logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 17 fev 2017 às 10:36
Em noite de recorde, Isaiah Thomas culpa arbitragem por derrota do Celtics

Armador acredita que equipe só perdeu para o Bulls por marcação questionável dos árbitros

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

Isaiah Thomas escreveu seu nome na história do Boston Celtics ao conseguir a 41ª atuação seguida de 20 ou mais pontos e quebrar recorde da franquia. A noite de quinta-feira, porém, acabou em frustração para o astro. O time foi derrotado pelo Chicago Bulls após uma marcação questionável de falta e dois lances livres convertidos por Jimmy Butler com o cronômetro zerado.

Depois da partida, o armador não fez questão de esconder que o revés por só um ponto de diferença (104-103) havia sido culpa, unicamente, da arbitragem. “Nós vencemos o jogo. Isso parece claro, já tínhamos tudo resolvido. Foi uma grande jogada defensiva de Marcus Smart e os juízes tomaram uma péssima decisão. Eles mandaram muito mal”, analisou o líder do Celtics.

A maior sequência de atuações com 20 ou mais pontos de um jogador do Celtics, até então, era do lendário John Havlicek. A marca histórica durava mais de quatro décadas, mas, com o polêmico resultado negativo, o feito ficou em segundo plano. “Para ser sincero, isso não significa nada para mim. Eu estou tentando vencer um título. É esse tipo de recorde que quero quebrar”, cravou Thomas.

  • Maicon Gomes

    Eu sinceramente, achei falta.
    Foi um lance bem interpretativo.

  • Burnie … Wtf??

    Eu achei que o Isaiah tá certo – lance normal. Tanto que dá a impressão que o Butler depois de errar já relaxa o corpo naquela expressão de – ih, não deu.

    • Lucas Antunes

      Não sabia que tinha tocado mesmo no braço… Nesse caso não tem o que contestar.

  • Erick

    A regra é clara, encostou no braço durante o movimento no arremesso é falta, simples assim, não importa se é game winner ou no primeiro minuto de jogo muito menos se só encostou ou foi um contato real. Faz um tempo que a NBA é cheio de não me toque, mas só reclamam quando são “prejudicados”.

    Foi falta sim! Segue o jogo!

  • nico

    METERAM A MÃO ONTEM KKKKKKKKKKKKK

  • #BullsNation

    Óbvio que foi falta, tocou no braço na hor ado arremesso, só não aceita quem não quer. Teve falhas de arbitragem durante o jogo sim contra os dois lados, mas no último lance foi falta no Butler.

  • Albert Medeiros

    Claro q ele vai culpar na arbitragem em vez do seu colega de equipe,kkkk

  • Diego Elias

    É uma jogada difícil mas pra ser bem sincero se fosse em Boston e não fosse o Smart era vitoria dos Celtics. Essa é a típica falta caseira da NBA. Mas que pegou no braço pegou.

  • xmaah

    olouco se meteu a mão mesmo no boston posso afirmar que veio do itaquerão.

  • Rogério Rodrigues

    O pior de tudo isso é a NBA proteger os arbitros como nunca se viu. Isso sim da nojo. O cara erra, deve ser punido por isso, pois ele é um funcionario da liga. Em varios esportes isso acontece, na NBA fica essa impunidade total.

  • Wellington Tong Godinho

    Vejo exatamente o contrário do Thomas, os árbitros da NBA tem por costume não marcar faltas nas últimas jogadas, já vimos inúmeras vezes jogadores sofrerem faltas absurdas no lance final e nada ser marcado. Não existe faltinha… falta é falta.

  • Muito difícil o lance, mas apesar de muito sutil houve o toque do Smart no cotovelo do Butler, vejo muitas jogadas assim em que os juízes normalmente não dão a falta, mas acho que acertou ao dar a falta pois o contato (por mais fraco que seja) atrapalha o arremesso…

  • Drumão Celta #BrooklynCeltics
    • Vinícius Maia

      Afirmo sem de errar que se a situação fosse o inversa, com Isaiah Thomas tendo apenas um “leve toque” num ponto chave para que a mecânica d arremesso funcione e a arbitragem não tivesse marcado, você estaria igualmente irritado. Se um lance como esse acontecesse num jogo do Cavs e não marcassem, eu ficaria muito irritado. Foi “apenas” um toque, mas um toque suficiente para comprometer a mecânica de arremesso e inclusive eu acho que o Smartphone fez na malandragem, porque o Butler, no momento do giro, tirou o Smartphone completamente da jogada. Smartphones ficou numa condição em que não tinha a menor chance de dar toco e nem mesmo de atrapalhar, tentando ocultar a visão do Butler com a mão na frente ou algo do gênero.

  • Rdrigo Cruz

    Foi falta ou não… agora pouco importa!!

    Mas tem q ter esse sangue no olho mesmo, reclamar, ficar puto!!!
    Isso é vontade de vencer….

  • Doctor D – Heat

    É um lance bem difícil, até agora não sei qual minha definição. Mas o que, infelizmente, vale destacar, é que na NBA os nomes, mando de quadra e as Camisas sempre influenciam nas decisões dos juízes. O que eu afirmo com ctz é que se fosse falta do Butler no Smart, em Chicago, eles não dariam falta.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados