant(SF) – Westbrook(PG) – Griffin(PF) – Drummond(C) – DeRozan(SG)
        3) Harden(PG) – George(SF) – Green(PF) – Towns(C) – Wade(SG)
        4) Paul(PG) – Kawhi(SF) – Aldridge(PF) – P. Gasol(C) – McCollum(SG)
        5) Lillard(PG) – Melo(SF) – Millsap(PF) – M. Gasol (C) – Beal(SG)
        6) Irving(PG) – Butler(SF) – Nowitzki(PF) – Jordan(C) – Fournier(SG)
        7 ) Hayward(SF) – Lowry(PG) – Horford(C) – Ibaka(PF) – Middleton (SG – Se jogar)
        8) Wall(PG) – Antetokounmpo(SF) – Love(PF) – B. Lopez(C) – Oladipo(SG)
        9) Wiggins(SF) – Thomas(PG) – Whiteside(C) – Porzingis(PF) – Booker(SG)
        10) Walker (PG) – Gobert(C) – Batum(SF) – Redick(SG) – Gordon(PF)

        Essa é a minha avaliação, lógico, mas vejo as posições 1 e 3 em vantagem, sendo que a 2 é a que mais carece de grandes talentos, ainda mais agora que o Barba vai jogar de PG.

        • #TheBrodie

          acho que a 5 tambem é bastante fraca

          • Victor Chittolina

            É mesmo. Pivôs e alas-armadores são as duas posições mais carentes

  • Jair Ventura

    Wall apenas em oitavo?

    Baita defensor, atlético, passador de elite, um slasher da melhor qualidade, líder do time, e apenas em OITAVO?!

    Nunca que deveria ficar atrás do Irving, que só ganha dele em arremesso e ball handle.

    • Jair Ventura

      Nem do Lowry.

    • Gustavo Freitas

      Você está pensando subjetivamente. Se fosse subjetiva, concordo. Mas não é.

    • Michel Moral

      Cara, sou um crítico dos mais ferrenhos ao Irving e também prefiro o Wall para o meu time, mas daí você está analisando a questão muito subjetivamente.

      Kyrie jogou muito na última temporada, especialmente nos playoffs, quando ele, no meu modo de ver, elevou o patamar do seu jogo.

      Wall, por sua vez, com todos esses atributos que você citou, foi incapaz de levar o Wizards aos playoffs, o que é um fracasso de certo modo para um time candidato a título de conferência anos antes, com praticamente a mesma base.

  • Jair Ventura

    Absurdo o Wall ficar abaixo do Irving.

    Wall beirou 20ppg e 10apg, é ameaça constante de triple-double. É o alfa do seu time, enquanto o Irving é apenas o coadjuvante do LeBron.

  • Quando se vê a lista dos ”armadores” é impressionante como 85% dos atletas jogam em modo ataque. Isso é tendência global, agora sobre a lista em si não tem como deixar de notar o distanciamento que existe entre Russell Westbrook & Stephen Curry dos demais, são degraus acima nos aspectos: técnicos, físicos e mentais.

    • #TheBrodie

      mental mais ou menos,ne.
      Harden é melhor nesse aspecto que os dois primeiros.
      Eu sinceramente acho Harden um cara do Westbrook e do Curry.Mas a defesa dele o põe abaixo.

      • Mental = Intangibilidade, competitividade, instinto vencedor e etc. Não associado a leitura, organização e capacidade de facilitação do jogo.

        Harden é um cara que discuto às vezes se o seu objetivo é elevar o nível da equipe ou seus dígitos na carreira. Por exemplo: Isaiah Thomas & Damian Lillard você nota a ambição nos perfis.

        • #TheBrodie

          nesse ponto eu concordo.Associei “mental” com saber lidar com adversidades.

        • Killer Crossover

          O mental que eu associei foi o outro: leitura, organização e principalmente estabilidade. 1º e 2º (principalmente o primeiro) são bem afobados às vezes, o que em alguns jogos até prejudica o time.

      • Leonardo

        Perfeito comentário!

    • The King James

      Físico também mais ou menos, pois Curry é meio de vidro, já na parte técnica concordo que eles sobram.

      • Isso é uma construção!!! O Curry tem quase 90% de participação nos jogos de temporada regular, oscilação técnica é desgaste por repetição, fator psicológico ou competência do oponente. O Warriors jogou 106 jogos em 2015/2016 e o Stephen Curry marcou presença em 97.

        A retórica do “tornozelo de vidro” é culpabiliza o externo, porque é um fato que já faz quase 5 anos.

  • Raphael Melo

    Nada, absolutamente NADA justifica o Jackson atras do D’Angelo Russell e do Jeremy Lin. Nem parece que ele fez 19 ppj e 6.5 assistencias na ultima temporada.

    • Gustavo Freitas

      Até dois meses parado. Justifica.

    • Jefferson Jesus

      Deixa de ser chorão.

    • Leonardo

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Luan sousa okc Fuck kd

      Voce por aqui shumpert

  • Bruno Grotta

    Quando eu vi o Harden em 3°, já tive a certeza que veria o grego Giannis Antetokounpo (não sei seu nome), afinal seu técnico também já disse que ele jogará como armador.
    Giannis tem boas chances de elevar seu jogo, pegar vários TD e ter ótimos números em pontos/rebotes/assistências.
    Sinceramente, acho que ele entra num top12 no mínimo aí.

    • Gustavo Freitas

      Será Dellavedova, com MCW vindo do banco.

      • Bruno Grotta

        Em entrevistas, o Jason Kidd tem indicado que ele continuará sendo o Point Guard do time. Precisa melhorar algumas coisas, e o JK disse que vai lhe ajudar.

        Nós últimos 26 jogos do Bucks na temporada passada, com Giannis como point Guard, ele anotou 18.8 pontos, 8.4 rebotes, 7.5 assists, 1.9 blocks, 1.5 steals…
        Anotando 6 TD se não me engano.

        Com a lesão do Middleton, provavelmente a dupla de armadores vai ser ele e o Delly..mas tenho certeza que quem vai carregar a bola é o grego.

  • Triste é ver que o Chris é pódio há anos e até hoje nem em final de conferências chegou.

    Legal acompanhar os antigos ranques e ver que certos caras comprovaram as apostas (Curry, Westbrook, Irving) e outros nunca foram o que imaginavam que seria (Jennings, R-O-S-E, Dragic).

  • #TheBrodie

    Esse é mais aquele momento “Valeu,Sam Presti”.
    Westbrook e Harden entre os 3 primeiros.
    Novamente,obrigado Sam.

    • Leonardo

      Harden verdadeiro MVP de 2014 e melhor que egotista Ever!

      • #TheBrodie

        verdadeiro MVP,sim.Melhor que Westbrook,não.

  • Pedro Ferreira

    Pra mim o Kemba é melhor que o Lowry, mais claro é uma questão de gosto pessoal

    • Leonardo

      to contigo. O problema é que o Lowry virou um ladrãozinho, o que fez ele subir bastante no conceito.

      • Pedro Ferreira

        Um jogo com o Kemba me chama muito mais a atenção do que um com o Lowry, sem contar que o Lowry já deu provas que é pipoca

  • Misfits

    Jeremy Lin é o melhor PG da liga, mas não me pergutem o motivo, é apenas opinião minha.

    • Pedro Ferreira

      Vc torce pro Nets?

      • Misfits

        Agora que o Lin está lá sim

        • Pedro Ferreira

          Entendi kkkkkk

      • Leonardo

        Po o kra disse para não perguntar o motivo, agora perdeu toda a graça hahaha

  • Gustavo

    A lista é boa. Só discordo da posição do Schroder, para mim estaria ali pelo 13o, e do Mudiay não estar na lista. Sou mais ele que Hill e Deron.

  • ThiagOo25

    Só discordo da posição do Curry. RsRs.

    • Leonardo

      Essa é a grande discussão, considero armador também o armador clássico (CP e JW) mas a NBA mudou o estilo e eles são armadores também, mas não no estilo clássico. Sei lá deveria ter outra nomeclatura para esses kras que mais driblam e chutam do que armam, penso eu.

      • ThiagOo25

        Sim, tem jogador naquela lista que arma mais que o Curry, mas como o critério utilizado também foi o de pontuação, aí outros acabam perdendo nesse quesito.

  • Matheus Oliveira

    Acho que a maior discussão é a posição do Kyrie, se deve estar ou não na frente do menino parede. Cara, o Lillard vai jogar pra caralho essa temporada vai surpreender muita gente. Acho que em aspecto de pontuação vai ficar a frente do West brigando com o Harden diretamente… Vamos ver

  • Yan Alves #Suns

    Bledshow > All

    • Rafael Almeida

      bledmito

  • LP

    Elfrid Payton vai ser top 5 até o fim da temporada, quem viver verá!!!

    • Leonardo

      O muleke é bom, mas nem tanto kra. Os 10 primeiros lá levam suas franquias nas costas. Coisa que ele AINDA não é capaz.

    • Rafael Almeida

      ele e meio termo não é tudo isso.

  • Uncle Drew – Revenge Tour

    Tem gente q precisa entender os fatores e as conclusões em q é feito o ranking. Não é possível! Tá bem explícito: “Esta previsão leva em conta números, potencial, surpresas positivas ou negativas, contusões anteriores e seus riscos no futuro, e principalmente, opinião pessoal. Não quer dizer exatamente que um determinado jogador é melhor ou pior que o outro.”
    Uma discussão ou outra sobre tal jogador…É normal. Mas tem coisas q vc olhando as normas do ranking…ficam bem claras.
    Porque Irving desta vez está a frente de Wall e Lowry, em relação ao ranking passado? Por causa do seu momento nas Finais, por ainda ser mais novo q os dois (assim tendo maior potencial), pelo Wall estar vindo de uma lesão no joelho e nao ter levado seu time a pós-temporada . Os 3 estavam relativamente próximos no ranking do ano passado. Só q pelo momento do Irving, e por ser uma peça importantíssima nas Finais… ele está a frente.
    Talvez seja melhor da próxima vez colocar no título “Power Ranking – Armadores” e explicar o significado de Power Ranking (um ranking q leva em consideração o momento e não quem é melhor ). Pq dizendo ranking…a galera parece entender: Qual jogador é melhor.

    • Leonardo

      Entendemos, mas não concordamos que esses sejam os melhores fatores para se ranquear, ponto. Mas você também esta certo, o que deveria ser debatido são os números de cada um e o que podem melhorar, etc.

    • Vinícius Maia

      Acho que a maioria nem leu os critérios Drew. Só leram o título é já partiram para as colocações no ranking.

  • pedrokadf

    lista discutível rs
    Pra mim top 1 e 2 está plausível
    Mas Harden na terceira posição mesma com o possivel troca de posição não me agrada, acho q CP3 ainda está a sua frente…
    Irving dos playoffs deve está a frente do llilard temporada regular
    Wall a frente do Lowry,

  • Alan Rodrigues

    O Tony Parker em 24º. kkkkkkkkkkk

    • Tony parker

      Fiquei puto com o Jumper! Mó sacanagem.

      • Gustavo Freitas

        Não. Fique puto comigo, não com o Jumper.

  • Olavo #WeAreRipCity

    Concordo sobre o que disseram mais abaixo em relação ao Giannis, que, ao menos em tese, deveria estar nessa lista de PG porque, assim como foi a situação do Harden em Houston, Kidd também já se pronunciou dizendo a mesma coisa sobre a função do Giannis pra essa mesma temporada. Até fez um comentário (Já na Hype) dizendo que ele poderia ter médias de TD assim como o Big O …

    Em uma lista própria, eu não faria esse deslocamento tanto do Harden quanto do Giannis pra uma lista de melhores PGs, pois eles sempre desempenharam essa função nos seus respectivos times, mas isso não vai impedir até mesmo de um verdadeiro PG estar no time titular, como vai ser com o Delly em Milwaukee e, pelo que alguns jornalista dizem, também vai ser o mesmo caso com o Beverley no Rockets. Agora, caso isso seja optado, acho que deve ser com os outros que também fazem esse tipo de função, como acontece em outras posições também.

    • Bruno Grotta

      Pois é, eu também não colocaria, mas como o Harden ta aí…
      E mesmo que tenha o Delly de starter, o Giannis será quem mais vai carregar a bola e construir a jogada.

      Ainda é algo bem complicado de rankear…LeBron James é o armador do time em muito tempo de un jogo..

    • Michel Moral

      Embora o Kidd tenha selado que o grego é armador, entendo que a função dele em quadra é mais de um Point Forward do que de um guard.

      Já o Harden excluiu a figura de um PG no time titular.

      Giannis ainda deve jogar com Dellavedova, que tem boas chances de ter números expressivos nessa temporada.

      Quando não concordo com o Gustavo eu falo. Mas nessa eu acho que ele acertou em não colocar o grego na lista.

  • – Tiago

    Eu teria colocado o Jeff Teague e o Rondo a frente do Dragic

    • Rafael Almeida

      Dragic joga mt vai levar junto com hassan o heat nas costa.

  • Listas sempre polêmicas…
    essa é a posição mais recheada de talento na NBA de hoje…
    acredito que o Irving ficou muito abaixo…
    Wall top 5 sem dúvidas…
    Jackson muito mal colocado…
    Lin dentro e Mudiay fora…
    essa lista ficou muito errada…
    parece que foi pra dar polêmica

  • Sid Payne- Dança muito

    West tinha que ta em 1, de resto é por ai msm

    Deron em ultimo? kkkkkk

  • Pedro Ferreira

    Só eu que não vejo tudo isso nesse Payton?

    • Doug

      Não é “tudo isso”…mas, ele é um armador que ainda evoluirá…peca no arremesso, mas arma bem…

      • Pedro Ferreira

        Entendi

      • Denyson

        Essa evolução já ouço falar a umas 2 temporadas…

        • Doug

          Sim, tem demorado, mas muitos prospectos são assim…alguns vingam mais rápido, outros menos, e há aqueles que nem chegam a vingar…mas, o moleque tem talento na armação e já era par ter dado um salto evolutivo maior realmente…

  • Doug

    Cara, eu acho que até a décima posição a discussão apenas ocorre acerca de um ou outro, embora eu praticamente concorde com a lista…já para baixo é muito variável, por uma série de razões e critérios…como toda lista, é claro que é discutível, já que envolve uma série de aspectos e quem a elaborou levou em consideração alguns deles, tentado fazê-la o mais objetiva e imparcial possível…claro que o jogador não se resume a números, mas é uma boa forma de buscar, ao menos, reproduzir a sua produção…de toda forma, é mais uma boa análise do Jumper…pra mim, é uma pena ver o Parker nessa posição, mas é fato que está caindo de produção por vários motivos, mas, ainda assim, eu o colocaria mais acima…sobre o Puto, como vai jogar de armador nos Bucks, realmente, deveria estar, e bem posicionado, nesta lista…um outro que eu gosto muito, mas não me lembro da sua atuação condição física, é o Tyreke Evans, quem eu acho muito talentoso e acredito voltar bem de lesão…

  • Edipo

    Meu Deus do céu o Rondo ficar nessa posição vcs devem estar de brincadeira né!O cara foi líder de assistência da liga em um time q era uma zona,mas esse ano no Bulls ele vai calar a boca de muita gente,e o Wall tbm merecia uma melhor colocação.

  • Rafael Victor

    Gostei do Kemba Walker na 10º posição! Muito justo! Quase ninguém lembra do cara, que vem de uma grande temporada (e ainda duelou bonito contra o Wade nos Playoffs), o sucesso que o Hornets possa obter nessa temporada vai passar muito, literalmente, pelas mãos dele!

  • Marcelo Desoxi

    Só discordo em dois pontos :
    1 – Parker é melhor que Elfrid Payton com as duas pernas quebradas
    2 – Reggie é melhor que D’Angelo Russel, Dragic e Lin.

  • Lucas Preis

    Até a decima colocação está bem aceitavel e bem feita a lista. Depois disso é só cagada.

  • Killer Crossover

    Mike Conley ta bem hein rs ?Comparado com o salário… Só discordo do D’Angelo Russell (que gosto bastante diga-se de passagem) na frente do Rose e do Schroder que vem provavelmente pra sua melhor temporada (mesmo com as ainda “falhas” citadas acima), enquanto o Russell vem apenas pra sua segunda temporada. Tudo bem que ele tem um potencial enorme e a tendência pra ambos é dar um grande salto de números nessa season, mas ainda acho que o alemão vem mais preparado pra 2016-17 enquanto o Russell “ainda” vai aprender agora que tem um técnico que não quer queimá-lo. O Rose eu acho que tem tudo pra surpreender, enfim: talento o D’angelo tem de sobra, só não acho que ele já vai ter um impacto maior que os 2 citados nessa season.

  • Gustavo Freitas

    Respostão, que serve para muita gente que questionou.

    1- A lista não é subjetiva. Ela leva em conta tudo aquilo que o jogador em questão passou nos últimos meses (lesões, contrato a expirar, posição dele no time), além de projeção e números, tempo de quadra, queda de rendimento.

    2- Na minha lista subjetiva, Chris Paul é o melhor armador por conta de seu estilo clássico. Stephen Curry o segundo, enquanto Rajon Rondo seria o terceiro. Kyrie Irving, Damian Lillard e John Wall entrariam no bolo. Tony Parker, até por sua história, jamais passaria do décimo lugar.

    3- O ranking não é feito para criar polêmica. Fosse o caso, colocaria Curry em segundo ou terceiro, tiraria Chris Paul do top 10, e por aí, vai. A ideia é, somar as projeções de todos os jogadores, tiro pontos por contusão grave recente e, se ele ainda está em recuperação, aí que ele cai mesmo, como Reggie Jackson.

    4- É bom que entendam que Jeremy Lin vai produzir números em uma franquia que não tem nada. Acho que D’Angelo Russell será melhor do que está aqui, mas aí eu teria de rebaixar alguns jogadores que hoje estão acima dele. Até o fim do ano, Russell passa uma galera.

    5- Poucos param para ler os critérios e acham que é subjetiva. Daí, esculacham sobre Irving, Parker, entre outros. Nada que eu não estivesse acostumado. Listas mexem com o torcedor e eu tento ser o mais sutil possível para não ler: “só tem cagada” ou “parece que foi feita para criar polêmica”. Juro, eu entendo vocês. Mas os NÚMEROS dizem o contrário.

    6- Tudo é discutível. Nenhuma lista que eu fizer vai agradar a todos. Como escrevi diversas vezes, ela é pessoal por conta de meus critérios. Eu admito erros, mas não mudo a ideia de que a lista foi feita sob vários aspectos, muito maiores do que estão julgando nos comentários.

    7- Preparem-se para reclamar mais nos próximos dias porque agora é que a coisa fica feia. Já viu quem são os alas-armadores? E os pivôs? Se ficaram chateados com essa, tomem um chocolate quente porque as próximas serão piores e de gosto duvidoso. 🙂

    • #TheBrodie

      não é uma crítica não, mas é que sua preferência de armadores é meio caótica. Primeiro um armador puro,depois um armador que não tem nada de puro,dps outro puro,dps outros 2 que nao são puros…rs

      • Michel Moral

        Kkkk mas qual o problema disso?

        • #TheBrodie

          não tem,é engraçado e diferente só rs

      • Gustavo Freitas

        Minha preferência tem a ver com carisma. Curry é carismático com aquele protetor bucal. Zoeira, claro. É que Curry é acima da média. Prefiro mesmo um cara que pense nas jogadas primeiro, mas quantos são assim na NBA? Uma meia dúzia e olhe lá.

        • #TheBrodie

          É,o conceito de PG hj mudou radicalmente,mas me parece que isso foi benéfico.

    • Joana

      Você é um bosta Gustavo. Você deve pagar alguém ou dar o cu para alguém para ainda postar textos aqui. Você não entende porra nenhuma de basquete, se brincar essas minas de hoje de 13 anos já transaram mais do que você pegou numa bola de basquete.

      • Gustavo Freitas

        hahahaha

    • Eduardo

      GUSTAVO, EXISTE UMA DIFERENÇA MUITO GRANDE ENTRE UMA LISTA E MERA OPINIÃO. OPINIÃO NORMALMENTE É MOTIVADA POR CLUBISMO, O CARA QUE SÓ RACIOCINA PQ O CARA É DO TIME DELE ( OU MELHOR, NAO RACIOCINA). NÃO DE IMPORTANCIA AOS CARAS QUE SAEM FALANDO MERDA, IGUAL ESSE TAL DE “JOANA” AI EMBAIXO, FALANDO QUE VOCE É UM BOSTA E QUE TEM MENINAS DE 13 ANOS……….. PAPO FURADO, NAO SABE O QUE DIZ. GOSTEM OU NAO GOSTEM, SUA LISTA É MUITO COERENTE E POR MOTIVOS ÓBVIOS CONCORDO QUASE QUE TOTALMENTE COM ELA. CLARO QUE É UMA MISSÃO MUITO DIFÍCIL COLOCAR D.ROSE LÁ NO FINAL DA LISTA, E VOCE NAO PODE CONSIDERAR SÓ NUMEROS. AO MESMO TEMPO, VOCE NAO PODE LEVAR SÓ EM CONTA O TALENTO, SE O CARA NAO ESTAR JOGANDO. COLOCANDO TUDO NA BALANÇA, O CAMINHO É POR AÍ MESMO. PARABÉNS.

    • Listas dão polêmica mesmo…
      mas essa sua lista, infelizmente tem muitas opções “subjetivas”, acreditando muito no futuro, como “esse jogador vai render mais por estar num time ruim e etc…” mas eu acredito que seja a posição de mais talento da NBA. Mesmo por números e etc, o Wall tem que estar no top 5, o Rondo mais acima nessa lista, Jackson mesmo com a lesão, volta com mais nível que muitos dessa lista e CP3 hoje só fica atrás do Curry mesmo.

  • Anderson Luis Monteiro

    É engraçado que alguns jogadores caíram mt em tão pouco tempo, o caso do Rondo talvez seja o mais emblemático, pois mesmo depois de liderar a liga em assistências, ele se encontra bem abaixo na lista. No geral, concordo com a lista, exceto pela presença do George Hill, que considero um cara pífio e incapaz de evoluir.

  • Eduardo

    SÓ UM ÚLTIMO COMENTÁRIO: WALL NA POSIÇÃO 8!!!!! NÃO ESTOU DISCORDANDO NAO, ESTA JUSTO! SÓ PARA ENFATIZAR COMO ESTÁ DISPUTADO! REALMENTE HOJE TEMOS A MELHOR NBA DA HISTÓRIA. WALL É UM MONSTRO E FICOU LÁ ATRÁS.
    SUBIRIA UM POUCO MAIS O RONDO, E REGGIE JACKSON. DESCERIA UM POUCO Schroder E D´ANGELO

    • Doctor D – Heat

      Kkkkkkkkkk… E na época que tinha Kobe, Wade, Nash, Kidd, Carter, Mcgrady, Rondo, Allen, Parker, Ginobili, Paul, Billups, todos no auge?

  • lakers4life

    D’lo no top 10 do ano que vem. Podem me cobrar! kk

    • Pedro Ferreira

      Tem potencial realmente

    • Bento lakers

      Hahaha que Magic Johnson te escute

  • Doctor D – Heat

    Incluir Dragic, Rose, Deron, Payton, Lin, entre outros numa lista e não por D-Wade e Chris Paul, se mata man!

    • v10

      chris paul ta na lista… e d wade é shooting guard e não point guard… presta atenção

      • Doctor D – Heat

        Então porque Harden está na lista? E a lista está definida como Armadores (termo genérico), pode ser tanto armador ou ala-armador (que também é armador). Vc precisa ver mais NBA ao invés jogar NBA 2K… Kkkkkk. Verdade, CP3 está na lista!

        • Douglas Vinicius

          o Harden tá na lista porque irá jogar de PG velho kkk com o Eric Gordon de SG

  • Doctor D – Heat

    Quem quiser entrar numa liga do Fantasy diferenciada, de estratégia e tática:
    https://yho.com/nba?l=77679&k=90bd7fc736fc4fa7&soc_trk=lnk&ikey=86cb25068e062273

  • Bruno Macedo

    Cp3 já tá na hora de cair todo ano só joga na regular nomes como Irving e lillard já estão jogando melhor, obs: minha opinião

  • Bruno Macedo

    Teague descendo até 20° só isso q eu mudaria

  • Douglas Vinicius

    nem imaginava que o Reggie Jackson era italiano KKKKK

  • DThunder

    Geral sabe q era pro Rubio estar em primeiro

  • Rubro Negro no Sangue

    O LeBron não cairia nessa lista não?

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados