logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 11 fev 2017 às 12:55
Ídolo do Knicks, Charles Oakley é banido do Madison Square Garden

Ex-ala-pivô protagonizou briga com equipe de segurança do ginásio nesta semana

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

charles-oakley

Um dos atletas mais adorados pelos torcedores do New York Knicks foi banido do Madison Square Garden por tempo indeterminado. A equipe anunciou que o ex-ala-pivô Charles Oakley está proibido de entrar no ginásio, depois de protagonizar uma briga pública com seguranças do local, ser carregado para fora da quadra e preso durante a derrota do time para o Los Angeles Clippers, na última quinta-feira.

“Eu fui ofendido de um modo desagradável por Charles, com xingamentos racistas e sexuais. Palavras que ninguém deveria ouvir em nenhum momento. Esse não é, necessariamente, um banimento até o final da vida, mas uma medida para tornar nosso ginásio mais confortável e seguro para todos”, explicou o dono da franquia, James Dolan, em entrevista a um programa de rádio da ESPN, em Nova Iorque.

Em uma decisão também relacionada ao incidente, o mandatário decidiu demitir o vice-presidente de segurança do MSG, Frank Benedetto. Ele admitiu que a forma como os seguranças atuaram para tirar o ex-jogador de quadra foi abusivo, mas assegurou que a ação só aconteceu por tratar-se de uma pessoa visivelmente alterada. “Charles pode ter um problema de alcoolismo”, especulou.

Oakley, que é um desafeto de longa data de Dolan, já confirmou que realizará uma entrevista coletiva na semana que vem para comentar as decisões da franquia. Ele confirmou ter ingerido pequenas doses de bebida alcoólica antes do episódio, mas voltou a negar o (suposto) comportamento inapropriado e pretende processar o empresário pela sugestão de que poderia ser alcoólatra.

Independentemente do que foi (e ainda será) dito, a torcida do Knicks já decidiu de que lado está nessa briga. Os fãs levaram vários cartazes e letreiros ao MSG nesta sexta-feira, na derrota do time para o Denver Nuggets, em defesa do ex-atleta. Em alguns momentos, como em pausa para dois lances livres do letão Kristaps Porzingis, eles chegaram a puxar cantos de “Free Oakley!” (“Liberem Oakley!).

  • owww

    decisao muito radical

  • Kleber

    Rapaz, não gosto de desejar mal pra ninguém não. Mas Dolan tem que se fuder. Velho incompetente maldito. Deveria chamar o P-Jax e irem embora de NY.

  • LeBron Mavs – Aqui tem coragem

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkKnicks

  • Victor Chittolina

    O Knicks vem caindo pelas tabelas, com um basquete horrível e uma gestão pífia. O que faltava era maltratar as lendas de antigamente. Bingo!

    • Lakers@24

      A pergunta é, esse Knicks alguma fez esteve por cima, tipico time em que a cidade é mais famosa que o time em si.

  • Melo#AVISAPROCARMELO#TANKMODE

    Franquia com muita visibilidade é assim…muitos problemas, ainda mais tendo um dono magnata como esse

  • benhur

    não achei tão radical assim não…até pq pode ser provisória a decisão.

    o que me admira mesmo é o fato da preocupação com espetáculo e em dar exemplo a todos que a direção do knicks não irá tolerar baderna em seu estádio…independente da pessoa que causar a confusão..

    digno de aplauso.

    quem dera se aqui punissem os baderneiros…nossos estádios iam estar bem melhores…

    perfeito a decisão do NYC.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados