logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 5 mar 2017 às 16:41
Adam Silver prevê mudanças no Jogo das Estrelas em 2018

Para comissário da liga, evento precisa de reformas para retomar competitividade

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

O espírito competitivo do Jogo das Estrelas parece ter se perdido completamente neste século e, para o comissário da liga, o momento de recuperá-lo chegou. Após assistir ao triunfo do Oeste sobre o Leste por 192 a 182, Adam Silver acredita que mudanças são mais do que necessárias e já começa a planejar medidas a serem implementadas na próxima edição do evento.

“Dirigentes e técnicos, em essência, liberam seus jogadores dizendo para que eles peguem leve e não esqueçam que é só diversão. Eu acho que isso é algo que nós precisamos mudar recomeçando tudo, voltando à mesa de negociação do acordo coletivo de trabalho e discutindo com todos juntos para encontrarmos uma forma de ter um Jogo das Estrelas renovado”, explicou o executivo, que revelou até ter recebido uma ligação do astro Chris Paul pedindo alterações no evento.

Silver acredita que as mudanças não precisam ser radicais. A único objetivo em mente é promover uma partida mais competitiva – e deixar o “show” aparecer naturalmente a partir daí. “É um Jogo das Estrelas, então precisa ser divertido. Precisamos fazer mudanças para o próximo ano e encorajo todos a mandarem ideias para Adam@NBA.com. Ninguém está pedindo intensidade de playoffs, mas os jogadores precisam atuar com seriedade”, resumiu o comissário.

  • Leonardo

    Finalmente!!!

    • Vinicius Volpi

      O vencedor poderia angariar 1 vitória para cada time representado na Conferência. Já o perdedor somaria 1 derrota na campanha da temporada regular.

  • Roger Vieira

    Até q enfim…se fosse pra ver ao vivo, preferia comprar ingresso pra Brooklin contra Lakers

    • xmaah

      eu preferia assistir alguém jogando 2k17 com um copão de refrigerante e mtas coxinhas.

  • Diego Varjão

    Que tal +1 vitoria para todos os times da Conferencia vencedora?

    • Ricardo Franco Chaves

      Poxa, ótima sugestão. A conferência vencedora já começaria a temporada com +1 vitoria positiva, isso pode não ser assim tãããão decisivo, mas já é uma ótima ideia e dá um certo gás no espírito esportivo e acirra a rivalidade entre as conferências.

    • Lebronx

      Não adianta pois a classificação é disputada por conferência. Se todos ganham +1 vitória não vai fazer diferença alguma. Apenas o time campeão da conferência vencedora poderia eventualmente ter uma vantagem na final contra o time da Conferência perdedora, caso tenham o mesmo número de vitórias na temporada regular.

      • Fabrica de Vassilo

        Faz diferença na hora do draft. Mas na classificação que seria onde interessaria, talvez fizesse diferença na final de conferência. Acho pouco atrativo.

  • Gabriel Ximenes

    Paga um bicho bem alto pro time vencedor!

    • Lucas Nunes

      Teria que ser um valor muito alto para motivar um all
      Star. Acho inviável.

  • Uma das ideias envolve algo que para mim é absurdo, que é dar o mando das finais para a a conferência vencedora.

    Penalizar o melhor time da competição por algo que não é do controle deles é completamente contra a prática esportiva.

    • Neverminder

      Não é algo tão absurdo…. No Baseball fazem isso
      Não acho que seria o ideal, mas…

      • Guilherme Prates

        É assim tbm na NFL, não?

        • Neverminder

          NFL é final em jogo único (Super Bowl), com sede pré definida

        • Neverminder

          NFL é o Super Bowl na final… jogo único em sede pré definida

    • Guilherme Prates

      Tbm acho que tem que “valer” algo pra ter alguma competitividade. Não sei se o mando de quadra, mas tem que ter algo em jogo além da diversão.

      • Concordo, mas não o mando de quadra. Bota prêmio em dinheiro ou doação pra solidariedade, sei lá.

    • Jefferson Jesus

      Imagina o gsw quebrar o recorde de vitórias da regular e não ter mando nasim finais por causa de um fim de semana….

  • alan

    pode mudar o que for ..esse jogo se tornou um lixo pq é apenas um brincadeira ..coisa de criança !!

  • The Real Jay

    Eu sou da galera que prefere, EUA X WORLD

    • Guilherme Prates

      TOTAL!
      Seria muito legal um jogo no estilo novatos EUA X WORLD, só que com os caras mais “velhos” da liga.
      Mas isso teria que ser um evento extra, mudar o formato Leste/Oeste é impossível…

  • Lukinha10

    Cara, eu acho que as escolhas já deveriam ser diferentes. Tudo por posição, pq força a ter Alas-Pivos e Pivos de verdade, que são caras que defendem inconscientemente. E com isso seria de fato os melhores por posição. E com isso também força um jogo mais pegado, com premiação pra melhor defensor, MVP e outras coisas mais. Igual o campeonato de enterradas, da pro Lebron ganha com um pé nas costas, tem que ter um atrativo pra um cara desses ir participar do evento.

  • Victor Chittolina

    O All Star Weekend tá inteiro uma merda. Eu não gostei da ideia dos dois jogadores lado a lado no desafio de habilidades, o concurso de arremesso de 3 pontos é sempre a mesma coisa e o torneio de enterradas não atrai nenhuma grande estrela.

    Por fim, o ASG, que já era pouco competitivo durante quase o tempo todo, mas que as defesas costumavam intensificar no último quarto, nesse ano nem isso aconteceu. Era um segundo torneio de enterradas e bola pro Anthony Davis marcar 50 pontos.
    O recorde histórico de pontos no ASG, que era do Wilt Chamberlain foi quebrado. POR DOIS JOGADORES. Acho que recordes são pra serem quebrados mesmo, mas quando um recorde que durava uns 40 anos é quebrado por mais de uma pessoa no mesmo jogo, é um indício fatal que não teve qualquer competitividade.

    Eu, pelo menos, sou um daqueles que quer ver os melhores jogando com e contra os melhores, de acordo com a produção do cara na temporada. E hoje em dia não dá pra se tirar qualquer parâmetro de produtividade do jogo das estrelas.
    Quero deixar bem claro que eu não sou nada saudosista. Acho que cada coisa tem seu tempo, mas esse jogo da amizade, com 48 minutos absolutamente IGUAIS, cansa qualquer um.

  • Marcos Soares

    Poderiam pagar um bicho envolvendo caridade: uma grana na casa de milhão pra um certo número de instituições de caridade vinculadas ou apoiadas pelos jogadores do Leste e do Oeste. O lado perdedor eventualmente também receberia uma grana, mas a conferência vencedora ficaria com uma fatia maior do dinheiro, tipo 2/3 ou 3/4. O fundo poderia ser criado pela NBA juntamente com as equipes, pegando por exemplo, parte da multa dos times que passam do CAP todos os anos.

  • Claudio R.

    Pra mim a sugestão ideal seria, a conferencia vencedora do all star ter 1 semana a mais de descanso antes dos playoffs… seria algo bom pra todas as equipes que receberiam esse premio e daria a chance de recuperar os jogadores machucados… seria otimo…

  • Passo Chave

    Bota as 3 primeiras escolhas do draft para a conferência vencedora.

  • É só os jogadores pararem de frescura, existe um acordo entre eles de não defenderem pois é uma festa, e todos devem se divertir, lembro de uma edição em que o Lillard ficou puto porque o Carmelo deu um block nele, e comentou sobre esse acordo dos jogadores.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados