logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 23 abr 2017 às 17:54
Cavaliers vence, varre Pacers e avança à segunda rodada do Leste

Rodada também contou as vitórias de Houston Rockets, Boston Celtics e Utah Jazz

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gabriel Farias

(4) Cleveland Cavaliers 106 x 102 Indiana Pacers (0)

O Cleveland Cavaliers completou a varrida sobre o Indiana Pacers ao vencer a quarta partida da série por 106 a 102.

Sem mudanças no quinteto inicial após sofrer uma virada histórica no terceiro confronto, o Indiana Pacers começou melhor, vencendo o primeiro quarto por 24 a 22. Durante os primeiros 12 minutos, a equipe da casa abriu seis pontos de vantagem, mas sofreu quando o Cavaliers utilizou a estratégia de permitir arremessos livres ao ala Lance Stephenson.

Se a primeira parcial foi repleta de empates, a segunda foi toda dos visitantes. A formação que venceu a última partida para o Cavaliers teve aproveitamento de 52% nos arremessos de quadra, com 12 pontos de Deron Williams e sete de Channing Frye. LeBron James permaneceu em quadra por todo segundo período, anotando mais 12 pontos.

Buscando finalizar a partida na volta dos vestiários, o técnico Tyronn Lue utilizou seus titulares por pelo menos dez minutos no terceiro quarto e viu a vantagem de sua equipe subir para 12 pontos. Até esse momento, Paul George tinha apenas 12 pontos em 15 arremessos. Tal aproveitamento somado a linguagem corporal da equipe do Pacers deixavam a impressão que a conta estava liquidada.

Porém, o Cavaliers acertou apenas 23% de seus arremessos e anotou 15 pontos antes do minuto final. Enquanto isso, Myles Turner e Stephenson lideravam a reação dos mandantes que chegaram à liderança após um tapinha do ala-pivô Thaddeus Young. Depois das duas equipes falharem ofensivamente, Paul George cometeu seu terceiro erro ofensivo no quarto e viu LeBron James conectar sua única bola de três pontos para virar o jogo. Kyle Korver e James ainda pontuaram na linha de lance livre para definir o placar.

Essa foi a terceira varrida consecutiva do Cleveland Cavaliers na primeira rodada do Leste. Além disso, LeBron James ultrapassou o lendário Tim Duncan como jogador com mais varridas na carreira, com dez.

O Cleveland Cavaliers espera a decisão do confronto entre Toronto Raptors e Milwaukee Bucks para conhecer seu adversário na segunda rodada, enquanto o Indiana Pacers inicia seus planos para a temporada 2017-18.

Destaques

Cleveland

LeBron James: 33 pontos, dez rebotes, quatro assistências, quatro roubos de bola e dois tocos
Kyrie Irving: 28 pontos e três tocos
Deron Williams: 14 pontos e 100% de aproveitamento
Kevin Love: Cinco pontos, 16 rebotes e três assistências

Indiana

Thaddeus Young: 13 pontos, dez rebotes e dois roubos de bola
Paul George: 15 pontos, sete rebotes, seis assistências e quatro roubos de bola
Myles Turner: 20 pontos e nove rebotes
Lance Stephenson: 22 pontos, seis rebotes e três assistências
Jeff Teague: 15 pontos, dez assistências, quatro rebotes, dois roubos de bola e três tocos


(3) Houston Rockets 113 x 109 Oklahoma City Thunder (1)

Com 28 pontos do brasileiro Nenê Hilário, o Houston Rockets bateu o Oklahoma City Thunder fora de casa e abriu 3 a 1 na série de primeira rodada.

O primeiro tempo foi dominado pelo Thunder, assim como nas últimas duas partidas. O armador Russell Westbrook alcançou seu terceiro triplo duplo consecutivo ao ir para os vestiários com 17 pontos, dez rebotes e dez assistências. A marca igualou a maior sequência da história da NBA, pertencente a lenda Wilt Chamberlain.

Enquanto Westbrook deitava e rolava, James Harden teve imensa dificuldade de atuar, anotando apenas seis pontos em nove arremessos e chutando apenas dois lances livres. Sem a qualidade de seu líder a mostra, o Rockets contou com a dupla Trevor Ariza e Nenê. Juntos, os dois marcaram 25 dos 54 pontos da equipe e permitiram que a desvantagem no intervalo ficasse em quatro pontos.

O terceiro quarto foi dividido em duas metades. Primeiro, o Oklahoma City Thunder abriu 14 pontos de vantagem com uma sequência de 12 a 2. Em seguida, o Rockets respondeu com 17 pontos anotados e sete sofridos. O bom momento também apareceu no início do último período. Com Harden no banco, Lou Williams, Patrick Beverley e Ryan Anderson colocaram o Rockets na liderança pela primeira vez desde o primeiro quarto.

As equipes ainda alternaram a liderança quatro vezes e empataram no placar em mais quatro oportunidades, até que a franquia de Houston abriu vantagem usando a estratégia de faltas intencionais no ala Andre Roberson. O jogador do Thunder acertou apenas dois lances livres em oito tentativas. Os mandantes até tentaram recuperar o jogo, mas não tiveram a bola em oportunidades de empatar ou virar a partida no último minuto.

w1080xh810_2017-04-23t211138z_1022986007_nocid_rtrmadp_3_nba-playoffs-houston-rockets-at-oklahoma-city-thunder

Westbrook terminou o segundo tempo com 18 pontos, porém, apenas 29% de aproveitamento nos arremessos. Além dos 28 pontos, Nenê ainda pegou dez rebotes e terminou a partida com 100% de aproveitamento nos arremessos de quadra. Além do brasileiro, apenas Wilt Chamberlain conquistou pelo um duplo duplo de pelo menos 20 pontos e 100% de aproveitamento na pós-temporada.

A quinta partida da série acontece em Houston, na próxima terça-feira.

Destaques

Houston

Nenê Hilário: 28 pontos, dez rebotes e 12-12FG
Eric Gordon: 18 pontos, oito rebotes e dois tocos
Lou Williams: 18 pontos, sete rebotes e dois roubos de bola
James Harden: 16 pontos, sete rebotes, oito assistências e sete erros ofensivos
Trevor Ariza: 14 pontos, cinco rebotes, três assistências e três roubos de bola

Oklahoma City

Russell Westbrook: 35 pontos, 14 rebotes, 14 assistências, três roubos de bola e cinco erros ofensivos
Steven Adams: 18 pontos, sete rebotes e três tocos
Andre Roberson: 13 pontos, quatro rebotes, dois roubos de bola e cinco tocos
Victor Oladipo: 15 pontos, quatro rebotes, dois roubos de bola e dois tocos


(2) Boston Celtics 104 x 95 Chicago Bulls (2)

Tudo igual! O Boston Celtics venceu o Chicago Bulls na noite deste domingo por 104 a 95 e empatou a série em 2 a 2.

O Celtics abriu a partida cinco pontos consecutivos e só teve sua hegemonia contestada no terceiro quarto, quando o Bulls liderou o jogo durante uma posse de bola, seguida de 12 pontos sofridos de forma consecutiva. Titular no lugar de Amir Johnson pelo segundo jogo, Gerald Green contribuiu com oito pontos e cinco rebotes logo no primeiro quarto e terminou o primeiro tempo como cestinha da equipe com 16.

Mais uma vez sem o armador Rajon Rondo, o técnico Fred Hoiberg utilizou Isaiah Canaan como armador principal durante a partida, porém, o jogador de 25 anos não foi capaz de ditar um ritmo de jogo para a equipe. Com muitas jogadas de um contra um, Jimmy Butler foi o grande destaque do Bulls com 33 pontos. Foram 23 lances livres tentados na partida, um a mais que todo o time do Celtics. Porém, a dupla Dwayne Wade e Nikola Mirotic somou apenas 24 pontos e 39% de aproveitamento nos arremessos de quadra.

Isaiah Thomas e Al Horford foram os grandes responsáveis por manter o Celtics na liderança. Após a breve virada do Bulls no terceiro quarto, a dupla marcou 28 de seus 48 pontos no jogo.

A quinta partida da série acontece na próxima quarta-feira, em Boston.

Destaques

Boston

Isaiah Thomas: 33 pontos, quatro rebotes, sete assistências e cinco erros ofensivos
Al Horford: 15 pontos, 12 rebotes e quatro assistências
Gerald Green: 18 pontos e sete rebotes
Marcus Smart: Cinco pontos, oito rebotes e seis assistências

Chicago

Jimmy Butler: 33 pontos, cinco rebotes e nove assistências
Nikola Mirotic: 13 pontos e sete rebotes
Dwayne Wade: 11 pontos, seis rebotes e dois tocos
Isaiah Canaan: 13 pontos, três assistências e dois roubos de bola


(2) Los Angeles Clippers 98 x 105 Utah Jazz (2)

O Utah Jazz empatou a série contra o Los Angeles Clippers ao vencer a quarta partida por 105 a 98 em casa.

Contando o retorno surpreendente do pivô Rudy Gobert e a ausência do ala-pivô Blake Griffin, a partida entre Utah Jazz e Los Angeles Clippers neste domingo começou equilibrada, com cinco empates e mais cinco mudanças de liderança no primeiro tempo. A equipe do técnico Quin Snyder soube aproveitar a presença de Marreese Speights no garrafão do time californiano e abusou dos pontos na área pintada. Foram 34 dos 55 pontos só nos primeiros 24 minutos de ação. Faltando oito minutos para o final do segundo quarto, o ala Gordon Hayward foi substituído por Joe Ingles e não retornou. A assessoria de imprensa do Utah Jazz anunciou que o jogador sofreu de problemas estomacais.

Sem Griffin, a posição de segundo pontuador da equipe do Clippers ficou para Jamal Crawford. O ala acertou cinco de seus seis arremessos de quadra e anotou 15 pontos. A liderança do Clippers subiu para seis pontos durante o terceiro quarto. Chris Paul foi o grande comandante com nove pontos, seis rebotes e quatro assistências em 11 minutos. A ausência de Hayward “travou” o ataque do Jazz que só se encontrava quando Joe Johnson tentava ações de um contra um.

Nesse cenário, Johnson devolveu os mandantes para o jogo. O veterano retornou quando o relógio apontava sete minutos e meio para o final da partida. A partir desse momento, foram 13 pontos, 11 de forma consecutiva. Oito dos dez arremessos de quadra convertidos pelo Jazz foram anotados ou assistidos por Johnson. Sem qualquer resposta defensiva, o Clippers também forçou muito no ataque. A equipe de Doc Rivers terminou a última parcial com 31% de aproveitamento nos arremessos gerais e apenas 12% nos tiros de longa distância.

No total, foram 38 pontos do Jazz no garrafão, marca inferior apenas aos 40 pontos registrados na vitória da equipe de Salt Lake City no jogo 1.

A quinta partida da série acontece na próxima terça-feira, em Los Angeles.

Destaques

Los Angeles

Chris Paul: 27 pontos, nove rebotes e 12 assistências
DeAndre Jordan: 12 pontos e dez rebotes
Jamal Crawford: 25 pontos
J.J Redick: 12 pontos

Utah

Joe Johnson: 28 pontos, cinco rebotes e cinco assistências
Rudy Gobert: 15 pontos, 13 rebotes e dois tocos
Joe Ingles: Oito pontos, 11 assistências, seis rebotes e dois roubos de bola
Derrick Favors: 17 pontos, seis rebotes e dois roubos de bola
Rodney Hood: 18 pontos e quatro assistências

  • Gabriel S Monteiro

    Indian, está por aí?

    Pacers deus essas duas últimas vitórias pro Cavs, decidiu as ultima jogadas mal, e nesse último lance a defesa do Cavs sufocou.

    Acho que nao tem mas jeito, PG não fica mais onde está, a não ser que esse time mude muito, não vão brigar por títulos tão cedo, uma pena pra quem gostava de ver aquele time que fazias excelentes jogos com o Heat pelo leste.

    • Se a primeira parcial foi repleta de empates, a segunda foi toda dos visitantes. A formação que venceu a última partida para o Cavaliers teve aproveitamento de 52% nos arremessos de quadra, com 12 pontos de Deron Williams e sete de Channing Frye. LeBron James permaneceu em quadra por todo segundo período, anotando mais 12 pontos.

  • Claudio R.

    PG13 não joga mais pelo indiana… acho muito isso.. se ficar no leste vai pra Boston se for pro oeste vai pro lakers

  • Uncle Drew #DefendTheLand
  • Uncle Drew #DefendTheLand
  • Uncle Drew #DefendTheLand

    Foi uma série quase q idêntica a do Pistons na temporada passada. 4 jogos bem disputados.
    Cavs agora com talvez uma semana para se recuperar e jogar as Semi-Finais da Conferência. Bucks x Raptors provavelmente devem ir a 7 jogos, e já enfrentaram o CAVS com um pouco de cansaço.

  • The Real Jay

    Vem ser feliz no celtao PG

    • Gabriel S Monteiro

      Será, depois dessa papo de Lakers desanimei com ele! ahahaha

  • Uncle Drew #DefendTheLand

    Eu dei risada do lance, pq a bola do PG13 acabou não caindo. Mas se tivesse caído, e o Cavs tivesse q jogar a OT… todo xingamento ao J.R. por esta jogada, seria pouco! É muito sem noção! Nego vai tentar um passe desses faltando segundos para terminar o jogo, em vez de segurar a posse e gastar tempo! Quanta loucura.
    https://www.youtube.com/watch?v=_0gG5e4U0hc

    • Eduardo Rebelatto

      Cara, eu fiquei mto puto com esse lance, se cai o LeBron mata ele. Ainda que caiu pro PG que não acerta nada nos últimos segundos

    • Vinícius Maia

      Rapaz me deu muita raiva nesse lance. Vê se um momento como esse é hora de dar passe bonito.

      Drew, sobre o Irving, eu estava olhando uma coisa no jogo de ontem: acho que ele só não é um bom defensor por preguiça. Não digo que seria um defensor de elite, mas se ele quisesse, acho que ele poderia defender bem, pois nos momentos finais ontem, ele apertou a defesa e se saiu bem. Fora que você deve se lembrar que no jogo 1 das finais de 2015, ele foi bem marcando o Curry, com direito a dois tocos no menino stéfi. Quando ele se esforça, ele protagoniza boas jogadas defensivas, por isso eu acho que ele tem condições de ser um defensor melhor.

    • Gustavo

      Fora o passe estúpido ainda tem a tentativa de marcação bizarra no último arremesso do PG. JR é fora da casinha.

  • Eduardo D’Alcantara

    Maior problema do Boston é o garrafão e nego querendo PG.

    PG joga muito mas não é bom o suficiente para carregar um time a título de conferência

    • MDias

      Não é o suficiente mas já cobre uns 50% da deficiência do Celtas. Se PG for pra Boston, certamente consegue atrair a atenção de outras estrelas

      • Gabriel S Monteiro

        A não ser que seja por troca, o que não vai acontecer se ele não der a palavra que vai assinar extensão, sem isso Ainge não vai mandar a pick e meio time por ele.

        Caso ele venha sem trade, Boston só tem espaço pra mais um slário máximo.

  • Uncle Drew #DefendTheLand

    O destino do Paul George acho q fica entre Indiana e Los Angeles Lakers (!!). Pelo menos foi isso q o Wojnarowski disse na deadline. Paul George fez o Pacers dizer q, se fosse para ser trocado.. iria apenas para o Lakers. Se fosse trocado para outra equipe a ñ ser o Lakers, ele não garantiria q renovaria o contrato.
    Uma das razões para ele querer ficar em Indiana é o fato de ganhar mais dinheiro. E isso aconteceria de maneira mais significativa, se ele fosse eleito para um dos times ideais da NBA, ganharia um bônus muito alto estando em um dos 3 All NBA Teams.
    Porém a disputa vai ser mt grande, e ñ é tão provável q ele esteja entre os 3 quintetos ideais. Para 9 vagas – levando em consideração q são 2 guards e 3 forwards cada equipe-, ele terá q disputar com LBJ, KD, Kawhi (estes 3 são certezas no 1º ou 2º time), Anthony Davis, Draymond Green, Jokic, Millsap, DeAndre Jordan, Marc Gasol, Rudy Gobert e Towns. São 11 sérios candidatos + o PG13, para 9 vagas.
    Ele não indo para os times ideais, ficaria mais simples uma saída do Pacers, sendo q ele já tá puto com o time desde o inicio da temporada e o dinheiro ajudaria bastante a segurá-lo. Aí entra o Lakers, onde existem fontes boas do Woj dizendo q há o interesse, e agora eles tem Magic Johnson para fazer o papel de “Pat Riley da Califórnia”, tentar na lábia aliado ao interesse do PG13, para conseguir o cara.

    • Daniel Serafim

      O problema é que o Lakers não possuem um time AINDA, e não terão assim tão cedo, vão ter que se livrar dos contratos (horrorosos) de Deng e do Russo, o que eu acho bem difícil, pra não dizer impossível. É bem mais fácil o PG ir para um time mais pronto (ex: Clippers, Thunder).

    • Índian!

      Paul George: “Eu era um fã dos Clippers, mas ainda assim o meu jogador favorito era Kobe Bryant”

      – isso dele querer jogar no Lakers e história , especulações da mídia

    • Gabriel S Monteiro

      Mas é isso que não consigo entender, se PG for pro Lakers, é pelo dinheiro, e mesmo assim pode ganhar mais em Indiana.

      Lakers pode ficar sem escolha de draft esse ano, corre esse risco, tem um cap engessado por conta dos contratos do Deng e Mozgov, pra alguém querer esses dois contratos LA vai ter que fazer milagre daqueles sinistros, de ter que dar volta em algum time, tem de promissor Ingram, que não mostrou muito esse ano, Russel, que tem um bom potêncial, Clarkson, Zubac e Randle, mas todos esses são caras novos que geram mais dúvidas do que certeza.

      PG indo pra lá, ainda mais estando no oeste, e com o cap que LA tem não briga por Offs pelos próximos 3/4 anos. O que um cara top NBA ganha indo pra la?

      Eu não consigo enxergar nada de benéfico, e nem e por ser Celta, ele como CP3, tem que ir pra times que briguem imediatamente por um anel, dinheiro não acho que seja o problema pra esses caras.

      Vejo PG se encaixando em vários bons times da liga, mas na minha opinião vai dar um tiro no pé e na sua carreira se for pra LA

      • Uncle Drew #DefendTheLand

        Mas pelo q foi dito, PG13 considera o Lakers pq ele nasceu e tem sua família na Califórnia (dessa vez é verdade! rsrs. Este é o motivo).
        Em questão de elenco, e parte técnica.. realmente não faz sentido. Mas aí tem a questão emocional, e familiar. Vai q ele é torcedor do Lakers tbem?
        Ficando em Indiana, msmo sem ir para os times ideais da NBA, ele é elegível para um contrato de 5 anos (acho), enquanto as outras franquias são elegíveis para contratos de 4 anos. Ganharia mais dinheiro em Indiana, de qualquer forma.
        Mas no Lakers, ou Clippers, sei lá.. seria um motivo familiar.

        • Gabriel S Monteiro

          Sim até entendo o ponto de vista familiar, mas na mesma deadline ele disse que queria um time competitivo, e disputar títulos, aí na minha cabeça as coisas não se encaixam! hahaha

          Tomara que não vire um novo Melo, que vá pra um time que fique no limbo anos e desperdice seu talento em um time que não briga por nada..

      • Felipe Monteiro

        Alguma hora, algum franchise player terá que desembarcar no Lakers. Pode ser o Paul George agora, ou não. Mas é muita ilusão achar que o Lakers não irá atrair um FP capaz de liderar a franquia nos próximos anos.
        Concordo que acabou aquela época de “Lakers é Lakers”, que basta colocar o cantor do Maroon 5 que qualquer jogador irá querer jogar em LA, mas, inegavelmente, o Lakers ainda é uma franquia atraente para quem busca os holofotes na NBA. Quero dizer com isso que o sucesso de um novo FP em LA seria imediato? Não!! De jeito nenhum!
        Mas, para mim, invariavelmente, algum pika irá desembarcar em Los Angeles (não para jogar no Clippers, obviamente, até porque eles já tem seu FP)

        • Gabriel S Monteiro

          Aí que está, PG desembarcando lá, continua sem um time, pra disputar algo, até porque o time de LA hoje é muito pior que o do Pacers.

          Mas mesmo PG indo pra lá ou um grande nome na FA, e com um cap do jeito que está, com contratos ruins, ainda acha que o Lakers vai brigar por algo nos próximos 3/4 anos?

          Eu sou bem cético em relação a isso, hoje a franquia pode perder sua escolha de draft e se não me engano ano que vem não tem, os calouros draftados ainda não mostraram a que vieram, Ingram e Russel são exemplos disso.. Tem dois contratos ridículos, Mozgov e Deng, vejo um futuro complicado pra direção de LA, vao ter que fazer muita mágica pra subir esse time de patamar rápido!

    • Gustavo

      PG é elegível para aquele contrato mega hyper blaster de 6 anos que a última CBA estabeleceu. Assim, financeiramente ninguém consegue concorrer com o Pacers, independente dele figurar no 3 ALL NBA Teams.

      Outro elegível pra esse contrato, se não me engano, é o Gordon Hayward. Esse tem um cenário parecido com o do Conley: é peça fundamental de uma equipe que já é realidade e está em um mercado pequeno. Acho que a tendência é que o mundo do basquete fique chocado com a oferta que o Jazz deve fazer ao rapaz. Vem para 30+.

  • Igor Neves

    PG deve ir pro Lakers, falou que tinha vontade de jogar lá. Se fosse pra Boston, não iria elevar a equipe para com o Cleveland. Só deve ficar se conseguir ficar em um dos times principais.

    • Jadson Ramos

      O cara vai sair de Indiana e jogar nos Lakers… excelente negócio.

      • Igor Neves

        Se ele tem vontade de jogar em L.A, quem sou eu pra falar se o negócio é ruim ou não :v

    • Gabriel S Monteiro

      O que PG ganha indo pro Lakers? Absolutamente nada!

      Furada máxima, ele disse que quer brigar por títulos, e em LA que não vai.

      • Thalles Ferreira

        Mais jogo ele ir pro Clippers, se é pra ir pra LA.

    • Raul

      Ele não iria elevar a equipe do Boston??
      Cara, pra mim tudo que falta no Boston é um PG!!!

      • Igor Neves

        Falta alguém pra se tornar um protetor de aro mais confiável. Se adicionar PG e alguém assim, um Drummond da vida, pode ser uma boa.

    • Samuel Muniz

      PG nao elevaria o patamar dos Celtics? ta de brincadeira.

  • Albert Medeiros

    Nenê o melhor dá sua posição nesse offs…. E o Lebrão é o G.O.A.T nos offs

  • Índian!

    To Tranquilo 97% de certeza que o PGeorge vai renovar com o Indiana Pacers .

  • Jadson Ramos

    ” Além dos 28 pontos, Nenê ainda pegou dez rebotes e terminou a partida com 100% de aproveitamento nos arremessos de quadra. ”

    Foda.

  • Dream Shake

    Porra Nenê 28pts, double double e 100% nos arremessos 12/12 FGs, ta voando o brazuca.
    Go Rockets! The Red Nation!

    • Zack Batista

      Boa Nenê!!! Jogou muita bola… Torcendo por ele!! =/

  • Hugo Thunder

    O mesmo motivo de o thunder ter vencido o jogo 3, é o mesmo das 2 derrotas no jogo 2 e hoje: RUSSELL WESTBROOK

    • Carlos Eduardo

      Não vi o jogo hoje. Por que você tem essa opinião?

      • Hugo Thunder

        No 3q ele cagou tudo. Tava com vantagem de 14pts e ele errou uns 5 atos seguidos por BURRICE

        • Doug

          Concordo total, West no final de jogo força demais as jogadas, muito afobado, em chutes desequilibrados com companheiros livres.
          Coisa que nos primeiros quartos ele não faz, daí o time abre vantagem.
          Parece que falta experiência ou confiança nos companheiros.

          • Jefferson Pires

            Nos primeiros quartos ele quer fazer triple double, já no último ele quer ser o herói do time, e normalmente ele faz besteira.

      • The Brodie

        Trago-lhe a verdade sem qualquer tipo de avaliação pessoal.É mais seguro acreditar https://uploads.disquscdn.com/images/09386bf4db46ab18b64e4a49b49681ecaa5d85365364687e04371c19f89e5af1.jpg

        • Hugo Thunder

          Pessoal de onde?? Vai dizer q ele n errou nesses 2 jogos? Pelo amor..

          • Albert Medeiros

            Dificilmente vão admitir que o Westbrook é culpado de alguma derrota

          • The Brodie

            errou o que ? O banco dos caras fizeram 64 pts contra 22 do nosso,fizeram um hack no Roberson q definiu o jogo e a culpa foi dele que manteve o time bem a partida inteira?

    • Caseh

      Ufa! Até que enfim um torcedor sensato, que não fica passando a mão na cabeça dele a cada sequência de burradas como novamente vimos ontem.

      • Alex Alves

        OKC deveria ter contratado uns dois veteranos para ajudar no momento das decisões é só vermos como Joe Johnson e Nene estão rendendo no payoffs.

        • felipe fernando Oliveira

          Ano passado quando eu falei que OKC poderia ter contratado Joe Johnson e Nenê pra virem do banco quase me excluíram do site. Disseram que nosso garrafão com Adams Kanter e com o recém chegado Sabonis tava top e que olamito iria vir pra ser jogador que mais desenvolveu.

    • The Weeknd

      Andre Roberson ficou com 2-12 na linha de lance livre.. Se ele acertasse pelo menos 50%, o jogo teria ido pro overtime. Tem muito mais culpa que o Westbrook ao meu ver.

  • Gabriel S Monteiro

    Russel, mesmo sendo o cara do time tem horas que tem que parar respirar e dar a bola em alguém, nos últimos jogos que OKC esteve atras no último quarto ele forçou praticamente todas as bolas!

    • Thalles Ferreira

      É difícil ele confiar dar a bola em alguém depois de ver tijoladas o ano todo né

  • R Green

    Que intensidade hein nenê!!!

    Boa Celtao!!!

    Vamos com tudo!

  • Daniel Serafim

    Bulls, jogando como nunca, perdendo como sempre…

  • Uncle Drew #DefendTheLand

    Fred Hoiberg agora é q terá q mudar, se quiser salvar a série para Chicago. Eu colocaria Denzel Valentine de armador improvisado. Ele ficaria como shooter, enquanto Wade e Butler carregariam a bola e fariam as jogadas. Ou então colocaria até o Zipzer (aqui seria uma situação mais desesperadora, rs) junto com Butler, Wade, Mirotic e Lopez.
    Se não fizer ajustes, dificilmente Boston perde o Jogo 5.

    • Thalles Ferreira

      Boston ganha em casa o próximo, Bulls tem que testar algo é pra garantir levar pro 7.

  • Denyson

    Boston ficou cm a seed 1, mas parece que o caminho mais fácil até o final é da seed 2. Claro que Cleveland é o melhor time e passa essa impressão de “facilidade”. Mas que Wizards e Atlanta é um matchup mt mais perigoso pro Boston, além do próprio Bulls agora, do que Bucks e Raptors eu não tenho dúvidas.

    • Thalles Ferreira

      Sério? Pra mim o único time que pode bater Cavs ou Celtics é o do Grego.

      • Michel Moral

        Eu não descarto o Wizards não. Contra o Cavs talvez seja mais difícil. Agora, contra o Celtics dá pra jogar tranquilamente e, possivelmente, vencer a série. Primeiro porque os garrafões das duas equipes não têm uma diferença muito significativa (Morris/Gortat x Amir/Horford). O perímetro é igualmente qualificado.

        • Gabriel S Monteiro

          Boston passando vejo como um dos jogos mais duros do Leste, e acreditaria em um possível jogo 7!

        • Eduardo Muniz

          Boston x Wizards é jogo 7!!!

          E vejo o time da capital com grande chance de eliminar o Celtics.

      • Denyson

        Bucks apesar de ter uns caras monstros fisicamente, não tem a experiência necessária. Eu não acredito que vá passar pelos cavs em uma possível semifinal de conferência. O raptors piorou.

      • Gabriel S Monteiro

        Vejo o Wizards como time mais perigoso no leste, tanto pro Cavs quanto pra Boston!

  • Zack Batista

    Putz, Celtics deu o troco… O fator psicológico está inteiramente favorável ao Celtics agora. Possibilidade grande de mandar o Bulls pra casa. Até ficaria feliz se mandarem o fraco Hoiberg pra rua, teria algo positivo nisso.

    • Eduardo Muniz

      Eu tinha comentado aqui quando os Bulls ganharam os 2 primeiros jogos que o time poderia muito bem perder os 2 jogos em casa, pq simplesmente a equipe não tem regularidade nenhuma. Foi a temporada inteira assim.

      Dito e feito.

      Sem o Rondo para marcar o IT, certeza que o Chicago se enfraqueceria.

      Os PGs reservas do Bulls são muito fracos. Wade vem jogando mal em casa e sobrou tudo para o Butler, que está visivelmente cansado.

      O melhor para acontecer ao Chicago é ser eliminado. Quem sabe mandam o fraquíssimo coach embora.

      Eu, particularmente, manteria Rondo e Wade para a próxima temporada. Traria um novo técnico, alguém forte para o garrafão e bons reservas.

      Se possível mandaria embora o GM também. Pq trocar McDermott e Gibson por absolutamente nada é inadmissível.

  • Uncle Drew #DefendTheLand
    • Vinícius Maia

      Kkkkkkkkkk

  • Donald Trump
  • Uncle Drew #DefendTheLand

    Steve Kerr pode não treinar mais o Warriors nesta temporada. Mais cedo saiu uma notícia de q ele mal consegue andar, por problemas nas costas. Por isso ele ficou de fora do jogo de ontem, e CERTAMENTE ele irá ficar fora dessa série contra Portland, isso já foi dito. Agora veio essa notícia nova, de q ele pode não treinar mais o time nestes Playoffs. A lesão séria nas costas, q ele teve na temporada passada, e q fez com q ele perdesse metade da temporada.. parece q voltou.
    https://twitter.com/dave_schilling/status/856269037939990528

    • Thalles Ferreira

      Porra, sem Kerr e Durant vai ser osso, dá pra trazer o Luke Walton de volta? Rs

      • Daniel Alves

        KD não volta mais nesses offs não?

        • Juan Gabriel

          KD já joga o próximo jogo. Parece que já podia jogar o ultimo, mas prefiram aguardar os 100% de recuperação

        • Thalles Ferreira

          Contra o blazers, acho que só num improvável jogo 7.

    • Mike Brown se deu bem demais então, auxiliar-técnico mais cagado que ele não existe, não é possível que ele consiga ferrar com essa máquina que é o Warriors…

  • DNT

    Que texto legal escrito pelo Channing Frye, mostra uma parte da NBA que ninguém conhece.

    https://twitter.com/Cavsbrasil/status/856309568678367236

    • Luke Silver

      Emocionante…

  • BetoMavs #DraftIsTheNewOffs

    Harden tava totalmente disperso nesse jogo 4, quase nem tentava escapar da boa marcação do OKC, felizmente para ele o bom elenco do Rockets deu conta do recado, com uma partidaça do Nenê!

    ISO Joe mais uma vez mostrando que é clutch demais! Nos últimos 5 minutos de jogo simplesmente não errava nada, CP3 jogou muito novamente, mas não conseguiu fechar o jogo para o Clippers.

  • Romeu – Lobito

    jeff teague deve estar a sentir-se como um cão que achou a comida no prato, mas quando se aproximou do tal prato de comida foi chicoteado pelo individuo que colocou a comida no prato. TEAGUE confundiu a agressividade da repica que os PECERS haviam dado nos dois primeiro jogo para se sentir a hipóteses de vencer os CAVS em sua casa e buscar uma eventual eliminatória dos CLEVELAND CAVALIERS. Sem medir as adversidades que devia encontrar para ultrapassar o rival já antecipa em uma possível eliminatória foi muita patetice por parte de jeff teague.

  • Alex Alves

    1°) Grande vitória do Boston, Stevens fez uma ótima jogada colocando Green no início da partida, Thomas jogando muito, Green surpreendente (merece ficar no time temporada que vem independente do que ocorrer), Horford jogando bem (mais ainda pode um pouco mais), Smart sendo Smart e Bradley e Crowder bons na defesa mas nulos no ataque

    2°) Muito bom ver Nene e Joe Johnson jogando muito nos offs. Nene vai conseguir um contrato bacana para temporada que vem

    3°) Jazz fez o dever de casa mesmo sem Hayward, ele tem jogado muito bem embora não seja um FP, mas seria sensacional velo jogar no meu time.

    • Vinícius Maia

      Depois dessa temporada, acho difícil nenê sair do Houston. Mike D’antoni está sabendo tirar o melhor do nenê, mas se houvesse chance dele sair, gostaria que o cavs fosse atrás dele. Na verdade, queriam que eles tivessem feito isso na última off season.

      • Alex Alves

        A questão é que Nene deve ter várias ofertas, contratos entre 10/2 a 20/2 não seria nenhuma loucura. A vantagem do Rockets é ter CAP e Nenem quase nunca trocar de time.

        • Gabriel S Monteiro

          Sei lá, gosto muito do Nene, mas acho surreal alguém dar 20M/2 anos por ele, não porque não seja um baita jogador, mas é muito dinheiro, já tem uma idade elevada, acho que Nene deveria receber um slário por volta de 10M, 12M ano, o que seria ideal pra vários times, 20M/ por ano, acho muito.

          • Danilo

            Mas esse 20M/2 anos é justamente 10M por temporada mano, acho q vc se confundiu

  • Chimbinha

    que timinho de merda esse de Chicago, era menos feio ser varrido.Agora tô torcendo pra Boston estuprar nesses dois jogos

  • Chimbinha

    OFF :NBA fecha parceria com a Vivo para transmissão de jogos pelo celular
    O preço dos planos varia entre R$ 3,99, por semana no pacote básico, e R$ 19,99, por mês no pacote premium, com jogos, entrevistas, documentários e bastidores da NBA

    • Gustavo

      Show!

    • Diego Costa

      Ah, agora tá explicado o porquê de eu ter aberto o app da NBA, e ter aparecido o logo da Vivo…

  • The Brodie

    Thunder fez uma boa partida ontem,infelizmente parou na qualidade do bom elenco do Rockets.Ontem ficou bem claro que eles dependem muito menos do Harden do que parece.O barbudo fez uma partida bem abaixo do que ele costuma fazer, foi muito bem marcado pelo Roberson e mesmo assim…venceram.
    Infelizmente exploraram a fraqueza do Dre:lance-livre. O Rockets abriu uma vantagem em cima disso.
    O banco do Rockets é coisa de outro mundo.Os caras fizeram 64 pts !Mais da metade da pontuação do time.Enquanto o do Thunder fez apenas 22.
    O Donovan precisa dar um jeito de aumentar em uns 2 minutos o tempo de quadra do Russ. O Plus Minus do time com ele fora ontem foi de quase -20.O banco mais um vez entregou uma vantagem confortável no mesmo período de sempre:final de terceiro quarto e início de quarto quarto.Isso tem sido fatal.
    No geral,Adams,Roberson e Westbrook fizeram uma grande partida.Oladipo também. Mas não foi o suficiente. Agora é tentar um milagre

    • cleberson23- KING JAMES GOAT ♛

      Vejo lebron (32 anos) jogando 45 minutos. Me espanta o West jogar só 39 minutos.
      É playoffs é tudo ou nada.

      • Diego Varjão

        Concordo. Descansar pra quê fi, é tudo ou nada. O cara colocou o West no banco faltando uns 2 minutos pro 3 quarto acabar e ainda deixou mais uns 4 minutos fora no último quarto. Só ai o Houston virou. E blz, o Roberson defende muito, mas ontem o aproveitamento tava triste, tirava ele e só colocava nos 2 minutos finais. É burrice demais

      • The Brodie

        Eu tb acho estranho.Tudo bem que ele fica cansado por jogar com mt intensidade,mas ele cansado ainda rende mais pro thunder do que deixar o time reserva tanto tempo. Mas parece que isso não vai mudar.

      • LeBron não precisa jogar na intensidade do Russ pra ser LeBron, mas o Russ precisa jogar daquele jeito sinistro, correndo, pegando rebote e tal pra poder ser o Russ! É por isso o número de minutos reduzidos em relação a LBJ, embora tenha menos idade.
        É notável o cansaço físico do West no 4/4

        • cleberson23- KING JAMES GOAT ♛

          Cara só a presença do West em quadra intimida a marcação e o time adversário. Ele não precisa jogar jogar 45 minutos em alta intensidade (precisa dosar isso melhor), contudo precisa estar em quadra (É só o olhar o +/- dele).

  • Seldon

    Rockets me parece o único time que melhorou algo em relação a regular, ontem só achei o Harden muito avoado, só que ontem Nenê estava demais e foi o cara. Espero que eles fechem na próxima.

    A volta de Gobert me surpreendeu, não vi o jogo, mas se ele está em condições, Clippers está com sérios problemas.

    • Gabriel S Monteiro

      Harden jogou com dor no tornozelo, dava pra ver que não estava 100%

  • felipe fernando Oliveira

    Incrível a forma que Nenê engoliu Adams e Taj. Pacers pra é um time amaldiçoado, quando o FP do time tá bem a equipe vai mal quando time tá bem o FP tá mal. Rondo mostrando como ele faz falta a esse time dos Bulls. OKC agora é esperar a FA e dar sorte de draftar um cara bom

  • Donald Trump
  • Thiago26-NBA

    Oladipo sendo um lixo, com sempre. West, você é o FP, MAS LARGA A BOLA pô.
    Essa série do Jazz com Clippers vai longe.

    Nenêêêêêêêêêêêêê. Homão.
    Na FA precisa pegar o agente do Parsons ou do Mosgov.

  • IThomas

    Isaiah Thomas:
    “Ninguém pode me marcar e eu sei o que eu posso dar. Meus companheiros e meu treinador me colocaram na posição de alcançar o sucesso. Não importa o que as outras equipes fazem, porque Brad (Stevens) me colocou na posição onde eu possa ser o melhor jogador possível e os meus colegas me apoiarem “.

    Que homem.

  • felipe fernando Oliveira

    Se Donovan quiser virar essa seria o quinteto titular deve ser, Westbrook, Oladipo, MC Dermont, Grant e Dakari Johnson. (que venham as críticas)

  • Donald Trump
  • Rafael Victor

    Essa temporada o que o Bulls entregou de jogos não foi brincadeira, não seria agora nos Playoffs que não iriam entregar a vantagem que tinham obtido! Muita incompetência, não ganhar pelo menos um jogo em casa!

    Partida PERFEITA do Nenê, agora só milagre pro OKC!

    Hayward parece ser o único FP que não é imprescindível pra sua equipe, ontem o Johnson conduziu o Jazz com maestria! E aquele final com ele, Hood e Ingles acertando os arremessos que viraram o placar e conseguiram a vitória, foi sensacional!

    • Alex Alves

      Gosto muito do Hayward mas não acho que já seja um FP, claro que é o melhor jogador do elenco e um ótimo jogador mas falta um pouco ainda. Claro que pode se tornar esse jogador nesse offs com atuações monstruosas, mas para eu ainda não é.

    • Guilherme Petros

      Segundo jogo da série vencido pelo Jazz. Segundo que JJ foi decisivo. Mr. Clutch não dá arrego…

  • Nenê é o cara em Houston! Grande atuação do brasileiro…

    Hood e Joe Johnson matando o jogo contra o Clippers

    Celtics melhorando e se encaixando em quadra, gostei das alterações que o Stevens fez na rotação dos verdes, Gerald Green fez boa partida…

    • Gabriel S Monteiro

      Green fez mais uma boa partida, IT parece que voltou a série, o que é muuuito importante.

      Joe Johnson fez uma bela partida ontem!

      Nenê vem pro Celtão! haha

  • Bruno Carvalho Costa
  • Fernando

    Esse ano é título! 4 a zero em todos os jogos! Eu acredito! Go Cavs!

  • Banco do Rockets rindo do Andre Roberson errando lance livre, hahaha.

    href=”https://twitter.com/World_Wide_Wob/status/856266560587149312″>23 de abril de 2017

    • Rogerio Pontes #cavs

      Que vacilo cara, mas é do jogo. Serve de motivação pra ele.

  • Evandro

    Em pensar que o Nenê estava disponível para receber contrato mínimo no início da temporada e o Cavs precisando urgentemente de um Center e optou pelo bichado e limitado Anderson !! As coisas teriam sido bem mais tranquilas na rotação com o aro mais protegido além da economia de 5 tentativas de contratos que não deram em nada !!
    Andersen, Wiggis, Bogut, Sanders e agora este pivô de cabo verde que possivelmente nem deva ser aproveitado !! O GM do Cavs faz muita burrada que é ofuscada por LJ levar o time aos resultados positivos ! Até reconheço que o Bogut foi um azar, mas tratando de do Bogut era um azar esperado !!

    • Alex Alves

      Cara se for pensar assim os GMS do Celtics, Golden State, Spurs, Cavs todos foram burros pois todos times necessitam de um bom Pivo.

    • Paulo Henrique

      Nene tbm não era uma certeza, vinha de muitas lesões

  • Asf 152

    Alguém sabe se o Harden ontem estava sentindo algum incomodo?

    • Uncle Drew #DefendTheLand

      Lesão no tornozelo. Ele parece q torceu o tornozelo no Jogo 3 da série.

  • Felipe Mendonça

    Joe Johnson é o melhor jogador em ISO da liga, incrível. Imparável ontem.

  • Pablo Leite

    A série entre Jazz e Clippers deveria se chamar Série da Canela Quebrada. Primeiro, Gobert, depois Griffin, ontem, Hayward estava com diarreia. Quem será a próxima vítima? Outra grande partida de Joe Johnson, que, quando Hayward some, parece suprir muito bem a ausência do ala. As duas vitórias do Jazz podem ser atribuídas a atuações extraordinárias do veterano na série.

  • Guilherme Petros

    Primeira vez que eu vejo um hack ser feito em um jogador da posição 2 e DAR CERTO. Roberson marca mesmo muito bem, por isso tem contrato, pq ele é muito ruim em todo resto.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados