logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 28 nov 2016 às 16:30
#BrazilianWeek – Edição 4

Acompanhe a semana dos brasileiros na NBA no Jumper Brasil

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gabriel Farias

Todas às segundas-feiras, Jumper Brasil dedica uma coluna especificamente aos jogadores brasileiros na NBA. Nosso articulista Gabriel Farias vai trazer as estatísticas da semana, analisar desempenhos e ranquear os jogadores ao longo da temporada. Este é o nosso ponto de encontro para discutir os nove representantes do país na maior liga de basquete do planeta.

Enriqueçam a discussão e deixem suas sugestões nos comentários para que possamos melhorar cada vez mais esse novo espaço do site. Então, segue nosso quarto #BrazilianWeek da temporada 2016-17:

#1 Nenê Hilário (Ala-pivô, Houston Rockets)

Médias na semana: Seis pontos, 2.8 rebotes e 61% de aproveitamento nos arremessos em quatro jogos
Médias na temporada
: 7.8 pontos, 3.6 rebotes, uma assistência e 60% de aproveitamento nos arremessos em 15 jogos

Na gangorra dos brasileiros na NBA, Nenê esteve em baixa na última semana. Ainda assim, o pivô é o melhor do país no basquete norte-americano. Nas quatro oportunidades, Nenê chegou à marca de dez pontos ou mais em apenas uma partida, mas alcançou sete rebotes contra o Detroit Pistons, melhor marca da temporada.

#2 Leandro Barbosa (Ala-armador, Phoenix Suns)

Médias na semana: 1.3 pontos, dois rebotes e 16% de aproveitamento nos arremessos em três jogos
Médias na temporada
: 4.9 pontos, 1.3 rebotes, 1.2 assistências e 45% de aproveitamento nos arremessos em 17 jogos

Vivendo da pontuação, Leandrinho teve uma semana ruim considerando que acertou apenas dois de seus 12 arremessos tentados. A lesão do surpreendente T.J. Warren não beneficiará o tempo de quadra do brasileiro se as atuações da semana passada não forem constantes.

#3 Lucas Nogueira (Pivô, Toronto Raptors)

Médias na semana: 0.7 pontos, um rebotes, dois tocos e 0% de aproveitamento nos arremessos em três jogos
Médias na temporada
: 3.5 pontos, 4.1 rebotes, 1.9 tocos e 71 % de aproveitamento nos arremessos em dez jogos

Lucas Bebê teve 15 minutos de média nos últimos três jogos do Toronto Raptors. Concorrente direto, Jakob Poeltl foi enviado para a D-League, permitindo que o brasileiro atuasse como substituto imediato de Jonas Valanciunas. Apesar de não somar mais que dois pontos nos três duelos, Bebê se manteve como ótima opção defensiva e deve manter esse tempo de quadra.

#4 Anderson Varejão (Pivô, Golden State Warriors)

Médias na semana: Quatro pontos, dois rebotes, uma assistência e 66% de aproveitamento nos arremessos em dois jogos
Médias na temporada: 2.2 pontos, 1.8 rebotes e 0.8 assistências em cinco jogos

O atual entrosamento em Golden State tem permitido a entrada do pivô Anderson Varejão na rotação de Steve Kerr. Com os placares elásticos desde o início, o brasileiro tem recebido mais oportunidades nos três primeiros quartos, deixando David West, Kevon Looney e JaVale McGee atuando no garbage time. Contra o Los Angeles Lakers, Varejão atuou por nove minutos, recorde até aqui na temporada.

#5 Cristiano Felício (Ala-pivô, Chicago Bulls)

Médias na semana: Zero pontos, cinco rebotes e um toco em um jogo
Médias na temporada
: 2.1 pontos, 3.2 rebotes e 37% de aproveitamento nos arremessos em onze jogos

Cristiano Felício foi utilizado pelo técnico Fred Hoiberg na larga vitória sobre o Philadelphia 76ers. Em sete minutos, o brasileiro conseguiu sua terceira melhor marca em rebotes na temporada, além de registrar seu primeiro toco na atual campanha. Porém, Felício errou todos os cinco arremessos que tentou no garbage time.

#6 Marcelinho Huertas (Armador, Los Angeles Lakers)

Médias na semana: 1.3 pontos, 2.3 assistências e 28% de aproveitamento nos arremessos em três jogos
Médias na temporada: 1.3 pontos, 0.8 rebotes, 2.5 assistências e 26% de aproveitamento nos arremessos em seis jogos

A lesão de D’Angelo Russell deixou minutos livres para Marcelinho Huertas na armação do Los Angeles Lakers. Porém, o brasileiro não aproveitou a oportunidade. Após não atuar em cinco jogos consecutivos, Huertas jogou por 12 minutos nas duas partidas contra o Golden State Warriors, registrando apenas quatro pontos, seis assistências e dois arremessos convertidos em sete tentativas. O pouco resultado rendeu apenas um minuto de quadra no confronto contra o Atlanta Hawks, tempo que deve ser repetido apesar da ausência do camisa #1 da franquia.

#7 Raul Neto (Armador, Utah Jazz)

Médias na semana: Dois pontos e 100% de aproveitamento nos arremessos em dois jogos
Médias na temporada
: 1.4 pontos, 0.3 rebotes, 0.3 assistências e 57% de aproveitamento nos arremessos em sete jogos

Dois jogos e duas vitórias extremamente fáceis para o Utah Jazz. A facilidade da equipe nos confrontos permitiu que o armador Raul Neto entrasse em quadra em ambas as partidas. Raulzinho jogou por quase três minutos em cada oportunidade. Com o retorno de George Hill, o espaço do brasileiro na equipe fica menor ainda.

#8 Bruno Caboclo (Ala, Toronto Raptors)

Médias na semana: Não atuou
Médias na temporada
: Não atuou

Após registrar médias de 11.5 pontos, 6.5 rebotes, três assistências, 4.5 tocos e 39% de aproveitamento nos arremessos de quadra em seus primeiros dois jogos pelo Raptors 905, da D-League, Bruno Caboclo teve alta regressão na última semana, ficando com dois pontos, sete rebotes, uma assistência, dois erros ofensivos e apenas 13% de aproveitamento nos arremessos. Assim como dito na semana passada, o brasileiro precisa melhorar sua aproveitamento ofensivo se quiser sonhar com uma nova chance na NBA neste ano.

#9 Tiago Splitter (Ala-pivô, Atlanta Hawks)

Médias na semana: Não atuou
Médias na temporada
: Não atuou

O Atlanta Hawks anunciou que Tiago Splitter perderá as próximas seis semanas por conta de uma contusão na panturrilha. O pivô se recuperou da cirurgia no quadril, mas ficou fora dos primeiros 17 jogos do Hawks com uma lesão no posterior da coxa.

  • Cabloco flopou, já era. Vamos torcer por outros jovens talentos para substituir essa geração, ele infelizmente não será jogador de nível NBA (hoje não é nem mesmo jogador de nível NBB).

    • Vitor Martins

      Se tiver seleção, né? Do jeito que as coisas estão encaminhadas, nem disputar competições vão poder.

  • Lucas

    Felipe dos Anjos e Georginho estão na fila o ultimo está jogando bem no NBB e sendo destaque acho que precisa deste Nivel para competir por minutos se for draftado

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados