logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 3 abr 2017 às 12:49
#BrazilianWeek – Edição 19

Acompanhe a semana dos brasileiros na NBA no Jumper Brasil

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gabriel Farias

Todas às segundas-feiras, Jumper Brasil dedica uma coluna especificamente aos jogadores brasileiros na NBA. Nosso articulista Gabriel Farias vai trazer as estatísticas da semana, analisar desempenhos e ranquear os jogadores ao longo da temporada. Este é o nosso ponto de encontro para discutir os nove representantes do país na maior liga de basquete do planeta.

Enriqueçam a discussão e deixem suas sugestões nos comentários para que possamos melhorar cada vez mais esse novo espaço do site. Então, segue nosso 19º #BrazilianWeek da temporada 2016-17:

#1 Nenê Hilário (Ala-pivô, Houston Rockets)

Médias na semana: 12.3 pontos, cinco rebotes, duas assistências e 56% de aproveitamento nos arremessos em três jogos
Médias na temporada
: Nove pontos, 4.2 rebotes, uma assistência e 61% de aproveitamento nos arremessos em 64 jogos

Presente em três dos quatro jogos do Houston Rockets na semana, Nenê superou a marca dos 23 minutos em duas partidas, com 14 e 17 pontos nos confrontos contra o Portland Trail Blazers e o Phoenix Suns. Nenê distribuiu quatro assistências na derrota para o Blazers, melhor marca do pivô na atual temporada. Com o retorno de Montrelz Harrell e a proximidade da pós-temporada, Nenê deve ser poupado em alguns jogos da próxima semana.

#Leandro Barbosa (Ala-armador, Phoenix Suns)

Médias na semana: Não atuou
Médias na temporada
: 6.3 pontos, 1.6 rebotes, 1.2 assistências e 43% de aproveitamento nos arremessos em 67 jogos

Com um problema na parte posterior da coxa esquerda, Leandrinho não atuou na última semana e, com o final da temporada por perto, o brasileiro pode não retornar na atual temporada.

#3 Cristiano Felício (Ala-pivô, Chicago Bulls)

Médias na semana: Não atuou
Médias na temporada: 4.9 pontos, 4.8 rebotes e 57% de aproveitamento nos arremessos em 62 jogos

Por conta de uma contusão nas costas, Felício não atuou na última semana. O brasileiro estava disponível nas partidas contra Cleveland Cavaliers, Atlanta Hawks e New Orleans Pelicans, porém, sua lesão permitiu que Bobby Portis e Joffrey Lauvergne ganhassem minutos na rotação do técnico Fred Hoiberg.

#4 Lucas Nogueira (Pivô, Toronto Raptors)

Médias na semana: Um rebote em um jogo
Médias na temporada: 4.6 pontos, 4.3 rebotes, 1.6 tocos e 67% de aproveitamento nos arremessos em 55 jogos

Lucas Bebê permanece fora da rotação do técnico Dwane Casey e só atuou por três minutos na gigantesca vitória do Toronto Raptors contra o Orlando Magic. De acordo com Casey, Bebê perdeu seu posto de pivô reserva para o novato Jakob Poetlt e com as formações incluindo Serge Ibaka e Patrick Patterson no garrafão, o brasileiro só terá grandes oportunidades se o Raptors poupar jogadores na última semana da temporada.

#5 Raul Neto (Armador, Utah Jazz)

Médias na semana: Cinco pontos, três rebotes, duas assistências, um roubo de bola e 40% um jogo
Médias na temporada: 2.6 pontos, 0.7 rebotes, 0.8 assistências e 46% de aproveitamento nos arremessos em 39 jogos

Raulzinho atuou por 18 minutos na vitória do Utah Jazz contra o New Orleans Pelicans, com cinco pontos e três rebotes. O brasileiro teria grandes oportunidades com a nova lesão do titular George Hill, porém, uma lesão na virilha direita tirou o armador dos três jogos seguintes. Neto não tem previsão de retorno.

#6 Tiago Splitter (Ala-pivô, Philadelphia 76ers)

Médias na semana: 4.3 pontos, 2.3 rebotes e 62% de aproveitamento nos arremessos em três jogos
Médias na temporada
: 4.3 pontos, 2.3 rebotes e 62% de aproveitamento nos arremessos em três jogos

Após retornar às quadras na filial do Philadelphia 76ers na D-League, Tiago Splitter jogou três das quatro partidas do time da Filadélfia na NBA, com média de 7.3 minutos por partida. Com cinco arremessos convertidos em oito tentativas, o brasileiro acertou sua primeira bola de longa distância na carreira contra o Cleveland Cavaliers, fato que se bem explorado, pode aumentar o valor do brasileiro para a próxima temporada.

#7 Bruno Caboclo (Ala, Toronto Raptors)

Médias na semana: Não atuou
Médias na temporada: 0.4 pontos, 0.8 rebotes, 0.4 assistências e 20% de aproveitamento nos arremessos em oito jogos

Bruno Caboclo atuou em uma partida do Raptors 905 na semana, com oito pontos, cinco rebotes, uma assistência, dois roubos de bola, um toco e 50% de aproveitamento nos arremessos de quadra em 24 minutos. O brasileiro passou um tempo da semana no Toronto Raptors, mas não foi aproveitado pelo técnico Dwane Casey.

#8 Marcelinho Huertas (Armador, Agente Livre)

Médias na semana: Não atuou
Médias na temporada: 2.7 pontos, um rebote, 2.3 assistências e 36% de aproveitamento nos arremessos em 23 jogos

Dispensado pelo Houston Rockets após a trade deadline, Marcelinho Huertas não tem seu nome especulado na NBA e não deve acertar com uma franquia até a agência livre.

#9 Anderson Varejão (Pivô, Agente Livre)

Médias na semana: Não atuou
Médias na temporada: 1.3 pontos, 1.9 rebotes, 0.7 assistências e 35% de aproveitamento nos arremessos em 14 jogos

Dispensado pelo Golden State Warriors, Anderson Varejão continua sem contrato para o restante da temporada 2016-17. Longe do auge físico e da qualidade defensiva mostrada no início da década, o pivô brasileiro não deve ser contatado até a próxima agência livre.

  • Fim da linha para nossos brazucas. Só o Nenê ainda representa algo e, com sorte, o Splitter volta a boa forma.

  • 1- Nenê: papel importante terá nos playoffs, não deve ter problemas pra jogar a próxima temporada
    2- Splitter: deve jogar no final da temporada e conseguir um contrato de um ano pro ano que vem.
    3- Bebê: deverá sair do Toronto pra uma equipe onde possa jogar mais, talvez sendo um role player.
    4- Raulzinho: Outro que deverá sair da rotação inchada do Utah para ter tempo de quadra em outra equipe.
    5- Felicio: Recuperando das lesões, tem tudo pra continuar nos Bulls pra próxima temporada.
    6- Leandrinho: Apesar de ter lenha pra queimar, seria legal vê lo num basquete europeu na próxima temporada.
    7- Huertas: Outro que não terá mais oportunidades na Nba, poderia voltar ao basquete espanhol.
    8- Varejão: Acredito que seu lugar seria no Nbb, não tem mais condições de jogar em alto nivel.
    9- Cabloco: Maior bust e decepção do Toronto, deveria ir jogar no basquete europeu, já que o nível da d-league é um lixo e a Nba ainda é muito pra ele.

    Infelizmente o auge dessa geração já passou e essa nova geração está muito abaixo em qualidade…

  • Bruno de Souza

    Lucas Nogueira, dizem, parece ter aprontado novamente. A questão com ele foi disciplinar.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados