logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 25 fev 2017 às 18:01
Dwyane Wade se isenta de avaliações sobre trade deadline do Bulls

Para astro de Chicago, papel dos jogadores não inclui julgar negociações feitas pela direção

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

dwyane-wade-4

Os dirigentes do Chicago Bulls foram extensamente criticados pela troca de Doug McDermott e Taj Gibson com o Oklahoma City Thunder na hora final da janela de transferências da temporada. Não espere, porém, ouvir comentários negativos de Dwyane Wade. O experiente ala-armador “esquivou-se” de avaliar a negociação e, como um veterano, tratou a saída dos atletas com naturalidade.

“Nós temos 28 vitórias e 29 derrotas. Não é como se tivéssemos vencido 40 jogos na temporada. É claro que vamos sentir falta de Taj e Doug, mas os novos atletas só estão chegando. Tenho certeza que todos vão trabalhar duro e fazer o melhor pelo time”, disse o craque, referindo-se ao jovem armador Cameron Payne, o ala-armador Anthony Morrow e o pivô Joffrey Lauvergne.

Para Wade, os jogadores têm a obrigação de apenas acatar as decisões da direção da franquia – especialmente, diante do desempenho ruim da equipe. “Eu só quero jogar basquete e fazer o melhor trabalho possível em quadra. A diretoria resolveu que era uma boa troca e, como atletas, nosso dever é vir aqui e jogar com quem for que sejam os companheiros”, finalizou o veterano astro.

  • Diego Costa

    Da última vez em que ele falou algo, azedou o ambiente, né…

    Melhor se esquivar, mesmo.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados