logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 27 dez 2016 às 12:16
Para George Karl, NBA enfrenta sério problema com doping

Técnico vê uso sistemático de drogas de melhora de performance entre atletas da liga

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

george Karl

O técnico George Karl segue gerando polêmica na NBA com os assuntos abordados em seu livro de memórias. Depois de fazer duras críticas a seus ex-comandados de Denver Nuggets, o veterano cravou que existe uso sistemático de doping por jogadores para melhoria de rendimento. Ele acredita que a ação burla o elogiado programa de monitoramento e prevenção da liga.

“Nós temos um programa antidoping muito mais rigoroso do que a NFL e MLB, mas ainda há problemas. Estou falando de drogas de melhora de performance, como os esteroides e hormônio de crescimento. É óbvio que alguns dos nossos jogadores se dopam. Como eles ficam mais em forma com a idade, recuperam-se das contusões tão rápido? E o que vão fazer na Alemanha na offseason?”, questiona o treinador, em uma cópia revisada do livro “Furioso George”, a ser lançado em janeiro.

A política antidoping da NBA evoluiu nos últimos anos com a introdução de exames de sangue – algo até então inédito nas ligas norte-americanas. No entanto, dando razão às acusações de Karl, os resultados práticos da inovação foram bem tímidos: o único flagrante e suspensão recente foi do armador Nick Calathes, que fez uso por engano de substância proibida em um medicamento para evitar a calvície.

  • Rafael Victor

    Pior que ele tem razão! Se o anti-doping apertasse, ia cair um monte!

    • Damon

      ele só não aperta porque tem muito all star no meio
      Imagina o prejuízo que isso daria…

      • Hennan Carvalho

        No mínimo metade da liga seria suspensa. É evidente tanto na NBA quanto na NFL a “mágica” do doping na performance dos jogadores. Não é a toa que o número de lesões em ligamentos aumentou de forma exponencial e várias vezes sem contato algum. Na minha opinião, deveria liberar logo e parar com o falso moralismo.

        • Diego Alexsander

          Enquanto um jogador apenas estiver limpo, todos os outros continuarão sendo trapaceiros.

    • Vinícius Maia

      A uns tempos atrás eu estava acompanhando MMA e fiquei besta com a forma como o rendimento de muitos atletas caíram depois que o UFC ficou mais rígido com sua política antidoping. Quem acompanha MMA com certeza notou que muitos atletas tiveram uma queda grande na resistência física e alguns também tiveram uma nítida perda de massa muscular. Depois de ver isso, eu fiquei me perguntando se na NBA existe política antidoping para esteroides e quão rígida essa política é, porque, considerando o declínio de alguns atletas do UFC, honestamente, eu não consigo acreditar que “aberrações físicas” como LeBron e Blake Griffin, são apenas abençoados pela genética. Provavelmente, tem algo mais ali e pela primeira vez, eu acho que George Karl levantou uma discussão interessante na liga.

      • O que prova o quanto, para o esporte, esteróides (se usados pela maioria), não são tão problemáticos para o entretenimento.

        Acho que não estou sendo claro o suficiente, mas o MMA ficou muito mais chato depois da proibição do TRT.

        • Gustavo

          Cara isso não pode ser regra, deixar os caras usarem o que querem simplesmente pela audiência e entretenimento? Não acredito que alguém cogite isso.

          • Concordo, portanto que façam como a NBA faz: Você finge que me engana e eu finjo que acredito.

        • Vinícius Maia

          Realmente, MMA ficou chato depois que as regras ficaram mais rígidas. Disputas de cinturão no UFC, quando não são resolvidas no primeiro ou segundo round, ficam um saco, pois os caras começam a se arrastar na octógono.

          Mas me pergunto se isso é uma justificativa plausível para continuar fazendo vista grossa para isso na NBA, visto que em outros esportes coletivos, o uso de esteróides, se existe, não tão descarado quanto na NBA.

          • Cara, eu acho que eles tem algum controle sobre isso. Não acho que permitam drogas ilícitas “pesadas” (com histórico de mortalidade por uso e coisas assim). O basquete é um esporte cada vez mais físico e rápido e isso é fundamental para o espetáculo. Se não coloca em risco a saúde do atleta, não vejo problema – ao contrário, tal como o uso do TRT no MMA.

          • Diego Alexsander

            Tem é que ter uma política rígida que puna que usa. Esteróides produzem duras penas a quem os utilizam a longo prazo, vai completamenete ao encontro da ética do esporte. Trapaça por definição. Não podemos entrar no vale-tudo pelo entretenimento.

          • Gustavo

            Falou tudo, daqui a pouco vai valer qualquer coisa e o esporte perdera seu sabor concerteza.

          • Luucasvls

            É trapaça quando todos usam?

          • Diego Alexsander

            Se apenas um jogador se recusar a usar enquanto todos os outros usarem, continuará sendo trapaça. Agora, num cenário utópico onde todos usam, não é trapaça. É um circo.

        • Marcelo Antônio

          MLB ficou bem mais chato sem o doping também.
          Triste mas verdade.

      • ThiagOo25

        Esqueceu da aberração West.

  • LeBron Mavs

    ah vai toma no cool

  • HUMota

    “Como eles ficam mais em forma com a idade, recuperam-se das contusões tão rápido?”. Alguem avisa ele que medicina e tecnologia avançam, não é mais como no tempo dele. Anos atras o cara que rompesse qualquer ligamento no joelho tinha que se aposentar. Hoje tem caso de jogadores, independente de modalidade, voltam 3 meses depois da cirurgia. Assim como o processo de recuperação entre os jogos. Tem aparelho que diz quando um músculo ta fadigado e precisa de descanso, Tem muita tecnologia a favor dos atletas hoje em dia.

    • Felipe

      Na boa tudo que disse é verdade mas todos sabemos que atletas de alto rendimento usam esteroides e GH, estes “garotos” usam desde os tempos de High School e não é diferente em outras ligas ou esportes. Existem vários relatos e documentários mostrando a sociedade americana como sendo uma das que mais sofrem por uso/abuso de medicamentos, esteroides e drogas. Claro que sempre há uma receita médica dizendo que sofrem de algum “problema” pra justificar o uso. Exemplo claro disso são atletas de lutas/MMA quando não são pegos no doping fazem uso do famoso TRT.

      • HUMota

        Verdade, agora parece que proibiram o TRT também no MMA. Mas é como tu disse, é algo “cultural” la, só que é algo que faz décadas que acontece, e se ele sabia por que na época não denunciou? Querer tirar vantagem agora em livro é coisa de babaca.

    • Vinícius Maia

      É claro que a medicina e a tecnologia evoluíram, mas achar que apenas isso é o suficiente para o ganho de massa muscular por parte dos atletas da liga é muita ingenuidade. Duvido muito que Blake Griffin, LeBron, D12, dentre outros chegaram no nível físico em que estão apenas com tratamento médico e tecnologia.

      • HUMota

        Esqueci de dizer, mas nos esportes americanos dizer que não tem esteroides rolando é a mesma coisa que dizer que político no Brasil não rouba. Só que pelo jeito que ele falou, parece que é algo recente, que antigamente todos eram puros.

  • Chimbinha

    Os caras chegam já chapando injeção nos braços dos caras falando que é vitamina e tals,dá nem tempo de dizer:” não quero!”

  • Albert Cavs

    George Karl cheira pra caralho e continua sendo um técnico médio pra bom na nba … cheira a 300 anos e não melhora em porra nenhuma … kkkk

    • Byron Scott

      Albert Cavs? Ce não era Albert Hornets?

  • Claudio R.

    tem cada idiota…. Os teste de sangue não acusam nada, desculpa, mas acho muita burrice acreditar que a liga mais famosa do mundo não tenha controle sobre isso. Os jogadores de alto nivel tem acesso a medicina de ponta, aparelhos anti-gravidade, alimentação rigida(caso do Tom Brady, LeBron, Carmelo e etc), acompanhamento de personal trainer, nutricionista, tecnicas de recuperação muscular e todo o aparato tecnologico que ajude a melhora a performance, e o cara fala de substancia de doping?, faça-me o favor.

    • Marcelo Antônio

      Não sei em cara. Pra NBA é melhor ‘fechar os olhos’ e deixar a grana correr.

    • Rafael Victor

      Relaxa! Se não pegaram o Equino (e outros mais) até hoje, não vão pegar mais!

    • dirct

      Acho que vc está sendo “um pouco” ingênuo na sua tese, todos atletas olímpicos de ponta tem acesso a tudo o que vc disse no parágrafo e toda olimpiada mesmo com todos estes aparatos e sabendo que serão testados centenas são pegos no doping, no esporte de alto rendimento todo mundo tem acesso ao que há de mais moderno então neste ponto ninguém leva vantagem sobre ninguém, então se na estrutura está “tudo empatado” entre as potências qual seria o outro jeito de ter “alguma vantagem” sem contar o talento nato?

      A resposta é simples o cara que é gênio e não se dopa fatalmente vai perder pra outro gênio que se dopa (não é geral, existem exceções), então chegamos a conclusão que neste nível de competição ou se dopa ou não ganha (repito existem exceções).

      Agora vc acha que os atletas da NBA são os únicos atletas do mundo que não quebram as regras? monstros olímpicos de várias modalidades já foram pegos no doping e na NBA TODOS atletas são “ordeiros” e nunca há casos de doping? Na NBA existem vários caras que são usuários de drogas (algumas nem são com intensão de obter vantagem como cocaína) e alguns chegam ao vício de ter que se internar em clínicas para tratamento e mesmo assim nunca foram pegos no doping da NBA.

      Existe muito interesse por trás desses caras e Liga/Patrocinadores entre outros jamais permitiriam que alguma dessas estrelas que movimentam na casa do bilhão fossem pegas “públicamente”, caras como Durant e Lebrom (só estou dando exemplos sem acusar ninguém) são verdadeiras “franquias em forma de jogador” e o prejuízo em um caso desse seria incalculável tanto financeiro quanto de imagem.

      Vc não acha estranho quando um cara chega na NBA sem fazer nada demais no College e começa na liga como um jogador normal e derepente o cara se “transforma” em um monstro das estatísticas que corre e joga como se não houvesse amanhã? Muita gente vai pensar que isso que eu disse é pro West mas não é (até porque desde o College ele sempre foi explosivo e isso é genética dele) estou falando no geral, existem vários jogadores na liga assim que do nada viram máquinas e parece que também do nada viram ex jogadores em atividade, quando caras chegam na liga como Lebron e Durant que já eram fenômenos desde o College ok, mas tem alguns caras que são inexplicáveis.

      Veja o exemplo do MMA e Tênis, ninguém era pego e todos diziam que eram limpos, bastou a associação mundial antidopagem (WADA) entrar no esporte e praticamente todo mês alguém é pego, tem caras no tênis abrindo mão de disputar torneios pra ficar sem ser testado e dar tempo de “fazer uma limpeza”.

  • Marcelo Antônio

    kkk”. Vitor Belfort disliked this report !

    Claro que usam, acredito que ainda no High School. Mas acho que os casos mais gritantes são na NFL. Ou alguém acha que o JJ Watt ( por exemplo ) tem aquele físico só com alimentação e academia ?

    Um caso na NBA , que fico com pulga na orelha, é a evolução física do Embiid. Pode-se dizer que ele ‘virou’ outra pessoa.
    https://uploads.disquscdn.com/images/356ba482ce8718b99927c901b7a1ba8b88e5bec0f72a6000974196fccdc494ed.jpg

    • Diego Costa

      Olha o cara em 2011 o.O

      • Marcelo Antônio

        Surreal. Ele passou de raquítico para monstruoso

    • Rafael Victor

      Um cara que me chamou atenção pela “evolução física” nessa temporada foi o Myles Turner! Temporada passa tava magrelo, já nessa tá marrudo! Tenho minhas dúvidas se isso é só musculação mesmo!

      • Marcelo Antônio

        É , vi umas imagens aqui e ele realmente deu uma encorpada. Tem uma picture dele de 2013 em um treino que ele tem menos braço que o Ingram.

        • Rafael Al

          Com toda certeza Watt não é normal, chegar a ser bizarro comentaram do Ingram ele daqui uns meses tá monstro também

          • Marcelo Antônio

            psér

          • Marcelo Antônio

            Perceba que no Houston tem o Clowney que fisicamente é um ET. E se lesiona de formas bem….’diferentes’

          • Rafael Al

            é mesmo, na NFL ai sim a gente vê os mutantes mesmo.

  • Marcelo #Bulls

    Todos na NBA são puríssimos
    Só na base de musculação, de frango, batata doce e muitos litros de água por dia.

  • Jahlin Habei

    Cara, o Nenê tá mais forte com 34 anos do q com 25! O cara tá trincadão! gordura minima… “o braço nem balança na hora do tchau”.

  • Human Victory Cigar

    É impressão ou ele meio que manda uma indireta ao Kobe? Já que o Kobe todo ano ia fazer tratamento na Alemanha na offseason e o livro provavelmente foi escrito há algum tempo? Depois dele um bom número de atletas seguiu o msm caminho e por ele ter popularizado o tratamento o msm ficou conhecido como “Kobe Procedure”. Enfim, vários especialistas negaram que o procedimento era um tipo de blood doping, então não importa. Cabe a liga ter mecanismos que n permitam o doping, o resto é especulação (só serve de munição pra haters). É óbvio que existe doping no esporte de alto rendimento, Amstrong é a prova, mas daí a assumir que todo mundo é dopado, o esporte perde a graça. Pq se for pra especular, Chamberlain jogava mais de 48 mpj em certas temporadas, Jordan tinha uma stamina absurda jogava 39 mpj aos 34 anos intensamente nos dois lados da quadra, Lebron n precisa falar, atleticismo absurdo, Brady n apresenta as perdas atléticas da idade e por aí vai.

  • Luiz

    Pra quem não sabe, um dos efeitos colaterais famosos do GH, é o crescimento de alguns estremos do corpo ( como por exemplo o queixo ), agora por curiosidade vá no google e digite Lebron James 2003 e faça uma comparação com hoje… Coincidencia? Acho que não

    • Gustavo Santos

      não vi grande mudança n, o que vi foi um cara bastante magro que deu uma inchada, mas dizer que mudou drasticamente, não achei, até pq na época ele tinha 18 anos e ainda estava em formação e crescimento.

  • Luucasvls

    A verdade é que não existe esporte de alto rendimento sem esteróides, é divertido pra nós ver Usain Bolt correr 100m em 9s, ver nadadores treinando quase o dia todo sem overtraining, ver LeBron com 2,03m ágil como um cara de 1,80 e forte como um touro, nada disso existiria sem esteróides, e eles são benéficos pra todos, pro atleta que se lesiona menos e tem mais longevidade, pras ligas e TVs, que ganham dinheiro vendendo a imagem de superhomens, e pra nós que assistimos jogos espetaculares no maior nível possivel. Não se engane, LeBron, Bolt, Phelps, Messi, Mike Tyson não seriam tão incríveis se fossem naturais.

  • Rafael Al

    Caralho o livro desse maluco ainda nem foi lançado e já tá chato pra caralho, e como o mano Lucas falou, não existe cara 100% tudo tem algo por trás e foda -se !

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados