logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 27 jan 2017 às 11:27
É hora de mudar

Ricardo Romanelli analisa o presente do Los Angeles Lakers

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Romanelli

No último domingo, dia 22 de janeiro, o Los Angeles Lakers atingiu um novo ponto baixo em sua história. O time comandado pelo técnico Luke Walton foi derrotado pelo Dallas Mavericks por uma diferença de 49 pontos, a pior na história da franquia. E quem aplicou essa surra foi um dos times com pior campanha na atual temporada.

Para piorar, essa derrota veio justamente no aniversário de 11 anos da histórica performance de Kobe Bryant, alcançada em 22 de janeiro de 2006. Naquela ocasião, Bryant anotou 81 pontos, contra apenas 78 marcados pelo time inteiro do Lakers na mesma data em 2017.

Desde que a equipe começou o seu processo de reconstrução, em 2013, a cada marca negativa que a franquia alcança, acreditamos que finalmente chegaram ao fundo do poço. Mesmo assim, o Lakers consegue nos mostrar que estávamos errados e um novo capítulo vergonhoso é escrito.

Jerry Buss, o antigo proprietário e responsável pelos grandes times do Lakers nos anos 80 e 2000, faleceu em 2013. Seus seis filhos herdaram o comando da franquia, mas Jeanie e Jim são os que possuem posição de destaque. Jeanie herdou a posição do pai como representante da franquia perante à liga e às outras equipes, além de cuidar de assuntos administrativos e financeiros no geral. Jim Buss, por sua vez, se tornou responsável pelas operações relacionadas ao basquete, respondendo pela montagem do time ao lado do GM Mitch Kupchak.

Muito antes do falecimento de Jerry Buss, quem acompanhava o Lakers já temia o dia em que Jim assumisse o comando. Ele sempre quis essa posição, mas também sempre tomou decisões questionáveis, e continua tomando. Desde a montagem do “super time” que não deu certo em 2013, com Kobe Bryant, Pau Gasol, Steve Nash e Dwight Howard, o Lakers não conseguiu mais montar um elenco competitivo. Depois de vários anos, campanhas ruins, e algumas escolhas de loteria no Draft, era para a franquia ter um núcleo jovem capaz de crescer junto e formar uma base para o futuro.

No entanto, o que o Lakers tem hoje é muito pouco.

D’Angelo Russell é um armador que sabe pontuar bem e aparece bem no final das partidas, mas que num time campeão tem potencial para ser no máximo um bom reserva.

Julius Randle é um atleta com baixo de QI de basquete, arremesso de média e longa distância inexistente, algo inconcebível para os atuais padrões da posição de ala-pivô. Luke Walton tentou envolvê-lo na armação de jogadas, especialmente puxando o contra-ataque, a exemplo do que faz Draymond Green no Golden State Warriors, time do qual Walton era assistente. Não deu certo.

Jordan Clarkson mostrou algum potencial inesperado no primeiro ano da carreira, mas rapidamente atingiu o teto. É um jogador já com 24 anos e apenas mais um armador dedicado, com boa impulsão e velocidade. Larry Nance Jr. é um jogador similar. Um ala-pivô esforçado e explosivo, com potencial para ser queridinho da torcida onde quer que vá, mas extremamente comum e com arsenal técnico limitado. A NBA está cheia de jogadores como esses dois e eles possuem muito pouco valor de mercado.

Os calouros Brandon Ingram e Ivica Zubac têm demonstrado bom potencial, mas é muito difícil fazer uma avaliação real, pois ambos ainda são muito novos, de apenas 19 anos, e não estão jogando no melhor ambiente possível para desenvolver seus talentos. Ingram, especialmente, parece ser um jogador diferente. É um atleta muito inteligente, capaz de ser um dos principais armadores de seu time, mesmo com 2,06 metros de altura e jogando na posição de ala. Também tem excelente físico para se tornar um grande defensor. No entanto, ainda é muito novo para dar qualquer contribuição significativa, e precisa urgentemente ganhar peso e jogar com mais intensidade.

De resto, o elenco tem ainda veteranos que não jogariam por mais que o contrato mínimo em outras equipes, como Luol Deng, Timofey Mozgov, Jose Calderon, Marcelinho Huertas, Nick Young e Metta World Peace, sendo que este último já deveria estar aposentado há alguns anos. Louis Williams é um jogador útil, bom pontuador do banco, mas também é um atleta comum ao redor da liga. Thomas Robinson e Tarik Black são atletas que possivelmente estarão fora da NBA em pouquíssimo tempo.

Com isso, o Lakers montou um misto de jogadores jovens com potencial superestimado e veteranos recebendo muito mais do que deveriam. Para ajudar, a escolha da franquia no Draft de 2017 deve ser entregue ao Philadelphia 76ers, que a adquiriu junto ao Phoenix Suns por conta da troca que enviou Steve Nash ao Lakers, em 2012. A escolha só não será perdida se o Lakers ficar no Top 3 da loteria, o que vai fazer com que o futuro de uma franquia com história de tantas conquistas esteja escorado no acaso do sorteio. Para piorar, o Draft de 2017 promete ser o melhor dos últimos tempos.

Em 2014, quando as coisas já não iam bem, Jim Buss disse que entregaria o cargo, caso o Lakers não estivesse em posição de competir por um título em três ou quatro anos. O executivo tentou contemporizar e relativizar a declaração recentemente, mas sua irmã Jeanie já dá sinais que poderia forçar com que ele cumprisse a promessa, caso as coisas não melhorem. E a situação só tem piorado. Recentemente, Jeanie se encontrou com Magic Johnson, um dos maiores atletas da história da franquia e que durante muito tempo foi dono de uma parte minoritária do Lakers. Oficialmente, ela estava apenas discutindo a situação com Johnson, mas as especulações davam conta que ela estava se aconselhando sobre uma mudança de comando na franquia.

Se isso vai acontecer ou não, ainda não está claro. Mas não há mais dúvidas de que isso deva acontecer. O Lakers precisa urgentemente tomar um novo rumo. Já são quatro anos de reconstrução e a franquia não começou a melhorar, e nem tem essa perspectiva. Muitas pessoas argumentavam que a aposentadoria de Kobe Bryant aceleraria esse processo, pois ter o atleta no elenco absorvendo tanto salário e espaço na liderança do time prejudicava as chances do Lakers de contratar outros atletas. Mas a grande verdade é que, com o elenco que aí está, nenhum agente livre de peso sequer consideraria assinar com o Lakers neste momento. Com esse fator, e as péssimas decisões da dupla Buss/Kupchak, é hora de tentar algo novo.

  • Daniel Azevedo

    Triste realidade.

  • Vince Mendes

    e pra Piorar o Ingram jogando mal demais um jogador SF numero 2 do Draft q joga quase 30minutos e faz 8ppg com 36 FG% 28 3PT% e que colocam o cara de armador e da 2 aspg ai fica dificil ne,,.. e o Russell tambem nao acho que seja tudo isso… o Lakers se deu mal

  • Marcos

    Quanto fanatismo.
    Ingram e Russel tem muito potencial sim. Se ficar no top 3 da loteria pegará um novo futuro all star e terá, pq não, um big3 em breve.

    Veja com bons olhos.

    • Vinicius Almeida

      Não é fanatismo, apenas uma analise concisa do atual Lakers. Se Russell fosse realmente tudo isso já teria mostrado a que veio. No entanto não parece ter evolução no seu jogo, como se estivesse estagnado. E Ingram, como foi dito na materia, ainda é novo demais para se fazer qualquer tipo de projeção. Pode se tornar um All Star sim, assim como pode se tornar um grande bust.

      E pegar um jogador do top 3 da draft não quer dizer nada, do jeito que esse Lakers é azarado ainda é possível que eles peguem um bust, e dai adeus “Big” 3.

    • Bruno 76ers

      Mano esses mulekes do lakes parace que tão sendo alimentando com danoninho!!! Eles tem seu valor, mas não entregava a franquia para nenhum deles!!!

  • Luiz lakers

    Russel Bom reserva? Desculpe mais falaram bosta o cara ts na segunda temporada e vc vem com essa PQP

  • Bruno 76ers

    Parace ser cedo para dizer se o D’angelo e o Igram vao da certo. Mas os lakes precisam de resultados para ontem. Na minha humilde opinião eu mandaria D’angelo e o Ingram para sacramento em troca do DeMarcus Cousins. E tentava trazer na free agency
    Paul millsap + Chris Paul.

    • DNT

      Difícil é os Kings aceitarem essa troca, apesar da nítida incompetência do pessoal que comanda a franquia.

      • Bruno 76ers

        Pois é, tô contando com a incompetência deles!!!!

    • Maicon Gomes

      Se o Kings aceita algo assim, merece ser banido da NBA.

  • Thiago25-NBA
    • Vitor Martins

      Lakers é Lakers

    • Danilo

      Vamos invadir lá kkkkkk

      Brincadeira…

      • Yan Alves #TankBrothers

        Já era, vc já falou o suficiente pra ser banido aqui do jumper. E sem aviso prévio!!

        • gusilvalima10

          Sério, Yan? Na boa, cara, vai remoer isso até quando?

          • Yan Alves #TankBrothers

            É humor rapaz!! cadê o seu bom humor..

            Mas posso ou não ter feito um alerta real a ele.

          • Danilo Veroneze #GreenRunsDeep

            é o amor , cade o sazon?

          • Felipe Rodrigues

            Aaah o amor rsrs

        • Danilo

          KKKKKKKKK polêmico

          • Yan Alves #TankBrothers

            Dá pra brincar mais com as coisas não… Mas falei sério ali, cuidado com o que vc fala sobre invasão a sites alheios.

      • Thiago25-NBA

        polêmico.

      • Danilo Veroneze #GreenRunsDeep

        vai la vai kkkkkkkk

    • White Mamba

      Talvez por muitos daqui invadirem o site para tumultuar..

      • Thiago25-NBA

        Nesse caso foi apenas uma matéria de quem trabalha no site, o “eles” ficou generalizado.

        • White Mamba

          Sem dúvida

    • pedrokadf

      kkkkk

  • DNT

    Esperar algo novo dessa turma que está nos comando é quase como esperar que o mar evapore, pessoal do LAL está acostumado a ser o grande centro de atenções e conseguir jogadores facilmente, devido ao peso da camisa, mas a realidade é outra, bem diferente de anos atrás. O pior é que eles têm bons jogadores jovens, mas que seriam úteis em outras situações, pois para mudar a equipe de patamar não tem nenhum. Ingram, Russel e Randle são bons jogadores, mas não tem condições de comandar uma equipe. O Ingram é um jogador que eu gosto muito, mas não vai desenvolver seu potencial no Lakers, ele é muito garoto tem que ter liberdade para jogar e errar, coisa que no Lakers ele não tem. Ou seja em uma franquia como 76ers, Houston, Nets e Spurs; ele se desenvolveria facilmente, sem maiores responsabilidades. O ideal para o Lakers é trocar essa turma que está no comando e fazer um planejamento real e com os pés no chão.

  • Leonardo Vieira do Nascimento

    ”…a cada marca negativa que a franquia alcança, acreditamos que finalmente chegaram ao fundo do poço. Mesmo assim, o Lakers consegue nos mostrar que estávamos errados e um novo capítulo vergonhoso é escrito.”

    Nesse trecho eu só pensei uma coisa: Lakers é Lakers!!!!

    UAHSUAHSUAHuAHSSA

  • Taco Brussolo

    Eu acho que sem nenhum nome de peso no elenco, não conseguiremos nunca trazer grandes nomes na free agency. Não sou fã do Carmelo, mas talvez fosse interessante aproveitar essa crise dele em NY e tentar trazê-lo. Isso, claro, dependendo do que enviarmos em troca. Talvez Clarkson + Randle + Deng ou Mozgov por ele.

    • DNT

      Kkkkkkkkkkkkkk uma melhor troca pro lakinho é Ingram + Pick por Rose e Noah

    • Kleber

      Mozgov pra que ? Já temos Noah, o implacável.

      • DNT

        Magic Noah.

      • Taco Brussolo

        Ta bom! Vai o Deng então! rsrsrsr

    • Maicon Gomes

      Não sou um grande fã do Carmelo.
      Mas se sou o GM e recebo uma proposta dessa, desligo na cara sem pensar duas vezes.

      • Taco Brussolo

        kkkkkkkkkkk! Com Russel no pacote, talvez?

        • Maicon Gomes

          Russel + uma pick de primeira rodada 2018 ou 2019 + Deng seria interessante rs

      • Thiago25-NBA

        E o Melo vai ganhar o que com o LAL?

        • Maicon Gomes

          Ganhar nada ue, passou a vida toda assim na NBA.
          Mas acho que ele vetaria, deve ta querendo poder disputar título nessa fase da carreira, creio que aceitaria somente Clippers, Celtics ou Cavs, como Cavs já recusou, sobram apenas dois.

          • Thiago25-NBA

            justamente por esse motivo mesmo, querer um título.

  • Kleber

    Lakers está muito mais próximo de um Bust 3 do que um Big 3. Mas vai falar isso pra alguns torcedores, afinal Lakers é Lakers.

    • DNT

      No caso o Big 4 do Lakers é: Calderón, Dengue, MWP e Mozgov.

    • pedrokadf

      treta

    • MarcoLakers

      O único erro de draft do Lakers foi ter draftado o Russell ao invés do letão sedutor.
      Não tinha nomes superiores ao Randle naquela posição e o Ingram vai ser nosso FP, só dar tempo pro menino ganhar corpo e se adaptar a liga.

      • Não foi erro, mídia e fãs caíram em cima do Phil Jackson por selecionar o Porzingis na escolha 4 porque era alta demais. Imagine na 2. Porzingis era um grande mistério, Phil resolveu pagar pra ver, apostou e deu certo. E de qualquer forma Byron Scott teria dado um jeito de sabotar o Porzingis. Talvez o erro ainda seja não ter selecionado o Okafor.

  • Marcelo #Bulls

    Galera do Lakers é Lakers vai ficar puta
    Pois acham que o Russell é o mais talentoso do draft de 2015 e o Ingram é o novo KD.

    • pedrokadf

      treta…

    • White Mamba

      O Butler foi aparecer como all star só no quarto ano. Calma que vamos dar certo.

      • Bruno Macedo

        Bateu na ferida da viúva do Jordan agora a treta tá emplantada kkkkk

    • victorLOSLAKERS

      Calma viúva de Jordan, o mundo da voltas. Mas parece que pra vcs, ainda estão parados anos 90 né? Kkkkkkkk

  • White Mamba

    Eu enxergo da seguinte maneira: Temos jovens muito talentosos e obviamente não temos como prever até aonde cada um vai chegar.
    Quando o nosso amigo autor afirma que o Russell tem potencial para chegar no máximo a banco em um time campeão, ele comete um grave erro. Antes de afirmar isso, faça uma pesquisa antes… Que tal se lembrar que o Harden tinha números muito parecidos com o Russell na sua segunda temporada. Que ele era BANCO, no ano em que o OKC chegou ‘as finais?? Naquele momento ele era um jogador de terceira/quarta temporada… Sabíamos que chegaria nesse status que detém hoje?? Pesquise sobre o próprio Kobe na segunda temporada, Nash, Dirk.
    Enfim…
    Colocar garotos que nem podem comprar uma mísera cerveja e já julgá-los de bust, e pior, cobrá-los de serem os novos “Kobe”, é injusto. E jamais dará certo.
    Entendo que tem garotos que já brilharam precocemente, como o Porzingis, Towns.
    Mas cada um tem o seu momento.
    Assisto NBA há mais de 20 anos e já vi muitos tipos de estrelas surgirem, de várias maneiras diferentes.. Uns mais cedo, outros mais tarde.
    Tenho certeza que esses garotos tem talento (especialmente Russell e Ingram) não cravo que serão all stars na liga, mas podem ser muito bons.
    Vamos dar tempo ao tempo.

    • DNT

      Já assisto a um bom tempo também e acho que nesse ambiente do Lakers é complicado alguém evoluir muito.

      • ldalles12

        Talvez o maior problema para desenvolvimento seja este mesmo. Difícil aguentar a pressão desta franquia. Imagino que se o Russell estivesse no lugar do Booker, com armadores ajudando ele e sem pressão, talvez estivesse estourando já.

  • Maicon Gomes

    O que o Lakers poderia tentar fazer, é envolver o Clarkson e o Randle por trocas de pick de primeira rodada nesse draft de 2017, nem que seja da 20ª pra cima. Ainda terão bons nomes que acrescentariam bem mais, como por exemplo
    Edmond Sumner, Luke Kennard, Dwayne Bacon, Terrance Ferguson, PJ Dozier..
    Se conseguir manter sua pick protegida, tinha que pegar o Lonzo Ball, Dennis Smith, Markelle Fultz, Frank Ntilikina, De’Aaron Fox ou Malik Monk e negociar o Russel, pois qualquer um desses é melhor que ele. Caso consiga uma pick entre 10 e 20 pelo Russel, poderia de repente ter sorte e conseguir um TJ Leaf ou Ivan Rabb por exemplo.

    • Fillipe Carel

      Cara, a pick só fica protegida no top 3

      • Maicon Gomes

        Onde eu disse o contrário amigo?

        Lakers tem boas chances de manter sua pick desse ano e caso consiga, selecionará possivelmente um excelente PG/SG, Lonzo Ball, Dennis Smith, Markelle Fultz, Frank Ntilikina, De’Aaron Fox ou Malik Monk, terão 6 excelentes nomes mantendo sua pick.

        • Fillipe Carel

          Opa. não vi o ” pelo Russel” depois da pick 10 e 20. Malz

  • Lucas

    O GM do Lakers precisa fazer algo imediatamente então eu tentaria uma troca Russell por Okafor ou Noel e tentar envolver Deng e Lou em alguma negociação por talento jovem ou pick do proximo draft.

    • MarcoLakers

      Ingram teria que marcar pelos cinco.

  • Fillipe Carel

    A matéria ta muito boa, eles foram incompetentes em vários aspectos, porém não concordo muito colocar na conta dos cara as escolhas de D’Angelo Russell e do Ingran (este questionados nos comentários, não na matéria), na época eram os caras a serem escolhidos, todos cantavam a bola, como adivinhar que o Booker iria se tornar esse baita jogador ou que o Brogdon iria ser mais eficiente do que o Ingran nesta temporada, não da, faz parte, houve um pouco de azar, como neste Draf provavelmente algum time vai olhar para trás no futuro e se arrepender de algum talento que deixou passar. Faz parte.

    • Thiago Tecachuk

      Brogdon é o meu favorito desse ano, mas ele já tem 24 anos, não tem nem como comparar. Os pick 3 4 e 5 estão no mesma leva do Ingram, quanto a isso só resta esperar.

  • Afonso Henrique #LakersPride

    Não sou um frequentante assíduo do site, mas como o assunto é inerente a minha equipe, resolvi comentar meu parecer, e espero que respeitem minha opinião, como respeitei a de vocês..

    Eu sei que a função da imprensa no geral é polemizar e criar “assuntos”, mas não gosto muito de ler argumentos flutuando sem embasamento em estatísticas ou em alguma coisa pra quem está fora do contexto da equipe e geralmente só acompanha por box score, mas quem acompanha desde o começo da temporada sabe que o Lakers voltou apresentando um basquete muito interessante, vencendo jogos difíceis e muito bem coletivamente, o banco era o diferencial, mas os resultados estavam aparecendo, ficamos na Zona de Off’s, até as contusões chegarem, ai começou uma sequencia ruim, os titulares voltaram e o Lakers já não apresentava o mesmo basquete, a motivação toda tinha ido embora, e foi onde o “Tank” começou, me chame de fanático, alienado ou o que for, mas pelo que foi apresentado no começo da temporada, esses resultados são frutos de um tank proposital.

    Quanto à Russell, respeito e discordo completamente à opinião emitida por Ricardo Romanelli, ontem saiu uma matéria no SB Nation, citando e evidenciando o impacto do garoto, muito além do BoxScore e fundamentando com os números

    “When looking at his per 36 numbers for both seasons, his production has increased to 19.6 points (+2.8 from his rookie year), six assists (+2.2) and 5.1 rebounds (+0.7). Only one player in NBA history surpassed those combined averages per 36 minutes at the age of 20: LeBron James (per basketball-reference).”

    “So far this season, the Lakers are 13-21 (.382) in games that Russell started and 3-13 (.186 in the games that he has missed)”

    “With Russell on the court this season, seven of his 13 teammates (Russell and Metta World Peace have not been in the same lineup at any point) are shooting 50 percent or higher. When he is off the floor, only Larry Nance, Jr. and Thomas Robinson are above 50 percent (per nbawowy.com).”

    “Also of note, Russell’s plus/minus net per 100 possessions this season is +2.0, which was at -5.1 last year.”

    Créditos pro amigo @RennanLAL que postou a matéria no LakersBrasil.

    Matéria completa:
    http://www.silverscreenandroll.com/2017/1/26/14381016/la-lakers-dangelo-russell-starting-lineup

    Russell, Ingram, Randle e Clarkson são um ótimo núcleo jovem, a enorme maioria dos comentaristas da NBA nos EUA e no Brasil concorda com isso, os resultados não estão aparecendo, e isso leva tempo e requer paciência, mas não acredito que haja um caminho mais inteligente !

    Mas uma vez, espero que respeitem minha opinião, como respeito a de vocês !

    • #PAIFELIPE #VascãoPick2

      “With Russell’s individual, more traditional numbers, it is important to note that he has actually logged less playing time this season under head coach Luke Walton with 26.3 minutes per game. When looking at his per 36 numbers for both seasons, his production has increased to 19.6 points (+2.8 from his rookie year), six assists (+2.2) and 5.1 rebounds (+0.7). Only one player in NBA history surpassed those combined averages per 36 minutes at the age of 20: LeBron James”
      Ponto final.

      • Erick

        Não acho o Russell ruim e discordo do autor do texto nessa parte. Mas esse negócio de pegar um stats e jogar para 36 minutos é uma furada!

        O honesto é pegar as estastisticas do que ele fez. Lebron, por exemplo, na sua segunda temporada jogava mais de 40 minutos por noite e entregou 27pts, 7 ast, 7 reb e 2 steal. Desculpa, mas não tem comparação né?

        Se levarmos em conta per 36 minutes o Embiid está na corrida pelo MVP com 28.3pts, 11reb e 3.5 blocks.

        Acho que o Russell melhorou e tende a melhorar ainda mais, mesmo o jogo dele tendo me decepcionado muito. ENFIM, vamos manter os pés no chão e utilizar o que de fato é como parâmetro, e não o que poderia ser.

        • Afonso Henrique #LakersPride

          Concordo com vc, os stats per 36 não refletem o que acontece em quadra de fato, mas é um parâmetro frequentemente utilizado, mas existem outros argumentos trazidos pela matéria que indicam, que Russell será mais do que um “bom reserva em um time campeão”.

          OS stats dele hoje são muito parecidos com os de Harden na sua segunda temporada, por exemplo.

          • Erick

            Eu não acho o per 36 minutes ruim ou completamente sem noção. Eu só acho que ele deve ser utilizado com outros elementos para ficar factível.
            E em casos em que for necessário utilizar o per 36 minutes de modo isolado, que pelo menos usem jogadores que atuem no mínimo 30 minutos por noite, afinal de contas, a relação entre cansaço e repouso é um fator determinante para uma atuação em alto nível.

            Acho que peguei um pouco de birra dessa estatística isolada e usada de qualquer modo, após ver o Embiid, principal jogador do meu time, ser comparado ao Wilt. Não dá.
            https://twitter.com/ESPNNBA/status/821146129727389696

            Enfim, como eu disse, não acho o D’angelo Russell ruim e vi melhora no jogo dele. Mas convenhamos que ele ainda está abaixo das expectativas. Isso significa que ele é um bust? Não. Isso Significa que o destino dele é ser Role Player? Não. Isso significa que ele é o novo Kobe Bryant do Lakers? NÃO.

            Vamos esperar o tempo dizer o que ele pode entregar de jogo. Sem conjecturas.

        • Claudio R.

          Mas ai na equação, vc tá tirando o cansaço do jogo por esse tempo, a dificuldade de pontuar no clutch time, enfim, varias variaveis que impede o jogador de atingir tais medias mesmo jogando mais tempo… então é muito relativo isso…

          • Erick

            Mas foi exatamente isso que eu disse, por isso o per 36 minutes usado isolado e de qualquer jeito pode provar “qualquer coisa”.

  • drakes

    Eu discordo um pouco no Nick Young,na liga atual ele não estaria ganhando pelo menos de 10 milhões, mais ainda mais sobre o Louis Williams que vem colocando bons números que mesmo caindo em outro time ainda seria ótimo. Eu vejo um erro do Lakers não tentar trocar pelo menos um dois dois, já que o processo de reconstrução ainda vai demorar e eles já tem 30 anos.

    Quanto ao Russel, ele é armador e normalmente demora mais para aparecer, mesmo assim analisando os dados como fez o Afonso Henrique se vê ele tem potencial, só não vejo como Franchise Player.

    O que ocorre com o Lakers esse ano é reflexo de um tank de 2 temporadas consecutivas, hoje só atrai veterano que o Buss aceita pagar acima do que vale, somado aos jovens terem que se desenvolver em um time com muitas redundâncias.

    Até a continuação do Metta me fazia crer que nessa temporada o time continuaria a aceitar as derrotas, depois de um começo que me enganou, me parece que o plano segue, hoje o Lakers é a segunda pior campanha, tem boas chances de manter a pick, agora é ver quando o time de Los Angeles vai sair do círculo vicioso de preferir competir por bolinhas do que vitórias.

  • Fernando

    Será q o Russel jogaria nesse time do Cavs, ou então Spurs, Warriors, Raptors..
    Russel seria banco ate do Celtics. Pra falar a verdade qualquer um ali não teria lugar de titular do Celtics. Talvez o Randle, mas só pq o Amir é um lixo.

  • LeBron Mavs

    Russell= Jeff Teague
    Ingram= Chandler Parsons
    Randle= Carlos Boozer
    Clarkson: Lou Willians

    É um bom núcleo para se tornar o novo Grizzlies

    • Thiago25-NBA

      slc….os caras estão lisos nesse site.

    • Bruno Macedo

      Se o teague sair do Pacers pra ser reserva do superestimado Russell é pra acabar com a carreira

      • LeBron Mavs

        não mano kkkkkkkkk são os prospectos

        • Bruno Macedo

          Kkkkkkkk boozer Parsons agora que vi a zuera sou muito mongo Kkkkkkkk

    • pedrokadf

      kkkkkk vcs querem treta msm né ?
      Por mim tudo bem kkk

      • Bruno Macedo

        Kkkkkkkk pega o McGee aí vira um super time comparado com o Lakers do super man e jogadores de axilos.

        • pedrokadf

          kkkkkkkkkk, pior q é verdade

    • Ricardo

      Concordo com as comparações menos do Randle com o Boozer , que foi all – star e tinha um ótimo arremesso de media distancia , enquanto que o arremesso do Randle é horrível , tá mais pra Greg Monroe , que também é um ala pivô forte mas com arremesso fraco.

      • Bruno Macedo

        Monroe pode ser tudo mais ser comparado a Randle se eu fosse ele eu me aposentava na hora duvido que se o Monroe tivesse no Lakers se ele não faria uns 17pts 11 rebs por aí mesmo no bucks e jogando limitadamente ainda tem boas medias.

        • Ricardo

          Eu só comparei eles pelo arremesso fraco de ambos. Óbvio que o Monroe é melhor , já é um jogador feito enquanto o Randle ainda ta desenvolvendo. Melhor comparar ele com o Monroe do que com o Boozer que nem o cara la fez, esse sim era muito mais jogador.

      • Raphael Melo

        Greg Monroe tem técnica refinadíssima de post, Randle não. Randle é um doido, se quer saber.

    • Luiz lakers

      Russel e Ingram vão ser mtmtm melhores vc fala merda…

  • King Cuban #MFFL

    Bem pelo menos os Mavs tem o Cuban para acertar no draft e na free agency…. espera aí…. também estamos fudidos…

    Deixando de brincadeiras a única coisa que vai impedir os Mavs de cair nesse caminho são o Donnie Nelson e o RC… pois o Cuban não é nada confiáveL…

  • Discordo sobre o Russel, acho ele bom o suficiente para ainda dar certo na liga e no próprio Lakers, mas não poderia concordar mais sobre o Randle. Ele é definitivamente superestimado. Não tem arremesso, não tem bom passe, se perde em dobras…é bom apenas em algo que acaba com o tempo: Atleticismo.

  • Eduardo Rebelatto

    Desse núcleo jovem eu vejo talento no Ingram e no Russell, discordo do Russell ser jo máximo um bom reserva, mas já mostrou ter cabeça fraca tbm é um calouro se envolver naquela confusão não é nada legal. Agora tem torcedor do Lakers que acha q o randle vai ser uma estrela, esse é o jogador que não me agrada em nada, uma defesa pífia,um arremesso inexistente. A base jovem do Lakers é muito pior que do sixers, Wolves por exemplo, vejo o Suns na frente tbm pq o booker mesmo muito novo já mostrou muito mais que Russell e Ingram. Tem os Bucks tb com Parker e o giannis que tem um talento muito mas muiti maior pra mim que os dois do Lakers, enfim agora o Lakers parece que não vai querer entregar a pick, provavelmente vai ser terceira pior campanha, mas como foi dito, vai largar o seu caminho pra sorte.

    • Bruno Macedo

      Acho que o Lakers fica com a segunda pior campanha as chances de segurar a pick é até altas.

    • Thiago Tecachuk

      Discordo quanto ao Randle, ele não vai ser All Star, mas vai ser um cara de DD de média. Para um 7 pick, já está de bom tamanho, ele melhorou muito seu arremesso e todo jogo ele vem acertando alguns. Só não dá para jogar o cara como armador, sendo que ele deveria ser usado em situações de pick and Rollins, ou algumas isolações.

  • Bruno Macedo

    Mano prefiro não me envolver tanto porque já estou sendo chingado por torcedores dá metade dos times dá NBA.
    Mais como eu não sou pipoca vou falar umas coisas.
    Luke Walton- técnico que chegou pensando que o Lakers iria ser o GSW colocou o Russell pra chutar todas dá linha de 3, Randle virou armador igual o Green, mais oq eu penso é que o time não tem nenhuma vontade de ganhar Russell é akeles cara que se ganhar bem se não ganhar vamo ver o próximo jogo, já o Randle pensa que é o cara na NBA se envolve em briga com jogadores no garrafão fica dando sorrisinho ironicamente, os outros são como eles disseram jogadores de contrato de veteranos mesmo, tirando Ingram e o Lou que é bom reserva mais não passa de um peladeiro na NBA.
    Ingram é um daqueles jogadores que chegam na NBA sem saber em qual posição joga, chegou como um cara que chutava bem de muitos lugares e o que o Walton fez ? Colocou ele pra armar o time, até hoje não entendi porque, mais também o Ingram não acerta 1 arremesso, mais esse é o menos culpado do time porque é jovem e tá sentindo claramente a pressão.
    Mais o que eu mais não gosto é a postura do Randle e do Russell se comportam como se fossem os grandes jogadores dá NBA dá pra ver o ar de arrogância neles dois fora que são péssimos competidores.

  • felipe fernando Oliveira

    E pensar que nesses três últimos draft deixaram passar ótimos jogadores. O já pensou se as escolhas fossem Saric, Porzings, hernangomes, Cedi Osman e Ingram.

  • ldalles12

    Primeira vez que comento, mas esta opinião foi precipitada ao meu ver. Não sei se tem magoa da franquia ou se está acostumado a ver os Lakers bem e surpreendido com este declínio. Mas vendo o que os GMs fizeram nos últimos anos, não surpreende o estado em que se encontram hoje.

    Entendo que é opinião, mas vejo erros em vários pontos na análise do elenco. Começando pelo Russel, impossível saber onde este jogador irá chegar, ele está muito longe dos piores e longe dos melhores. Dar certeza do fracasso deste jogador é extremamente precipitado. Assim como Ingram e Randle, sendo que o último tem um menor teto mesmo. Estamos falando de jogadores com 19, 20 e 22 anos, em uma liga competitiva demais e com uma responsabilidade enorme. Vejo que o desenvolvimento dos mesmos passarão mais pelo trabalho da comissão técnica, pois potencial eles tem. Quanto aos salários, contrato expirante do Calderon foi normal, contrato de Young, assinado 3 anos atrás, é um bom contrato, do Wiliams então nem se fala (estamos falando do melhor sexto jogador de 2015 e top 3 do ano), porém, a cagada foi nos do Mozgov e Deng, valores altos e longos, péssimo. Únicos pontos que concordo na opinião, são nos contratos mencionados e no MWP, o resto dos jogadores são bons benchwamer.

    Acho engraçado falarem assim da reconstrução dos Lakers, pois quando eu vejo a reconstrução de outros times, vejo os mesmos penando por mais tempo em alguns casos.

    Os Lakers conseguindo a top 3 pick este ano, acho que o time tem tudo para crescer e continuar o processo de rebuild. Se vai dar certo? Não sabemos. Estes jogadores serão all-stars? Não sabemos. São busts? Não sabemos. Mas encaro este momento como um processo muito mais natural que a maioria. Claro que não é normal uma franquia destas passar por isto. Mas vejo tempos diferentes e as regras da NBA fazem este tipo de coisa acontecer.

    O erro do super team mencionado na matéria foi óbvio e colocou a franquia nesta situação, erraram novamente ao dar contratos longos ao Deng e Mozgov. Mas agora é esperar, não existe mágica para atrair os all-stars, o leite foi derramado.

    • ldalles12

      A única mágica que atra all-stars, é desempenho e bons projetos. A única coisa que os Lakers tem são calouros e um sexto homem. Se aumentar o cap e der encaixar dois all-stars na FA, talvez de para um projeto, improvável. Enfim, esperar para ver e ver se esta comissão técnica tenha bom desempenho.

    • Afonso Henrique #LakersPride

      Ótimo comentário.

    • Exato, Lakers está pagando o preço pelo super time que não deu certo. Sendo dois erros cruciais nesse time.

      1- uma pick de first round pelo Steve Nash que na época ja tinha 38 anos, estava em declínio e já havia sido incomodado com lesões em 2011-12. Entendo que na época o Lakers fosse um time de playoffs e não se imaginou que fosse ter escolhas altas, mas ainda sim uma first pick em veterano de 38 anos é idiotice. E isso virou uma arma apontada para a cabeça dos Lakers. Desde 2015 que existe essa tensão com a loteria e o risco de ficar sem a escolha.

      2- Rejeitar o Phil Jackson pelo Mike D’antoni. A desculpa foi que o Phil já havia se aposentado, e se voltasse a treinar não seria por muito tempo. Só que isso não justifica, pois era um time de veteranos, eles não teriam muito mais tempo em alto nível, tinha que ganhar imediatamente. Ao invés disso trouxe o D’antoni que sempre foi um técnico limitado que só sabe jogar em velocidade. Enquanto as característica do time não se encaixavam nisso, era um time lento, cheio de veteranos, óbvio que daria merda.

  • Marcelo Desoxi

    Como disse uns tópicos atrás, Russel e Randle são dois ótimos jogadores, mas ser ótimo não credencia ninguém a ser FP. Lakers terá que apostar no Ingram, pois é o único a ter talento e teto pra ser um Franchise Player. E se não conseguirem manter a pick, ai sim o buraco vai ser mais fundo do que já é.

  • Thominhas – MVP

    Para mim eles estão num tank descarado para proteger a pick. Primeiro ponto. Russell e Ingram com uma boa comissão técnica, que acredito que o Luke Walton tem, vão dar frutos. Russell tem o potencial, não sei se tem cabeça pra virar um grande jogador na liga. Randle esse sim é superestimado e pra mim será um grande bust, pois não se desenvolve em nada. Vejo normal essa quantidade de derrota porque na verdade não tem jogadores desenvolvidos ou muito bons, mas como a franquia é o Lakers, tudo vira pior do que deveria de certa forma. Mas pra mim esse teste com Ingram na posição 1 é uma forma de desenvolver ele em outra posição e com outras habilidades, pq eles estão em tank, então eh hora de tentar fazer testes pro desenvolvimento dos jovens mesmo. O que deveria mudar pra já é a diretoria, pq essa é péssima. Clarkson e Nance Jr. é isso mesmo, não deve se desenvolver mais, mas são bons role players e tavam jogando bem.

  • Danilo Veroneze #GreenRunsDeep

    la pra 2020 lakers deve estar melhor

    • Thominhas – MVP

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk 2022 eu axo

      • Danilo Veroneze #GreenRunsDeep

        e por ai vai , ja estao no tank a 4 anos

        • ldalles12

          Vai se os caras draftem o Lebron James, 2018 playoffs. hahahhahaha

    • 76

      Lakers é Lakers

      • Danilo Veroneze #GreenRunsDeep

        meu migo te amo , phila é phila seu lindo

        • 76

          KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    • Rodrigo D. S.

      Verdade. Sei que você falou zuando, mas é verdade!!!

  • Uncle Drew – On to Houston

    “.. a escolha da franquia no Draft de 2017 deve ser entregue ao Philadelphia 76ers…. A escolha só não será perdida se o Lakers ficar no Top 3 da loteria, o que vai fazer com que o futuro de uma franquia com história de tantas conquistas esteja escorado no acaso do sorteio. Para piorar, o Draft de 2017 promete ser o melhor dos últimos tempos.”
    http://sportige.com/wp-content/uploads/2016/07/Crying-Jordan-Lakers-fan-e1467375753837.jpg

  • Uncle Drew – On to Houston

    Eu acho q a base não é toda ruim. É MUITO difícil achar um Franchise Player no Draft (bom momento para lembrar q OKC achou 3! E “deixou” 2 irem embora.rsrs).
    Russell e Randle quando motivados são bons titulares, é só ver o início da temporada. Houve uma euforia sobre o novo técnico, um clima melhor… e o time se motivou e até embalou por um certo tempo (as lesões tiveram papel importante nesta queda.).
    Poderia ter escolhido o Porzingis, q já é melhor do q qualquer jogador do L.A.,? Poderia. Mas havia mta desconfiança sobre ele, e o Byron Scott era mais desconfiado ainda, sobre o KP. Não havia algo de melhor q o Lakers poderia fazer nos Drafts.
    Time veterano q precisa da experiência para lidar com as derrotas, já sofre e acusa o golpe quando toma uma sequência negativa (vide o Cavs e Raptors). Imagine um time só de pirralhos, q são responsáveis pelo time ? Pra recuperar a moral é mt complicado.

    • Eu também achei as críticas precipitadas. Embora Randle seja o mistério da vida, no high school foi cogitado como pick top 3 por causa do arremesso, que desapareceu no college.

      Já o D’angelo teve a treta com o Byron Scott que o fritou publicamente e o colocou no banco. Começou bem nessa temporada mas tem sido atormentado por lesões, e ainda não conseguiu jogar um mês inteiro. Por isso acho cedo descartá-lo como um mero reserva em time campeão. Clarkson ainda pode ser um bom 6° homem, é explosivo e sabe pontuar.

      Já o KP o Phil Jackson pagou pra ver. Caiu no draft ficou sem Okafor e Russell, e achou que valia mais a pena apostar no Porzingis, do que usar uma escolha alta no Winslow ou Mudiay como muitos queriam. Foi uma aposta que deu certo. Mas no Lakers Porzingis talvez não vingasse.

      A prioridade do Scott não era desenvolver atletas e sim ganhar jogos, foi o que ele disse, a treta dele com Russell e Randle é que ele cobrava que eles jogassem como veteranos, isso não ocorreu e ele os mandou pro banco. Imagino que com o Porzingis não seria diferente, com 15 dias de liga ele seria cobrado pra jogar como franchiese player e quando isso não desse certo iria pro banco.

    • Rodrigo D. S.

      RW, Durant, HArden, Ibaka…imaginem se ainda estivessem jogando no mesmo time!?

  • Sid Payne- Dança muito

    Lakers é Lakers

    • 2Pac & Snoop

      Wellerson – dança pouco ?

  • “O Draft de 2017 promete ser o melhor dos últimos tempos”. Aaaa para, todo ano é isso. O de 2014 não era o melhor draft da década? Não tinha o novo LeBron? Essas expectativas não contribuem com nada, eu só acredito vendo.

    Quanto ao Lakers, tudo o que foi dito sobre o Jim Buss é verdade. Quando Mike Brown foi demitido, Phil Jackson entrou em contato e disse que sairia da aposentadoria para treinar o “super time”, mas ele preferiu Mike D’Antoni, que logo foi demitido. Ele foi pro draft 2014 sem treinador, depois arrumou o Byron Scott, que já em seu primeiro ano foi um fiasco e ainda sim foi mantido. Essas decisões foram cruciais pra situação do Lakers atual.

    Sobre o D’angelo, as críticas foram pesadas e precipitadas. Em seu ano de rookie ele teve atritos com o Byron Scott e foi para o banco. Com Luke Walton ele começou bem, mas já no primeiro mês da temporada se lesionou. Ai voltou e se lesionou de novo, ele ainda não conseguiu jogar um mês inteiro em 2016-17. É apenas um sophomore de 20 anos, que ainda não conseguiu ter uma temporada pra focar em seu desenvolvimento. Acho muito precipitado dizer que ele só serve pra ser reserva em time campeão.

  • Esteferson Matos

    Tiraram todas essas conclusões com garotos entre 19-23 anos, que estão no máximo no terceiro ano de liga…
    Parabéns!!!

  • Jovem Cotonete

    Esse site é muito hater do Lakers… Vcs deveriam ter vergonha desse clubismo.

  • Jovem Cotonete

    Curry foi ter destaque com quase 30 anos… Quem escreveu esse texto é muito pra analisar com tanta

  • Lixo de análise! pra começar como dizer que Russell pode ser apenas um bom reserva, no seu segundo ano de basquete e com o bom potencial que tem mostrado???
    Julius Randle está longe de ser apenas um bom jogador, e o Deng não é jogador de contrato mínimo assim como Mozgov tbm… Lou Willians é apenas o melhor reserva da liga hoje, não se encontra em qq lugar não… fora que todo ano escuto que o draft será o melhor da década kkkk

    com um SG e um Pivô top esse time seria candidato ao título
    Russell – Clarksson – Huertas
    Butler / De rozan – Lou
    Deng – Ingram
    Randle – Nance Jr.
    Cousins – Mozgov

    • Jeff Cavalcanti #TankBrothers

      Essa era da Boa heim, põe dessa pra mim

      • Preferi colocar pra sua irmã

        • Jeff Cavalcanti #TankBrothers

          Divertido demais seu texto, kkkkk.
          Lakers +2 jogadores candidato ao titulo.
          Randle longe de ser apenas um bom jogador

          Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

          Vou até salvar isso, toda vez q eu estiver triste vou ler pra dar umas risadas.

          • só você que está rindo…

            a maioria das análises da galera vai de encontro ao que eu disse…

            quando o Lakers estava endurecendo o jogo no inicio da temporada ninguém falava que o time era bom e etc…

            Russell – Clarksson – Huertas
            Butler / De rozan – Lou
            Deng – Ingram
            Randle – Nance Jr.
            Cousins – Mozgov

            me fale ai sabichão se o Spurs, Houston, Toronto tem um time mais forte que esse aí…

          • 55marcoac

            É só adicionar 2 jogadores que são candidato ao título: Jordan e Magic Johnson, ambos no auge

    • Rodrigo D. S.

      Sou nacionalista, mas quando li Huertas…uhauahuahauhau…..parei…

  • Rodrigo T. Aragão

    O autor pegou pesado demais na análise.

    Ingram tem potencial para ser All-Star. Todo mundo sabia que ele não iria explodir logo na primeira temporada por ser muito jovem e franzino.

    Russell pode não se tornar um All-Star, mas acho que pode sem problemas ser um armador do patamar de um Teague, o que já é bom.

    Randle também acho que está longe de mostrar basquetebol de astro. Mas ainda assim é um jogador com qualidades…na pior das hipóteses, um reserva útil.

    Nance Jr. e Zubac também possuem potencial para fazerem carreira na NBA.

    Louis Williams é um dos melhores reservas da liga, e já ganhou esse prêmio quando era dos Raptors. Clarkson também é um jogador que contribui bastante vindo do banco.

    Mozgov, a despeito do seu contrato gordo, é um pivô que dá pra quebrar um galho.

    Aí Deng, MWP e Calderon servem mais para transmitir experiência aos mais jovens.

    Sim, o elenco ainda é um dos mais fracos da NBA, a diretoria fez muitas bobagens, mas tem um núcleo jovem com talento, tem espaço no CAP para reforçar o time e pode de repente pegar um Fultz ou um Ball no próximo Draft. E Luke Walton é um treinador promissor.

    • Jovem Cotonete

      Perfeita análise! A base é boa, falta mais quilometragem pro time e pro treinador. Claro que seria ótimo a chegada de uns 2 all stars e mais a pick desse ano, podemos ter um time competitivo, falando de offs.

    • Rodrigo D. S.

      Russel é inconstante!!! Não será um All Star, concordo plenamente com a opinião do autor da matéria. Será um bom reserva e olhe lá. Randle têm lampejos de excelente jogador, mas precisa melhorar muuuuito. Mozgov é horrível. Péssimo , ao ponto que qualquer um do time tem mais rebote que ele. Um pivô com 25 minutos de quadra não ter 5 rebotes é sacanagem. E por vários jogos isso acontece. Robinson e Black, jogadores fracos~. Young 30 anos e o melhor momento da carreira, ótimo para aproveitarmos e fazer uma boa troca. Deng foi bem nos Bulls. Mas não ajuda em nada o time. A ideia destes jogadores era dar experiência aos jovens, mas estão atrapalhando, pois tiram minutos dos jovens. É torcer para acontecer novamente aquele acordo que permite quebrar contrato e dar a possibilidade de chutarmos Deng e Mozgov, senão serão 4 anos sofrendo.

  • Tárcio

    Pegou pesado em uma parte, na verdade, a dupla Buss/Kupchak ta bem no draft:
    O Randle é pra mim o quarto melhor do seu draft, atrás de Embiid, Winggins e Parker, alguém pode colocar mais um ou dois, mas ele foi a pick7.
    Clarkson é um bom jogador pra reserva, algo que nem sempre se consegue no fim da segunda rodada, ainda mais quando não se tem a pick.
    Russell é um ótimo talento, só não colocou a cabeça no lugar ainda, falta maturidade. Mesmo assim, não é jogador pra ser reserva. E olhando pro draft 2015 ele só fica atrás de Towns e Porzings, jogadores como Booker podem estar até despontando mais que ele, mas acredito que ele tem plenas condições de supera-lo.
    Nance é um bom reserva, conseguido de uma pick do Rockets que o Lakers ganhou por absorver o contrato do Lin
    Ingram todos já sabiam que demoraria algum tempo pra se desenvolver fisicamente, mas tem um bom teto defensivo e de QI, tem que aprimorar seus arremessos, sem dúvidas é o melhor do seu draft que não se chama Bem Simmons.
    O Zubac tem um talento grande, se bem trabalhado pode ser um pivô top da liga, sabe defender e atacar, alguns que não acompanham tanto o Lakers podem desconhecer, mas o tempo talvez me dê razão.

    Ou seja, eles draftaram dentro das picks possíveis os melhores jogadores, Winggins, Embiid, Towns e Simmons não estavam disponíveis no momento das escolhas, talvez só o Porzings possa ter passado batido.

    Quanto a F.A. ai sim, as escolhas e negociações do Lakers nos últimos anos foram todas desastrosas, desde o veto a trade do CP3 em trades e F.A. a dupla Buss/Kupchak só faz besteira: Nash, Hibbert, não trocar o D12, Lin, deixar o Gasol escapar, e claro Gastar os milhões que se gasta em Deng e Mozgov por ano, e pior… por 4 anos é talvez a maior besteira de um GM na história da NBA.

  • Quanto haterismo jumperbrasil, que coisa feia!

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados