logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 8 dez 2016 às 08:12
NCAA – Justin Jackson lidera triunfo de North Carolina sobre Davidson

Confira como foi a rodada de quarta-feira no basquete universitário

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Lima

(5-3) Davidson 74 x 83 North Carolina (9-1)

Davidson
Jack Gibbs: 30 pontos, cinco rebotes e cinco bolas de três pontos convertidas
Peyton Aldridge: 22 pontos

North Carolina
Justin Jackson: 27 pontos, oito rebotes e sete bolas de três pontos convertidas
Isaiah Hicks: 13 pontos


(7-2) Valparaiso 63 x 87 Kentucky (8-1)

Valparaiso
Alec Peters: 23 pontos e oito rebotes

Kentucky
Bam Adebayo: 16 pontos e sete rebotes
Malik Monk: 15 pontos
Derek Willis: 12 pontos e quatro rebotes


(1-8) Idaho State 44 x 78 Wisconsin (8-2)

Wisconsin
Bronson Koenig: 21 pontos e quatro bolas de três pontos convertidas
Ethan Happ: 12 pontos e 12 rebotes
Nigel Hayes: 11 pontos e quatro rebotes


(7-2) Xavier 66 x 68 Colorado (7-2)

Xavier
Trevon Bluiett: 27 pontos e seis bolas de três pontos convertidas
RaShid Gaston: 14 pontos, 11 rebotes e dois tocos
Edmond Sumner: dez pontos e cinco assistências

Colorado
Derrick White: 23 pontos, seis rebotes e quatro assistências
Xavier Johnson: 18 pontos e sete rebotes
George King: 16 pontos e dez rebotes


(9-0) Creighton 77 x 62 Nebraska (5-4)

Creighton
Maurice Watson Jr.: 25 pontos e oito assistências
Cole Huff: 13 pontos, quatro rebotes e quatro bolas de três pontos convertidas


(4-4) Washington 71 x 98 Gonzaga (9-0)

Washington
Markelle Fultz: 25 pontos, dez rebotes e três bolas de três pontos convertidas
Noah Dickerson: 12 pontos e 15 rebotes

Gonzaga
Nigel Williams-Goss: 23 pontos, cinco rebotes e cinco assistências
Przemek Karnowski: 17 pontos, oito rebotes e dois tocos
Jordan Mathews: 14 pontos e quatro rebotes

  • DirkMito

    Joga muito pouco esse tal de Markelle Fultz. Mas como disse o True,apesar de jogar em.um time muito ruim ele precisa melhorar sua distribuição de jogo. Vamos ao draft pf

    • BetoMavs

      Apesar dos números, fez uma partida bem mais ou menos ontem.

    • King Cuban

      Para mim ele já tem tudo para ser bom jogador pelos Mavs com tantos Pick & Rolls que a equipa faz durante os jogos…

    • TRUETHIAGO

      Ele tem um talento indiscutível, para mim, ao lado do Tatum são os mais completos dessa safra, mas é sempre complicado analisar simplesmente os números quando o cara joga sem suporte desse jeito. A formação do jogador pode acabar prejudicada, especialmente no sentido tático, ou seja, tende a chegar menos preparado do que se jogasse numa equipe melhor estruturada e bem treinada.

  • João Rafael Barros

    GO UK!!!!

  • TRUETHIAGO

    Lembram o que eu falei lá nos comentários das primeiras rodadas?! Rs

    http://jumperbrasil.lance.com.br/2016/11/14/ncaa-duke-kentucky-north-carolina-e-ucla-vencem-novamente-markelle-fultz-brilha-em-estreia/

    Começam a sair matérias comparando a situação deles (Simmons em LSU)

    “Markelle Fultz seems destined to follow Ben Simmons’ example
    http://www.espn.com/blog/collegebasketballnation/post/_/id/116699/washington-markelle-fultz-already-walking-dreaded-lsu-path

    E o Nigel Williams-Goss vem fazendo uma temporada bem sólida em Gonzaga, é um PG com histórico nas seleções de base dos EUA, vale ficar de olho. Curiosamente, ele jogava exatamente em Washington, também praticamente sozinho, daí acabou optando por se transferir para os Bulldogs, que costuma montar equipes competitivas. Ficou ano passado de fora (pelas regras da NCAA quando troca de universidade) e agora volta a mostrar seu valor.

    • Knickerbockers

      O que levou o Fultz a jogar pela universidade de Washington? O cara é de Maryland, que fica no outro lado dos Estados Unidos. Ele tem alguma ligação com essa universidade como o Ben Simmons tinha com LSU? Dentre outras universidades, ele recebeu proposta de Arizona, Kansas, Louisville, Maryland, North Carolina, NC State, Virginia, e ele escolheu Washington. Sei que tem questões envolvendo bolsas e tal, e o tipo de bolsa que o jogador recebe, mas acho que com o potencial dele, ele conseguiria ser recrutado por universidades com mais tradição no basquete e recebendo uma bolsa integral.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados