logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 25 abr 2017 às 22:10
“Nós temos muita sorte por ter Labissiere”, celebra GM do Kings

Pivô novato foi um dos destaques da equipe de Sacramento no fim da temporada

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

A reta final da temporada do Sacramento Kings marcou o início da trajetória de Skal Labissiere na NBA. Depois de atuar em somente oito partidas e menos de 60 minutos até antes do Jogo das Estrelas, o calouro participou dos últimos 25 jogos da campanha e chamou a atenção com algumas ótimas atuações. O gerente-geral Vlade Divac acredita ter achado um steal com a 28ª escolha do draft passado.

“Skal pode ser muito especial. Ele tem altura, tamanho e capacidade técnica. Mas, acima de tudo, trata-se de um garoto de ótima índole. Nós temos muita sorte por tê-lo em Sacramento”, comemorou o ex-pivô, em entrevista ao jornal Sacramento Bee. A ascensão do jogador de 21 anos coincidiu com outra decisão do executivo: negociar o astro DeMarcus Cousins com o New Orleans Pelicans.

Labissiere teve médias de 10.8 pontos e 6.0 rebotes em 22.4 minutos de ação nas 25 partidas derradeiras da temporada. Uma performance que saltou aos olhos do colega Garrett Temple. “Skal parece bem humilde e quieto, mas, quando entra em quadra, torna-se um cara bem diferente. Ele ataca rebotes, tem imenso talento e gosta de ser treinado. Ele quer ser um grande jogador”, elogiou o reserva.

  • LucsHeat

    Talento tem, não por menos foi cotado a ser top 5-10 antes da temporada da NCAA. Apesar de no final ter saido no final da rodada, se ele for um steal não sera surpresa nenhuma.

    • Alan Moura

      ele foi cotado pra ser top 10, teve algum motivo em especial para os times deixarem ele passar ate a escolha 28?

      • John Stockton

        O motivo foi ele ter feito uma temporada no basquete universitário muito fraca e acabou essa temporada com médias muito fracas , tanto em pontos quanto em rebotes . A ideia com que os times ficaram dele foi que ele ainda era muito cru para a NBA , alem de ter um corpo muito franzino para jogar no garrafão , dai ele ter caído tanto no draft . Mas talento todo mundo sabe que ele tinha , só que ainda precisava de muito tempo para desenvolver .

    • Raphael Juliani

      desculpem a ignorância, mas o que é um steal?

      • Pedro

        quando falam “steal” no draft, significa que um time encontrou um grande jogador com uma escolha baixa. Exemplos: Draymond Green, Ginobili, Tony Parker, Isaiah Thomas escolhidos no segundo round

        • Raphael Juliani

          Obrigado!

  • Gustavo

    “Mas, acima de tudo, trata-se de um garoto de ótima índole.”

    Acho que foi uma indireta para um certo primo… Só acho…

  • Neverminder

    O Skal que teve um azar danado de cair em Sacramento…Hahahaha

    • John Stockton

      Ainda é mais azar porque ele foi escolhido na posição 28 pelo time mais bagunçado da liga e na posição 29 tava o Spurs que é o mais organizado da liga e quem sabe poderia ter pego ele se o Kings não paga-se antes . Era só ter caído uma posiçao no draft para passar do pior para o melhor time . Azar .

      • Neverminder

        O cara deve se remoer de raiva se parar para pensar nisso….hahaha
        Ainda mais sendo treinado pelo Pop, com o Gasol e Aldridge de mentores

        ao invés da casa da Mãe Joana que ele caiu

        • John Stockton

          Apesar de agente nunca saber se o Spurs iria ou não draftar ele . Mas aposto que ele já deve ter pensado várias vezes nessa possibilidade . Afinal quem quer ser draftado pelo Kings ao invés do Spurs ?
          Só se o cara for mais maluco que o dono do Kings.

  • Realmente foi uma surpresa as perfomances que teve na reta final. Kings tá com uma rotação muito bacana e jovem de C’s com o Cauley Stein e o Labissiere, além de ter o Hield.

    Hoje já começo a achar que quem perdeu na negociação foi o Orleans, principalmente se o Cousins não renovar.

    • Guilherme Petros

      Se o Cousins não renovar, o Pelicans não ganhou NADA com essa troca. O Kings, por sua vez, ganhou muito sem o Boogie por lá. Que doido, no fim, a troca mais bizarra da temporada pode acabar sendo melhor pra Sacramento que pra New Orleans mesmo… hehehe

      • Se renovar, acho que dá pra dizer que Orleans ganhou (ao menos no momento), mas se não renovar…dará até pena.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados