logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 8 fev 2017 às 01:00
Rockets brilha no último período e derruba Magic

Rodada também contou com triunfos de Hornets e Blazers

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Michel Zelazny

(20-34) Orlando Magic 104 x 128 Houston Rockets (38-17)

O Houston Rockets venceu nessa terça-feira o Orlando Magic no Toyota Center. Com o resultado, a equipe aumenta sua diferença para o Utah Jazz, quarto colocado da Conferência Oeste, que vinha ameaçando os texanos durante os últimos jogos.

O jogo não começou da maneira esperada pelos torcedores anfitriões: com muitos erros no ataque, o Rockets chegou a se ver com uma desvantagem de 18 a 9 logo nos primeiros minutos de jogo. A vantagem foi completamente apagada em cerca de um minuto e meio, com participação ativa de James Harden e Trevor Ariza. Quem também contribuiu foi o brasileiro Nene, que ajudou a construir uma liderança de sete pontos ao final do primeiro período. No quarto seguinte, Nene foi ainda mais incisivo: o pivô fez nove dos primeiros onze pontos da franquia no período, e a vantagem do Rockets já era bem confortável. Depois de chegar a 20 pontos após três lances livres de Harden, a diferença caiu, muito em parte ao trabalho do pivô do Magic Nikola Vucevic, que terminou o primeiro tempo com um duplo-duplo. Ainda assim, os mandantes eram soberanos no jogo: 70 a 54 era o placar no intervalo.

O terceiro quarto trouxe um pouco de emoção para quem esperava que o jogo já estivesse encerrado. O Rockets começou melhor o período, com Harden novamente se destacando, mas nos minutos finais uma série de 12 a 3 comandado pelo ala Evan Fournier recolocou o Magic na partida. Além dele, Vucevic continuava um monstro nos rebotes, e contava com 18 ao final de três quartos. A diferença caiu para dez, e as equipes foram para o quarto período com o jogo ainda indefinido.

No último quarto, a desvantagem dos visitantes caiu para oito após nova cesta de Fournier. O Rockets tentou dilatar a liderança, mas a rotação reserva não ajudou muito. Quando os titulares voltaram, a oito minutos do fim, o cenário mudou radicamente.  Conhecido por seu excelente ataque, a equipe de Houston soube garantir seu triunfo na defesa, ao segurar seu adversário sem pontos por mais de três minutos. Com a ineficiência ofensiva, não demorou para o Magic mostrar sinais de fraqueza, e a busca pela liderança no marcador rapidamente foi por água abaixo. Tanto assim, que o técnico do Rockets Mike D’Antoni retirou todos os titulares de quadra nos minutos finais, uma vez que a vitória já estava garantida. O placar final foi 128 a 104.

Destaques

Orlando

Serge Ibaka: 28 pontos e oito rebotes
Evan Fournier: 21 pontos
Nikola Vucevic: 14 pontos, 19 rebotes, quatro assistências e três roubadas de bola
D.J. Augustin: 11 pontos
Elfrid Payton: dez pontos e oito assistências

Houston

James Harden: 25 pontos, seis rebotes e 13 assistências
Trevor Ariza: 20 pontos, sete rebotes e quatro assistências
Eric Gordon: 18 pontos
Clint Capela: 17 pontos e nove rebotes
Patrick Beverley: 14 pontos, seis rebotes e sete assistências
Nene: 13 pontos e três rebotes
Sam Dekker: dez pontos


(9-43) Brooklyn Nets 107 x 111 Charlotte Hornets (24-28)

Destaques

Brooklyn

Bojan Bogdanovic: 22 pontos e cinco rebotes
Brook Lopez: 20 pontos, cinco rebotes e quatro tocos
Joe Harris: 12 pontos e quatro rebotes
Isaiah Whitehead: 11 pontos e sete assistências
Trevor Booker: dez pontos e 12 rebotes

Charlotte

Nicolas Batum: 17 pontos, oito rebotes, quatro assistências e quatro roubadas de bola
Kemba Walker: 17 pontos e cinco assistências
Marco Belinelli: 17 pontos
Jeremy Lamb: 16 pontos e sete rebotes
Marvin Williams: 14 pontos e nove rebotes
Michael Kidd-Gilchrist: 14 pontos e sete rebotes
Frank Kaminsky: 12 pontos, 11 rebotes e cinco assistências


(23-30) Portland Trail Blazers 114 x 113 Dallas Mavericks (20-32)

Destaques

Portland

C.J. McCollum: 32 pontos
Damian Lillard: 29 pontos, cinco rebotes e seis assistências
Mason Plumlee: 12 pontos e 15 rebotes
Al-Farouq Aminu: 12 pontos e 11 rebotes
Evan Turner: 11 pontos e quatro assistências

Dallas

Harrison Barnes: 26 pontos e cinco rebotes
Dirk Nowitzki: 25 pontos e cinco rebotes
Wesley Matthews: 23 pontos e cinco assistências
Devin Harris: 12 pontos e sete rebotes
Yogi Ferrell: 12 pontos

  • The Point-GOD

    CJ é o novo FP em Portland, não há mais dúvidas já roubou até o Lillard-Time!

  • Mavscelo

    CJ FDP!!! Joga muito esse sujeito.

  • #Kawhi – O Durval da NBA

    Na opinião de vocês quem seriam os FP’s de cada franquia? Partindo do pressuposto de que todas elas devem ter um do elenco atual. Minha lista:

    GSW – Curry
    SAS – Leonard
    HOU – Harden
    UTA – Hayward
    LAC – CP3
    MEM – Gasol
    OKC – Westbrook
    DEN – Jokic
    POR – Lillard
    SAC – Cousins
    DAL – Nowitzki
    NOP – Davis
    MIN – KAT
    LAL – Russell
    PHX – Booker
    CLE – James
    BOS – Thomas
    TOR – Derozan
    WAS – Wall
    ATL – Millsap
    IND – George
    CHI – Butler
    DET – Drumond
    CHA – Kembinha
    MIL – Grego
    MIA – Ladobranco
    NYK – Melo
    ORL – Vucevic
    PHI – Embiid
    BKN – Lopez

    • DNT

      Concordo em quase todos, só discordo com os times abaixo.
      GSW-KD
      LAL-INGRAM
      NYK-PORZINGIS

      • samuel

        Estou contigo DNT, mas discordo também do Orlando. Vucevic não é mais o FP. Quem é ? não sei, rs.

        • Denyson

          Não tem.

        • Felipe Monteiro

          Ibaka??? Tem sido o único titular “inquestionável”

    • WESLEY

      desculpa, mas quem MIA – Ladobranco

      • #Kawhi – O Durval da NBA

        Hassan Whiteside

        • WESLEY

          ah sim, concordo com vc

    • Guilherme Prates

      Mas quem responde isso é a franquia… rs

      • #Kawhi – O Durval da NBA

        Indagação de caráter pessoal, por isso usei o termo “opinião”…

        • Guilherme Prates

          ah sim, claro. mas o FP não necessariamente é o melhor jogador, né. por isso comentei q depende dos planos da franquia…
          Por exemplo, o melhor do Nets é o Lopez (ah va! hehehe), mas, ao que parece, o trabalho de reconstrução será feito em torno do Lin. Na minha opinião, troca o Lin e fica o Lopez, mas pra acelerar o rebuild (e não estragar a carreira do Brook que faz 29 este ano), mehor trocar o Lopez e ficar o Lin…. :/

          • Marcelo Desoxi

            Um trabalho de reconstrução em torno do Lin ?? KKKK’.
            Good lock.

          • Guilherme Prates

            Boa sorte é pouco. Precisamos de um milagre! hehehehe

    • Marcelo Desoxi

      Levando em consideração que você citou o melhor jogador de cada equipe:
      Raptors = Lowry
      Detroit = KCP

  • Afonso Henrique #LakersPride

    Placar do Dallas x Portland está errado.. O jogo terminou 114×113 Portland

  • DNT

    James Harden joga demais, porém acho que o West está um degrau acima, apesar do Barba ser o favorito ao MVP. Acho que um time como o do Houston fica mais “fácil” ser MVP do que no do Thunder, elencos são bem diferentes, os Rocktes são mais completos do que o OKC.

    • LP

      Tira o Harden do Houston esse time fica em último do Oeste.

      • Maicon Gomes

        Beverley – Gordon – Ariza – Anderson – Capela

        Payne – Oladipo – Roberson – Lauvergne – Adams

        Dificilmente o Rockets sem o Harden, ficaria atrás do OKC sem o West.

        • {A.C} Paulo Henrique

          Um time com Payne titular ficaria atras de qualquer um

        • Payne “Morre Diabo”

          Meu deus, e o banco do time é uma merda também, tirando o Kanter. E o Donovan vem fazendo um trabalho bem questionável, seria um dos piores times da liga fácil

          • Maicon Gomes

            Esse “elenco de apoio” que o West tem, me lembra os times do Cavs na primeira passagem do Lebron por lá.

      • DNT

        Acho que não cara, do jeito que estam as coidas, era provável que eles entrassem nos OFFS.

      • Guilherme Prates

        Se tirar o Harden, mas arrumar um PG minimamente atlético, D’Antonni leva o time pros offs (só que com muito mais sofrimento, claro)

  • FULTZ CELTA #BrooklynCeltics
    • Daniel Azevedo

      O rapaz está em que ano do High School?

      • FULTZ CELTA #BrooklynCeltics

        Só sei que tem 15 anos

      • Payne “Morre Diabo”

        Sophomore

      • Vinícius Maia

        Esse uniforme nem é cópia do uniforme antigo do Magic.

      • FULTZ CELTA #BrooklynCeltics

        Kkkkk

    • PR

      Qual é o melhor dos irmãos: Lonzo, LiAngelo ou LaMelo?

      • Daniel Azevedo

        Meu Deus, tem um terceiro ainda?

      • Sanliv

        mais fácil dizer qual é o pior: LiAngelo, sem dúvidas

    • Sanliv

      já ia postar isso

    • Luiz Fernando Azevedo

      Novo Lulinha do Basquete

    • Payne “Morre Diabo”

      61 FG… Filho do Kobe ou Westbrook https://twitter.com/Le_BR_on/status/829291383685054464

    • Payne “Morre Diabo”
    • Marcelo Desoxi

      E o Charles Barkley tá ‘cornetando’ o moleque :
      ” O garoto ficava esperando na metade da quadra a maior parte do jogo. Nunca voltava para a defesa. Então, eu tive um problema com isso, para ser honesto com você. Vá ver o jogo. O garoto esperou do outro lado da quadra e cada vez que a outra equipe arremessava, eles simplesmente passavam a bola para ele na metade da quadra. Tenho um sério problema com isso, para ser honesto com você ” – afirmou Barkley.

      • Luiz Henrique Santos

        A mais pura verdade infelizmente…

  • Infelizmente acho que não será dessa vez (e com essa nova geração possivelmente nunca) que o Westbrook ganhará o MVP. Não dá pra tirar esse prêmio do Barba.

  • Rafael Victor

    Belo final de partida entre Dallinha X Blazers, com os dois times acertando os arremessos finais, o Sr. Nowitzki e McCollum sendo espetaculares! Grande jogo!

  • LeBron Mavs – Aqui tem coragem
  • felipe fernando Oliveira

    Nessa onda de jogadores da D’League que estão se dando bem na NBA, gostaria que OKC desse oportunidade pra Dakari Johnson e Daniel Hamilton.

  • Guilherme Prates

    Que jogo de Blazers e Mavs, mas vacilo do Mavs aquela última bola do CJ. Lógico que seria pra ele. Fecha o cara. No fim, Barnes e Mathews chegaram juntos pra marcar, foram driblados e nao tinha ninguém pra cobrir… RC deve ter comido o couro de alguém no vestiário… rs

  • Marcelo Desoxi

    CJ McCollum é o jogador mais clutch da liga, nesta temporada, se considerarmos a eficiência individual, dividindo a primeira colocação com Thomas. O IT apresenta um corpo estatístico melhor, porque Boston geralmente vence nestes momentos ( campanha de 23 – 9 ) , enquanto que CJ ( 14 – 16 ).

    IT anota 5.3 pontos em média no clutch time, McCollum tem sua média em 4.
    Nos aproveitamentos é que CJ se destaca, com 58% nos FG, e fuckings 52 % nos 3FG.
    Isaiah é muito regular também, com 50% FG , e 47 % nos 3FG.

    Lembrando que o clutch time se restringe, geralmente, aos 5 minutos finais de uma partida, que a diferença se encontra em 5 pontos ou menos, são contadas também as prorrogações.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados