logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 1 mar 2017 às 17:14
Amare Stoudemire: “Eu evitaria um colega gay”

Ala-pivô deixou a NBA na última temporada para jogar em Israel

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Freitas

Amare Stoudemire, ex-astro da NBA e agora atuando no basquete de Israel, envolveu-se em uma polêmica ao comentar sobre a possibilidade de ter um colega gay em seu time.

“Eu iria tomar banho do outro lado da rua e levaria minhas roupas para ter certeza que elas estariam por perto”, afirmou o ex-jogador do Phoenix Suns. “Eu tomaria um outro caminho para ir ao ginásio”.

Perguntado se tratava-se de uma piada, Stoudemire afirmou que “sempre existe uma verdade dentro de uma piada”.

As declarações não caíram bem no meio esportivo. John Ameachi, primeiro ex-jogador da liga a assumir a homossexualidade, criticou as ações de Stoudemire e classificou como embaraçosas.

Aposentado recentemente na NBA, Stoudemire atuou na liga por 14 temporadas e vestiu as camisas do New York Knicks, Dallas Mavericks e Miami Heat, além do Suns. Ele obteve médias de 18.9 pontos e 7.8 rebotes em 846 partidas e participou de seis edições do Jogo das Estrelas.

  • Victor Chittolina

    Independentemente de ser piada ou não, já tá mais que na hora de as pessoas entenderem que assuntos sérios devem ser respeitados. Orientação sexual, cor, gênero são assuntos sérios que afetam muitas pessoas e dar declarações como essa do Stoudemire, brincadeira ou não, são desprezíveis.
    Não tenho mais paciência com isso.

  • Qualquer ser humano dizendo esse tipo de coisa é vergonhoso e desprezível, mas um afro-americano é mais. Se substituir gay por negro as declarações do Stoudemire poderiam ser de um segregacionista americano dos anos 50. O que revela uma tremenda falta de empatia, o cara é de um país onde o grupo étnico dele foi legalmente segregado, e o preconceito é perceptível até os dias, ele sabe como é, e ainda sim faz basicamente a mesma coisa com os homossexuais.

    • Celtics 18

      Muito inteligente seu comentário ! ( substituia o Gay por Negro na frase )
      Exatamente isso, não só os negros mas o mundo está vencendo essa barreira contra o racismo e está chegando a hora de acabar com qualquer tipo de diferença.

      • The Point-GOD

        Algumas pessoas adoram colocar homofobia no mesmo saco do racismo sendo que existe uma certa diferença entre herança genética e escolhas…

        • Michel Moral

          Realmente não se trata da mesma discussão, mas o ponto em comum entre eles é o preconceito.

          Quando se fala em preconceito, não interessa a causa. Não existem lados ou diferenças, seja de que ordem for.

          • Hilton Silva

            Michel, mas a pergunta é o que se configura como homofobia, por exemplo, achar que um homossexual é um pecador é ser homofóbico? Não querer que meus (que ainda são crianças) vejam um “beijo gay” é homofobia? Sair de um ambiente porque há homossexuais “se pegando” é homofobia?

          • Michel Moral

            É, rs.

            Tipo assim, se você defende que um casal hétero pode “se pegar” e um casal gay não, você está sendo preconceituoso. Agora, se achar que a “pegação”, de um modo geral, é inadequado, daí é um direito seu. Errado é recriminar um beijo gay na televisão e achar um beijo hétero normal. Você pode gostar ou não, assistir ou mudar de canal, mas dizer que não pode ter por ser gay, aí já passa dos limites.

            Na moral, Hilton, acho que hoje é uma besteira a boa e velha tradicional família querer impor esse sentimento conservador. Não pela liberdade religiosa. Mas porque seus filhos vão ver isso inevitavelmente durante a vida. Aliás, muitos deles acabam fazendo coisas às escondidas com medo de represálias e preconceito. O prejuízo é sempre maior.

            Você tem o direito de defender seus princípios, especialmente dentro da sua casa, mas se você se depara com algo diferente daquilo que você acredita, você precisa estar preparado e muito amadurecido com as suas ideias para não ser preconceituoso e injusto.

          • Hilton Silva

            Mas você disse quase que exatamente tudo o que eu quero dizer, ninguém pode impor nada a ninguém, seja a ‘família tradicional” ou o movimento LGBTQ. Todo tipo de pegação é desconfortável, seja ela hétero ou homossexual, e meus filhos vão ver MUITO isso durante toda a vida, mas não enquanto elas são crianças, entende?

          • Michel Moral

            Seus filhos vão crescer sem nenhum tipo de informação sobre sexualidade, orientação sexual, etc?

            Vão ser crias do XVideos, é isso?

            Acho importante que as crianças convivam desde sempre com o amor e com o respeito. Se elas crescem em uma sociedade sem esses preconceitos, tenho certeza que saberão o que é bom pra elas e o que não é.

            Tem que parar de confundir blindagem com educação.

          • Hilton Silva

            Informações dessa natureza se aprende em casa, não na escola, professor não é educador nesse sentido.

            E você usou corretamente o verbo “crescer”, pois somente depois que crescem elas podem sabem o que é melhor para suas vidas.

            Qualquer pode ensinar respeito sem apelar para uma ideologia…

          • João Leonildo dos Santos Canit

            A blindagem faz parte da educação, as pessoas devem ser expostas gradualmente a determinado tipo de informação a medida que vão crescendo e ganhando maturidade. E segundo o seu raciocínio porque você não pega logo os filhos com 2, 3 anos para fazer Voyeurismo do papai e da mamãe?

          • Como estudante de psicologia defendo que crianças não devam estar expostas a pegação de nenhuma orientação, o que eu vejo hoje é um crescimento precoce e consequente encurtamento da terceira infância (período de 6 à 12 anos) isso pelas crianças estarem expostas a estímulos que não são para a idade delas.

            Embora seja importante desde cedo a criança ser educada para saber lidar e respeitar com as diferenças. Não vejo problema em uma criança de 8 ou 9 anos, saber o que é a homossexualidade por exemplo. Minha mãe teve amigos homossexuais, tinha contato com eles quando criança e isso não teve influência alguma na minha sexualidade. O que adquiri foi respeito e tolerância.

          • João Leonildo dos Santos Canit

            Hum curioso! um conservador ou um religioso só tem o direito de defender os seus princípios dentro da sua casa, mas um LGBT tem o direito de fazê-lo em público?

          • Michel Moral

            A pessoa pode ser o que ela quiser, defender o que ela quiser e onde quiser, desde que respeitando os limites. Como coloquei em um comentário aqui, nenhum direito é absoluto.

            Se uma pessoa se veste de determinada maneira por conta da religião que pratica, não vejo mal algum. Mesmo sendo em público. Se eu vejo alguém rezando na rua, no ônibus ou na padaria, também não vejo problema nenhum.

            Se eu vejo héteros se beijando, não vejo problema nenhum. Mas quando alguém vê gays se beijando… Ah… Daí é demais, né?!

            A pessoa não está no Voyeurismo na rua, está apenas se beijando, como qualquer pessoa o faz, mas sendo gays não pode!

            Desculpa, mas eu acho que a luta de muitos contra o preconceito não tem nada a ver com a opressão da opinião alheia, mas sim uma questão de respeito e civilidade.

          • Hilton Silva

            O problema são esses limites, quem vai determiná-los? Qual o limite do limite? Qual ideologia vai ditar as regras? Elas se aplicam a todo mundo? Eu posso dizer “sai hétero”? Se sim, eu também posso dizer “sai homo”?

            Quando se sentir ofendido começar a dar poder, muitas pessoas começarão a se ofenderem com tudo!

          • João Leonildo dos Santos Canit

            Você chegou no ponto, a verdade é que não tem nada a ver com combate ao preconceito, não que não haja alguns inocentes bem intencionados que acreditem nisso, inclusive eu já acreditei, é apenas uma questão de poder político, pessoas querendo controlar e mandar nas outras.

            Ademais se um cara racista, por exemplo, não quer relacionar-se comigo por que raios eu iria querer usar da coerção do Estatal, para obriga-lo a conviver comigo.

          • Não acho tão difícil encontrar esses limites. O seu direito termina quando o do outro começa, quando se começa a incomodar ou interferir no direito dos outros é um sinal de que você encontrou o limite. A religião por exemplo, é um direito de qualquer indivíduo ter e exercer suas crenças, pode frequentar instituições religiosas, e pode promover sua religião. O limite nesse caso é quando motivos religiosos ferem direitos civis básicos, ou o simples direito de ter outra ou não ter religião.

          • João Leonildo dos Santos Canit

            Como eu já comentei acima uma coisa é opressão estatal por meio de lei injustas, discriminatórias e segregacionistas, outra coisa é um indivíduo não querer participar dum determinado convívio.

            Eu sou católico e já teve gay que sentou no meu colo, que beijou-me o rosto. Mas se alguém não quer ver beijo gay, tem todo o direito de se retirar ou até expressar o seu desagrado, só não tem direito a agredir ou a constranger essa pessoa, excepto se for na minha propriedade, aí eu posso segregar quem eu quiser.

            Por outro lado, da mesma forma que a atracção por determinado tipo de expressão sexual, o contrário, ou seja, o asco por outras é igualmente natural, não tem nada ver com preconceito. Já vi muito gay dizendo “ahinn xereca que nojo” e outra expressões similares e ninguém diz isso é preconceito.

        • Gustavo

          Não vou nem entrar no mérito de homossexualismo ser escolha ou não, o ponto importante é que não existe justificativa para intolerância.

          Homofobia e racismo estão no mesmo balaio sim, porque se trata de preconceito, de intolerância gratuita. Não importa se você é intolerante por que a pessoa nasceu de um jeito, ou porque escolheu ser de outro. Intolerância é desprezível, seja ela de que tipo for.

        • Victor Chittolina

          Acredita, cara. É muito mais fácil ser heterossexual do que homo. Eu tenho muit@s amig@s homossexuais e a vida é muito mais difícil tendo que fazer a sociedade se adaptar a uma condição da tua pessoa.
          Quem pudesse escolher, não seria homossexual.

          E aí a tu ser julgado simplesmente por sentir atração por uma pessoa do mesmo sexo que o teu… isso é ridículo.

    • Burnie … Wtf??

      Mandou bem!!! Mataste a xarada, é não se colocar na pele do outro e ter um pensamento de segregação.

    • Gustavo

      Sempre uso essa analogia, gay/negro para mostrar aos homofobicos o quão idiota estão sendo. Problema é que na maioria das vezes a resposta que vem é algo do tipo “mas ninguém escolhe ser negro”. Aí eu desisto, essa criatura simplesmente não tem neurônios suficientes pra entender o ponto da questão.

      • João Leonildo dos Santos Canit

        Idiota ou não, qualquer um deve ter a liberdade de escolher com quem bem entende se relacionar. Forçar, ou achincalhar as pessoas não combate preconceito algum.

        • Gustavo

          Sim, você pode escolher com quem quer se relacionar, mas excluir pessoas do seu convívio apenas pelo fato delas serem gays é tão idiota quanto excluir pessoas apenas porque elas são negras. Não existe diferença nenhuma, esse foi o ponto do meu comentário.

    • João Leonildo dos Santos Canit

      Uma coisa é o segregação estatal imposta a qualquer grupo social, outra coisa é a opção pessoal, livre e espontânea de alguém querer ou não conviver com algum tipo de pessoa.

      • Hilton Silva

        Os caras não conseguem separar estado do indivíduo…

      • Sério? Então o garoto com o cartaz que diz “tudo que eu quero ganhar neste Natal é uma escola branca* e limpa” ou “não iremos para a escola com negros” estavam apenas expressando uma opção pessoal, livre e espontânea? A segregação estatal no USA foi a expressão do desejo pessoal da comunidade branca.

        E mais do que isso, é a motivação para a segregação, em ambos os casos é puro preconceito. E repare que o Stoudemire não disse que não quer receber gays em sua casa, ele falou sobre segregação no trabalho, sendo o trabalho um direito de todos, e ele fala sobre tratar homossexuais no ambiente de trabalho como se fossem pacientes de alguma doença contagiosa.

        “Opção pessoal, livre e espontânea”, não querer o mínimo contato com alguém por ser homossexual é espontâneo? Estudo muito o comportamento humano, e nunca vi um estudo ou teoria que sustente que o preconceito seja biológico, ao contrário, é um comportamento aprendido, resultado dos estímulos ambientais, então ele não é livre e espontâneo.

        https://uploads.disquscdn.com/images/ef430145b5f8ff804ae19f7490f7f2ed9453523d859bd9f3998874dbf2be83f6.jpg

  • Leonardo

    Que merda descobrir que um cara que você admirou pelo basquete é capaz de coisas assim. Os amigos abaixo lembraram muito bem quo que ele esta fazendo, seu grupo social sofreu durante séculos para poder fazer o que ele esta fazendo, expressando sua opinião e, o pior de tudo, sendo ignorante…

  • Hilton Silva

    ELE TEM O TOTAL DIREITO DE SE SENTIR DESSA FORMA!

    • Leonardo

      Porém, quando você externaliza isso dessa forma, você esta segregando e, sabemos onde a segregação nos levou na História ou não?

      • Hilton Silva

        Eu, como homem negro, sei exatamente onde a segregação nos levou, e não acho correto reprimir um sentimento de não concordância simplesmente porque a outra pessoa vai ficar ofendidinha!

        • Michel Moral

          Cara, pera aí. Dizer que tomaria outro caminho para não cruzar com uma pessoa por conta da orientação sexual dela, é um “sentimento de não concordância”?! Não concordância com o que, exatamente?

          • Hilton Silva

            Sim, se o respeito que uma pessoa quer é a aceitação, então ela não terá uma esse tipo de respeito de algumas outras pessoas, entende o que eu estou querendo dizer?

          • Michel Moral

            Entendi. Mas não concordo.

            Segundo a sua linha de raciocínio, é normal um(a) médico(a) não fazer uma operação em uma pessoa com a orientação sexual diferente da dele(a).

            Se é normal atravessar a rua para não passar perto, quem dirá fazer uma cirurgia, almoçar junto em um restaurante, usar o mesmo banheiro público, deixar seu(ua)filha escolher aquilo que quer ser, etc…

            Em pleno século XXI, esse discurso de aceitação ou não é primitivo.

            Não tem nada a ver com sentimento isso aí.

          • Hilton Silva

            O exemplo que você usou é muito infeliz, o médico tem um compromisso, um contrato, uma obrigação. A questão da criança é mais sem nexo ainda, até porque criança não sabe o que quer, é o dever dos pais guiá-las.

            As pessoas podem aceitar o que quiserem, o que não podem fazer é obrigar que outras pessoas façam o mesmo.

          • Michel Moral

            Todos nós temos um contrato com o Estado. Temos direitos e obrigações na sociedade.

            Quando você faz ou deixa de fazer algo pelo motivo que você entende justo, você também pode ser penalizado por isso.

          • Hilton Silva

            Eu não sei você, mas não assinei nenhum contrato com o estado!

          • Michel Moral

            Não? Você paga imposto de renda? Paga porque quer?

            Cara, aí você precisa dar uma estudada. No século XVIII surgiram os contratualistas, que definiram que as pessoas tem um contrato com o Estado.

            “O homem é o lobo do homem”. Essa frase você já ouviu, né? Ela é de Thomas Hobbes, um dos maiores contratualistas. Quer dizer que antigamente vigorava a “lei do mais forte”, isto é, se eu tivesse “força” para invadir um território e tomar para mim, eu faria porque eu não tinha nenhuma obrigação com o Estado.

            Além disso, dá uma olhada nos primeiros artigos da Constituição Federal da República, você vai ter várias informações sobre a soberania do Estado e a defesa dos seus interesses.

            Todo Estado tem isso. Uns com mais autonomia, outros menos, mas todos são soberanos.

          • Hilton Silva

            Eu continuo dizendo que não assinei nenhum contrato com o estado, e por isso não sou obrigado!

          • Michel Moral

            Ah, não?!

            Pega o seu RG. Vê lá quem assinou e se tem a sua digital…

            Veja se no seu CPF tem o brasão da República.

            Pois fique sabendo que o Big Brother não é o lugar “mais vigiado do Brasil” rs rs rs

          • Leonardo

            Ninguém vai convencer o preconceituoso do contrário, preconceito tem opiniões que estão assentados em outros problemas mais profundos, é difícil conversar com alguém assim. Mas gostaria de opinar aqui sobre essa questão de contrato. O liberalismo é uma farsa, ou seja, é anti-histórico não lida com a realidade, foi uma teoria inventada para se basear juridicamente em direitos – e infelizmente não para todos. Então esse argumento de contrato é frágil. Leia Norberto Bobbio, democracia e liberalismo e ele próprio como um liberal sincero lhe mostrará como o processo histórico é uma coisa e o contratualismo deturpa totalmente ela…

          • Michel Moral

            Norberto Bobbio é genial!

            Só citei os contratualistas porque de certa forma foram o precursores da relação entre Estado X Indivíduo. Pois, como disse o colega, acha que não existe entre ele e o Estado nada que o obrigue a fazer algo.

          • Hilton Silva

            O liberalismo é a unica coisa que pode salvar esse país, e, ao contrário do que disse, o liberalismo lida com fatos, lida com números , com possibilidades, e existe um vasto histórico ao redor do mundo.

          • Leonardo

            Pra demonstrar sua ignorância com relação ao que diz, o liberalismo com exceção do período de Getúlio Vargas e alguns momentos da ditadura civil militar em 1964 foi o que dominou na nossa história. Você não sabe o que diz, sempre consideramos nosso país como um país de vocação e agrária, sempre acreditamos que a agricultura salvaria o país, que vender café, soja, algodão, cana de açúcar, tabaco, borracha, ouro e importar mercadorias já prontas seria benéfico para nós e aonde estamos? Onde sempre estivemos, estagnados num tipo de capitalismo periférico e dependente dos grandes centros. Não produzimos tecnologia, não produzimos mão de obra qualificada, não produzimos máquinas (DI) que é fundamental para desenvolver um país, a estrutura agrária do país permanece intocável praticamente desde nossa colonização e você quer me dizer que o liberalismo é a saída para nosso país? Me poupe camarada. Você é a expressão do acabo de dizer de que o liberalismo e história não funcionam bem. Quer debater com história, venha debater comigo amigão!

          • Hilton Silva

            O Brasil figura na posição 140 no ranking de liberdade econômica (em outras palavras, somos tão socialistas quanto Togo (138°), Burundi (139°), Paquistão (141°) e Etiópia (142°), e mais socialistas do que países como Gabão (103°), Tadjiquistão (109°), China (111°, ainda controlada pelo Partido Comunista), Rússia (114°, o coração da antiga União Soviética), Nigéria (115°), Congo (117°), Senegal (120°), Zâmbia (122°), Tunísia (123°), Grécia (127°) e Quênia (135°), possui um emaranhado burocrático que leva o empreendedor demorar em média 107 dias para abrir uma empresa, o brasileiro trabalha 5 meses por ano somente para pagar impostos, “direitos” trabalhistas a dar com pau, diversas empresas estatais, diversos monopólios impostos pelo o estado, a criminalização do consumo, a criminalização do porte de armas, um alto índice de intervenção estatal na economia e na vida dos cidadãos, etc, etc, etc. Eu posso continuar o dia todo só demostrando o tamanho da estupidez que você disse…

          • Leonardo

            Nossa, é lamentável ver como seus conhecimentos são precisos AHAHAHA
            onde você aprendeu seu conceito de socialismo? Na globo? Já leu algum livro de ciência política na vida? Já leu o pai do liberalismo chamado Adam Smith? Se quiser posso lhe apresentar? Já leu algo de Marx ou apenas é preconceituoso como a maioria das pessoas que critica sem ter conhecimento do que esta falando? É amigo para se criticar algo é preciso ter CONHECIMENTO… duro a vida né? As coisas poderiam ser mais simples se pudéssemos simplesmente falar asneiras ao ar livre e estarmos sérios.
            Então os EUA ao salvar a General Motors na crise de 2008 se tornou socialista? Então o PT é comunista? HAHAHA então fala para os organismo internacionais de política econômica pois foram eles que criaram e incentivaram programas de assistência social PARA COMBATER A MISÉRIA NO MUNDO que eles incentivando o comunismo, avisa lá!!! Wow eu ficaria bem feliz se assim fosse. Que engraçado as maiores empreiteiras PRIVADAS estarem no centro do maior escândalo de corrupção do país não? Ah elas são socialistas também? Oh com certeza, oh elas lá distribuindo sua renda entre os trabalhadores não? Como que a China é mais liberal se lá vigora o partido único, o Partido Comunista? Cara na boa para de falar asneiras que você não conhece nada da realidade, e ao invés de ver as coisas pela globo e pelos dados de sites mequetrefes vai estudar livros sérios sobre teoria valeu?

          • Hilton Silva

            Você afirma que o liberalismo dominou o cenário econômico do país durante quase toda a sua história, eu lhe mostro qual a posição do Brasil no Índice de Liberdade Econômica, atrás de países como Etiópia, Gabão, Quênia, Paquistão, Burundi, Russia e China, e o que você faz? Nada, ataca um “palhaço”. E ainda ataca de maneira vergonhosa, pois não é necessário ser um Cientista Político para perceber que quanto mais longe dos primeiros colocados, mais fechado o país será, é só pegar como exemplo os dois últimos países dessa lista: Coreia do Norte e Cuba. Esse dois países te lembram alguma coisa?

            E o capitalismo não é uma sistema político, e sim um sistema econômico, por isso que à China, mesmo sendo controlado por partido Comunista, ainda sim é mais liberal que o Brasil, da mesma forma que há McDonalds no Vietnam (outro país controlado por um partido Socialista). E também na China, um país que quase não existe direitos trabalhistas, possui um salário médio maior que o Brasil e o México, dois paraísos quando o assunto são leis trabalhistas.

            Você não tem à minima noção do que está falando, você usa o maior escândalo de desvio de dinheiro público da história da humanidade causado por um partido de esquerda, altamente interventor e autoritário para provar que o liberalismo não funciona, que diabos que de argumento é esse?

            Cara, na moral, você é burro!

          • Hilton Silva

            E para de usar o “argumento” da Globo, primeiro que isso não é um argumento, segundo que isso não tem nada a ver com a discussão e terceiro que se eu assisto a Globo, você provavelmente ler “Pragmatismo Politico”.

          • Leonardo

            Não, mim saber estudar antes falar cara palida…

          • Hilton Silva

            Ok, mas para de usar a Globo como um espantalho, pois, como eu disse, não é argumento.

          • Leonardo

            Não é argumento claro, mas é de onde muitas pessoas retiram os seus. Espero que não seja o seu caso. Vlw pela discussão!

        • Lucas Antunes

          Tbm sou negro e sei que não gostaria que um branco externalizasse uma opinião desse nível contra minha raça. Sem dúvidas preferiria que ele “reprimisse” esse sentimento. Amare mandou mal demais nessa, foi um grande jogador e tem que ao menos ter o senso de evitar reforçar pensamentos desse tipo, pq é uma figura pública e, consequentemente, um formador de opinião. Esse tipo de comentário não agrega em nada pra ninguém. Bola fora demais..

          • Hilton Silva

            Eu não acredito que sentimentos alheios devam nos impedir de dizer o que pensamos…

          • Lucas Antunes

            Você vive em sociedade cara, o mínimo que deve fazer é não ser desrespeitoso com o próximo. Fico imaginando o que você comentaria caso um jogador branco fizesse um comentário dizendo que sempre evitou tomar banho na mesma hora que seus companheiros negros pra evitar o contato… Expressar opinião não é errado contanto que ela não seja desagregadora ou imponha pensamentos desrespeitoso com qualquer outra pessoa.

          • Hilton Silva

            Expressar opinião nunca é errado, e se fosse um jogador branco eu diria a MESMA COISA.

          • Michel Moral

            A sua opinião você está expressando, não está? Alguém está impedindo você de fazer isso?

            A liberdade de expressão é plena, desde que cada um se responsabilize por aquilo que diz. Não é bem assim “posso falar o que quiser, doa a quem doer”.

            Num Estado Democrático de Direito existem vários princípios e direitos individuais. Um deles é a liberdade de expressão. Mas quando um direito se choca com outro, que por sinal acontece a todo momento, é preciso ver qual deles se sobrepõe ao outro no caso específico. Basicamente não existem direitos absolutos.

            Coloque no Google: “conflito direitos fundamentais” e verá como funciona.

          • Hilton Silva

            ‘A sua opinião você está expressando, não está? Alguém está impedindo você de fazer isso?

            A liberdade de expressão é plena, desde que cada um se responsabilize por aquilo que diz.’ Concordo com tudo!

            Mas eu posso falar o que quiser, doa a quem doer. E quem não gostar é só me processar…

          • Lucas Antunes

            O problema está em focar apenas no “direito de opinar” e esquecer do “dever de respeitar o próximo”…

          • Hilton Silva

            E uma coisa é muito importante que seja dita: eu sou a favor que casais gay possam proteger seus filhos e sua plantação de maconha usando uma AR-15!

          • Michel Moral

            Aí vc desvirtuou demais o assunto. Mas acho “genial” você defender seus filhos com uma arma. Melhor remédio para os problemas da sociedade é incentivar o armamento.

          • Hilton Silva

            Eu estou nessa discussão defendendo o direito de OUTRAS PESSOAS discordarem veementemente de mim, e é justamente isso que você não consegue entender!

          • Hilton Silva

            Como você pretende defender seus filhos? Com um textão no Facebook?

          • Michel Moral

            Com educação e respeito. Sendo filho e neto de professores, asseguro que não existem “armas” melhores.

          • Hilton Silva

            Boa sorte em acreditar que um estado EXTREMAMENTE incompetente vai fornecer educação e segurança suficiente para que não surja outra Champinha.

          • Diga isso para código penal…

          • Hilton Silva

            A constituição me proibiria de dizer que o homossexualismo é uma doença?

            Obs. Veja, eu sou totalmente a favor dos direitos do homossexuais e não acho que a homossexualidade seja uma escolha, eu estou discutindo tudo isso para “defender” o direito de outras pessoas discordarem veementemente de mim.

          • É relativo, existe precedente para multa por “prática de discriminação homofóbica”. Opinião discriminatória ou caluniosa tende a ser punida.

          • João Leonildo dos Santos Canit

            Não existe isso de opinião que pode ou não ser dita, o que existe são boas opiniões, ou pelo menos respeitáveis, e opiniões desprezíveis.

        • João Leonildo dos Santos Canit

          O princípio está correcto, até porque se tivermos que reprimir todas as nossas opiniões por potencialmente poderem ofender alguém, mais vale que se extinga a liberdade de expressão. Porém acho que no mínimo desnecessárias as declarações dele. Não entendo aonde ele quis chegar com isso.

        • Leonardo

          Não concordância com o que camarada? Com você querer impor seu padrão moral sobre a vida de outra pessoa? Com achar que é dono da verdade do mundo, e todos os outros que pensam e agem diferente de você estão errados e devem ser discriminados? Um pouco mais de respeito, quer opinar opine, simplesmente fale eu não quero ser homossexual, mas não haja como um desumano dizendo eu tenho nojo desse tipo de pessoa, por que você não é melhor do que quem julgas!

          • Hilton Silva

            Do que você está falando? Imposição é justamente o que deve ser combatido, seja ela de comportamento ou PRINCIPALMENTE de pensamento!!! As pessoas devem ter o direito de sentir repulsa do que elas quiserem, o que elas não devem é impor algo… E em nenhum momento alguém se disse ser o dono da verdade, nem mesmo o Amare.

          • Leonardo

            Você deve ter razão! Espero que os Gays sejam menos influenciáveis pelo pensamento de pessoas como vocês como eu sou. Tem o direito de sentir repulsa sim, assim como eu tenho de me sentir incomodado com elas. É uma questão de tempo aprender a relevar comportamentos assim…

        • Promover a segregação no ambiente de trabalho é um total direito? A questão é trabalho, é basquete, se ele tivesse um companheiro gay, ele deveria engolir seus preconceito, manter um ambienta saudável no vestiário e jogar bola, é isso que qualquer um com ética profissional faria.

          O seu direito termina quando o do outro começa, e respeito é um direito de todos, expressar esse tipo de “opinião” fere o respeito de determinados grupos.

          • Hilton Silva

            Se eu tivesse um companheiro gay e tivesse aversão ao homossexualismo, faria a mesma coisa que o Amare disse que faria: eu evitaria qualquer tipo de contato além do necessário. E diante de uma situação como essa, ele iria me processar ou ficar ofendido pelo o quê exatamente? Por não conversar com ele? Por não querer sua amizade?

          • Stoudemire não disse que apenas evitaria o contato (o que não deixa de ser desprezível) a forma que ele se expressou parece que homossexuais possuem alguma doença contagiosa. Seu colega provavelmente não faria nada, seu chefe talvez o demitisse. Se é um trabalho em conjunto, em que a união da equipe tem enorme peso, você seria chutado.

  • Nada mais irritante do que desperdiçar a chance de ficar calado.

  • 2Pac & Snoop – LA to Vegas –

    Tem o direito de pensar como quiser , mas deve guarda para si e respeitar a todos !

    • Hilton Silva

      Não existe isso de opinião que pode ou não ser dita, o que existe são boas opiniões, ou pelo menos toleráveis, e opiniões desprezíveis.

      Leonildo, João

  • Taj Careca Come cu come xereca

    Faria o mesmo

  • Zack Batista

    Concordo plenamente qdo Rousseau afirma que a sociedade influencia decisivamente o homem, embora cometa deslize qdo indaga que o homem nasce bom e que a sociedade o corrompe. Na verdade, o homem não nasce bom, ele nasce entranhado e inclinado ao pecado. Mas, tirando esse detalhe, o que vale é a primeira ponderação do filósofo que faz todo o sentido. É só ler os comentários das pessoas aqui e ver o qto a influência é latente. É claro q isso faz parte de uma política criminosa, suja e muito bem arquitetada.

    Tenho certeza que nas décadas anteriores, na geração de nossos pais, pra ser mais preciso, não tinha tantos “ativistas” defendendo a causa gay e seus ideais. Não só isso, tbm como o feminismo, o aborto e outros tantos ideais esquerdistas. A mídia tem o seu papel importantíssimo nesse processo e os globalistas sabem muito bem disso.

    Atores, atrizes, cantores, atletas, homens de negócios e todas as grandes corporações consagradas no nosso meio fazem a LAVAGEM cerebral os ditando conceitos que, porventura, são “deliberadamente óbvias” e aceitáveis e que TODOS devem acatar. Grandes empresas como Google, Facebook, Instagram, Ford, Apple, dentre outras, fazem lobby e incentivando a causa e TODOS começam a comprar a idéia. E, quem for contrário e conservador é taxado de homofóbico e de todo adjetivo possível para ser execrado de sua opinião e convicção. É o que vemos hoje com mais frequência. Por isso muita gente se cala e começa a carregar a bandeira da causa da minoria.

    Tudo o que está acontecendo são ações minuciosas de grupos de interesses que querem o colapso da sociedade outrora conservadora e unida. Não existe controle das massas qdo uma sociedade tem ideais firmes e intrínsecas. É necessário caos e desordem. E os cristãos são o alvo principal desses grupos.

    Aí fica a pergunta para os intelectóides… O homem não é produto do meio que vive? Imagine vc, que nasceu no século 20 da era cristã, tivesse nascido na época e nas cidades de Sodoma e Gomorra… Vc provavelmente transaria com sua mãe e irmã, com animais, teria uma vida homossexual e acharia tudo NORMAL. Agradeça a intervenção divina, por mais que não o entendam. Nossa base civilizacional não vem de herança dos ateus, vem da cultura judaica-cristã. O apogeu da ciência, inclusive, veio dessa época. A ciência começou a se multiplicar no meio da civilização judaica-cristã, e não em civilizações pagãos, ateístas e politeístas. Até isso os ateus não percebem ou não querem admitir.

    Aí vem um grupo de ateus, que ler alguns livros, e vem querer dar exemplo do Japão, dos países da escandinávia e afins… Quem era o Japão até o século 19?? Uma sociedade com fortes resquícios medievais e atrasada… Sabem como o Japão esotérico tornou potência depois da segunda guerra? Pela grana dos ocidentais, notadamente dos banqueiros globalistas. Eles fizeram o Japão ser próspero ECONOMICAMENTE, e não moralmente. Vcs sabem que no Japão esotérico e ateu é normal a traição entre casais? Que existem muitos incestos? Suicídios? Divórcios? Violência doméstica? Zoofilia? Sabem disso??? Pois é… A sociedade atéia na China tem os mesmos problemas, assim como nos ex-países protestantes da escandinávia, hj ateus. Ou seja, são organizados socioeconomicamente com a moralidade indo pro lixo, mas isso não te falam né?? Só mencionei esse assunto para alguns não começarem a usar ex-países protestantes e ou esotéricos para não os exaltar aqui, como tenho visto por aí.

    E mais, para entender melhor essa equação, é bom saberem quem é o megaespeculador húngaro-americano, George Soros. Esse é um principio importante para entender e abrir mais a mente do que estou falando. Entendam a sua relação com o esquerdismo e de seus propósitos. Vcs sabem daquelas marchas q surgem no ocidente e em nosso país tbm? A marcha das vadias, a parada gay, da legalização das drogas? pois é… Ele que FINANCIA. Soros é um multibilionário, inclusive é dono e detentor de ações na Companhia Vale do Rio Doce e da Petrobrás tbm. Ele se diz judeu, mas, que na verdade, é um pseudo-judeu de origem ismaelita(?).

    Como vemos, a maioria está dando um de “politicamente correto” aqui. Era esperado, não estranho. Ainda bem q não são todos no ocidente.

    Eu tbm não achei legal a posição do ex-ala-pivô, ainda mais no mundo em que vivemos atualmente. Sim, o respeito é válido e necessário, por mais q sejamos contrários. Amemos o pecador, não o pecado. Tem grande diferença aí. 🙂

    https://br.sputniknews.com/americas/201702207727055-george-soros-ordem-mundial/
    Matéria completa e muita boa sobre o Soros. Indico.

    • Hilton Silva

      Zack, primeiro você vai ter que ensinar a “eles” o significado de “Globalismo”, e só depois mostrar os porquês que civilização judaica-cristã é a pedra filosofal da sociedade ocidental!

    • Rafael Victor

      Tacada genial das forças ocultas foi desviar toda a atenção sobre elas pra esse indivíduo, o George Soros! Vejo montes de imbecis defendendo montes de cretinos que estão do mesmo lado que ele, achando que elas representam “o bem”, pois personificaram o Soros como o grande mal a ser combatido! Famoso jogo de cena pra enganar trouxas! Bem parecido com o que a turminha do Temer fez aqui no Brasil, desviando o foco total dele pra outros, enquanto o maldito e sua gang saem incólumes de tudo e continuam pondo em prática seus planos maléficos! Triste!

      • Hilton Silva

        Se algum grupo nesse país não vai sair incólume dessa história, sem dúvida alguma vai ser a ‘turminha do Temer’.

      • Zack Batista

        Soros, embora bilionário e influente, é braço direito das famílias Rockefellers e dos Rotchschilds, mas claro q existem outras dezenas de grupos econômicos de influência. George só está na mídia agora por conta dos agentes da ex-KGB, atual FSB, por isso se tem material a respeito.

        Já sobre a gang do Temer, q é outra facção criminosa no poder, afirmo q são todos iguais em propósitos. PT, PSDB e PMDB(os 3 maiores partidos da nação como exemplo, mas quase todos são comprados) são todos vendidos, marionetes e compromissados a implantar o Socialismo Fabiano Marxista no país. Infelizmente o país tá entregue. Rola muito dinheiro nesses partidos vindo desses grupos estrangeiros de elite.

        O único que mostra resistência ao sistema é o Bolsonaro. Mas aí muitos não gostam dele tbm né!? Aí fica difícil tirar o Brasil da lama que se encontra. 🙁

        • Rafael Victor

          Zack, pesquisa sobre a Gematria que envolve o Bolsonaro e a Presidência! É assustador!

          Esse cara tá enganando muita gente!

          • Vinícius Maia

            Infelizmente, para pessoas de direita, simpatizantes de ideais conservadores e economias liberais, como eu, Bolsonaro é a única opção que se apresentou até o momento.

            Existe um partido no Brasil que tem propostas liberais em sua pauta, mas até o momento eles não lançaram um candidato para a presidência (confesso que também não pesquisei para ver se eles já lançaram ou se tem planos de lançar). Me refiro ao partido NOVO. Um candidato a presidência vinculado a esse partido, seria minha primeira opção de voto, mas como aparentemente eles não tentarão a presidência, o que sobra é Bolsonaro.

            Mesmo com suas supostas loucuras, Bolsonaro é um homem que até hoje não teve seu nome envolvido em nenhum escândalo de corrupção (não foi por falta de oportunidade e isso até foi mencionado por Joaquim Barbosa na época do julgamento do mensalão), tem propostas de lei na câmara que eu considero interessantes (não consegue aprovar porque não faz aliança com os corruptos da esquerda), defende um projeto que eu sou totalmente favorável (escola sem partido) e sempre luta contra projetos de lei que envolvam ensino de questões de gênero para crianças.

    • #tiTANKnicks – VEM FULTZ

      Eu iria comentar que não discordava com uma só palavra, mas que seria fundamental se posicionar contra a declaração de Stou (exatamente para deixar claro que pessoas como nós não damos suporte a atitudes de ódio). Mas você não deixou passar nada. Parabéns.

  • Rafael Victor

    O lendário Tim Hardaway deu declarações parecidas com essas há alguns anos, depois voltou atrás e pediu desculpas! Não sei em que tom e contexto essas declarações foram dadas, mas são bem… desnecessárias! Não contribuem nem pra um lado, nem pro outro!

  • Dudu Ferrero

    Uma vez eu vi um programa que quando alguem diz odiar muito uma coisa, é porque existe uma boa chance dela gostar dessa coisa, e ela não aceita isso, e reeage de uma forma dessa como defesa, talvez ele possa sentir algum tipo de atração que ele mesmo não aceita e acaba dando esse tipo de declaraçaõ pra se sentir menos pior

    • Hilton Silva

      Cara, isso não faz sentido! Eu odeio ladrões e nem por isso eu tenho uma vontade reprimida de me tornar um.

      • Dudu Ferrero

        é completamente diferente

  • Rafael_crf

    Kkkkkk acho legal qnd alguém tem coragem de falar oq quer!

    • #tiTANKnicks – VEM FULTZ

      Eu tbm, apesar dele ter sido um imbecil. Em tempos de politicamente correto momentos como esse serão cada vez mais raros. O que por um lado é bom tb.

      • Rafael_crf

        Exato muito difícil ver isso hoje

  • Vinícius Maia

    Não sei em qual contexto que ele disse isso. As palavras foram bastante duras e exageradas, mas por um lado, eu acho que entendo um pouco o que ele quis dizer. Digo que entendo porque já passei por um momento em que me senti constrangido usando um mictório num banheiro público e um sujeito deu uma espiada. Sério, pode zoar, falar o que quiser, mas para mim, a situação não foi nem um pouco agradável, tanto que depois disso, quando preciso usar um banheiro público, eu penso duas vezes antes de utilizar o mictório e eu já ouvi outros homens reclamando de situações parecidas. Por isso que eu digo que por um lado, eu entendo o Stoudemire. Não sei em que contexto as palavras foram ditas e volto a repetir que acho que ele exagerou um pouco, mas falando sério, eu particularmente já não me sinto a vontade se tiver que trocar de roupa na frente de outro homem e se eu souber que esse homem é homossexual, com certeza eu me sentiria ainda mais desconfortável e provavelmente procuraria outro lugar.

    • Lucas Antunes

      Vc foi exatamente no ponto! A maneira como se expressou não foi desrespeitosa e soube expor sua opinião. Também não me sinto confortável em me trocar na frente de outros homens ou ao menos simpatizo da causa, mas nem por isso saio dizendo asneiras como essas que foram ditas por amare (ainda que o contexto seja desconhecido da maioria da galera).

      • Vinícius Maia

        Eu assisti o vídeo e ele pareceu ter falado num tom de brincadeira. Não foi por acaso que o repórter perguntou se ele estava brincando. Acho que um problema da nossa geração é que nós tornarmos uma geração mimimi. Qualquer coisa ofende, qualquer coisa faz dodói. Hoje eu estava vendo um vídeo de Leandro Karnal (é um filósofo ou historiador brasileiro) em que ele fala justamente sobre essa sensibilidade da nossa geração e ele citou como exemplo uma palestra em que ele fez uma analogia da corrupção com a herpes porque ambas, quando tratadas, somem, mas retornam com o tempo e depois disso ele recebeu um email de uma pessoa que estava assistindo a palestra, tinha herpes e se sentiu ofendido com a comparação. Esse mimimi, enche o saco. Outro exemplo foi uma notícia que eu li recentemente dizendo que Will Smith falou em não comparecer a cerimônia do Óscar desse ano porque era um absurdo não ter nenhum representante negro concorrendo a uma estatueta. O Óscar agora virou uma questão de cor de pele? Pensei que sempre havia se tratado de talento e qualidade de produção e atuação. Vários negros já foram premiados com uma estatueta ao longo das história, mas porque esse ano não teve negro indicado, a cerimônia entrou em pauta na discussão racial. Quanta bobagem. Fugi um pouco do assunto, mas foi só para ilustrar o quanto nossa geração está cada mais chata, sensível e chorona.

  • Renan Augusto

    Quanta besteira, o cara nao desrespeitou ngm, e ele tem o direito de querer se preservar ao falar que nao se trocaria na frente de um homossexual.

    Pergunta pra qualquer mulher se ela tomaria banho peladinha na frente dos marmanjos na academia.

    É mto mimimi pra uma geração só.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados