logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 18 fev 2017 às 02:08
Celebridades do Leste fazem história com Oscar Schmidt em quadra e Jamal Murray lidera time Mundo no Desafio de Calouros

Murray converteu nove arremessos de longa distância na vitória por 150 a 140; Lenda brasileira atuou por 11 minutos e anotou quatro pontos

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gabriel Farias

Time Mundo 150 x 140 Time USA

O time Mundo conquistou o Jogo dos Calouros ao bater o time USA por 150 a 140.

Em uma partida com poucos destaques defensivos e muitos erros de arremessos, o ala-armador Jamal Murray se destacou entre os novatos e segundo anistas no ginásio do New Orleans Pelicans e foi eleito o melhor jogador da festividade. O jogador do Denver Nuggets anotou 36 pontos em apenas 20 minutos de partida. O canadense de 19 anos converteu nove arremessos de longa distância em 14 tentativas, maior número no desafio desde que a separação entre time Mundo e time USA foi instaurada em 2015.

Atleta da casa, Buddy Hield ficou perto de conquistar o prêmio de MVP com 28 pontos, três roubos de bola e 50% de aproveitamento nos arremessos de quadra. As nove tentativas malsucedidas para três pontos foram cruciais para a perda do prêmio.

Frank Kaminsky e Karl-Anthony Towns foram os cestinhas do time USA com 32 e 24 pontos respectivamente. O jogador do Charlotte Hornets acertou oito tiros de longa distância durante os 19 minutos em quadra, enquanto o atual novato do ano pegou 11 rebotes e teve o maior aproveitamento nos arremessos gerais considerando apenas jogador que tentaram dez ou mais cestas.

As equipes somaram 94 tentativas de longa distância durante a partida, marca superior a qualquer outra partida do desafio. Porém, o aproveitamento de 39% do time USA e 37% do time Mundo ficam abaixo dos índices registrados no ano anterior.


Time Leste 88 x 59 Time Oeste

Com o brasileiro Oscar Schmidt no elenco, o time Leste conquistou o Desafio das Celebridades no fim de semana das estrelas ao bater o time Oeste por 88 a 59.

Comandado pela apresentadora Jemele Hill, Kyle Lowry e o rapper Fat Joe, o time Leste liderou a partida desde o início com ótimas atuações do quarteto Brandon Armstrong (Imitador e ex-jogador da D-League), Jason Williams (ex-jogador da NBA), Lindsay Whale (Jogadora da WNBA) e Win Butler (Músico). Oscar entrou pela primeira vez em quadra durante o segundo quarto e levantou o público ao acertar seu primeiro arremesso em um tiro de média distância. Porém, a velocidade de Armstrong, Williams e Whale nos contra-ataques tiraram a lenda brasileira do jogo. Do lado Oeste, Baron Davis (ex-jogador da NBA) e Romeo Miller (Ator) até tentaram, mas não evitaram a desvantagem de 16 pontos na ida para os vestiários.

Na volta do intervalo, o Mannequin Challenge entrou em ação logo após o primeiro arremesso do terceiro quarto. Armstrong e Butler continuaram seus shows particulares. Enquanto o primeiro fazia jus a sua camisa de James Harden e arremessa todas as bolas que chegavam a suas mãos, Butler enchia suas estatísticas com rebotes ofensivos e pontos resultantes de lances livres.

Oscar retornou às quadras para mais um arremesso certeiro no último quarto e ainda contribuiu com um rebote e um roubo de bola antes de voltar para o banco. Faltando um minuto para o final, Jarrius Robertson, uma criança fã do New Orleans Saints a espera de um transplante de fígado roubou a cena ao entra em quadra e acertar um arremesso em cima de Butler.

O placar de 88 a 59 marcou a maior pontuação de uma equipe no Desafio das Celebridades. Os 29 pontos de diferença também entram para a história como vitória mais larga do evento.

Autor de 16 pontos e 15 rebotes, Armstrong foi eleito o melhor jogador do desafio, superando Win Butler, MVP da festividade passada.

  • LP

    O jogo das celebridades foi muito chato, uma disparidade enorme entre os times.
    Primeira coisa que pra mim tem q acabar é isso de ficar chamando jogadoras da wnba elas são profissionais não cabe em uma festa com ex atletas fora de forma e artistas que não tem tanta técnica.
    Segunda coisa o GOAT tem que voltar da aposentadoria pq ele fazia esse jogo melhor espero q Kevin Hart volte no próximo all star e
    Terceiro Oscar realmente jogou pouco e devia ter arremessado mais mas não é certo ficar xingando a técnica e o Armstrong na internet por causa disso, até pq o Oscar mal aguentava andar.

  • The Real Jay

    Jamal Murray, mesmo sendo um jogo festivo, esse muleke tem futuro, mudou a cara do Denver vindo do banco. Enquanto isso temos o Brown, uma gangorra americana

    • PRAYforREBS #BrooklynCeltics

      Brown vinha jogando bem

  • Rodrigo SMC

    Participação do Oscar já foi mais do que eu esperava. O cara tem 60 anos e recentemente teve câncer no cérebro. Pelo amor né, correr igual os moleques de 20 anos que tavam ali não dá. Tem gente que vai enxer o saco do Oscar por conta disso.

    • Chimbinha

      Concordo com você, mas foi patético ele indo e os outros vindo, ele vindo e os outros indo.Se sabe que vai jogar e quer jogar , se prepare o mínimo durante uns 3 meses sei la. Dinheiro pra se preparar não falta e como ele mesmo disse já tá curado, então se aprume , meu filho.Jogo pelada com neguim de 70 anos que corre 10 vezes mais que ele

  • L. Marques

    Não achei nenhum vídeo sobre o jogo, alguém sabe de algum link?

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados