logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 14 out 2016 às 11:43
Melhores jogadores por posição (2016-17) – Pivô

Gustavo Freitas lista os 25 melhores atletas da posição para próxima temporada

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Freitas

Fazer um ranking dos melhores jogadores por posição não é fácil. Exige matemática, português, inglês, adivinhações e muito, muito trabalho. Para se ter uma ideia, para cada posição, é necessário analisar pelo menos 40 jogadores para chegar a uma lista final. A partir desse momento, são mais alguns dias de esforço mental para colocar todo mundo em ordem e torcer para ninguém se machucar depois que a lista estiver quase pronta.

Cada ranking demora, a partir do ponto em que todos atletas estão alinhados, cerca de quatro horas para ficar pronto. Seja no texto curto, na pesquisa dos números ou na busca por imagens ou vídeos. Ou seja, é um trabalho pouco ou quase nada remunerado para muito tempo de dedicação. E é nisso que o Jumper Brasil se propõe em todos os anos de sua existência. Em janeiro, serão dez de noites arruinadas, de sono durante o trabalho de dia e muita insônia quando a temporada acaba. Com prazer, diga-se de passagem. Abraço, Neto.

Para formar uma lista final, são meses de pesquisa, assistindo jogos até lá pelas 4h da manhã. Claro que manter um site com conteúdo não é fácil, ainda mais quando se tem um acordo de parceria. A responsabilidade é grande, especialmente para não deixar o leitor entediado ou irritado com o nosso material. Tomamos cuidado para não atingir torcedores ou apreciadores de jogador X ou Y. Tudo é feito para, no final das contas, mostrar sempre os dois lados da moeda. Ninguém está aqui para atrair a ira com publicações polêmicas. Listas são por si só. Cada um tem o seu favorito. Cada um tem o seu critério, entretanto.

Críticas são sempre observadas, pois do contrário não haveria estímulo para tentarmos melhorar. Os elogios contam muito e vivem nos mantendo acordados até sabe-se lá que horas para entregar algo que o leitor já se habituou.

Hoje, encerra-se o ranking dos jogadores por posição. A partir de segunda-feira, começamos com as publicações das previsões dos times para a temporada. Serão cinco por dia até o início de 2016-17.

Aproveite a leitura.

Entre parênteses, o que subiu ou desceu em relação ao ano anterior.

Veja também:

Melhores pivôs em 2011-12
Melhores pivôs em 2013-14
Melhores pivôs em 2014-15
Melhores pivôs em 2015-16

1- DeMarcus Cousins, Sacramento Kings (+1)

Alguns dizem que DeMarcus Cousins é um dos reis das estatísticas vazias, mas isso não importa nada. Cousins é um jogador que, se estivesse em um time forte, seria um dos focos do ataque. Está tentando se meter em menos confusões e essa maturidade o levou a dois Jogos das Estrelas consecutivos e a um lugar no pódio das Olimpíadas do Rio de Janeiro. Hoje, parece ser o melhor da posição com alguma folga sobre os demais. Obteve médias de 26.9 pontos, 11.5 rebotes, 3.3 assistências, 1.6 roubada, 1.4 bloqueio e acertou 33.3% nos tiros de longa distância.

2- Andre Drummond, Detroit Pistons (+4)

Líder em rebotes na temporada passada, Andre Drummond aposta que vai repetir a dose em 2016-17. Fala publicamente que vai em busca do segundo título no quesito e, com a lesão de Reggie Jackson, será ainda mais importante no ataque do Detroit Pistons. Não sabe arremessar lance livre, como vários de sua posição. Em 2015-16, Drummond garantiu médias de 16.2 pontos, 14.8 rebotes, 1.5 roubada, 1.4 bloqueio e converteu 52.1% dos arremessos de quadra.

3- DeAndre Jordan, Los Angeles Clippers (0)

Sei que boa parte dos leitores do Jumper Brasil acham o pivô DeAndre Jordan grosso. Sei também que isso é uma qualidade do atleta. Não tem a menor noção de como se cobra um lance livre, mas é extremamente atlético, briga por todos os rebotes, defende mais do que muitos acham. Jordan é mais do que ponte-aérea. Acredite. Ele ficou com médias de 12.7 pontos, 13.8 rebotes, 2.3 bloqueios e acertou 70.3% dos arremessos de quadra em 77 partidas.

4- Karl-Anthony Towns, Minnesota Timberwolves (+14)

Ah, como é bom ver a volta dos pivôs. Karl-Anthony Towns subiu muito no ranking em relação ao ano passado, mas tem uma justificativa plausível: ele é bom pra cacete (desculpe o linguajar, crianças). Pode apostar suas fichas aí: Towns será o melhor pivô da NBA em pouquíssimos anos, ainda mais como um técnico do calibre de Tom Thibodeau para fazer os ajustes. O Minnesota Timberwolves pode até não ser ainda um time de playoffs, mas vai brigar por isso. Em 82 jogos, Towns fez 18.3 pontos, 10.5 rebotes, 1.7 bloqueio, converteu 54.2% dos arremessos de quadra e 81.1% nos lances livres.

5- Marc Gasol, Memphis Grizzlies (-4)

Líder do ranking na temporada passada, Marc Gasol continua sendo um dos jogadores mais técnicos da posição, ao lado de seu irmão. A lesão, que o tirou de 30 jogos na temporada passada, o faz virar dúvida automaticamente. Perde alguns postos aqui, especialmente pelo que alguns de seus oponentes fizeram em 2015-16 e que podem realizar nesta temporada. Adicionou o arremesso de três ao seu arsenal. Em 52 jogos disputados, Gasol ficou com médias de 16.6 pontos, 7.0 rebotes, 3.8 assistências, 1.3 bloqueio, 1.0 roubada e acertou 46.4% dos arremessos de quadra.

6- Hassan Whiteside, Miami Heat (+9)

Sem Dwyane Wade e Chris Bosh, a aposta mais tranquila até o momento é que Hassan Whiteside vai brilhar no Miami Heat nesta temporada, ao lado de Goran Dragic. Nos jogos de preparação, Whiteside produziu números significativos em pouco tempo de quadra. Sinal que podemos vê-lo no Jogo das Estrelas em breve. Fez 14.2 pontos, 11.8 rebotes e 3.7 bloqueios, além de 60.6% de aproveitamento em arremessos de quadra em cerca de 29 minutos em 73 partidas.

7- Al Horford, Boston Celtics (+1)

Al Horford chega no Boston Celtics como a peça que faltava para levar o time mais longe. A equipe de Massachusetts carecia de alguém que fosse tão eficiente no ataque quanto na defesa. Horford é esse cara. Ótimo arremessador, é também um sólido defensor e deverá diminuir a pressão sobre Amir Johnson. Pela primeira vez, Horford atuou em 82 partidas em uma temporada e obteve médias de 15.2 pontos, 7.3 rebotes, 3.2 assistências, 1.5 bloqueio e converteu 34.4% dos arremessos de três.

8- Pau Gasol, San Antonio Spurs (NR)

Contratado para substituir o aposentado Tim Duncan, o espanhol Pau Gasol é um dos mais técnicos que a NBA viu passar nos últimos anos. Sabe arremessar com perfeição de média distância, é ótimo passador e, contrariando o que diziam nos tempos de Los Angeles Lakers, Gasol é bom defensor. Gasol fez 16.5 pontos, 11.0 rebotes, 4.1 assistências, 2.0 bloqueios e acertou 46.9% nos arremessos de quadra em seu último ano pelo Bulls.

9- Dwight Howard, Atlanta Hawks (-5)

A temporada 2015-16 de Dwight Howard foi bem curiosa. Primeiro, pediu para a diretoria do Houston Rockets trocar James Harden. Enquanto dizia isso, Harden fazia o mesmo e solicitava a transferência do pivô. Harden ficou, Howard assinou com o Atlanta Hawks e vai jogar na cidade onde nasceu. Tem feito uma ótima pré-temporada e chega em um time muito acertado. Pode voltar a ser um dos melhores. Mas por enquanto, existe a dúvida sobre como ele vai reagir em uma equipe que privilegia o passe. Howard obteve médias de 13.7 pontos, 11.8 rebotes, 1.6 bloqueio, 1.0 roubada e converteu 62% dos arremessos de quadra.

10- Brook Lopez, Brooklyn Nets (-3)

A aposta é clara: sem talentos ao seu lado, Brook Lopez deverá ter um grande ano no Brooklyn Nets. Mas será que consegue ficar saudável? Seu pé é sempre uma preocupação. Lopez é muito técnico e pode brilhar dos dois lados da quadra com alguma facilidade. Não é lá muito chegado aos rebotes, mas aos poucos, vai melhorando no quesito. Em 2015-16, Lopez fez 20.6 pontos, 7.8 rebotes, 1.7 bloqueio e acertou 51.1% dos tiros de quadra.

11- Nikola Vucevic, Orlando Magic (-1)

A presença de Bismack Biyombo no elenco do Orlando Magic deve fazer com que Nikola Vucevic seja um pouco mais esforçado na defesa. Ótimo do outro lado da quadra, Vucevic peca na marcação individual, especialmente dentro do garrafão. Com a saída de Victor Oladipo para o Oklahoma City Thunder, é provável que o atleta assuma boa parte das ações ofensivas. Em 65 partidas na campanha passada, Vucevic ficou com 18.2 pontos, 8.9 rebotes e 1.1 bloqueio em cerca de 31 minutos de ação.

12- Jonas Valanciunas, Toronto Raptors (+4)

Muito técnico, Jonas Valanciunas realmente se machucou na temporada passada, deixou o Toronto Raptors na mão em algumas oportunidades, mas sobe no ranking porque vai começar completamente saudável e outros jogadores caíram de produção ou não terão tanto tempo de quadra. Bom, ao menos é o que parece. Valanciunas é ótimo dos dois lados da quadra. Só não é exigido no ataque porque o time conta com DeMar DeRozan e Kyle Lowry. Em cerca de 26 minutos de ação, Valanciunas garantiu médias de 12.8 pontos, 9.1 rebotes, 1.3 bloqueio e 56.5% dos arremessos de quadra.

13- Rudy Gobert, Utah Jazz (-2)

Vindo de contusão, o francês Rudy Gobert caiu no ranking por isso e por conta da evolução de alguns jogadores da posição, como Hassan Whiteside. O pivô do Utah Jazz é excepcional na defesa, porém peca no ataque. Está tratando de treinar a parte ofensiva para levar sua equipe aos playoffs. Gobert obteve 9.1 pontos, 11.0 rebotes, 2.2 bloqueios e converteu 55.9% nos arremessos de quadra em 61 jogos.

14- Jahlil Okafor, Philadelphia 76ers (0)

Terceira escolha do draft de 2015, Jahlil Okafor apresentou em sua primeira temporada um ótimo arsenal ofensivo. Não defende tão bem, é verdade. Mas foi uma das únicas coisas interessantes no Philadelphia 76ers em mais um ano de tank. Corre sérios riscos de perder a titularidade e por fim, ser trocado ainda nesta temporada. O motivo: Joel Embiid. Fez 17.5 pontos, 7.0 rebotes e 1.2 bloqueio em cerca de 30 minutos nas 53 partidas disputadas.

15- Myles Turner, Indiana Pacers (NR)

Para quem começou a temporada como reserva e depois se machucou, Myles Turner foi uma das gratas surpresas em 2015-16. O então calouro atingiu médias de 13.4 pontos, 6.6 rebotes e 1.8 bloqueio em 13 jogos em fevereiro, após passar quase dois meses sem jogar. Ainda não apresentou ao público o arremesso de longa distância, mas isso vai acontecer em 2016-7. A aposta do Indiana Pacers no jovem pivô é tão grande que Al Jefferson será o seu reserva. Turner obteve médias de 10.3 pontos, 5.5 rebotes, 1.4 bloqueio e acertou 49.8% nos arremessos de quadra.

16- Enes Kanter, Oklahoma City Thunder (+8)

Enes Kanter não sabe defender, isso é fato há muitos anos. Mas no último ano, o turco se esforçou mais do que em toda a carreira e brigou pelo prêmio de melhor reserva de 2015-16. Sabe arremessar de média distância e faz o Oklahoma City Thunder produzir também dentro do garrafão. Reserva durante toda a temporada passada, exceto por um jogo, Kanter ficou com médias de 12.7 pontos e 8.1 rebotes.

17- Tristan Thompson, Cleveland Cavaliers (NR)

Baixo para atuar como pivô, Tristan Thompson não se importa e joga na posição em que for necessário. O canadense foi um dos líderes em rebotes ofensivos na temporada passada, mesmo não tendo um tempo de quadra tão avantajado. Briga em todas as posses de bola e essa característica de buscar rebotes no ataque, dando a chance ao Cleveland Cavaliers de tentar arremessar novamente, o coloca em uma categoria diferente. Obteve 7.8 pontos, 9.0 rebotes e converteu 58.8% dos arremessos em cerca de 27 minutos.

18- Marcin Gortat, Washington Wizards (+3)

Sem Nenê a partir desta temporada, Marcin Gortat terá mais espaço no Washington Wizards e a aposta é que vai produzir mais. Excelente defensor, Gortat é provavelmente um dos mais subestimados de toda a liga. Em 75 partidas, o polonês obteve médias de 13.5 pontos, 9.9 rebotes e 1.3 bloqueio em aproximadamente 30 minutos.

19- Nikola Jokic, Denver Nuggets (NR)

Um dos jovens pivôs mais técnicos da NBA, Nikola Jokic vai para a sua segunda temporada na liga em busca de evolução. Pode até ser que divida o garrafão com Jusuf Nurkic, o que para ele facilita um pouco mais seu trabalho no ataque, quando deverá atuar como ala-pivô. Mas o certo é que, em pouco tempo, Jokic ganhou não só a titularidade do Denver Nuggets como também agora é um dos principais jogadores da equipe. De novo. Ele tem apenas uma temporada no currículo. Fez 10.0 pontos, 7.0 rebotes em cerca de 21.7 minutos.

20- Joel Embiid, Philadelphia 76ers (NR)

O ninja do Twitter, como ele se intitula, finalmente vai fazer a sua estreia na NBA. Joel Embiid demonstrou muito potencial nos primeiros jogos da pré-temporada e, certamente, vai aparecer muito pelo Philadelphia 76ers. Claro que ali existe uma competição gigantesca por tempo de quadra entre Jahlil Okafor, Nerlens Noel e ele. Algo vai acontecer, mas a aposta é toda em cima de Embiid. Okafor ou Noel, quem será trocado até a metade da temporada? Uma coisa é certa: Embiid é um pivô de verdade.

21- Greg Monroe, Milwaukee Bucks (-9)

Será que Greg Monroe termina a temporada no Milwaukee Bucks? Talentoso, ele é. Mas parece que vai começar 2016-17 no banco de reservas e não tem muito prestígio com o técnico Jason Kidd. Sabe passar mais do que a média para jogadores da posição, mas hoje o seu tempo de quadra é uma incógnita. Ficou com 15.3 pontos, 8.8 rebotes e acertou 52.2% dos arremessos em cerca de 29 minutos de ação nas 79 partidas disputadas.

22- Robin Lopez, Chicago Bulls (+1)

Bom arremessador de média distância, Robin Lopez tem na defesa a sua principal característica. Lopez deixou o New York Knicks em troca e foi para o Chicago Bulls, onde pode contribuir ofensivamente no garrafão. A questão é como vai fazer isso em um time que possui Dwyane Wade, Jimmy Butler, Nikola Mirotic, e cada vez mais inclinado a arremessar de longe. Para isso, nada melhor que ter no elenco um dos principais reboteiros ofensivos da liga (268 em 2015-16, segundo melhor). Em 82 jogos pelo Knicks, Lopez obteve 10.3 pontos, 7.3 rebotes e 1.6 bloqueio em 27 minutos.

23- Andrew Bogut, Dallas Mavericks (-6)

Pode acreditar: a ausência de Andrew Bogut nos jogos decisivos fez diferença no triunfo do Cleveland Cavaliers sobre o Golden State Warriors. Inteligente, Bogut é ótimo passador e poderia ser muito mais eficiente caso não se machucasse tanto. Agora no Dallas Mavericks, o atleta deverá ganhar mais espaço que tinha no time californiano. Primeira escolha do draft de 2005, o australiano registrou médias de 5.4 pontos, 7.0 rebotes, 1.6 bloqueio e converteu 62.7% dos arremessos em cerca de 20 minutos.

24- Mason Plumlee, Portland Trail Blazers (NR) 

O surpreendente Portland Trail Blazers tem um pivô que sabe fazer quase de tudo em quadra. Mason Plumlee é um defensor acima da média, passa bem a bola, e consegue contribuir no box-out, quando tira as possibilidades de um rebote ofensivo do adversário. No entanto, Plumlee terá o reserva Festus Ezeli pronto para ganhar tempo de quadra. Titular nos 82 jogos da campanha passada, Plumlee obteve médias de 9.1 pontos, 7.7 rebotes e 1.0 bloqueio em aproximadamente 25 minutos.

25 A- Steven Adams, Oklahoma City Thunder (NR)

Existe uma grande hype em cima de Steven Adams, por conta de suas performances nos playoffs. Mas acredito, sinceramente, que sua função não deverá mudar tanto assim em 2016-17. Adams é um ótimo defensor, porém vejo Enes Kanter, o oposto disso, ganhando mais espaço. Adams obteve 8.0 pontos, 6.7 rebotes e 1.1 bloqueio em 25 minutos de ação.

25 B- Clint Capela, Houston Rockets (NR)

Sem a presença de Dwight Howard, Clint Capela é o provável titular do Houston Rockets para a próxima temporada. O pivô, que vai para o seu terceiro ano na carreira, ganha mais responsabilidades no elenco texano, que terá o brasileiro Nenê em seu encalço. Se você acha DeAndre Jordan, Andre Drummond e o próprio Howard ruins nos lances livres, é porque ainda não viu Capela. Ele converteu somente 37.9% de suas tentativas. O suíço obteve médias de 7.0 pontos, 6.4 rebotes e 1.2 bloqueio em cerca de 19 minutos em 2015-16.

  • Doug

    Mais uma boa lista…grande trabalho…mas cadê o Nurkic, Gustavo? Escolheu o Jokic? O DeAndre eu não o colocaria em terceiro, esse, pra mim, seria o Gasol, por ser mais completo e mais técnico…Jordan é um grande e atlético defensor de aro, mas para por aí…Bogut tb estaria mais acima, bem como o Turner, que não ficaria atrás do Okafor…

    • Gustavo Freitas

      O Nurkic foi por exclusão. Eu tinha que deixar alguém de fora. Pensei muito antes, mas ele também só teve esses números porque Faried ou Jokic não jogaram pra ele produzir isso tudo.

  • Luiz

    Pra mim Towns ja é o 2º melhor pivo,só atras de Cousins.

  • Rafael Victor

    Rapaz, ainda não li, mas… The Andre Jordan na terceira posição vai dar mamilos! Muitos mamilos! hahahahaha!

    • Gustavo Freitas

      Justificativas simples e fofas: números e carisma.

      Sério. Jordan não é melhor que Marc Gasol, Pau Gasol, Al Horford, por exemplo. Mas o ranking não é sobre quem é melhor, mas sim, quem terá mais números, quem vai para um Jogo das Estrelas, quem vai para um time ideal. Jordan não foi para o ASG, mas foi para time ideal.

      • cristian juan

        vc tá certo gustavo

      • Doug

        Aí que está Gustavo…o título é “melhores jogadores por posição”…e a lista seria isso…a questão é saber o que se entende por “melhor”…se é para o time, para o jogador, em estatísticas etc…tem muita coisa que alguns jogadores fazem e representam que não aparece em estatísticas tb…mas,entendo…seus critérios selecionados são bons e a lista é muito boa…mas, obviamente, gera discussão…

  • #TheBrodie
  • #TheBrodie

    Caos em 2 anos de NBA já vai virar Top2.Isso mostra o quão bom ele é e o quão fraca está essa posição 5.
    Eu,sinceramente,acho Kanter melhor que Gobert.Mas ta valendo.

    • Guilherme Prates

      Mas power ranking é assim mesmo, vai mudando conforme vai rolando a temporada. O Marc, se saudável, sobe fácil nesse ranking.

  • Victor Chittolina

    Cousins em primeiro, ok.
    A partir do segundo vai dar rebosteio por aqui…

    • Guilherme Prates

      É… ok oooooook, não, né? O cara faz 30 pontos no jogo mas não consegue conduzir o time a uma vitória sequer. É jogador foda, mas nada líder. Se fosse jogador FIBA, teria problemas.

      • #TheBrodie

        calma mano.Conduzir um bando a uma vitoria é mt difícil.E essa tem sido a missão dele

        • Guilherme Prates

          Sim, claro. Mas ele não tem essa liderança de conseguir fazer jogadores médios jogarem mais. Quer dizer, no Kings, é impossível dizer isso pq lá é zona. Não é que ele não tenha, é que eu ainda tenho dúvidas disso pra colocar ele como um pivô incontestável, saca?
          Particularmente, prefiro o Marc Gasol.

      • Victor Chittolina

        É que não tem quem brigue com ele pelo posto, na real. O Towns certamente vai chegar patrolando e pegar o posto que vai ser dele, mas provavelmente ainda não nessa temporada.
        O Cousins ainda é um dos poucos pivôs protagonistas e, por mais que seja irritadinho e não defenda nada, se botarem ele em um time ajeitado, não nesse Kings maluco, ele poderia ter mais sucesso coletivo.

        • Guilherme Prates

          Eu concordo que nem dá pra falar nada dele pq a zona que é o Kings é até sacanagem com os jogadores. Mas eu ainda duvido desse poder de envolver os colegas nele. Mas torço pra ve-lo num cube melhor pra tirar minhas dúvidas. Particularmente, prefiro o Marc Gasol.

    • Danilo Veroneze #GreenRunsDeep

      deandre jordan

  • Galvão 🔥 #305

    Eu acho o Turner melhor que o Okafor, claro que uma posição não faz tanta diferença, mas acho o pivô do Pacers mais completo, podendo impactar dos dois lado da quadra, já o pivô do Sixers é muito desenteressado em defender.

    • Doug

      Concordo completamente.

    • Tiago Silva

      Okafor, ao menos por enquanto, mostra desinteresse e desatenção total em defender, além de não entender a hora de passar e nem passar tão bem. Turner me agrada bem mais, assim como o Jokic e o Noel. Questão é que Okafor tem um jogo ofensivo prá mim dos mais bonitos e certeiros.

  • Guilherme Prates

    “Cousins é um jogador que, se estivesse em um time forte, seria um dos focos do ataque.”
    Foco do ataque ele já é, mesmo em um time fraco, né. rs

    • Gustavo Freitas

      Te falo alguns de cara, pensando na entrada dele no lugar do titular dessa equipe: Atlanta, Boston, Charlotte, Chicago, Dallas, Detroit,.

      • Guilherme Prates

        Sim, mas eu to dizendo que ele já é o foco do ataque. Não foi nada sério…

      • Pedro Ferreira

        Ele e Hoford no Boston realmente seria demais

  • cristian juan

    gostei do ranking quem vcs iriam um dos 25 da lista?

  • cristian juan

    quem é o pivo que joga mais sem vontade na NBA?

    • Anderson Luis Monteiro

      Nessa lista ai seria díficil decidir o primeiro colocado rs. Mas pela ultima temporada, eu iria facilmente de Dwight Howard.

    • Danilo Veroneze #GreenRunsDeep

      howard

  • Anderson Luis Monteiro

    Coitado do Cousins, o time dele ja era bem ruim, sem o Rondo então, acho que esse menino nunca vai jogar os Playoffs em Sacramento.

  • Erick #Nuggets

    Peguei algumas estatísticas avançadas em foruns gringos do Nuggets referentes a temporada de rookie do Jokic, vejo tanta hype em certos jogadores que muitas vezes a galera esquece o quão Jokic foi íncrivel em 21 min. por noite em sua temporada de estreia..

    7 AMAZING NIKOLA JOKIC FACTS:
    1: Nikola Jokic’s PER is the highest out of any European rookie in NBA history not named Sabonis (who happened to be 31)
    2: Requiring at least 1000 minutes played Jokic led all centers (not rookie centers, ALL centers) in both BPM and RPM in the 2015-16 season. #9th highest Real Plus Minus in the NBA (#1 center by a mile, #2 post player behind Draymond) 9th highest +/- of any rookie in NBA history.
    3: Nikola Jokic has the highest AST% ever for a rookie center in the 3 point shooting era.
    4: Nikola Jokic is the first Rookie in History to average at least 20 points, 15 rebounds, 5 assists and 2 steals per 100 possessions (also the only player to do that in the 2015-16 season).
    5: Out of all players drafted in 2014 Jokic leads all sophomores in PER, WS, WS/48, BPM, RPM, and VORP. #24th highest PER in the NBA
    (Obviously as a rookie)
    6: Requiring at least 1000 minutes played Jokic’s rookie season leads all second round rookies ever in PER, BPM, WS/48, and VORP.
    7: Requiring at least 50 games played, and at least 1000 minutes played Jokic and KAT are one of 5 pairs of rookies to average a PER of 20.5 or greater in the 3 point era. The others are:
    1979-80: Larry Bird 20.5, Magic Johnson 20.6
    1984-85: Michael Jordan 25.8, Hakeem Olajuwon 21.1
    1992-93: ShaquilleO’Neal 22.8, Alonzo Mourning 20.8
    2012-13: Anthony Davis 21.7, Andre Drummond 21.6
    2015-16: Karl Anthony-Towns 22.5, Nikola Jokic 21.5

    Lógico que isso não faz dele um all-star ou jogador capaz de levar o nuggets a algo maior, mas ainda sim é interessante e pode ser o caminho.

    • Fabrica de Vassilo

      Um torcedor do Nuggets, quem diria haha. Achei interessante essas estatísticas. Claro que não necessariamente quer dizer que irá se converter quando tiver mais tempo de quadra, principalmente essas per 48 min e per 100 possessions, mas ao menos te dá uma base sólida de que ele realmente é confiável. E ele realmente é MUITO bom. Só pelo pouco que eu vi ele no nuggets (não costumo assistir muito o nuggets, sorry) e na seleção nas olimpiadas dá pra perceber.

      • Erick #Nuggets

        Sim claro, por mais que sejam avançadas e tentem mensurar a real eficiência de um jogador quando está em quadra são só estatísticas.. Jokic tem um futuro brilhante, excelente passador com alto QI de basquete o que é raro para sua posição, arremesso de média/longa distancia decente e em evolução, além de bom repertório ofensivo de costas pra cesta.. ah e acho que nesse top 25 ainda caberia The Bosnian Beast que vem bem na pre-season tb rsrs

        https://www.youtube.com/watch?v=yRR-n24tat0

        basta assistir até 1:20 de video que o talento se faz presente..

        • Fabrica de Vassilo

          Vi o video todo e esse cara é uma mistura perfeita de habilidade, agilidade e inteligência. Fora a técnica que ele tem. Já tinha reparado no jusuf tbm, o nuggets fez bem em se livrar do mozgov. Alias que tara é essa do nuggets por pivôs europeus?

    • Yan Alves #Suns

      Mito demais o Jokic!! vai muito longe.

  • Rafael Victor

    O Gasol é igual o Dirk, não importa muito a colocação, continua sendo um dos melhores e mesmo veterano quando o bicho pega ainda consegue se apresentar com a mesma excelência e categoria de sempre!

    E se o Bogut não fosse tão propenso a lesões acho que seria um top 5-10, mas…

  • Lucas

    Concordei com a lista mais acho que tem dois pivos que podem subir o monte, Noah e Nene, dependerá da saúde.

    Parece que a posição 5 voltara a chamar a atenção com Cousins, Towns, Embiid e Gasol existe uma possibilidade de nos próximos anos ver um pivo como MVP.

  • Não consigo ver Nenê como reserva do Capela…
    Salvo por questões físicas – e aparentemente ele está bem nesse quesito – vejo ele muito mais completo e efetivo que o Suíço.

  • Vinícius Maia

    Só digo uma coiaa: tristan Thompson tem sua importância para o time, mas, considerando que seu contrato foi assinado quando o cap antigo ainda estava em vigor, seu salário é uma aberração diante desses números: 7.8 pontos, 9.0 rebotes

  • em pensar que já tivemos três pivôs brasileiros entre os melhores…

    • JAMnba

      epoca terrivel da nba essa.

      • Nenê já foi top 10 da liga, Varejão teve basquete de top 20 e Splitter foi um bom coadjuvante, muito bom no basquete FIBA…
        ?

        • JAMnba

          Nene até vai em um momento muuuuito obscuro da liga pode ate ter figurado maaaaas, Varejão e piada mais conhecido pelos “flops” do que por pontos, e pela “noite selvagem” em cleveland do que pelo jogo em si ELE TEM CARISMA NAO BASQUETE
          , e Splitter disse bem muito bom no BASQUETE FIBA, na nba NADA

          • Obscuro da liga?
            kkkkkkkkkkkkkk
            Varejão flops?
            14,5 pts e 14,4 rebotes de média?
            Splitter não teve papel importante, inclusive marcando LMA e na final tbm?
            tô vendo que você gosta mesmo de desmerecer os caras…
            NÃO ESTOU FALANDO QUE ERA ALL STARS, MAS SIM ÓTIMOS PIVOS

          • JAMnba

            Não se esqueça que esses números foram com apenas 25 JOGOS, muito provavelmente esses números iriam cair muito se fosse
            em 82 jogos.

          • acredito que não, o time vinha jogando ao redor do Varejão, e o problema é que ele se contunde muito, esse é o seu problema, deveria manter essas médias, vinha voando em quadra

        • Flávio Teixeira

          Brasileiro curte desmerecer outros conterrâneos, Nenê em seu auge foi um cara foda, e é sólido até hoje mesmo velho, Varejão só não foi pro All Star em alguns anos atrás por lesões, e também é muito sólido, Thiago foi um cara importante por todos os times que passou, inclusive MVP da Europa, que tem um excelente nível, nem da pra considerar o que alguns falam, joga na pracinha (e nem é o melhor) e critica o mano que tem sucesso.

          • Lucas

            Tem razão na temporada em que Noah foi melhor Nene engoliu ele nos Playoffs e fez o Wizzards avançar

          • JAMnba

            Caro, Varejão foi cogitado no All star muito mais pelo marketing e carisma que o cara tem do que por outra coisa, Nenê como disse pode até ter sido em alguns momentos um top 10 principalmente antes daquela seria cirurgia, Splittter foi tão importante como Matt Bonner, Dejuan Blair e outras porcarias, Europa e Europa Nba e Nba, se tornou moda a bravata, “que brasileiro desmerece brasileiro” naao me venha com complexo de vira latas, porém não vou fazer parte da brasileirada você deve um daqueles que achou que nossa fortíssima seleção ia brigar por medalha na rio 2016, da um tempo fera.”

          • Falou tudo Flávio, bem isso aê mesmo!

  • Pedro Ferreira

    Brook Lopez disperdiçando talento no Nets

    • WESLEY

      concordo

  • Vitor

    Só eu acho que o Embiid devia estar muito abaixo ou até fora da lista ? Claro que por causa do seu talento, futuramente (espero eu) esteja entre os primeiros, mas muitos jogadores caíram nos rankings por causa de lesões… Tem alguém mais duvidoso em relação a lesão que o Embiid ? Cara nao joga faz 2 anos (?). Mesmo que tenha talento, nao acho que da pra esperar que tenha uma temporada melhor do que Monroe e Lopez por exemplo. Pra mim é inaceitável ele estar na frente dos 2.

  • Claudio R.

    Pra mim o Embiid se ficar saudavel será o melhor pivo da nba por bastante tempo… Ele e o Towns tem cara de MVP em algum momento… acho que a posição 5 vai voltar aos tempos de gloria logo logo.

  • JAMnba

    Embiid me faz lembra Hakeem (sem comparaçoes)

  • #TheBrodie

    Quantidade de transmissões por times.
    Blazers e Thunder com bastante jogos,o que me surpreende,pois são times que nao têm tantas torcidas aqui no BR (talvez eu esteja enganado quanto ao OKC,pois ja vi um número razoável),mas talvez haja um interesse da NBA em divulgar a imagem do Lillard liderando esse novo time do Portland,que surpreendeu temp passada e de divulgar também a imagem do Westbrook como o novo lider de Oklahoma e da expectativa que há sobre a campanha dele individualmente falando.
    Sem falar no Twolves,que,enfim,será levado a sério como o “time do presente”

    https://uploads.disquscdn.com/images/6d240a568a2c8da2d2486988c6110ebd858e408d382d7249599a1721dd5d520a.jpg

    • 76

      Thunder tem uma torcida grande aqui.

    • Yan Alves #Suns

      Panelaram meu Suns mané kkkkk. Mas pelo que eu vi na lista de transmissões da espn aqui pro Brasil, vamos ter umas 5 transmissões.

    • DamonHeat

      bons tempo do lebron em miami…
      era transmissão 2 vezes por semana kk

  • Pedro Coimbra

    Hassam Whiteside e Towns vão subir mt de produção nessa temporada e acho q Jordan vai decepcionar, assim como o time do Clippers. No mais parabéns pelo trabalho Jumper Brasil

  • WESLEY

    DeMarcus Cousins e o melhor pivo da liga

    • Danilo Veroneze #GreenRunsDeep

      disparadamente

      • WESLEY

        concordo

    • Michel Moral

      Cara, com o primeiro ano do Towns, eu não duvido do garoto.

      • Danilo Veroneze #GreenRunsDeep

        esse garoto pelo visto ja veio mais preparado pra nba , n sentiu diferença parece , deve bater nos 20ppg 11rpg ou ate mais

      • WESLEY

        ele tem futuro pra ser o melhor da posiçao pq de talento sobra pra ele

  • ThiagOo25

    Se o Jordan não é só ponte aérea, eu gostaria de ver ele chutando, pelo menos, de pequena para média distância. O cara é atlético, mas não tem arsenal, então não adianta ser atlético e não saber usar isso. Ser bom em rebotes tem um monte de pivôs nessa lista que tbm são, defendendo idem.

    • Doug

      Da minha parte não é birra, apenas acho o Turner melhor, por ser mais completo…Okafor pode se desenvolver e se tornar melhor, mas, no momento, pra mim, ainda não é…precisa defender melhor, senão, vai virar um E. Kanter 2.0…

      • ThiagOo25

        A sim, acho que o Turner veio melhor preparado tbm para a liga.

  • Charles

    Não morro de amores pelo Drummond, mesmo sendo do meu time.
    O cara não defende. Isso me irrita mais que os lances livres.

    Mas o critério da lista parece colocá-lo no lugar certo. O Jordan defende muitos mais, só que é bem mais limitado no ataque. KAT será com certeza melhor, mas por enquanto não. E Gasol é sem dúvidas o 2º melhor, prefiro ele ao Cousins até, mas vem de lesão então é compreensível seu 5º lugar.

  • Uncle Drew – Revenge Tour

    “Alguns dizem que DeMarcus Cousins é um dos reis das estatísticas vazias, mas isso não importa nada.”
    Eu entendi essa referência, rsrs.

    • #TheBrodie

      nós entendemos ahahaha

  • fernando senna

    deandré é o melhor pivo da liga. Colocaria cousins em segundo mesmo sendo “mais completo”. drumond terceiro. vc deu moral demais pro whiteside e moral de menos para o Greg monroe.

    • BENHUR SOUSA CARMO

      pq será que ele deu mais moral pro Whiteside do que por Monroe??

      pq será?

      pelo amor né cara….kkkkkkkkkkkkk

    • DThunder

      Monroe agr vai esquentar banco pro Plumlee…

  • Bruno Macedo

    Lado branco vai rumar a top 3 essa temporada ele cousins e towns qm viver verá

  • Gustavo

    Discordo demais da posição do Adams. O cara fez uma pos temporada incrível e mostrou ter muito valor. Não consigo conceber porque ele está pior ranqueado
    que seu reserva que não defende nem ponto de vista.

  • Vinícius Maia

    OFF

    O impasse está resolvido. J. R. Smith assina contrato com o Cavs de 57 milhões por quatro anos.

  • Matheus Pitarello

    Robin Lopez arremessa bem de media distancia?!?! Parei

  • DThunder

    Melhor pivô é o garoto Sacre esse tem talento

  • TIAGAO

    Valanciuuunas o melhorororor!

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados