logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 19 out 2016 às 11:00
Previsão da temporada – Indiana Pacers

Presidente de Operações, Larry Bird promoveu mudanças significativas no elenco para rodear Paul George de talento

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Pedro Nery

Indiana Pacers

Campanha em 2015-16: 45-37, 7° na conferência Leste
Playoffs: eliminado na primeira rodada para o Toronto Raptors em sete jogos
Técnico: Nate McMillan (primeira temporada)
GM: Larry Bird (13ª temporada na equipe)
Destaques: Paul George, Monta Ellis, Jeff Teague
Time-base: Jeff Teague – Monta Ellis – Paul George – Thaddeus Young – Myles Turner

Elenco

44 – Jeff Teague, armador
00- Aaaron Brooks, armador
3 – Joe Young, armador
11 – Monta Ellis, ala-armador

2 – Rodney Stuckey, ala-armador
0 – C.J. Miles, ala-armador
10 – Julyan Stone, ala-armador
13 – Paul George, ala
22 – Jeremy Evans, ala
40 – Glenn Robinson III, ala
21 – Thaddeus Young, ala-pivô
5 – Lavoy Allen, ala-pivô
25 – Rakeem Christmas, ala-pivô
32 – Georges Niang, ala pivô
33 – Myles Turner, pivô
7 – Al Jefferson, pivô
1 – Kevin Seraphin, pivô

Quem chegou: Jeff Teague, Thaddeus Young, Al Jefferson, Kevin Seraphin, Aaron Brooks, Jeremy Evans, Julyan Stone, Georges Niang (draft)

Quem saiu: George Hill, Ian Mahinmi, Ty Lawson, Jordan Hill, Solomon Hill, Shayne Whittington

Revisão

Assim como nos últimos tempos, nesta última temporada, o Indiana Pacers sempre mostrou muito mais preocupação no lado defensivo da quadra do que no ataque. Desde que começou a treinar a equipe há alguns anos atrás, Frank Vogel construía defesas sólidas que figuravam entre as melhores da liga. O grande problema é que o outro lado do jogo não funcionava direito e isso acabou custando o cargo do treinador depois de seis temporadas no comando do time.

O jogo ofensivo do Pacers acabou ficando previsível. Todo mundo sabia que no final das contas que a bola iria parar nas mãos de Paul George. Vogel até tentou – com muita pressão de Larry Bird – mudar de posição o principal jogador da franquia, mas o ataque sem criatividade deixava a desejar e comprometia o desempenho da equipe.

Se tem uma coisa extremamente positiva que os torcedores do Pacers podem tirar da última campanha, é a recuperação de George. Após sofrer uma terrível lesão em 2014, o ala de 26 anos atuou em todas as partidas do time na temporada, incluindo playoffs. Mais do que estar bem fisicamente, é jogar em alto nível. Ele angariou suas melhor média em pontos e parece estar vivendo seu auge na carreira.

Mesmo com um ataque capenga, a defesa do Pacers foi o suficiente para fazer com que o time chegasse na fase de mata-mata. A equipe terminou na 7ª posição e fez com o Toronto Raptors uma das séries mais empolgantes da última temporada. O mando de quadra acabou pesando no sétimo e decisivo jogo a favor do adversário, mesmo assim, foi decidido nos minutos finais.

Após a eliminação, o presidente de operações da franquia, Larry Bird, entendeu que as coisas não estavam andando da maneira que queria e tomou atitudes significativas. A primeira foi mandar embora Frank Vogel após seis anos e promover o assistente técnico Nate McMillan ao cargo de técnico. Depois mexeu em peças importantes do então atual elenco e disse que quer uma equipe mais produtiva ofensivamente.

O perímetro

O novo armador do Pacers será Jeff Teague, que chegou em Indiana após uma troca tripla que enviou George Hill para o Utah Jazz. Após sete anos defendendo o Atlanta Hawks, o jogador de 28 anos vai atuar por outra equipe e terá como principal função oferecer alternativas ofensivas para Paul George. Em relação ao seu antecessor, Teague ataca melhor a cesta, aproveita melhor os pick and rolls e utiliza com mais facilidade os bloqueios. Além de perder na questão defensiva, o ponto é saber se ele consegue produzir sem ter por muito tempo a bola nas mãos. Para ser seu reserva, a franquia também trouxe o experiente Aaron Brooks.

Até porque, Monta Ellis segue no elenco e será o titular na posição 2. Pelo seu estilo de jogo, o atleta de 30 anos precisa de bastante tempo com a bola para ser útil. McMillan vai ter que ajustar esta questão. Em termos estatísticos, Ellis fez sua pior temporada desde 2005-06, quando ainda era calouro. Caso o titular não esteja bem em quadra, o treinador terá como opções colocar Rodney Stuckey e C.J. Miles na rotação da posição.

Paul George segue como o astro da franquia e jogando melhor do que nunca. O ala foi votado titular no Jogo das Estrelas e eleito para compor o terceiro quinteto ideal da NBA. Mesmo com a troca de posição ao longo da temporada regular, liderou sua equipe aos playoffs e por pouco não conseguiu classificá-la para uma das semifinais. Para descansá-lo, o Pacers trouxe Jeremy Evans do Dallas Mavericks e pode também colocar C.J. Miles para jogar de ala.

INDIANAPOLIS, IN - FEBRUARY 07: Paul George#24 of the Indiana Pacers celebrates during overtime in the118-113 win over the Portland Trailblazers at Bankers Life Fieldhouse on February 7, 2014 in Indianapolis, Indiana. NOTE TO USER: User expressly acknowledges and agrees that, by downloading and or using this Photograph, user is consenting to the terms and condition of the Getty Images License Agreement. (Photo by Andy Lyons/Getty Images)

O garrafão

Se George voltará a jogar em sua posição de origem, a franquia de Indiana teve que correr atrás de jogadores para a posição 4. E o escolhido foi Thaddeus Young. O jogador de 28 anos não é um mau defensor e sabe desenvolver jogadas interessantes no ataque. Seu ponto fraco, é a ausência nos tiros de longa distância. A princípio, Lavou Allen é seu substituto, mas McMillan poderá optar por outras escolhas.

Al Jefferson também desembarcou em Indiana e seu estilo de jogo é bem peculiar. Jogou a última temporada pelo Hornets como reserva e entrou bem em momentos estratégicos do jogo. A facilidade para pontuar pode acrescentar neste Pacers, mas seu tempo de jogo deve ser observado, já que defensivamente deixa muito a desejar.

O jovem Myles Turner é a grande aposta de Larry Bird para os próximos anos e já deve estar entre os titulares no começo da temporada. A lenda da NBA espera que McMillan consiga desenvolver o segundo anista de 19 anos, que já demonstrou ser atlético, sabe arremessar de zonas mais afastadas e manifestou uma defesa principalmente próxima do aro a ser lapidada. Além de Jefferson, o Pacers trouxe para compor a rotação de garrafão Kevin Seraphin, que deverá ter alguns minutos de quadra.

turner-injuryupdate-151112

Análise geral

Larry Bird não estava contente com a maneira que o Pacers vinha jogando na última temporada, não hesitou e promoveu alterações no plantel que deverão fazer com que mude o jeito de jogar da equipe. A mudança mais discutível ocorreu na comissão técnica. Muitos torceram o nariz ao saber da demissão de Frank Vogel e ainda mais quando viram que Nate McMillan é quem assumiria. Agora não dá para voltar atrás, o novo técnico terá que dar um jeito de fazer este time jogar, sobretudo ofensivamente.

Bird além de querer que o ataque melhore, deu declarações afirmando que a equipe de Indiana não pode deixar de defender como vinha fazendo nos últimos anos. Só que as saídas de George Hill, ótimo defensor de perímetro, e Ian Mahinmi que protegia o aro como poucos, vão ter impacto neste sistema defensivo. Vai ser preciso um pouco de tempo para ajustar completamente isso, até pela troca no comando do time.

De qualquer forma, o Pacers certamente irá classificar-se aos playoffs. Somente uma catástrofe – como a lesão de Paul George em 2014 – poderia fazer com que a equipe entrasse de férias mais cedo do que o esperado. A franquia sabe que se quer alçar vôos maiores na liga, terá que rodear George de talento. Eles tentaram fazer isso, agora é esperar para ver se vai dar liga.

Previsão: 5° lugar da conferência Leste

  • Clutch 🔥 City¹³

    É um timaço no papel

  • Gustavo

    Curioso pra ver esse quinteto inicial em quadra. Os 5 tem boas ferramentas ofensivas.

  • indian!

    Essa temporada e Paul George MVP e final da NBA

    Os 3 primeiros jogos são moleza Dallas ,Nets e Bulls

    • #TheBrodie

      _|_

    • Rafael Victor

      hahahahaha!

    • Yan Alves #Suns

      kkkkkkk

    • DThunder

      Tá bom então né … Vai fazer a final com oe o MVP já é do West

  • Leo R.

    Botando bastante fé nos Pacers essa temporada. Um bom quinteto inicial, com bom arsenal ofensivo. Uma rotação reserva com Brooks – Stuckey – CJ Miles – Al Jeferson…

    Vamos ver como Nate McMillan organizará o time e se vai fazer um bom trabalho. P. George tem tudo pra concorrer ao prêmio de MVP.

    É minha aposta no Leste pra “surpreender”. Meu palpite é que fiquem na segunda posição, a frente dos Celtics, Raptors e Hawks, sucessivamente.

  • Rafaa5

    No minimo 3º da conferencia.

  • ThiagOo25

    Acho que pegam mando de quadra.

  • Fear The Fro_br

    Vem pra brigar com Celtics e Raptors pelo 2º lugar.

  • Gustavo Santos

    Pobre Pacers, sempre subestimado pela equipe do Jumper…
    Ficará entre os 4 melhores e só será eliminado nos playoffs pelo Cavs,as contra os demais, o Pacers consegue bater se frente.. Vogel era um bo m técnico (melhor que o atual) mas não é nenhum sabichão dentre os técnicos de hoje, ele está na média.. Por exemplo, Vogel não sabe desenhar jogada nenhuma nos momentos decisivos de um jogo, tanto na defesa quanto no ataque. O time foi eliminado pelo Toronto devido ao Vogel falhar na rotação do time no jogo 5… De qualquer forma este técnico tem talento para evoluir, mas o projeto do Pacers é para agora, enquanto PG estiver na ativa por lá.
    Go Pacerslll

  • Só é engraçado que o Nate era conhecido como jogador pela defesa ferrenha e ofensividade quase nula.

  • Felipe Monteiro

    Minha Previsão:

    Indiana Pacers: 4º Lugar

    Botando fé no Indy

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados