logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 16 jan 2017 às 16:32
#BrazilianWeek – Edição 10

Acompanhe a semana dos brasileiros na NBA no Jumper Brasil

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gabriel Farias

Todas às segundas-feiras, Jumper Brasil dedica uma coluna especificamente aos jogadores brasileiros na NBA. Nosso articulista Gabriel Farias vai trazer as estatísticas da semana, analisar desempenhos e ranquear os jogadores ao longo da temporada. Este é o nosso ponto de encontro para discutir os nove representantes do país na maior liga de basquete do planeta.

Enriqueçam a discussão e deixem suas sugestões nos comentários para que possamos melhorar cada vez mais esse novo espaço do site. Então, segue nosso décimo #BrazilianWeek da temporada 2016-17:

#1 Lucas Nogueira (Pivô, Toronto Raptors)

Médias na semana: Sete pontos, 5.3 rebotes, 1.7 assistências, 1.3 roubos de bola, 2.3 tocos e 83% de aproveitamento nos arremessos em três jogos
Médias na temporada: 4.8 pontos, 4.8 rebotes, 1.8 tocos e 66% de aproveitamento nos arremessos em 33 jogos

Titular em dois dos três jogos do Toronto Raptors na temporada, Lucas Bebê registrou média de 29 minutos por partida. Atuando ao lado de Jonas Valanciunas pela primeira vez na temporada, o brasileiro continuou efetivo nos rebotes e tocos, além de participar com alto aproveitamento nos arremessos no ataque. Surpreendentemente, Valanciunas também teve uma boa semana com 14.7 pontos e 16.3 rebotes. O rendimento dos dois na última semana pode ter garantido ao brasileiro a titularidade até o final da temporada. A sequência de tocos em partidas consecutivas subiu para 27 jogos.

#2 Nenê Hilário (Ala-pivô, Houston Rockets)

Médias na semana: Dez pontos, 3.3 rebotes, um roubo de bola, um toco e 62% de aproveitamento nos arremessos em quatro jogos
Médias na temporada
: 7.7 pontos, 3.6 rebotes, 0.8 assistências e 59% de aproveitamento nos arremessos em 34 jogos

Apesar da ausência do titular Clint Capela, Nenê teve média de 17.6 minutos por partida, especialmente pelos 22 minutos atuados contra o Memphis Grizzlies. Mesmo sem muita sequência em quadra, Nenê foi muito efetivo nos arremessos, acertando 15 em 24 tentativas. O brasileiro anotou mais uma bola de longa distância contra o Minnesota Timberwolves, precisando de apenas mais uma conversão para três pontos para empatar a marca de quatro acertos nas 14 temporadas que atuou entre Denver Nuggets e Washington Wizards.

#3 Cristiano Felício (Ala-pivô, Chicago Bulls)

Médias na semana: 8.2 pontos, 5.2. rebotes e 72% de aproveitamento nos arremessos em cinco jogos
Médias na temporada: 4.4 pontos, 4.9 rebotes e 53% de aproveitamento nos arremessos em 34 jogos

Aproveitando a lesão de Nikola Mirotic, Cristiano Felício alcançou seu segundo duplo duplo da temporada contra o Oklahoma City Thunder. Contra o Knicks, o brasileiro anotou 13 pontos, melhor marca da temporada. Nas oito partidas que atuou por 20 minutos ou mais, Felício tem médias de 8.3 pontos e 7.8 rebotes. O alto índice de conversão nos arremessos foi decisivo no tempo de quadra do brasileiro, uma vez que o Chicago Bulls anota 105.5 pontos por jogo e sofre os mesmos 105.5 pontos por partida.

#Leandro Barbosa (Ala-armador, Phoenix Suns)

Médias na semana: Três pontos, 1.5 assistências, 1.5 rebotes e 33% de aproveitamento nos arremessos em dois jogos
Médias na temporada
: 5.8 pontos, 1.4 rebotes, 1.2 assistências e 46% de aproveitamento nos arremessos em 39 jogos

Devin Booker está imparável. Com isso, o brasileiro Leandrinho não teve muitas oportunidades na última semana. Em dois jogos, o ala teve apenas 11 minutos de média, com três pontos e 33% de aproveitamento nos arremessos. Com a metade inicial da temporada perto do final, o técnico Earl Watson deve priorizar os jovens jogadores na rotação, e Leandrinho terá cada vez menos minutos de quadra.

#5 Marcelinho Huertas (Armador, Los Angeles Lakers)

Médias na semana: 2.7 pontos, duas assistências e 27% de aproveitamento nos arremessos em três jogos
Médias na temporada: 2.7 pontos, 1.0 rebotes, 2.6 assistências e 37% de aproveitamento nos arremessos em 18 jogos

Marcelinho Huertas conquistou a preferência do técnico Luke Walton na disputa com o espanhol Jose Calderon, pelo menos nos últimos dois jogos do Los Angeles Lakers. O brasileiro jogou mais que Calderon nas derrotas para San Antonio Spurs e Los Angeles Clippers, porém, seu baixo aproveitamento nos arremessos de quadra não deve ser o suficiente para o Marcelinho ser incorporado à rotação normal da equipe.

#6 Raul Neto (Armador, Utah Jazz)

Médias na semana: Zero pontos, um rebote, três assistências e um roubo de bola em um jogo
Médias na temporada: 2.6 pontos, 0.9 rebotes, 0.8 assistências e 50% de aproveitamento nos arremessos em 21 jogos

Raulzinho foi utilizado pelo técnico Quin Snyder apenas uma vez na última semana. Contra o Orlando Magic, o brasileiro atuou por quase sete minutos, alcançando a marca de três assistências pela primeira vez em 2017. Além disso, o Jazz anotou seis pontos a mais que o Magic enquanto o brasileiro esteve em quadra. Em uma partida definida por sete pontos, pode-se dizer que Raulzinho teve participação decisiva em mais um triunfo da franquia de Utah.

#7 Anderson Varejão (Pivô, Golden State Warriors)

Médias na semana: Dois pontos,             um rebote, uma assistência e 50% de aproveitamento nos arremessos em um jogo
Médias na temporada: 1.3 pontos, 2.3 rebotes, 0.8 assistências e 30% de aproveitamento nos arremessos em dez jogos

Anderson Varejão entrou em quadra pela primeira vez em 2017 na vitória por 20 pontos contra o Detroit Pistons. Em cinco minutos, o brasileiro anotou dois pontos, pegou um rebote e distribuiu uma assistência. Curiosamente, a última partida de Varejão na temporada também teve o Golden State Warriors vencendo o seu oponente por 15 ou mais pontos de diferença.

#8 Bruno Caboclo (Ala, Toronto Raptors)

Médias na semana: Zero pontos, um rebote e zero assistências em dois jogos
Médias na temporada: 0.4 pontos, 0.8 rebotes, 0.4 assistências e 20% de aproveitamento nos arremessos em oito jogos

Bruno Caboclo continua atuando apenas quando o placar das partidas do Toronto Raptors já está decidido. Nesta semana, o brasileiro esteve em quadra por dois minutos e 17 segundos, e conseguiu apenas um rebote.na D-League, Caboclo participou de dois jogos do Raptors 905, com médias de 11.5 pontos, seis rebotes, 3.5 assistências, dois roubos de bola, dois tocos e 47% de aproveitamento em pouco mais de 26 minutos.

#9 Tiago Splitter (Ala-pivô, Atlanta Hawks)

Médias na semana: Não atuou
Médias na temporada
: Não atuou

Tiago Splitter continua sua recuperação por conta de uma contusão na panturrilha. De acordo com as expectativas do Atlanta Hawks, o brasileiro deve ser liberado nesta semana.

  • Lucas

    Comecei a temporada achando que assim que Leandrinho e Nene parasse talvez tivéssemos um hiato sem jogadores fazendo algo importante, mais Felício e Bebe renovaram a expectativa, via draft tenho esperança no Felipe dos Anjos.

  • Tássio Marcel Hoffmann Coelho

    Varejao ta foda. Volta pra Europa ou vem se aposentar no Brasil. Ta fazendo figuração. E o Caboclo, que decepção.

  • Fábio Blazers

    Acho que o Vareja só quer conseguir o anel de campeão “jogando” pelo time, porque realmente ele não tem mais espaço na liga nem pra fazer um papel igual o do Leandrinho. Nogueira deverá conseguir uma carreira sólida como titular, assim como foi Nenê e Felício também deverá ter uma boa carreira, mas não sei se como titular. Pergunto aos amigos do site, vocês acham que o George Lucas conseguirá vir pra NBA?

  • GU— #GSW/SHOW-TIME

    Se o Bebe treinar o ganchinho, e aprender a pelo menos tentar arremessar, acho que vai ser o titular em alguma equipe

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados