logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 23 jan 2017 às 15:44
#BrazilianWeek – Edição 11

Acompanhe a semana dos brasileiros na NBA no Jumper Brasil

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gabriel Farias

Todas às segundas-feiras, Jumper Brasil dedica uma coluna especificamente aos jogadores brasileiros na NBA. Nosso articulista Gabriel Farias vai trazer as estatísticas da semana, analisar desempenhos e ranquear os jogadores ao longo da temporada. Este é o nosso ponto de encontro para discutir os nove representantes do país na maior liga de basquete do planeta.

Enriqueçam a discussão e deixem suas sugestões nos comentários para que possamos melhorar cada vez mais esse novo espaço do site. Então, segue nosso 11º #BrazilianWeek da temporada 2016-17:

#1 Lucas Nogueira (Pivô, Toronto Raptors)

Médias na semana: Oito pontos, 3.5 rebotes, um toco e 85% de aproveitamento nos arremessos em dois jogos
Médias na temporada: Cinco pontos, 4.7 rebotes, 1.8 tocos e 66% de aproveitamento nos arremessos em 35 jogos

Agora titular, Lucas Bebê teve sua ótima fase interrompida após entrar no protocolo de concussão. O brasileiro atuou por apenas sete minutos contra o Brooklyn Nets e foi forçado a perder os jogos contra Philadelphia e Charlotte. Bebê retornou contra o Phoenix Suns e registrou 13 pontos, cinco rebotes e dois tocos em 35 minutos e 100% de aproveitamento nos arremessos. A sequência de jogos consecutivos com pelo menos um toco foi encerrada em 27 partidas, mas o pivô brasileiro permanece com em oitavo na classificação geral com 1.8 tocos.

#2 Nenê Hilário (Ala-pivô, Houston Rockets)

Médias na semana: Sete pontos, 3.3 rebotes, dois roubos de bola e 77% de aproveitamento nos arremessos em três jogos
Médias na temporada
: 7.6 pontos, 3.6 rebotes, 0.9 assistências e 60% de aproveitamento nos arremessos em 41 jogos

Apesar do retorno de Clint Capela nesta semana, Nenê manteve sua média da temporada nos três jogos do Houston Rockets. O problema médico do ala-pivô Ryan Anderson permitiu que o brasileiro mantivesse também sua média de minutos em quadra, elevada para 23 minutos na partida contra o Miami Heat, quando Nenê pegou sete rebotes. Enquanto Capela leva vantagem na defesa, Nenê aumenta as possibilidades ofensivas do técnico Mike D’Antoni. Na atual temporada, o brasileiro já acertou 26 arremessos de média/longa distância contra nenhum do suíço.

#3 Cristiano Felício (Ala-pivô, Chicago Bulls)

Médias na semana: 4.7 pontos, 4.3 rebotes e 66% de aproveitamento nos arremessos em três jogos
Médias na temporada: 4.4 pontos, 4.8 rebotes e 54% de aproveitamento nos arremessos em 37 jogos

Com o retorno de Nikola Mirotic, Cristiano Felício teve uma queda de aproximadamente cinco minutos nos três jogos do Chicago Bulls na última semana. O brasileiro anotou oito pontos com 100% de aproveitamento nos arremessos na derrota para o Dallas Mavericks e alcançou a marca de dez rebotes na vitória sobre o Sacramento Kings.

#Leandro Barbosa (Ala-armador, Phoenix Suns)

Médias na semana: Dois pontos, uma assistência, 1.5 rebotes e 66% de aproveitamento nos arremessos em dois jogos
Médias na temporada
: 5.6 pontos, 1.4 rebotes, 1.2 assistências e 46% de aproveitamento nos arremessos em 41 jogos

Assim como na semana passada, Leandrinho sofreu nova queda de produtividade com as ótimas atuações de seus concorrentes. Devin Booker, Eric Bledsoe e Brandon Knight foram extremamente eficientes, levando o brasileiro a uma média de apenas 10 minutos nas duas partidas que atuou. Contra o Toronto Raptors, Leandrinho nem saiu do banco de reservas. No mês de janeiro, o ala tem aproveitamento de 37% nos arremessos, fator decisivo na queda de seus minutos por jogo.

#5 Marcelinho Huertas (Armador, Los Angeles Lakers)

Médias na semana: 0.5 pontos e um rebote em dois jogos
Médias na temporada: 2.5 pontos, um rebote, 2.a assistências e 36% de aproveitamento nos arremessos em 20 jogos

Utilizado por apenas 38 segundos na vitória contra o Indiana Pacers, Marcelinho Huertas teve mais minutos na histórica derrota por 49 pontos. Durante quase oito minutos, o brasileiro pegou dois rebotes e acertou um lance livre. Com a contusão de D’Angelo Rusell, Huertas terá mais tempo de quadra nas próximas duas semanas.

#6 Raul Neto (Armador, Utah Jazz)

Médias na semana: 1.3 pontos, uma assistência, 1.3 roubos de bola e 20% de aproveitamento nos arremessos em três jogos
Médias na temporada: 2.5 pontos, 0.8 rebotes, 0.8 assistências e 44% de aproveitamento nos arremessos em 24 jogos

Com a contusão de Rodney Hood e as atuações pouco convincentes de Shelvin Mack, Raulzinho atuou nas três partidas do Utah Jazz na semana, sempre com dez ou mais minutos em quadra. A qualidade defensiva e a boa visão de quadra garantem que o brasileiro permaneça na rotação do técnico Quin Snyder, porém, o aproveitamento de apenas 20% em dez arremessos tentados impossibilita uma disputa por mais minutos.

#7 Anderson Varejão (Pivô, Golden State Warriors)

Médias na semana: Zero pontos e zere rebotes em um jogo
Médias na temporada: 1.2 pontos, 2.1 rebotes, 0.7 assistências e 30% de aproveitamento nos arremessos em 11 jogos

Anderson Varejão continua como última opção do técnico Steve Kerr no banco do Golden State Warriors. A franquia de Oakland conquistou quatro vitórias por pelo menos 20 pontos de diferença, mas o brasileiro atuou por apenas cinco minutos. Contra o Oklahoma City Thunder, Kerr utilizou Varejão durante o extenso garbage time. Em cinco minutos, Varejão não registrou qualquer estatística além de uma falta cometida.

#8 Bruno Caboclo (Ala, Toronto Raptors)

Médias na semana: Não atuou
Médias na temporada: 0.4 pontos, 0.8 rebotes, 0.4 assistências e 20% de aproveitamento nos arremessos em oito jogos

Bruno Caboclo permaneceu no elenco do Toronto Raptors durante toda a semana, porém, não foi utilizado pelo técnico Dwane Casey. Por um lado, o brasileiro pode comemorar a continuidade no elenco principal, mas a permanência no banco de reserva tira as possíveis oportunidades sob o comando do ex-ala Jerry Stackhouse no Raptors 905.

#9 Tiago Splitter (Ala-pivô, Atlanta Hawks)

Médias na semana: Não atuou
Médias na temporada
: Não atuou

Tiago Splitter continua sua recuperação por conta de uma contusão na panturrilha. De acordo com as expectativas do Atlanta Hawks, o brasileiro deveria ter retornado às quadras na última semana, porém, a comissão médica da franquia não liberou o pivô.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados