logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 11 abr 2017 às 13:41
Após 29 temporadas, Pistons despede-se do Palácio de Auburn Hills

Franquia deixa palco de seus três títulos da NBA para atuar em novo ginásio na próxima temporada

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

A casa do Detroit Pistons nas últimas 29 temporadas e palco de seus três títulos da NBA saiu de cena na noite desta segunda-feira. A equipe fez sua despedida do lendário Palácio de Auburn Hills em uma grande festa durante a derrota contra o Washington Wizards, por 105 a 101. O time vai passar a atuar no novo Little Ceasar Arena, na zona sul de Detroit, a partir de setembro.

Campeão pela franquia em 1989 e 1990, o ídolo Dennis Rodman entregou a bola da partida para que os árbitros subissem a bola. Vários vídeos de tributo aos feitos da equipe em Auburn Hills foram mostrados ao longo da noite, com destaque para as homenagens às três conquistas principais. Um Palácio com lotação esgotada de torcedores saudou com aplausos e gritos cada momento exibido.

“Eu olhei em volta e é difícil acreditar que essa seja a última noite do Pistons aqui, pois esse ginásio ainda está em melhores condições do que muitos outros em uso na NBA. Nós tivemos tantos momentos especiais nessa arena que será bem duro sair daqui hoje”, lamentou o ex-pivô Ben Wallace, um dos convidados especiais em Auburn Hills e titular da conquista do título de 2004.

O auge da comemoração aconteceu no intervalo da partida, quando os três troféus foram levados para o centro da quadra e lendas da franquia tiveram a chance de levantá-los mais uma vez. Além de Rodman e Wallace, Isiah Thomas, Chauncey Billups e Richard Hamilton estiveram entre os ídolos no Palácio para a última celebração na casa histórica do basquete de Detroit.

A saída de Auburn Hills pode ter causado comoção, mas era vista como manobra necessária para aproximar a franquia da maior parte da torcida. Muito longe de Detroit, a localização do ginásio forçava a maioria dos fãs a dirigir por até mais de uma hora para poder ver o time. Já a Little Ceasar Arena fica em um local de fácil acesso e terá gestão compartilhada com o Detroit Red Wings (NHL).

A mudança inevitavelmente deixou os ex-atletas saudosistas, mas Billups garante que o Palácio de Auburn Hills nunca será esquecido. “O que nós construímos aqui vai durar para sempre. As grandes campanhas e os títulos que conquistamos não se apagam. Isso é, no fim das contas, parte do que somos. É parte de nossa organização, é parte do Pistons”, concluiu.

pistons-icons

  • Guilherme Petros

    :/

  • The Point-GOD

    Ginásio de respeito e de porrada. Será sempre lembrado!

  • White Chocolate

    Malice at the Palace eterno!

    Mas sério, que atmosfera incrível teve esse ginásio. Principalmente nas duas gerações de Bad Boys em que ele abrigou.

    Jamais vou esquecer o clima de insegurança e tensão naqueles Playoffs de 2004 que pulsou em harmonia com aquele time tão ameaçador quanto liderado por Billups e Wallace.

    Que ótimo tempo para ter acompanhado a NBA.

    Deixará saudade!

    • PISTELTICS

      🙁

  • The Real Jay

    Cara, falam que Detroit em anos deixará de existir. Será verdade?

  • Paulo Sérgio

    Até o maior de todos já tremeu nesse ginásio.

    • PISTELTICS

      E como tremeu! Demorou uns anos pra entrar aí e sair vitorioso..

  • Nilton Junior

    Do título de 2004 acho que só o Prince ta em “atividade” ainda né

  • PISTELTICS

    IT, D-Rod, Billups, Big Ben, RIP Hamilton e o fim de Auburn Hills. Tristeza, apenas. E esperança que em algum dia o Pistons formará um time que honre todos vocês.

  • Marcelo Desoxi

    ;(

  • Claudio R.

    O time dos bad boys 1 e 2, quando jogavam ai, meu amigo, não tinha uma estrela da liga que não pensasse duas vezes em bater pra dentro do garrafão com o ginasio inteiro vaiando, e com os Wallaces ou Rodman e Bill Lambieer lá dentro… era um inferno!!!

  • Marcos Gordinho

    Poderia de tornar o templo do MMA agora. Mas odeio quando as referências se perdem, fazer o quê se dinheiro fala mais alto?

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados