logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 22 abr 2017 às 23:30
Sem Durant, Warriors vence Blazers e fica próximo da semifinal

Nos outros jogos deste sábado, Hawks, Raptors e Grizzlies triunfaram

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Freitas

(3) Golden State Warriors 119 x 113 Portland Trail Blazers (0)

O Portland Trail Blazers recebeu o Golden State Warriors em busca da primeira vitória na série e chegou a liderar por larga vantagem durante o primeiro tempo, mas os atuais campeões do Oeste voltaram com muito mais intensidade na segunda etapa, confirmaram o triunfo e agora estão bem próximos da varrida. Tudo isso aconteceu com o Warriors sem Kevin Durant, lesionado na panturrilha, e o técnico Steve Kerr, doente.

O Blazers liderou por toda a partida. Impulsionado pelo retorno do pivô Jusuf Nurkic, o time do Oregon rapidamente abriu oito pontos no primeiro quarto. Damian Lillard ampliou para 20 a 10 e, embora o Warriors tenha encostado no placar, os anfitriões sobravam em quadra, especialmente com C.J. McCollum. No segundo período, Allen Crabbe fez cesta de três, sofreu falta e converteu lance livre para deixar o jogo em 49 a 33. A diferença pulou para 17 após lances livres de McCollum e os times foram para os vestiários com o placar apontando 67 a 54 para a equipe de Portland.

Na volta para o segundo tempo, porém, tudo mudou. O Warriors, como sempre, veio forte no terceiro período e, em menos de sete minutos, toda a vantagem construída pelo Blazers na primeira parte, foi embora. Klay Thompson fez 11 pontos seguidos e a diferença caiu para dois. Andre Iguodala empatou e, em seguida, JaVale McGee virou em 85 a 83. Sem o controle no placar e em quadra, o Blazers passou a cometer erros seguidos no ataque. Evan Turner ainda deixou a equipe na frente por 96 a 95, mas a partir desse momento, o Warriors não permitiu novas reações do adversário e fechou o jogo sem grandes problemas.

Destaques

Golden State

Stephen Curry: 32 pontos, oito assistências, quatro rebotes
Klay Thompson: 24 pontos, três roubadas
Andre Iguodala: 16 pontos, sete rebotes
JaVale McGee: 14 pontos, quatro rebotes
Patrick McCaw: 11 pontos, cinco assistências, quatro rebotes, três roubadas
Draymond Green: nove pontos, oito rebotes, sete assistências, seis bloqueios

Portland

C.J. McCollum: 32 pontos, seis rebotes
Damian Lillard: 31 pontos, sete rebotes, quatro assistências
Evan Turner: 17 pontos, oito rebotes
Al-Farouq Aminu: 14 pontos, nove rebotes
Noah Vonleh: dez pontos, sete rebotes


(2) Toronto Raptors 87 x 76 Milwaukee Bucks (2)

O Toronto Raptors superou o Milwaukee Bucks fora de casa neste sábado e empatou a série em 2 a 2. O técnico Dwane Casey, da equipe canadense, optou por sacar o pivô Jonas Valanciunas do quinteto inicial e em seu lugar, colocou o ala Norman Powell para ter uma equipe mais baixa e móvel diante do adversário.

A alteração surtiu efeito imediato e o time evitou com que o oponente conseguisse abrir vantagem. Além disso, DeMar DeRozan tomou conta do ataque e comandou o Raptors com 21 pontos dos 41 da equipe no primeiro tempo. Equilibrado, o embate foi para o intervalo empatado em 41 pontos.

Na volta dos vestiários, o jogo seguiu equilibrado e ninguém conseguia abrir larga vantagem no placar. Após enterrada de DeRozan e cesta de três de Powell, o Raptors liderava por 59 a 53. Em seguida, Valanciunas fez cesta e o time de Toronto vencia por 61 a 53. Khris Middleton descontou para o Bucks, mas Kyle Lowry, de três, deixou o Raptors vencendo por nove pontos, a maior vantagem até então. Os ataques não funcionaram, especialmente de longa distância. Valanciunas colocou o time visitante na frente por 70 a 62. Pouco depois, DeRozan encontrou Powell livre no canto, que acertou de três e ampliou a vantagem do Raptors para dez, restando quatro minutos para o fim. Sem respostas, os anfitriões viram o Raptors igualar a série e, ao mesmo tempo, devolveram o mando de quadra para a equipe do Canadá.

Destaques

Toronto

DeMar DeRozan: 33 pontos, nove rebotes, cinco assistências, quatro roubadas
Kyle Lowry: 18 pontos, quatro rebotes, quatro assistências
Jonas Valanciunas: 12 pontos, cinco rebotes
Serge Ibaka: dez pontos, oito rebotes, três bloqueios
Norman Powell: 12 pontos, quatro rebotes, quatro assistências, 3-3 em três pontos
Raptors em três, exceto Powell: 2-19
Lucas Nogueira e Bruno Caboclo não entraram em quadra

Milwaukee

Tony Snell: 19 pontos, quatro rebotes
Greg Monroe: 14 pontos, nove rebotes
Giannis Antetokounmpo: 14 pontos, nove rebotes, quatro assistências, sete erros de ataque
Khris Middleton: dez pontos, 11 rebotes


(2) Washington Wizards 98 x 116 Atlanta Hawks (1)

Em casa, e após um excelente primeiro quarto, o Atlanta Hawks bateu o Washington Wizards e saiu do zero na série. O time, que havia sofrido com os erros de ataque nos dois jogos anteriores, conseguiu controlar melhor a bola e terminou com apenas 11 turnovers. Já o Wizards, viu o seu melhor arremessador, o ala-armador Bradley Beal, não converter nenhuma cesta de três. Beal errou as seis tentativas, quebrando uma sequência de 40 partidas com pelo menos um acerto de longa distância.

No primeiro período, o Hawks rapidamente abriu 13 a 2 e a vantagem chegou a ficar em 16 após cesta de Dwight Howard. Depois, Dennis Schroder ampliou para 30 a 10 e a liderança pulou para 25, novamente com o armador alemão. Por mais que o Wizards tentasse retornar ao jogo, a diferença era grande demais e a equipe de Atlanta não permitia reação dos dois lados da quadra. Ao fim do primeiro tempo, o Hawks vencia por 64 a 46.

No segundo tempo, nada de novo. A diferença até chegou a cair para 13, mas rapidamente, virou 21. Tim Hardaway Jr. fez lance livre que deixou o Hawks na frente por 85  a 62. Apesar de o Wizards ter conseguido cortar parte do prejuízo no início do quarto período, o Hawks sempre evitava maiores reações. Com o jogo definido em favor do time de Atlanta, a quadra ficou repleta de reservas, que apenas confirmaram o resultado.

Destaques

Washington

John Wall: 29 pontos, sete assistências, quatro rebotes, 10-12 em arremessos
Brandon Jennings: 13 pontos, quatro assistências
Bradley Beal: 12 pontos, cinco rebotes, 0-6 em três pontos
Bojan Bogdanovic: 11 pontos, sete rebotes

Atlanta

Paul Millsap: 29 pontos, 14 rebotes, cinco assistências
Dennis Schroder: 27 pontos, nove assistências
Taurean Prince: 16 pontos, quatro rebotes
Dwight Howard: cinco pontos, 11 rebotes


(2) San Antonio Spurs 108 x 110 Memphis Grizzlies (2)

Após prorrogação, o Memphis Grizzlies derrotou o San Antonio Spurs em seus domínios e empatou a série no Oeste. O time do Tennessee conseguiu superar os 43 pontos de Kawhi Leonard para conquistar o suado triunfo. A vitória só foi garantida nos últimos segundos, após cesta do espanhol Marc Gasol.

O Spurs começou melhor, e com David Lee de pivô, no lugar de Dewayne Dedmon, chegou a liderar por 11 a 5, após cesta de Parker. Leonard ampliou para 17 a 9 e em seguida, o astro deixou sua equipe na frente por 24 a 14. Mike Conley fez cinco pontos seguidos e a diferença caiu para três. JaMychal Green acertou de três no início do segundo quarto e empatou em 26. Pouco depois, Andrew Harrison virou para o Grizzlies. Com cestas de três, os donos da casa venciam por 37 a 28. O Spurs recuperou-se e cortou para um ponto depois de cesta de Pau Gasol. O Grizzlies foi para os vestiários liderando por 55 a 51.

No segundo tempo, Conley fez de três e deixou os anfitriões na frente por 58 a 51. LaMarcus Aldridge empatou em 64 e o jogo seguiu bastante equilibrado. O Grizzlies abriu oito pontos quando Zach Randolph fez cesta e então, o técnico Gregg Popovich mandou Leonard de volta para a quadra. O astro tomou conta dos minutos finais da etapa regulamentar. O Grizzlies liderava por 88 a 80 quando Leonard assumiu o jogo. O camisa 2 anotou os últimos 16 pontos do Spurs no último quarto, mas do outro lado estava Conley, que fez sete no mesmo período, incluindo a cesta que levou o jogo para a prorrogação. Nos cinco minutos finais, mais um show de Leonard. O ala fez seis pontos em dez segundos e conseguiu igualar o placar em 108. No entanto, o Spurs estava sem tempo para pedir e o Grizzlies tinha a posse de bola, com sete segundos para o fim. Conley passou para Gasol, que fez cesta com 0.7 segundo para o fim. Danny Green ainda tentou de longe, mas em vão. O Grizzlies garantiu o empate na série.

Destaques

San Antonio

Kawhi Leonard: 43 pontos, oito rebotes, seis roubadas, 7-10 em três pontos
Tony Parker: 22 pontos, cinco assistências, quatro rebotes
LaMarcus Aldridge: 13 pontos
Pau Gasol: oito pontos, 11 rebotes

Memphis

Mike Conley: 35 pontos, nove rebotes, oito assistências
Marc Gasol: 16 pontos, 12 rebotes, quatro assistências, sete erros de ataque
Zach Randolph: 12 pontos, 11 rebotes
JaMychal Green: 14 pontos, quatro rebotes
Vince Carter: 13 pontos

 

  • Pablo Leite

    Spurs e Grizzlies fizeram o melhor jogo dos Playoffs até o momento. Leonard foi um monstro, uma partida genial, Bem como Parker, mas mais uma partida pífia de Aldridge além de atuações desastrosas de Ginobili e Green (não tem condições desses dois jogarem mais, pela mor de deus), aliadas a uma atuação de gala de Conley levaram os Spurs a ressuscitar o fantasma de 2011. Se Allen estivesse jogando, creio que os Grizzlies estariam liderando a série. Difícil acreditar que esse time dos Spurs passem da próxima série (pode acabar perdendo até essa), e, mais ainda, que possa fazer estragos aos Warriors. Para a próxima temporada, Ginobili não pode continuar mais. E Green deveria ser trocado ou cortado. Bem como o time ir atrás de outro jogador na posição 4, Aldridge não tem o espírito vencedor da franquia.

    • Doug

      Green foi muito mal e chutou até airball…LaMarcão muito inconstante e pouco efetivo, o que é normal, considerando-se a sua temporada…ele ficou desconfortável com a tarefa defensiva…e como o Conley abusou das trocas…Dedmon fez falta tb…e os reservas dos Spurs são bem limitados, tirando Mills e Jonhson…Bertans e Anderson acrescentam nada…o Lee até que vai, mas já não é mais menino…e Ginobili está com o físico comprometido pela idade…o time precisa contratar bem para a próxima temporada…do contrário, corre o risco de se tornar uma versão mais eficiente do OKC (dependendo de um cara só)…

      • Pablo Leite

        Concordo p plenamente.

  • dirct

    E tinha gente chutando que o Spurs iria varrer e o GSW não kkk, os caras estão doidos este time do Grizzlies é um time “encardido” que já engrossou jogos para todos os times favoritos ao título, tem um dos garrafões mais fortes da NBA com Gasol e Randolfph, nos palpites eu tinha dito que 4 x 2 ou talvez 4 x 3 Spurs vence mas não varreria de jeito nenhum, já os Blazers nunca me enganaram eu tinha quase certeza da varrida pela diferença para o GSW, Lillard com seu egoismo tentando sempre o “hero ball” matou o time no segundo tempo, o time ganhando por 10 pontos e ele forçando arremessos do meio da quadra gastando apenas 10 segundos da posse de bola, o pivô não tinha chegado no meio da quadra e ele já tinha arremessado (e errado) e quem vai pegar o rebote? Muito egoísta e pouco inteligente.

  • Enzo Soares

    McCaw é um rookie MUITO subestimado, se jogasse em outro time que tivesse uns 25mpg brigaria pra ser ROY. MACÓ TE AMO LINDO

    • Doug

      Não creio que seja subestimado…temos mencionado o nome dele por aqui…ele é sim um bom valor e se desenvolverá bem…a questão é que tinha pouquíssimo espaço e agora com a ausência do Livingstone ele tem mais tempo de quadra para mostrar seu jogo…

    • Jadson Ramos

      Joga muito, a visão de quadra dele é boa e marca muito bem. Ele só precisa de um pouco mais de força, fora isso, tem tudo para ser um excelente jogador no futuro.

  • D-WADE

    Impressionante esse jogo Spurs X Memphis! Kawhi mesmo so com um jogador do time jogando bem (Parker), conseguiu levar o time adversário ao extremo! Que serie! Que venha ate o jogo 7!!

  • Will

    Spurs x Memphis foi um jogão! Desses dois, quem passar, vai ter que suar bastante!
    Já Blazers x Warriors, confesso que ontem pelo andamento inicial do jogo, eu imaginava que iria dar Portland. Mas aí o GSW foi se encontrando no jogo, calibrando a mão e ligando o nitro e aí não teve jeito: Mais uma vitória do Golden.

  • Matheus Oliveira

    O Spurs desse ano talvez seja o time mais fraco das últimas décadas. Um time envelhecido e previsível… Com jogadores úteis, porém nada de excepcional. Por isso se dá o equilíbrio no confronto ! Apesar da temporada regular não ter sido tão boa assim, o time do Grizz tem jogadores bem experientes que sabem jogar offs e embaçam contra qualquer time.
    Kawhi tá se virando sozinho.. Aldridge praticamente some na parte ofensiva e tem de exercer papéis defensivos que não é o seu forte. Randolph vai jantar…

    • Doug

      Sobre os Spurs, isso é normal que aconteça, já que o trio de ferro, infelizmente, está no fim…Parker até que jogou ontem…porém, Kawhi, praticamente sozinho, está monstruoso e levando esse time…e o MEM tb está mais fraco nessa temporada…Z-BO n foi muito bem ontem…Gasol tb não estava no melhor dos dias…a questão foi a forte marcação e Conley que mantiveram o time no jogo…jogo sensacional…e como MEM engrossa para qualquer time…olha, e é preciso considerar que ainda que o MEM venha sempre de histórico encardido nos últimos tempos, esse time, em tese, é mais fraco, e o Fizdale está fazendo um grande trabalho com o que tem, principalmente no perímetro…

  • Danilin

    1 – Sem Durant, Barnes, Livingston e o treinador !!! E ainda falam que não é isso tudo…Pode não ganhar o título? Pode…Mas definitivamente estamos assistindo um dos grandes times dá história! Top 5? Top 10? Top 50? Não sei…Mas será lembrado e receberá o devido valor daqui a alguns anos! Não se faz a melhor campanha geral por 3 anos consecutivos na sorte!

    2 – Que jogo horroroso tecnicamente entre Raptors e Bucks! Só DeRozean que se salvou…Esperava mais do Bucks e do Grego

    3 – Conley em uma franquia com mais glamour seria mais considerado, sem dúvida!! Achava que a essa altura já estaria no mínimo 3×1 Spurs! Se os velhinhos do Pop não abrirem o olho pode dar zebra na série! Pelo menos o Parker, parece que acordou…

  • Albert Medeiros

    GSW e Cavs fazendo 3 a 0, mostrando que são os melhores times da liga, era evidente que os Grizzilers dariam trabalho

  • Doug

    Rapaz…q partidaça entre MEM e SAS…sensacional…Leonard e Conley só n fizeram chover…e esse time do MEM com essa galera sem grife e mediana (Green, Harisson, Daniels e Enis III) jogou muito e tb contou c um pouco de sorte, como naquele pequeno vacilo do Leonard…isso porque cometeram TOs demais…Gasol e o MEM erraram passes demais…

  • R Green

    MElhor jogo dos offs até agora na minha opinião!
    Pqp…
    Sensacional
    Leonard tá foda rs, Gasol e Conley 👏🏻👏🏻🙌🏻🙌🏻

  • Maurilei Teodoro

    Vi somente o final dá vitória do Memphis, e que final !!!

  • Raptors pode ter vencido, mas ainda sim, ninguém respeita o Toronto. Kyle Lowry a cada ataque errado, ou falta não marcada faz cara de choro. Tanto ele quanto o DeRozan, não conseguem ser minimamente regulares, DeMar no game 3 fez 0-8 em arremessos. Thon Makers é um menino desnutrido que entrou na NBA ontem, e ainda sim não deixa o Valanciunas jogar. Carroll ganha 58 milhões pra assistir os jogos na quadra, porque não defende nem pontua. Giannis é um fenômeno, mas ainda não arremessa em longa distância com consistência, todo mundo sabe disso, e o Raptors levou 3 jogos pra fechar o garrafão e fazer ele amassar o aro. O resto do Bucks é um misto de jovens medianos, e role players que ninguém conhece. Ainda sim o Raptors esta sofrendo pra vencer esse time, já era pra estar com a classificação encaminhada, esse time é uma vergonha, por isso no game 3, Bucks introduziu os jogadores do Raptors com a música tema do Barney, é isso que eles são mesmo, Toronto Barneys. https://uploads.disquscdn.com/images/1ec1b9ae104985f48c78c41cf7307304c010ca8c19cbd390a5f6e7667b920f6b.jpg

    • Doug

      Fantástica a sua leitura de afastar o Puto da cesta. É isso mesmo. Ele melhorou no arremesso demais, mas, ainda assim, não é bastante confiável à distância. Faltou falar do Middelton, que é um bom scorer, mas que, após o retorno da lesão, ainda não readquiriu a velha forma…Monroe tb é um bom pivô e jogador consolidado…Snell tb é outro q está me surpreendendo na pontuação e vem fazendo bom trabalho defensivo…enfim, para além dos jovens, há uns carinhas já consolidados na liga neste time, apesar de a juventude ser a tônica…sobre os Raptors, o time inteiro está devendo, e DeRozan, mesmo errando muito, consegue carregar a pontuação desse time…há que se considerar q seus arremessos, em maioria, tem sido em situações difíceis tb (contestado, criando jogada e etc)…agora Lowry, nem isso faz…incrível essa oscilação ano após ano…

      • Eu até considerei Middleton e o Monroe, os vejo como jogadores regulares, bons titulares, mas não é o tipo de atleta que se espera que decida algo, não são imparáveis, para estar chutando o Raptors, que na teoria tem mais time.

        • Doug

          Sim, na teoria Raptors são superiores…mas, coletivamente, pra mim, o time dos Bucks tem se apresentado superior e é até mais confiável…e o Middleton foi decisivo (tem um excelente arremesso) até a sua lesão e até a extrema ascensão do Puto…

  • vsr.snake

    Assim como foi inaceitável a derrota do Pacers no jogo 3, essa do Trailblazers foi quase do mesmo nível, dada as circunstâncias. Lillard e o Blazers no segundo tempo só tomaram decisões péssimas, Damian e Aminu achando que iam meter bola na hora que quisesse, muitos TO, um garrafão que deixou o Mcgee pegar qualquer bola que era jogada ao alto. Nurkic visivelmente jogou beleado, mas no tempo que esteve em quadra, ele teve um impacto bem positivo, principalmente nos rebotes.

  • O Flautista Kekel

    -11 com zaza em quadra
    +24 com McGeeeee
    kerr bota esse lixo de titular pra da chance do outro time vencer https://uploads.disquscdn.com/images/77f5cdfeb41773575fc553bd98a128df3f2c5f8b58e4701c5f03ac511773fa99.jpg

  • dueti

    Sobre Grizzlies x Spurs, tirando que alguns jogadores foram mals nos arremessos, o Spurs não consegue rodar a bola como é característica deles e nisso a defesa mais física começa a se impor, trombando, dificultando o jogo, que só conseguir deslanchar quando saia em transição em rebotes ou roubos de bola, já o Grizzlies sem tivesse um elenco mais qualificado, seria melhor ainda, mas o time mostrou uma garra imensa e o Conley sobre amar um jogo e ser agressivo quando pode, se ficar nessa pegada, pode tentar algo mais no Texas.

    Blazers x Warrios, ficou a impressão que o Warriors tava cozinhando o jogo para quando for a hora, elevar o nível e decidir a partida, quando eles começaram a dobrar no Lillard, aí começou a virada, defesa sufocante e transição rápida com bolas de 3 e bola no McGee, que está cada vez mais entrosado com o estilo da equipe, e com isso desmotivaram demais o Blazers, ficou nítido o desconforto quando o Lillard tomou alguns decisões equivocadas, mais no desespero por ver tudo que tinha feito no primeiro tempo se acabando.

  • Rafael Victor

    Hoje o Cavaliers deve confirmar a varrida contra o Pacers e descansar uns bons dias, enquanto espera por Raptors e Bucks! E pelo que tô vendo desses times, deve pegar mais uma baba na próxima rodada, porque o primeiro é um tremenda piada e o segundo é um time muito imaturo e os dois são muito inconstantes! Ou surram, ou são surrados!

    O Wizards é um tremendo castelo de areia, as grandes atuações do Wall mascaram muita coisa ali!

    Kawhi fez milagre atrás de milagre no final do jogo, pena não ter sido suficiente pra ganhar a partida, até porque do outro lado Conley foi um MONSTRO e o Gasol definiu muito bem a última bola! Subestimaram demais esse time do Grizzlies, falaram em “varrida fácil” etc e tal, só que essa série vai longe e tenho muitas dúvidas se o Spurs vai levar essa! Grizzlies tá com muita cara de “zebra”!

    • Doug

      Boa, Rafael! Pação chocou o mundo pejorativamente, infelizmente…de todo modo, não foram jogos fáceis para os Cavs…o time ofereceu certa dificuldade e muito por seus erros não conseguiu vencer partidas…de qq forma, que vença o melhor (no caso os Cavs…rs…)…sobre o Wizards, é isso mesmo que vc disse…e o Memphão, só quem não acompanha a liga mesmo para achar que esse time seria presa fácil…a questão é: conseguirá o Conley manter esse nível? De qq forma, Gasol precisa voltar a jogar o que sabe e Z-Bo entrar ligado, pelo menos para q tenhamos jogos disputados…

  • Elias Ferreira

    Porque o mula do técnico do Raptors não escala o Bebê? Eu não entendo isso, ele tava jogando bem, esse técnico tem doença só pode

    • Albert Medeiros

      Seria legal ver ele pra cima do grego…

    • Vitor Martins

      Teoricamente agora o Ibaka faz oq o Bebê fazia, defesa, proteção ao aro, com uma qualidade maior e oferendo outras coisas. Acho que ele tinha que procurar outro time, ainda tem espaço.

      • Thiago26-NBA

        Mas o Nogueira atuava de Center, não?

        • Elias Ferreira

          Acho que era Center sim viu, Valaciunas saía e ele entrava

    • Thiago26-NBA

      concordo.. esse técnico tem que se ferrar.

  • William Felton

    Equilíbrio total nestes plaayoffs, com exceção dos últimos finalistas: todas as séries que já foram a 4 jogos tão 2 a 2, e todas as que têm 3 jogos tão 2 a 1 pra alguém. Só Cavs e Warriors mesmo com os 3 a 0. Muito legal isso.

  • William Felton

    Quanto mais eu assisto jogos deste atual Spurs, mais eu admiro o Pop enquanto treinador de basquete. Esse time [leia-se: esses jogadores isoladamente considerados, e não a harmonia do todo que o técnico lhes confere – exatamente nisso consistindo o seu mérito] aí não tem cacife pra ter tido a segunda campanha do Oeste selvagem, mas nem.

    • Albert Medeiros

      Vc admira? Me dá é raiva,kkkkkk, sei que não é muito o estilo dos Spurs mas precisam contratar um reforço pra esse time, pq tá um pouco pesado pro K. Leonard

      • William Felton

        Admiro a “treinadorabilidade” do Pop haha. Mas concordo contigo.

        • Albert Medeiros

          Tb admiro isso, esse faz milagres

      • Doug

        Raiva do Pop, cara…não é possível…rs…

        • Albert Medeiros

          Não do Pop, cê é louco, fala isso não, kkkkkkk, a situação em si, ele sabe tirar o melhor de cada jogador e as vezes parece q o Spurs não precisam de reforço, é nesse sentido, é o meu técnico favorito, o melhor de todos os tempos e a porra toda, só faltou treinar o LJ,kkkkkk

          • Doug

            kkkkkk

          • Albert Medeiros

            Kkkkkk

          • Doug

            Ou seja, paradoxalmente, tem hora que de tão bom, ele fica ruim…rs….inflando um time limitado…kkkkk

          • Albert Medeiros

            Isso…

          • William Felton

            Vai treinar, no USA Team, pras e nas Olimpíadas de Tóquio. Se tudo correr bem, ao menos rs.

          • Albert Medeiros

            Vai ser legal…

    • Doug

      Pois é, cara…o caminho à final de conf. está bem possível para os Rockets, hein…

      • William Felton

        Nos meus palpites apostei no Rockets na final rsrs. A conferir.

    • Vitor Martins

      Acho que acontece com ele algo semelhante com o Lebron na disputa de MVP. O genial já se tornou rotina, então ninguém fala muito e eles ficam fora da conversa pra disputa dos prêmios. Pra mim, ele faz o melhor trabalho da liga. Segunda melhor campanha (perdendo apenas pra uma apelão GSW) com David Lee titular é pra virar o logo da NBA no lugar do Jerry West.

    • Pablo Leite

      Pop extrai leite de pedra. Gasol e Aldridge não defendem nada, Aldridge está longe de ser o All Star que já foi nos Blazers, Ginobili não consegue acertar mais cesta nenhuma (zerado nos últimos 2 jogos) e Green vai na mesma toada, nulo no ataque! Deveriam dar um uniforme para o Duncan e botar para jogar, porque esse time aí, está difícil de acreditar nele. Muitas pessoas diziam que Duncan estava velho e isso e aquilo, mas olha como o garrafão do time ficou fraco sem ele. Duncan com 42 anos tem mais impacto que Aldridge ou Gasol.

      • Anônimo

        Pior ainda Ginobili t zerado nos últimos 4 jogos .hora de aposentar ja

        • Pablo Leite

          Fui contra os Spurs renovar com ele esta temporada desce sempre. Não dá mais.

  • Doug

    Agora nos offs, quando jogam para valer mesmo, é que a superioridade de Cavs e GSW fica patente, pelo menos para mim…

    • vsr.snake

      Não gosto muito dessa percepção de que os times passam por dificuldades porque tão segurando o pé, principalmente nesses primeiros rounds, quando a ideia é encurtar a série ao mínimo possível. Virar jogos, a princípio perdidos, é desgastante. No caso Warriors ontem, eles tiveram um aproveitamento do perímetro baixo no início, mas isso é consequência do estilo deles, pode cair bola de três a rodo como não cair nada. Aí eles demoram um tempinho pra mudar a chave, e tentar coisas diferentes, principalmente sem o Durant, que dá ao time uma variação de jogo bem interessante.

      Mesmo assim, a meu ver, eles não teriam virado o jogo se o Blazers não tivesse dado brechas. Essa é a diferença de times como Warriors e Cavs pros demais, eles tem jogadores que podem mudar o panorama da partida caso o time adversário bobeie, e foi isso que aconteceu nos jogos 3 de ambos.

      • Doug

        Eu tb não gosto dessa ideia, mas não falei exatamente nesse sentido…mas, é fato que q isso ocorre…de qq modo, o que quis expressar é que se pode exigir mais de quem tem potencial p isso e é o que ocorre nos playoffs…caras como LJ, Curry e cia se desdobram e mostram do que realmente são capazes…

  • Albert Medeiros

    Números do Green, 9,8,7,6, tá maluco e tem cara q o submestima, kkkkkkkk

    • pedrokadf

  • Rafael Marques

    Curry 34 pts*
    O que o Leonard fez ontem não é humano, o técnico do Memphis estava certo hahaha

  • Leo #GoCeltics

    Kawhi merecia vitoria, uma atuação fantástica,melhor jogo dos offs ate aqui

    • pedrokadf

      Ele Lembrou me muito kobe ontem

  • Thiago26-NBA

    Jogão em Memphis….série promete. O mesmo para Toronto e Bucks
    Já era para o Portland…partida de despedida.

    • pedrokadf

      Concordo

  • xmaah

    ainda bem que pro Lillard o importante é só levar o Blazzers aos off mesmo tomando 4×0 na primeira rodada.

    • vsr.snake

      Lillard é um jogador com um skill set tremendo, mas ainda falta a maturidade e inteligência para ler o jogo, como fez o Paul anteontem, Conley ontem e outros.

  • Ricardo Costa

    Curry não é clutch…

  • Que o Raptors treme e joga de forma muito irregular e empacada em vários momentos os playoffs é verdade, mas sinceramente acho que esse time do Bucks não merece passar a uma segunda rodada de playoffs, gosto muito do Antetomito que é realmente um grande jogador, mas o time tem um ataque de doer os olhos de tão ruim, e nos dias bons ao menos o Raptors tem Derozan, Lowry, e tiveram a ajuda de Powell e uma pequena melhora do Valanciunas que vinha mal nos jogos anteriores, enquanto o Bucks só tem jogadas de contra-ataque, na meia-quadra o time é muito fraco…

  • Foi o melhor jogo da série até aqui esse entre Grizzlies e Spurs, infelizmente os ursos levaram, mas vimos um duelo épico entre Conley e Kawhi…

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados