logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 15 abr 2017 às 09:00
Previsão: Washington Wizards (4º) x (5º) Atlanta Hawks

Equipe de Washington ficou com o título de sua divisão; o Hawks ficou perto de um rebuild nesta temporada

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Michel Moral

Conferência Leste: Washington Wizards (4º) x (5º) Atlanta Hawks

 

Confrontos na temporada: Washington 3 x 1 Atlanta

 

Datas do confronto:

16-04 Wizards x Hawks – 14h00 (em Washington)

19-04 Wizards x Hawks  – 20h00 (em Washington)

22-04 Hawks x Wizards  – 18h30 (em Atlanta)

24-04 Hawks x Wizards – 21h00 (em Atlanta)

26-04 Wizards x Hawks  –  Horário a ser definido (em Washington)*

28-04 Hawks x Wizards  – Horário a ser definido (em Atlanta)*

30-04 Wizards x Hawks – Horário a ser definido (em Washington)*

 

* Se necessário

Horários de Brasília

 

Washington Wizards (49-33)
Maior sequência de vitórias: sete (entre 23 de janeiro e 04 de fevereiro)
Maior sequência de derrotas: três (entre 27 de outubro e 03 de novembro; entre 11 e 16 de novembro; e entre 29 de março e 02 de abril)

 

Time-base

John Wall (PG)

Bradley Beal (SG)

Otto Porter (SF)

Markieff Morris (PF)

Marcin Gortat (C)

 

Reservas com mais tempo de quadra

Bojan Bogdanovic (SF)

Kelly Oubre (SG)

Ian Mihinmi (C)

Brandon Jennings (PG)

Jason Smith (C)

 

Técnico: Scott Brooks

 

Líderes (temporada regular)

Pontos: John Wall e Bradley Beal (23.1)
Rebotes: Marcin Gortat (10.3)
Assistências: John Wall (10.7)
Roubos de bola: John Wall (2.1)
Bloqueios: Marcin Gortat e Ian Mahinmi (0.8)

 

Atlanta Hawks (43-39)

 

Maior sequência de vitórias: sete (entre 28 de dezembro e 10 de janeiro)
Maior sequência de derrotas: sete (entre 25 de novembro e 05 de dezembro; e entre 13 e 26 de março)

 

Time-base

Dennis Schroder (PG)

Tim Hardaway Jr (SG)

Kent Bazemore (SF)

Paul Millsap (PF)

Dwight Howard (C)

 

Reservas com mais tempo de quadra

Thabo Sefolosha (SG)

Ersan Ilyasova (PF)

Mike Muscala (C)

Malcolm Delaney (PG)

Mike Dunleavy (SF)

Taurean Waller-Prince (SF)

 

Técnico: Mike Budenholzer

 

Líderes (temporada regular)

Pontos: Paul Millsap (18.1)
Rebotes: Dwight Howard (12.7)
Assistências: Dennis Schroder (6.3)
Roubos de bola: Thabo Sefolosha (1.5)
Bloqueios: Dwight Howard (1.2)

 

Análise do confronto

 

Este será o sexto cruzamento entre as franquias nos playoffs na história. A última vez que isso ocorreu foi em 2015, quando o Hawks eliminou o Wizards por 4 a 2.  No geral, são três vitórias para o time de Washington (1965, 1978 e 1979), contra duas vitórias do Hawks (1966 e 2015), incluindo-se as eras de Washington Bullets e St. Louis Hawks.

Nesta temporada, o Washington Wizards teve como grandes novidades a contratação do técnico Scott Brooks, substituindo Randy Wittman, que comandou a equipe no período entre 2012 e 2016, bem como a polêmica extensão contratual do ala-armador Bradley Beal. Com certa dificuldade nos primeiros jogos da campanha, o que é natural para a adaptação com o novo treinador, a franquia da capital americana cresceu muito na competição, chegando a emplacar 17 vitórias consecutivas em seus domínios.

Por sua vez, o Atlanta Hawks reconstruiu seu time titular para a disputa da temporada 2016-17. Al Horford, Jeff Teague e Kyle Korver deixaram a equipe e abriram espaços para o armador Dennis Schroder, para o ala Kent Bazemore e, a maior contratação da franquia na última agência livre, o pivô Dwight Howard. Entretanto, a grande estrela em Atlanta continua sendo o ala-pivô Paul Millsap, convocado para o all-star game nos últimos quatro anos. Ainda que tenha se classificado para os playoffs, o Hawks teve uma temporada de muitos altos e baixos. Os rumores de um rebuild acompanharam a equipe até o fechamento do período de transferências da liga.

O confronto que se inicia no domingo (16) terá o 8º melhor ataque (WAS) enfrentando a 4ª melhor defesa (ATL) do campeonato, o que deve deixar o confronto equilibrado.

A grande deficiência do time de Atlanta é o ataque. A falta de pontuadores no elenco é a maior preocupação do técnico Mike Budenholzer. O Hawks hoje é um time muito leviano nas ações ofensivas e não tem potencial algum para atacar a cesta. Basicamente é um time que se vale de jumpers. Diante do Wizards, terá a oportunidade de enfrentar uma das piores defesas da liga.

O ponto “chave” do confronto deve estar no perímetro. O Wizards tem um dos backcourts mais dinâmicos da liga. Juntos, John Wall e Bradley Beal combinam para 46 pontos por jogo. Wall ainda distribui 10.7 assistências, o segundo nesse quesito na NBA. Espera-se, assim, que o armador do Wizards leve boa vantagem sobre o jovem armador do Atlanta Hawks, Dennis Schroder, de apenas 23 anos.

No entanto, para sair vencedor desta série, o Wizards precisa encontrar uma maneira de neutralizar as ações de Paul Millsap, bem como subir a marcação para tirar a oportunidade dos arremessos de três pontos de Atlanta. Outro duelo que promete será entre os pivôs Marcin Gortat e Dwight Howard. O pivô do Hawks tem 14,8 rebotes de média nos confrontos diante do Wizards durante a fase regular, o que pode fazer diferença agora nos playoffs.

 

Palpite

 

Washington Wizards 4 x 2 Atlanta Hawks

  • Maurilei Teodoro

    Também acho Wizards em 6 jogos.

  • Mattews HeatNation

    4×2 Wizards !

  • djwhites

    wizards facil…..4×1

  • Série difícil de opinar, esse time do Hawks é muito esquisito e inconstante, mas pela segunda metade de temporada sensacional do Wizards, acho que ele vencem por 4×1 a série…

  • Caseh

    Série difícil de prever… Imagino o Atlanta podendo tanto complicar demais as coisas e vencer a série, como também imagino sucumbindo facilmente em 5 jogos. Um fator que poderá ser importante para os Hawks também é o Tim Hardaway Jr, que teve um final de temporada bem bom. Se ele não sentir o peso dos playoffs esta série poderá ficar bastante interessante

  • Felipe Dallagnelo

    Também vou de 4×2 pro Wizards. Wall está voando na temporada, será muito interessante o duelo contra o alemão de Atlanta. Acho sinceramente o melhor duelo do 1st Round

  • Bruno Macedo

    4×3 wizzards só por causa do mando mais é aquela série que ou o time toma uma varrida ou leva a série até o último jogo.

  • Cássio

    Pela qualidade apresentada pelo time do Wizards, aposto em um 4 x 1 um jogo fora eles levam.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados