logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 26 abr 2017 às 16:23
Quatro brasileiros estão na lista de pré-inscritos no draft 2017

Armador Georginho de Paula é quem tem maiores chances de ser selecionado no recrutamento

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

O basquete brasileiro possui quatro representantes na lista de pré-inscritos do draft deste ano. A NBA anunciou a relação de 182 jogadores – sendo 137 universitários e 45 não-americanos – participantes das etapas iniciais do processo de recrutamento nesta terça-feira. Os atletas vão ter até 12 de julho para retirarem seus nomes da lista e manterem suas elegibilidades para futuras edições.

O destaque entre os brasileiros é o armador Georginho de Paula, do Paulistano. O jovem de 20 anos já esteve pré-inscrito no draft do ano passado e, agora, volta ao processo credenciado por uma temporada elogiada no NBB. Ele é o segundo maior pontuador do clube paulista no campeonato nacional, que está na fase quartas-de-final, e foi escolhido para o Jogo das Estrelas deste ano.

Assim como Georginho, os outros três brasileiros pré-inscritos também estão em atividade no NBB: o ala-armador Wesley “Mogi” (Paulistano), o ala Aquiles Ferreira e o pivô Lucas Cauê (ambos do Pinheiros). O armador é considerado uma provável escolha de segunda rodada no draft de 2017, enquanto os outros prospectos ainda não têm projeção clara de recrutamento.

O draft deste ano acontecerá no dia 22 de junho.

  • Fernando

    Vem mais vexame por ai. Vai Brasil!!!

  • Thiago Tecachuk

    Venho de uma boa temporada e com bons números, provavelmente vai ser escolhido na segunda rodada!

  • Vitor Martins

    Lucas Cauê e Aquiles se inscreveram mais pra colocar o nome no radar, acho que devem retirar logo, são bem jovens (18 anos). Os melhores jogadores dessa geração são o Uchendu do bauru (que é mais cru que o frango do pf aqui da esquina, mas tem um potencial pra ser um grande reboteiro), e o Jaú também do Bauru que tá tendo destaque e jogando muito bem nos playoffs agora. Eles foram os dois melhores jogadores da copa américa que classificou o Brasil pro mundial sub-19 desse ano (se o veto da FIBA cair). Aquiles e L.Cauê não se destacaram tanto, eu lembro de ter visto um ala bem atlético na copa américa, acho que era o Aquiles, mas ele não tinha muito tempo de quadra. Lucas Cauê cresceu na competição, principalmente depois que o Jaú se machucou, mas não tem tempo nenhum de quadra nos profissionais do Pinheiros. Tem dois jogadores que também deve jogar o sub-19 que não estavam na copa américa mas que tem muito potencial, Pedro Nunes (um armador mais novo, acho que tem uns 17, mas que já joga/treina com os profissionais na Espanha), e o Felipe dos Anjos (que o melhor jogador brasileiro dessa geração, embora seja um pivô enorme numa época que se cada vez mais se joga com pivos “diferentes”). Mas esses dois eu nunca vi em quadra, não sei o que esperar.

    Georginho já é um bom jogador, se vai se tornar jogador de NBA eu não sei. Ele tem um atletismo muito bom, mas o arremesso dele é bisonho. Se alguma franquia estiver interessado em trabalhar pode dar um resultado interessante. O melhor pra ele seria ser escolhido pelo Nets no fim da segunda rodada. Dariam tempo e atenção, já que eles só tem escolhas ruins, e nenhuma pressão pra ele em quadra. Mogi é titular do Paulistano pq o Gustavinho é um técnico que gosta de trabalhar jovens (diferentemente de todos os outros técnicos do NBB), mas acaba não jogando muito, se manter o nome eu acho que não tem muita chance. Lucas Dias fez 22, tá inscrito automaticamente, mas acho que o melhor pra ele é arranjar um bom time na Europa, cresceria e acho que seu jogo se encaixa mais lá.

    No Brasil é complicado, um veterano faz um monte de merda e o técnico deixa ele em quadra, um garoto mete 20 pontos num jogo e no próximo comete uma bobagem e não pisa mais em quadra por 3 jogos. Difícil. Na idade deles Leandrinho já era um dos 3 melhores jogadores do país (embora o nível técnico tenha aumentado muito com o NBB). Seria muito surpreendente se eles tiverem carreiras tão boas quanto Leandrinho (e Nêne, Varejão, Splitter). Acho que levará uns bons anos até surgir alguém realmente relevante em nível de NBA, pena.

    • Luiz

      Tem essa matéria do bala, falando do Pedro Nunes: http://balanacesta.blogosfera.uol.com.br/2017/01/10/conheca-pedro-nunes-brasileiro-de-16-anos-que-ja-brilha-na-espanha/

      Ele vai fazer 17 Ainda e já tem 2m de altura, ele é um armador que foge à “regra” de armadores brasileiros, que costumam ser mais playmakers. Além do que tem boa envergadura, o que credencia que sendo treinado pelo cara certo, tem potencial pra ser um bom defensor também.

    • Bruno Araujo

      Parabéns pelo texto, muito esclarecedor. Vou ficar na torcida para o Georginho ir para o Meta. O Caboclo ter ido para o Raptors foi bem ruim.

      • Vitor Martins

        Pois é. O que se diz em Toronto é que ele praticamente não evoluiu, é mesmo jogador que eles draftaram 3 anos atrás. Acho que se ele caísse num time pior, sem pretensão de playoff, talvez ganhasse tempo de quadra e evoluísse mais, uma pena. Não sei o que será da carreira dele.

        • Bruno Araujo

          Pois é, lembrei dele quando você citou o time do Nets. Faz muito sentido mesmo, esse time do Raptors já é bem competitivo, exige-se produtividade o quanto antes e isso é ruim para um garoto, ainda mais estrangeiro, tem toda uma adaptação. Uma pena

    • PAULO ROCHA

      Realmente suas palavras sobre o Gustavinho são verdadeiras, ele não só gosta de trabalhar com jovens jogadores, como desenvolve muito bem eles. Vou a quase todos os jogos do Paulistano aqui em SP – e recomendo a quem more por aqui que faça o mesmo! – e dá gosto de ver o trabalho dele, sempre falando com os jogadores e explicando a eles o que devem fazer em quadra.
      Com relação ao Georginho, ele evoluiu muito mesmo e deve isso ao Gustavo. Ele tem um potencial fisico enorme e melhorou sua defesa e até os seus arremessos – que não são mais bisonhos. Pode pintar no Nets mesmo – o Fabricio Oberto esteve em alguns jogos do Paulistano no começo do ano para observa-lo.
      O Lucas Dias foi outro que evoluiu tambem desde que chegou ao Paulistano, principalmente na defesa e tem jogado mais como ala. Acho dificil que seja selecionado, e seria legal isso que vc falou mesmo -Europa e depois, quem sabe, NBA.
      Já o Mogi é um bom jogador, mas tem o teto mais baixo que os outros, e não deve ser selecionado tambem. Só que pode se firmar mais por aqui mesmo.

    • Igor

      “Se o veto da FIBA cair” vc sabe se tem algum prazo pra ter uma definição dessa situação? Acompanhei a Copa América e fiquei muito feliz pelo Brasil, acho que foi apenas a terceira vez que nos classificamos pra um Mundial Sub-19 masculino, e o Brasil ainda eliminou a Argentina, que tinha dado uma surra na gente no Sul-Americano sub17 (o melhor jogador deles, que é espetacular, não jogou na Copa America sub18). O Brasil foi pra essa Copa América sem ter uma convocação oficial, por isso que a maioria era do Pinheiros, que apesar de ser a melhor base do país, existem muitos outros grandes valores em outros clubes. Infelizmente a cbb nao merece essa boa geração de 98, queria muito que eles fossem pro Mundial desse ano, otimos garotos nao puderam ir ano passado por terem sidoforçados a levar a maioria de Sao Paulo (Tiago Zibecchi, que era do Flamengo e ta no palmeiras agora é um bom exemplo)

      • Vitor Martins

        Cara, não sei quando vai ser isso. O novo presidente estava se reunindo com os caras da FIBA, mas acho que só daqui alguns meses. Tomara que dê pra jogar o mundial. Foi bem legal acompanhar o a copa América pq teve transmissão on-line, realmente era uma seleção “nas coxas”, com uns 8 jogadores do pinheiros. Levo bastante fé em termos econômicos e morais nesse nova gestão da CBB, mas nenhum em termos técnicos. Eles aparentam ter ideias muito mais ultrapassadas do que as gestão anterior. É muito provável que o péssimo Guerrinha seja o novo técnico da seleção. Seria muito legal ver uma verdadeira seleção sub-19 (com Felipe dos Anjos e Pedro Nunes, mas os melhores da copa-américa, mas os outros que não puderam estar presente), mas não tenho nenhuma fé de como será essa preparação e nem quem será o comandante responsável. Se Guerrinha for o da principal, imagino que infelizmente na base vira coisa pior.

  • Dudu Ferrero

    Georginho nao é um que o tecnico falou que seria o novo Magic Johnson e que poderiam cobrar ele depois?

    • Vitor Martins

      Foi o Marcel que falou, e ele estava se referindo ao tipo de jogador que ele vai se tornar, fazendo um pouco de tudo em quadra. Não precisa desvirtuar a declaração.

  • Zack Batista

    Georginho de Paula – Vídeo postado anteontem no youtube

    Acredito que será selecionado. Bom potencial.

    Bulls, peguem o garoto!!! Só tem pereba, reserva, pra dar descanso ao Rondo. Seria uma boa pra segunda rodada, precisamos de pgs no elenco e mandar essa galera embora q está hj. Manter somente o Rajon.

    https://www.youtube.com/watch?v=IpIvOY9P4dY

    • Fábio R.

      Nets deve pegar primeiro.

  • Lucas

    Se ele se escreveu deve ter promessa de algum clube ou algo que acene a possibilidade

    • Fábio R.

      Nets. Tinha gente da franquia observando ele aqui no Brasil.

  • Jadson Ramos

    Tem um armador no NBB, o Alexey, do time de Franca. Vejo potencial nele para fazer parte da NBA. Sabem dizer se ele já participou de algum draft anteriormente ?

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados