logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 13 mar 2017 às 14:44
#BrazilianWeek – Edição 16

Acompanhe a semana dos brasileiros na NBA no Jumper Brasil

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gabriel Farias

Todas às segundas-feiras, Jumper Brasil dedica uma coluna especificamente aos jogadores brasileiros na NBA. Nosso articulista Gabriel Farias vai trazer as estatísticas da semana, analisar desempenhos e ranquear os jogadores ao longo da temporada. Este é o nosso ponto de encontro para discutir os nove representantes do país na maior liga de basquete do planeta.

Enriqueçam a discussão e deixem suas sugestões nos comentários para que possamos melhorar cada vez mais esse novo espaço do site. Então, segue nosso 15º #BrazilianWeek da temporada 2016-17:

* Na edição 15 do #BrazilianWeek, listamos erroneamente o ala-pivô Tiago Splitter como Agente Livre. O brasileiro continua no elenco do Philadelphia 76ers.

#1 Nenê Hilário (Ala-pivô, Houston Rockets)

Médias na semana: 9.7 pontos, cinco rebotes, 1.3 roubos de bola e 58% de aproveitamento nos arremessos em três jogos
Médias na temporada
: 8.6 pontos, 4.1 rebotes e 61% de aproveitamento nos arremessos em 56 jogos

Poupado em uma das quatro partidas do Houston Rockets na semana, Nenê manteve o alto desempenho no ataque rápido e espaçado do técnico Mike D’Antoni. Foram 14 arremessos convertidos em 24 tentados, além de duas partidas com seis rebotes e uma com três roubos de bola. O brasileiro tem superado sua marca de minutos em todas as partidas apertadas do Rockets, incluindo os 22 minutos totais na vitória sobre o Cleveland Cavaliers.

#2 Lucas Nogueira (Pivô, Toronto Raptors)

Médias na semana: Não atuou
Médias na temporada: 5.1 pontos, 4.9 rebotes, 1.7 tocos e 68% de aproveitamento nos arremessos em 51 jogos

Grande surpresa entre os brasileiros na NBA, Lucas Bebê teve seu papel no Toronto Raptors praticamente anulado após a trade deadline. Com as aquisições de P.J. Tucker e Serge Ibaka, o técnico Dwane Casey sequer utilizou o brasileiro na última semana. Desde a parada para o Jogo das Estrelas, Bebê jogou 20 minutos em novo jogos.

#3 Cristiano Felício (Ala-pivô, Chicago Bulls)

Médias na semana: 7.3 pontos, quatro rebotes e 54% de aproveitamento nos arremessos em quatro jogos
Médias na temporada: 5.1 pontos, 4.9 rebotes e 56% de aproveitamento nos arremessos em 57 jogos

Com duas partidas de pelo menos dez pontos e o primeiro jogo com três tocos na carreira, Cristiano Felício continua aproveitando suas chances desde as saídas de Taj Gibson e Doug McDermott para o Oklahoma City Thunder.

#Leandro Barbosa (Ala-armador, Phoenix Suns)

Médias na semana: Sete pontos, 1.8 assistências, um rebote e 37% de aproveitamento nos arremessos em quatro jogos
Médias na temporada
: Seis pontos, 1.4 rebotes, 1.2 assistências e 44% de aproveitamento nos arremessos em 63 jogos

Leandrinho continua com problemas nos arremessos de longa distância. O brasileiro superou a marca de 50% de aproveitamento apenas uma vez nas últimas nove partidas que tentou pelo menos três arremessos longos. Nos tiros dentro do área de dois pontos, Leandrinho registrou 43% de aproveitamento na semana.

#5 Raul Neto (Armador, Utah Jazz)

Médias na semana: 4.7 pontos, 1.3 assistências, 1.3 roubos de bola e 42% de aproveitamento nos arremessos em três jogos
Médias na temporada: 2.3 pontos, 0.6 rebotes, 0.7 assistências e 45% de aproveitamento nos arremessos em 34 jogos

Com o titular George Hill retornando de contusão, Raulzinho atuou nos três jogos do Utah Jazz, superando sua média de minutos em todas as partidas. Contra o Oklahoma City Thunder, o brasileiro registrou sete pontos, duas assistências e dois roubos de bola em momentos decisivos, permitindo que a equipe continuasse dentro do jogo.

#6 Bruno Caboclo (Ala, Toronto Raptors)

Médias na semana: Não atuou
Médias na temporada: 0.4 pontos, 0.8 rebotes, 0.4 assistências e 20% de aproveitamento nos arremessos em oito jogos

Em mais uma semana exclusivamente na D-League, Bruno Caboclo atuou em apenas uma partida do Toronto 905, com Dois pontos, cinco rebotes, um roubo de bola, dois erros ofensivos e 11% de aproveitamento nos arremessos em 21 minutos. O brasileiro errou oito de suas nove tentativas nos arremessos gerais e todas as três bolas de longa distância.

#7 Tiago Splitter (Ala-pivô, Philadelphia 76ers)

Médias na semana: Não atuou
Médias na temporada
: Não atuou

Tiago Splitter se aproxima cada vez mais do retorno às quadras. Fora da NBA durante toda a temporada, o brasileiro pode ser enviado à D-League pelo Philadelphia 76ers neste mês. De acordo com o técnico Brett Brown, Splitter está completamente recuperado da lesão na panturrilha, mas o longo período afastado impede que o ex-jogador do Atlanta Hawks atue na NBA.

#8 Marcelinho Huertas (Armador, Agente Livre)

Médias na semana: Não atuou
Médias na temporada: 2.7 pontos, um rebote, 2.3 assistências e 36% de aproveitamento nos arremessos em 23 jogos

Dispensado pelo Houston Rockets após a trade deadline, Marcelinho Huertas não tem seu nome especulado na NBA e deve acertar com uma franquia até a agência livre.

#9 Anderson Varejão (Pivô, Agente Livre)

Médias na semana: Não atuou
Médias na temporada: 1.3 pontos, 1.9 rebotes, 0.7 assistências e 35% de aproveitamento nos arremessos em 14 jogos

Dispensado pelo Golden State Warriors, Anderson Varejão continua sem contrato para o restante da temporada 2016-17. Longe do auge físico e da qualidade defensiva mostrada no início da década, o pivô brasileiro não deve ser contatado até a próxima agência livre.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados