logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 22 out 2016 às 20:37
Previsão da temporada – Washington Wizards

De treinador novo, equipe de Washington busca voltar aos playoffs após decepcionar na última temporada

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Lima

Por Lucas Colisse

Washington Wizards

Campanha em 2015-16: 41-41, 10º lugar na conferência Leste
Playoffs: não se classificou
Técnico: Scott Brooks (primeira temporada)
GM: Ernie Grunfeld (14ª temporada)
Destaques: John Wall, Bradley Beal
Time-base: John Wall – Bradley Beal – Otto Porter Jr. – Markieff Morris – Marcin Gortat

Elenco

2 – John Wall, armador
33 – Trey Burke, armador
31 – Tomas Satoransky, armador
3 – Bradley Beal, ala-armador
15 – Marcus Thorton, ala-armador
9 – Sheldon McClellan, ala-armador
22 – Otto Porter Jr., ala
12 – Kelly Oubre Jr., ala
4 – Danuel House, ala
5 – Markieff Morris, ala-pivô
44 – Andrew Nicholson, ala-pivô
14 – Jason Smith, ala-pivô
13 – Marcin Gortat, pivô
28 – Ian Mahinmi, pivô

Quem chegou: Trey Burke, Danuel House, Ian Mahinmi, Andrew Nicholson, Sheldon McClellan, Tomas Satoransky, Jason Smith

Quem saiu: Alan Anderson, Jared Dudley, Drew Gooden, J.J. Hickson, Nenê Hilário, Ramon Sessions, Garrett Temple

Revisão

Da semifinal do Leste para a décima colocação em 2015-16. Uma temporada para se esquecer em Washington. A diferença entre o time nos dois anos não tem muita explicação, tendo em vista que as principais peças permaneceram. John Wall, Bradley Beal e Marcin Gortat deveriam ser os caras do Wizards, mas nem tudo rolou como planejado.

Lesões, problemas de vestiário e o interesse maior (em vão) em ter Kevin Durant na temporada seguinte do que em chegar aos playoffs atrapalharam a equipe.

De positivo ficaram as ótimas apresentações de Wall, a chegada de Markieff Morris, e, por fim, a troca de técnico para 2016-17. Scott Brooks chega com a responsabilidade de transformar Wall/Beal em algo parecido ao que era Westbrook/Durant.

O perímetro

Pouco mais de um ano atrás, John Wall e Bradley Beal se definiram como a melhor dupla de armadores da NBA. Pois bem, chegou a hora de provar. Espera-se que Beal esteja saudável e acompanhe Wall, que deve melhorar ainda mais seus números, não importando a crescente (ou não) do companheiro.

Na ala, a disputa entre Otto Porter Jr. e Kelly Oubre Jr. promete ser quente. Dois jogadores versáteis e que agradam ao novo técnico. Sem outras grandes opções para a posição, a dupla deve ganhar bons minutos.

Tentando provar que ainda tem espaço na liga, Trey Burke será o reserva de Wall. O ex-armador do Utah Jazz não mostrou o talento que desfilava na NCAA e está devendo. Em um elenco jovem, e sendo reserva da estrela da equipe, Burke pode tirar proveitos da situação e agregar bons valores ao Wizards. Outra novidade do perímetro para a temporada é Tomas Satoransky. Vindo do FC Barcelona, ele atua nas posições 1 e 2 e tem bom tamanho e envergadura. Resta saber se ele vai se adaptar facilmente ao basquete da NBA.

O garrafão

Será o segundo ano da dupla Marcin Gortat e Markieff Morris. Com Ian Mahinmi, Jason Smith e Andrew Nicholson chegando agora, os dois deverão ficar com maior responsabilidade no garrafão do time de Washington.

O polonês é excelente no pick and roll ofensiva e defensivamente. Gortat não é um grande reboteiro nem uma máquina de tocos, mas é um pivô que vai estar sempre brigando dentro do garrafão.

Morris chegou rodeado de dúvidas por conta de polêmicas envolvendo o Phoenix Suns (sua antiga equipe) e a troca de seu irmão, Marcus Morris, para o Detroit Pistons. Nos seus 27 jogos com a camisa do Wizards, as dúvidas foram embora. O ala-pivô jogou duro, teve seu segundo melhor aproveitamento nos arremessos (46.7%) e conseguiu 12.4 pontos e 4.9 rebotes por jogo. Não é o melhor strech-four da NBA, mas cumpre muito bem sua função. Mais entrosados, ele e Gortat devem se beneficiar da evolução de John Wall e bagunçar muitos times na liga.

Análise Geral

Tudo depende de como Scott Brooks lidará com os novos comandados. O Washington Wizards pode ser um time de playoffs e pode ser um time de meio da loteria do draft. Wall e Beal precisam se dar bem. Com os dois armadores estando em sintonia, a tendência é que o resto do time cresça e busque uma vaga na pós-temporada.

Talvez ainda falte experiência à equipe, mas agora os atletas têm a chance de “virar a chave” e projetar o Wizards para as finais do Leste nos próximos anos.

Previsão: décimo lugar na conferência Leste

  • Leo R.

    Complicado acertar a posição final do Wizards, um pouco imprevisível. Wall/ Beal continuam sendo uma das minhas dupla de armadores favoritas, mas precisam mostrar mais nessa temporada, assim como o principal suplente, Burke. Satoransky fsz bons jogos na pré temporada, acho que deve se adaptar rápido.

    Acho que Wizards pode e deve brigar por offs, mesmo que Hornets e Pistons levem um favoritismo nessa briga. Mesmo assim, vou apostar no Wizards conquistando a última vaga para pós temporada.

  • Esteferson Matos

    Quinteto titular do Wizards é bom, problema é a rotação, mesmo assim na minha opinião se não sofrer com contusões como na temporada passada, briga por offs, não podemos.esquecer da temporada 14/15 quando só não pegou final de conferência porque Wall se machucou

  • #TheBrodie

    Brooks é aquele cara que consegue transformar um talento em all star.Trabalha como ninguém as individualidades.E com toda certeza ele vai tentar concentrar o jogo em Wall e Beal.Foi como o Jumper disse, ele vai tentar fazer dessa dupla algo PARECIDO(porque igual não dá) a Durant/Westbrook.
    Brooks tem um perfil de técnico motivador,esse é o único aspecto dele que eu tenho saudades no Thunder.Wizards pode se superar em momentos difíceis da temporada.Mas,a princípio,acho que ficam fora dos offs.

    • Galvão 🔥 #305

      Acho que Oubre Jr vai adorar trabalhar para Brooks! Ele sabe realmente desenvolver jogadores. O que ele fez com Ibaka foi sensacional!

  • Satoransky jogou muito bem na pré-temporada. Burke vai acabar afundando de vez.

    O time do Wizards é bom, mas nada demais. Beal é muito inconstante e Markieff a mesma coisa. Não acho que consigam classificação nos Leste que temos hoje.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados