logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 18 jan 2017 às 12:00
Jeff Van Gundy defende exclusão de voto popular para Jogo das Estrelas

Para ex-técnico e comentarista da ESPN, fãs dão seguidas provas de que não merecem votar

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

Jeff-Van-Gundy

A votação popular para a escolha dos titulares do Jogo das Estrelas sempre tem surpresas. Neste ano, impulsionado pelos torcedores da Geórgia, Zaza Pachulia é o segundo ala ou pivô mais votado da conferência Oeste, acima dos 900 mil votos. Distorções como essa motivam o ex-técnico Jeff Van Gundy a pedir que os fãs não tenham somente menos “poder” no processo, mas sejam totalmente eliminados.

“Eu nem sei a razão de continuarmos ouvindo os torcedores. Eles demonstram, ano após ano, que não merecem ter os votos. Nós não os eliminamos da escolha e não consigo entender isso”, desabafou o atual comentarista televisivo, em participação em um podcast da ESPN, debatendo a ausência do armador Kyle Lowry entre os “titulares populares” da conferência Leste.

O papel dos fãs na escolha dos quintetos iniciais do evento passa por uma reforma na edição deste ano. Depois de quatro décadas, os torcedores não serão soberanos no processo e vai dividir o peso da seleção dos dez titulares com os próprios atletas da NBA e jornalistas especializados. A mudança tem tudo para evitar, por exemplo, que Pachulia seja confirmado como um dos selecionados.

  • Rdrigo Cruz

    Não acho um absurdo o Lowry fora dos principais não… Vejo ele atras
    do Thomas, Wall, Walker e Irving nessa temporada… Fora isso, acho q o voto popular (apesar do Zaza), tem q continuar, afinal é um jogo para o publico mesmo… Achei bacana a ideia de diminuição do peso dos votos, mas tem q continuar…

    • Gabriel Freitas

      Tenho a mesma opinião. Talvez devido a essas distorções eu acho que entre 25% a 30% para o voto popular, esse ano se não me engano serão 50% de peso.
      Isso lembra o fenômeno Yao MIng, ao menos ele jogava infinitamente mais que o Zaza e como é festa, deixa a galera da Geórgia sonhar; Imaginem um futuro indiano com espaço em rotação mesmo em uma equipe +/-, vai ser o caos rs
      Sobre o Lowry, eu votei no Wall com o dedo coçando para votar no Thomas e/ou Irving; Senão me engano votei no Demar derozan, não lembro…
      Ah, gostaria que jogassem a vera, o jogo em si tem perdido muito em importância ao longo do tempo.

  • Caseh

    Se o jogo das estrelas em si fosse levado a sério pelos atletas eu até iria concordar com o que ele diz. Mas já é tudo tão avacalhado atualmente que nem faz diferença um Pachulia estar ou não presente (até seria uma atração a mais para muitos torcedores).

  • FILHA DO UNANIMOUS

    sai dai jogo bosta ninguém defende nem se esforça pra tentar ganhar o jogo

  • João Pedro Rocha Domingos

    Acho q o voto popular poderia continuar só q a porcentagem dos torcedores nos votos deveria diminuir, concordo q o all atar n é competitivo mais ainda sim é para ver as estrelas da liga reunidas. Um dos problemas do voto popular e favorecer demais os mercados maiores, tirando a oportunidade de outros jogadores, mas esse n é o caso do Lowry, há outros armadores na sua frente, acho q o caso do Pachulia é devido a ascensão dos Warriors principalmente no mercado internacional fazendo com q muitas pessoas votem nos Warriors e n nos jogadores.

    • Douglas Vinicius

      acho que deveria ter um peso de 25%

  • Erick

    Jornalista que fala bosta é mato também.

    Deixa os fãs votarem em quem quiserem

  • Michel Moral

    Tem aquela história de jogo festivo e tudo mais. Voto popular é sempre mais democrático e blá blá blá.

    Agora, discutindo esses dias com um amigo, que é fanático por NFL (e eu por NBA), ele me disse o seguinte: “pelo menos na NFL não tem um Zaza Pachulia no all star game”.

    Na moral, fiquei quieto.

    Nada contra o Zaza, mas se for para escancarar essa ideia de jogo festivo, eu prefiro ver Rubio como armador, Birdman como PF e James Johnson incendiando no banco de reservas.

    E outra, não consigo entender o porquê desse mimo com o Zaza. Deve ser um cara muito carismático e bacana. Só pode. Porque basquete mesmo, Robin Lopez é melhor, Tyson Chandler é melhor, Tristan Thompson é melhor, Gobert é melhor, Valanciunas é melhor… Fora os que “deveriam” estar no all star mesmo, como DeAndre Jordan, Drummond, Cousins e cia ltda.

    Então, eu até dou razão para o Van Gundy. Polemizou demais, mas não deixa de ser uma realidade.

    • Ricardo Stabolito Junior

      Pelo menos, na NBA, nego de uma tonelada que dá dois passos por jogada não é considerado atleta profissional.

      • Michel Moral

        Hahahaha ficou pessoal!

        Eu não vejo problema no nego ter uma tonelada, desde que seja foda no que faz.

        Zaza em um all star não é o que de melhor a liga pode oferecer, com todo o repeito.

        Esse evento, que por sinal eu defendo a sua existência, precisa ser aprimorado.

      • Douglas Vinicius

        lamentável esse comentário, prefiro nem falar pra não tretar
        ainda bem que curto os dois esportes no lugar de ficar apenas em um

  • Marcelo #Bulls

    Na minha opinião tem que mudar esse formato e deixar o peso pra votação popular ainda menor. Alguns falam que tem que ser respeitado o voto, mas quem ta votando no Zaza é a galera da Georgia… Mas e quem vai ir ver o jogo lá em New Orleans, será que eles querem esse jogador limitado ou querem ver o Cousins/Davis por exemplo de titular? Lamentável.

    Na NHL também tem essa putaria, no ASG de 2016 conseguiram botar o jogador John Scott lá, um cara que em 286 jogos fez apenas 11 pontos. O mais bizarro é que ele conseguiu ser o MVP do ASG kkkk

  • Mas é um jogo festivo para os fãs não? Logo eles devem poder votar sim.
    Embora eu concorde que esse ano chutaram o balde, uma coisa é vaga cativa para o Carmelo, Kobe, e jogadores desse naipe, pelo menos são astros de verdade. Outra coisa é o Zaza no All Star Game, se eu fosse ele teria vergonha de estar lá, deveria inventar uma lesão e pular fora.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados