logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 26 abr 2017 às 00:01
Joe Johnson decide novamente e Jazz lidera série contra Clippers

Rodada também contou com classificação de Rockets sobre Thunder, e vitória do Spurs sobre Grizzlies

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Michel Zelazny

(3) Utah Jazz 96 x 92 Los Angeles Clippers (2)

Com o confronto voltando a Los Angeles para o jogo 5, o Clippers enfrentou o Utah Jazz no Staples Center, e começou melhor. Bem na defesa e consistente no ataque, os mandantes conseguiram abrir uma precoce liderança de 7 a 1, mas não tardou para os visitantes obterem a liderança, após dez pontos seguidos sem resposta do Clippers. A partir disso, o equilíbrio tomou conta do jogo, com nenhuma equipe obtendo uma liderança maior que quatro pontos. Na parte final do período, contudo, o Clippers se acertou, e com cesta de três pontos de Paul Pierce, fechou o primeiro quarto com vantagem de 21 a 19.

No começo do segundo quarto, ambas as equipes voltaram a apresentar dificuldades no setor ofensivo. Quem teve algum destaque foi o brasileiro Raul Neto, que participou diretamente das duas únicas cestas do Jazz enquanto esteve em quadra. Como esperado, os pivôs DeAndre Jordan e Rudy Gobert travavam excelente duelo defensivo. Entretanto, Jordan cometeu sua terceira a três minutos do fim do primeiro tempo, e foi sacado pelo técnico Doc Rivers. O Jazz se aproveitou da ausência de Jordan para virar o marcador, fechando com vantagem parcial de 46 a 43.

O Clippers reagiu no terceiro período, com destaque para a dupla de armadores Chris Paul e JJ Redick. Os dois eram os principais responsáveis pelo ataque da equipe de Los Angeles, que apesar dos esforços, não conseguia retomar a liderança do marcador. Nos instantes finais do quarto, Joe Johnson apareceu bem para os visitantes, e a vantagem rapidamente cresceu para seis pontos após enterrada de Gordon Hayward no estouro do cronômetro para dar um ponto final ao terceiro período.

O período final começou com os times alternando boas sequências. Quem começou melhor foi o Jazz, que estendeu a vantagem para 11 pontos após cesta de três de Rodney Hood. Quem comandou a reação do Clippers foi Chris Paul, que fez dois arremessos de três seguidos para empatar o jogo em 69 pontos para cada. Os visitantes de Utah responderam na mesma moeda, convertendo oito pontos sem resposta do adversário. A partir de então, as equipes voltaram a trocar cestas, e o Clippers foi gradativamente diminuindo a diferença, que chegou a três pontos após bandeja de Redick a menos de um minuto para o fim do jogo. Com três pontos de frente e menos de vinte segundos para o fim da partida, Joe Johnson pôs um ponto final à partida em mais um arremesso certeiro do ala-armador em momento decisivo.

Com a vitória, o Jazz volta a roubar o mando de quadra, e voltará para Salt Lake City para tentar fechar a série no jogo 6. Ao Clippers, resta vencer as duas partidas restantes para evitar mais uma eliminação precoce em playoffs.

Destaques

Utah

Gordon Hayward: 27 pontos, oito rebotes e quatro assistências
Rodney Hood: 16 pontos e cinco rebotes
Joe Johnson: 14 pontos e oito rebotes
George Hill: 12 pontos, cinco rebotes e sete assistências
Rudy Gobert: 11 pontos, 11 rebotes e cinco roubadas de bola
Boris Diaw: dez pontos

Los Angeles

Chris Paul: 28 pontos, quatro rebotes e nove assistências
JJ Redick: 26 pontos
DeAndre Jordan: 14 pontos e 12 rebotes


(2) Memphis Grizzlies 103 x 116 San Antonio Spurs (3)

No quinto jogo da série, o Grizzlies começou a partida melhor que nas duas outras partidas no Texas. A equipe chegou a abrir seis pontos de frente sobre os anfitriões, mas Manu Ginobili saiu do banco e tratou de fazer seis pontos seguidos para igualar o marcador. Talvez o momento mais inesperado do primeiro período foi com Kawhi Leonard errando um lance livre, seu primeiro na série, após mais de 30 acertos consecutivos. O quarto terminou empatado em 23 pontos.

No período seguinte, o Spurs tentava se desgarrar, mas o Grizzlies se mostrava firme e empenhado em não deixar isso acontecer. O momento de separação entre as equipes ocorreu na metade do quarto, quando a franquia texana encaixou três arremessos de três pontos seguidos em menos de noventa segundos. Com isso, os comandados de Gregg Popovich conseguiram manter uma liderança estável durante o restante do primeiro tempo, indo para os vestiários com uma vantagem de seis pontos.

Na volta do intervalo, o Spurs dilatou ainda mais a vantagem, e após cesta de Tony Parker, David Fizdale chamou tempo para tentar organizar a casa. O resultado não foi dos melhores, e após bandeja com lance livre de bonificação de Patty Mills, a diferença chegou a 17, a maior do jogo até então. A situação melhorou sensivelmente nos minutos finais do período, com destaque para Mike Conley, que fez expressivos 12 pontos em cerca de três minutos. Com a boa atuação do armador, o Grizzlies se viu com uma desvantagem de 11 pontos indo para o quarto final.

No período derradeiro, a boa sequência de Conley parece ter animado os visitantes, que pareciam animados e confiantes na possibilidade roubar o mando de quadra do adversário. Após cesta de Vince Carter, a diferença era de apenas quatro pontos, e a torcida de San Antonio parecia preocupada com a chance do adversário virar o marcador. A partir daquele instante, contudo, o Spurs se reencontrou em quadra. No momento que a equipe mais precisava, Leonard e Mills encaixaram bons arremessos, e a equipe se viu novamente liderando por mais de dez pontos. O golpe foi fatal para a equipe de Memphis, que não conseguiu se recuperar e agora se vê na necessidade de ganhar os dois jogos finais do confronto para avançar na série.

Destaques

Memphis

Mike Conley: 26 pontos, seis assistências e quatro roubadas de bola
Marc Gasol: 17 pontos, cinco rebotes e sete assistências
James Ennis III: 11 pontos
JaMychal Green: 11 pontos
Vince Carter: dez pontos e cinco rebotes

San Antonio

Kawhi Leonard: 28 pontos e seis assistências
Patty Mills: 20 pontos
Tony Parker: 16 pontos e seis assistências
LaMarcus Aldridge: 12 pontos e nove rebotes
David Lee: 11 pontos e oito rebotes
Manu Ginobili: dez pontos e três roubadas de bola


(1) Oklahoma City Thunder 99 x 105 Houston Rockets (4)

No jogo 5 da série entre Oklahoma City Thunder e Houston Rockets, quem se deu melhor foram os mandantes, que contaram com grande atuação de James Harden para fechar a série em 4 jogos a 1.

O jogo começou bem equilibrado nos minutos iniciais, mas Westbrook tratou de fazer cinco rápidos pontos para dilatar a vantagem do Thunder e forçar tempo técnico do Rockets. Depois disso, a rotação reserva do Rockets entrou, e com ela entrou Nenê. O brasileiro, talvez o principal nome do Rockets no jogo 4, teve um bom começo na partida, mas o Thunder fechou bem o período, com vantagem parcial de 22 a 16.

Como vem acontecendo ao longo da série, o Thunder novamente sofreu sem Westbrook em quadra. Em questão de alguns minutos, os mandantes desfizeram a vantagem, com destaque para Lou Williams. A reação forçou o técnico Billy Donovan a recolocar o principal jogador da equipe de Oklahoma de volta à ação. Com ele, o time voltou a pontuar, e o jogo manteve-se equilibrado por toda a extensão do período. Nos minutos finais, contudo, James Harden, até então discreto no jogo, apareceu bem e contribuiu para criar uma liderança de sete pontos para os anfitriões no intervalo.

Se o Rockets reagiu no segundo período, o terceiro quarto foi dominado pelo Thunder. Apesar do Rockets começar ligeiramente melhor, Westbrook comandou o show e rapidamente a diferença cair, até Steven Adams converter o arremesso da virada, levando o técnico Mike D’Antoni a chamar mais um tempo. Westbrook fechou o período com 20 pontos, e, de repente, as perspectivas de um jogo 6 em seus domínios pareciam extremamente animadoras para os torcedores do Thunder, enquanto que o Rockets torcia por mais uma reação da equipe, que por diversas vezes no confronto, se viu atrás no marcador e soube reverter a diferença.

Novamente, Westbrook tirou um leve descanso, e em menos de três minutos, o Rockets marcou dez pontos a mais que seu oponente, virando novamente o marcador. Com o retorno do armador, o equilíbrio do jogo retornou, mas o nível de intensidade do camisa 0 trouxe problemas para o Thunder: a cinco minutos do fim, Westbrook fez falta em Nenê, a sua quinta, e precisou ser extremamente cauteloso no setor defensivo pelo restante do jogo. Harden se aproveitou e a vantagem chegou a nove com menos de quatro minutos restantes. A diferença foi muito grande para o Thunder reagir, e o torcedor do Rockets pode comemorar a classificação para as semi-finais da Conferência Oeste. Agora, a equipe de Houston aguarda o vencedor do confronto entre San Antonio Spurs e Memphis Grizzlies.

Destaques

Oklahoma City

Russell Westbrook: 47 pontos, 11 rebotes, nove assistências e sete desperdícios de posse
Jerami Grant: 11 pontos e cinco rebotes
Taj Gibson: dez pontos e oito rebotes
Victor Oladipo: dez pontos e seis rebotes

Houston

James Harden: 34 pontos, oito rebotes e quatro assistências
Lou Williams: 22 pontos e cinco rebotes
Patrick Beverley: 15 pontos e oito rebotes
Nene: 14 pontos e sete rebotes

 

 

  • Vitor Soares Pereira

    Perdendo a série por 4-1 e com plus minuts positivo. Média de triplo duplo e mais de 30 pontos na temporada e na série. Assistindo seu time tomar 14-4 em 3 minutos de descanso. Lutando contra Houston e contra o próprio time, time com um ala que chuta menos de 20% da linha de lance livre, time que NÃO tem outra opção confiável na pontuação, time que definitivamente poderia ter a primeira escolha do draft sem seu líder. E ainda assim sem dizer uma crítica aos seus companheiros, técnicos, dirigentes e a todos aqueles que deveriam lhe ajudar. Houston sai com a vaga nas semifinais de conferência, mas Russell Westbrook sai com uma vaga garantida no lar das lendas do basquete. Parabéns, MVP.

    • Claudio R.

      não é ainda nem top 100 de todos os tempos… tem muito a fazer ainda… não é uma temporada de alto nivel que já é pra endeusar o cara tbm nao…. pessoal é muito imediatista.. calma cara.. será hall da fama? certeza, mas entre as lendas? ainda não.

      • Felipe Monteiro

        Ai eu discordo de ti, meu caro Claudio. O simples fato de terminar a temporada com média de TD e ter batido o recorde do Big O em números de TD numa mesma temporada, apenas por isso, Westbrook será uma lenda do basquete, no mínimo, tal qual foi Oscar Robertson…

        • Claudio R.

          Mas foi o q eu falei.. eu tbm acho q SERÁ, se continuar nesse nível por mais temporadas, mas ainda não é… A uma temporada atrás não era nem msm o melhor jogador do seu time… temos que ter calma nesse imediatismo todo… pessoal falava que Derrick Rose seria o maior armador de todos os tempos, seria lenda e tal, vimos que talvez nem Hall da fama seja
          … então muita calma nessa hora.

  • Hmmm #BC
    • DN

      bev monstro ,falo td ,assim eh facil

  • DN

    esses fans modinhas do westbrooks sao muito chato,o cara ja teve um timaço e nao ganho nd ,para de usar essa desculpa,perdeu perdeu,faz parte

    • felipe fernando Oliveira

      Esperando pra ver quem será o próximo integrante da paneleira LeBron

      • Andre T.

        vou te dizer uma coisa, sem panela, sem título.

  • The Brodie

    Deu o que se esperava da série,não vai adiantar ficar reclamando aqui. Agora é trabalhar pra melhorar o time pra próxima temporada.Era o elenco com a menor media de idade em termos de rotação dos playoffs, pra muitos deles era o primeiro playoff da carreira,fora as limitações do time que todos já conhecem. A temporada acabou e não vou mais ficar xingando os caras,só espero que eles tenham dado o máximo de cada um deles.
    Westbrook fez um excelente trabalho,merece curtir a família e o filho que está pra nascer.
    E a diretoria,que inicie os trabalhos!

  • Álvaro S.R.

    Esperei o fim da série para comentar sobre, tudo aconteceu como o esperado e o Rockets passou.

    Comentei na postagem da rodada e vou repetir aqui, me sinto ofendido quando vejo alguém falar que o time do OKC é equivalente ao time do Rockets, sim, foi um time montado com muitos jogadores que estavam desacreditados, porém qual deles é de fato ruim? Comparando com o time do OKC com exceção ao duelo Harden X Westbrook que se equivalem, os outros são todos melhores e mais experientes que os do OKC, em 3 minutos que Westbrook descansou no último quarto o time levou incríveis 14-4 e levou a virada, que nunca mais conseguiu recuperar.

    Oladipo passou vergonha, é aquele cara que tem talento mas que não tem consistência alguma, que deveria ser um bom defensor, mas nem isso conseguiu

    Roberson, acho que nunca vi um jogador de perímetro tão ruim na linha de lance livre, nunca vou entender como que ele acerta bola de 3 mas não consegue acertar um FT. Precisa urgente treinar arremesso.

    Adams, precisa voltar a ser aquele jogador da pós temporada passada, que brigava o tempo todo em baixo da cesta.

    Por último Westbrook, é extraordinário não precisa provar mais nada a ninguém, fez um temporada brilhante. Mas por favor, treina a porra do arremesso de 3 ou para de arremessar e parte para infiltração, um cara que não tem como especialidade a bola de longa distância chutar 18 vezes para 3 é inaceitável.

    Para próxima temporada espero que venham reforços, jogadores com mais experiência e que venham para contribuir, assim como Taj Gibson que chegou e se encaixou bem na equipe.

    • The Brodie

      Pois é,Álvaro. Esses 3 minutos se repetiram a série toda.Talvez tivesse valido mais a pena ter deixado ele 3 minutos a mais em quadra durante a série,porque a derrota veio justamente nesse período.Mesmo cansado,talvez tivesse valido a pena por o Russ esses minutos,ele faz toda diferença em quadra.

      • Álvaro S.R.

        O Yan Alves postou ali em cima, levaram 27-9 em 6 minutos que o Westbrook não esteve em quadra na partida. Se levantarmos a mesma estatística nos outros jogos da série muito provavelmente os números vão ser quase os mesmos.

        • The Brodie

          eu tenho os números da série inteira

          Westbrook on court: + 15
          Westbrook off court : – 58

          • caraca, chega a doer os olhos (heat fan aqui)

          • ADL

            E ele vai assinar contrato máximo com o Thunder. Se não conseguirem outro jogador decente, vai ser a afirmacao de west ser o proxino carmelo.

          • Guilherme Petros

            mano, esses numeros são BIZARROS!!

    • Vitor Martins

      Falar hoje que o elenco do Rockets é melhor do OKC é falar o óbvio, acho que o ponto não é esse. O que aconteceu foi diferença de planejamento. No início da temporada os elencos, as análises, eram bem parecidas: times que iriam brigar para se classificar sem mando de quadra no Oeste. O que aconteceu é que o Rockets tinha um plano, uma ideia, uma filosofia, que passava desde os caras que coletam estatística até o D’Antoni. E isso deu certo. Esse Rockets é o espelho do Suns dele. Ataque centrado num armador que também tem a capacidade de definição, muitos chutadores em quadra, rotação pequena mas com todos os jogadores se sentindo importante, ataque alucinante… Esse time não era, se tornou muito bom. Falar agora, justificar a derreta, pela qualidade do elenco é o óbvio, mas como isso aconteceu? Com muito planejamento, com filosofia. OKC não teve isso. Jogou a temporada inteira para o West (não to criticando isso, eles fizeram o que acharam que ia dar mais vitórias), até mesmo pq não tinham a menor planejamento, foram deixados pelo Durant. Mas é impressionante como o Rockets melhorou em termos de elenco desde o início da temporada e como o Thunder piorou (Westbrook MVP, a parte), a troca do Ibaka foi comemorada e traria um jogador com potencial de all-star, Steven Adams era um promissor pivô, Kanter melhor sexto homem da liga…

      • Álvaro S.R.

        Falei sobre a diferença dos elencos porque muita gente tenta justificar o MVP para o Harden com o argumento de que os dois elencos são iguais, o que beira o absurdo, para mim ele levará o prêmio, mas seu time é claramente superior ao do Westbrook. Quanto a questão do planejamento, é obvio que o Rockets tem um planejamento melhor, o time é muito mais organizado e os coadjuvantes de Harden mais qualificados na hora de matar seus arremessos.

        Quanto as analises que colocaram esses elencos como parecidos no inicio da temporada, nunca concordei, como eu disse, os jogadores do Houston estavam desacreditados, porém, jamais foram jogadores ruins. Enquanto no Thunder jogadores medianos para ruins eram mascarados pelo talento de Durant e Westbrook, com a saída do primeiro a falta de qualidade de certas peças do elenco ficou evidente, da mesma forma que Westbrook aumentou sua produção. Abraço Vitor!

  • Yan Alves #Suns

    Sem muito a comentar, apenas postarei isso:

    https://twitter.com/ESPNStatsInfo/status/857068087836803072

  • Bruno Carvalho Costa

    Utah Jazz foi perfeito hoje, se parar pra olhar o box-score você vê o tanto de opções que temos, é um elenco muito profundo no quesito de opções e quando mais precisamos sempre elas aparecem, como Hood , JJ e Hill nesses ultimos minutos de jogo

    • Yan Alves #Suns

      JJ nem precisamos falar nada.. esse aí já nasceu Clutch!!!

      Mas me surpreendeu tbm a boa partida do DPOY vulgo Gobert, 11 pts, 11 reb e 5 Steals! ainda tenho que ler que ele só protege aro! hahahaha

  • Rodrigo Siqueira

    se o Clippers não passar pelo Jazz pode ser o capitulo final de CP3 no Clippers

    • ADL

      Acho qie pro Groffin tb. Sem contar que algum time vai oferecer um contrato alto para o Redick, ou o Lebron leva ele pelo msm valor.

  • Albert Medeiros

    Vá descansar um pouco Westbrook, vc merece, esse Jazz tem sangue, diferente do Clippers

  • Hugo Thunder

    Westbrook foi extraordinário, mas com essa merda de time n vai chegar a lugar algum
    Preto vai ter que deixar k emocional de lado e fazer o melhor pra franquia!!!!!

  • Marcio

    Westbrook vai pro banco descansa e o time leva 14-4, e brincadeira.

  • DNT

    Incrível o que o West fez ontem, acho que ele deve ter participado de 2/3 dos pontos do time e ainda assim perde. Parace jogador do 2k.

  • felipe fernando Oliveira

    Será que Greg Pop aceita ser presidente de operações de OKC, e Ettore Messina ser o técnico. Billy Donovan é muito fraco.

    • DNT

      Acho que nenhuma das opções, nem o Pop nem o Messina saem dos Spurs.

      • felipe fernando Oliveira

        Cara Pop seria sonhar alto demais, falei mais na zuera, mas Messina pode ser realidade. Acho que vale a pena tentar

        • DNT

          Pode ser.

          • Alex Alves

            Acho que não, o Spurs já tem tudo planejado para daqui umas 2 ou 3 temporadas o Pop passar a tocha para o Messina.

          • felipe fernando Oliveira

            Acredito que seja isso mesmo, mas quem sabe ele queira voltar a ser técnico e com uma possibilidade de disputar títulos

  • Doug

    Bicho, vendo esse time de OKC jogar é espantoso pensar como West levou esse time aos offs…e na California, o homem que nao treme se apresentou d novo…

  • DNT

    E o pior de tudo, pior mesmo até do que a eliminção, foi o TD não ter acontecido. rsrsrsrs

    • Claudio R.

      kkkkkkkk

  • Norrin Radd

    Até o Michael Jordan precisou de um time pra ganhar um título da NBA.
    Não adianta ter um monstro e o resto de meia-bocas.
    O OKC já teve Durant, Harden, Ibaka, West e Sefolosha e hoje só sobrou o West. Aí não tem jeito, por melhor que seja o cara é um só e também erra, também cansa, sente a marcação , etc.
    O Rockets ficou só na manha. Sem desespero. Controlou bem os momentos ruins e passou.

  • Lucas

    Westbrook é um monstro mais faltou leitura de jogo no 3° quarto tudo caia e inclusive a de três porem ele não percebeu que no ultimo quarto ela parou de cair e estava na hora de passar ou infiltrar mais claro tem que somar a isso o cansaço dele.

  • Julio Zago

    Westbrook foi um monstro ontem, jogou demais, mas como todos aqui do site sabiam as limitações do elenco não permitiriam que o time avançasse nos offs. Mas não se esqueçam que não foi apenas a limitação do Thunder que causou a eliminação, o Rockets está muito bem acertado, jogando um basquete maduro e bem estruturado, mesmo quando estava atrás no placar o time transmitia a impressão de estar mais seguro no jogo do que o Thunder.
    Sobre Jazz x Clippers, o time de LA sentiu demais a perda do Griffin e esta é uma série muito parelha, acho difícil o Jazz perder dois jogos seguidos.

  • João Ninguém

    West vai ver os playoffs do sofá com seu MVP.

  • Alex Alves

    Agora é o Thunder descobrir o que quer para o futuro e tentar negociar Adams, Oladipo, Kanter e remontar a equipe, talvez investir em jogador em baixa como o Houston seja a solução.

    • Andre S

      Cara, acho q ninguém em baixa, em média, em alta estará interessado em ser figurante em um time q o objetivo do esquema tático é dar recordes de estatísticas para seu All-Star, desvalorizando o resto. O Thunder precisa de um treinador bom e q ”cuide da cabeça” de todos e monte um esquema em q todos se sintam importante.

      • felipe fernando Oliveira

        Esse cara é Ettore Messina…

        • Alex Alves

          O Ettore é o substituto do Pop em algumas temporadas não sai do Spurs de forma alguma.

          • felipe fernando Oliveira

            Quem sabe ele não queira ser técnico já

    • Abel

      Muito complicado… os contratos de Adams e Oladipo são muito altos para o que oferecem… ninguém vai querer… o do Kanter representa um bom custo-benefício, pode ter interessados… enfim, acho que o Thunder está amarrado nos próximos anos, com vários jogadores medianos comendo o cap

      • Alex Alves

        Nets aceitaria Oladipo tranquilamente, quanto a Adams mesmo sendo muito caro cairia bem em muitos times da liga que precisam ajustar o setor defensivo.

        • Guilherme Petros

          Nets não vai pras trocas, vai pra contratação, O time não tem nem jogadores e nem picks para oferecer. Só tem dinheiro, então é olho nos FA apenas.
          Oladipo jogaria em um monte de time, no Magic ele era até disputado. Adams e Kanter tbm. Eles são melhores do que estão pintando, mas temos que entender em qual sistema de jogo eles estão inseridos.

          • felipe fernando Oliveira

            Eles tem duas escolhas nesse draft

          • Guilherme Petros

            nenhuma relevante ou que valha alguem jogador como o Oladipo, né…

          • Alex Alves

            A first pick desse ano e ano que vem é do Celtics

          • felipe fernando Oliveira

            Ano que vem é do Celtics esse ano eles vão trocar a posição

          • Alex Alves

            Verdade mas o time fez uma base interessante esse ano, se o técnico e o GM acertar uns 3 jogadores interessantes o time pode ficar entre 10° a 8° no Leste.

        • felipe fernando Oliveira

          Nets tem duas escolhas esse draft. A deles é mais uma que ganharão acho que de Portland.

  • felipe fernando Oliveira

    Não apenas em seu roster que OKC tem problemas, seu corpo técnico é muito fraco. Acho que vale a pena reformular tudo em torno de Westbrook. Pra mim os que devem ficar, Grant, Abrines, Taj, Mc Dermont e Sabonis. Pressti poderia tentar mesmo Ettore Messina como head coach. Teremos uma classe de jovens muito profunda, poderia tentar pelo menos uma escolha top 10 e mais Um abaixo da 15, Jordan Bell, Caleb Swan, Dillon Brooks, Nigel Willians, Dwyane Bacon, OG Anunoby, Jaron Blossom, Isac Haas, Alec Peters, VJ Beachem, Marko Guduric, Jonahn Bolden, Cam Oliver, Justin Jackson, Sindarius Thorn são alguns jogadores que serão escolhidos no fim da primeira rodada ou talvez nem escolhidos serão que podem ser testados e que tem muito potencial pra serem ótimos jogadores. Oladipo, Adams, Singler, Kanter e Collison devem ser envolvidos nessas trocas. Na FA mesmo sendo difícil tentaria trazer Gordon Hay, 1000sap ou Blake (apesar que sou cético devido histórico de lesões). Tem na D’LEAGUE o Dakari Johnson que mostra ser um bom C e pode compor a equipe.

  • D-WADE

    So eu que acho que o John Wall seria uma luva pros Spurs no lugar do Parker? Imagina esse cara nas Maos do Pop!

    • Mathias

      Ele ou o Chris Paul seria demais!

      • Vinicius Spursão

        O Kemba tambem .

        • Alex Alves

          Até o Rose aprendia a marcar rsrsrs

      • Guilherme Petros

        Po, mas esses ficariam bons em qq time! heehehe
        Só que Spurs é Parker e Mills e não vejo nenhum problema nisso…
        Acho que a reposição do Ginobili, melhor passador do time, vai ser mais coplicada…

        • Mathias

          Tem razão, quem não queria Wall ou CP? hehe
          Quanto ao Ginobili sei não viu… Não rende mais do jeito que rendia e a impressão que eu tenho é que a hora de parar já chegou.. Mas sempre foi um monstro, um dos meus jogadores favoritos.

    • Abel

      John Wall é uma luva em qualquer lugar rs.. obviamente o Pop potencializa o crescimento de qq jogador

      • OldMateus

        Menos do lamarcao aldridge, uma pena… pois jogava demais no portland

        • Abel

          Verdade… sou torcedor dos spurs… dá até dó ver o Lamarcão sendo 60% do que era em Portland e se tornando apenas um bom jogador

        • Dudu Ferrero

          mas é diferente o Blazers jogava em função do Lamarcus e do Lillard.. o Spurs a primeira opção é o Leonard e depois é o time todo homogeneo com rotação e chuta quem tiver livre

          • OldMateus

            Aldridge ainda tem bastante espaço no spurs e muito se esperava dele devido seu arsenal ofensivo. Acredito que o motivo de primeira função se deve a saúde do jogador, Pop entende e devido a isso as jogadas ficaram mais nas costas do leornad (Na qual se desenvolveu bastante e se tornou o jogador que é agora) e na rotação do elenco.

    • Guilherme Petros

      Mas gente, qual problema do Paty Mills?

      • Eduardo Rebelatto

        Vc tá de brincadeira em querer comparar os um wall ou cp3 podem produzir com o mills

        • Guilherme Petros

          Não comparei, só perguntei qual problema com ele (já que, provavelmente, ele será o titular assim que Parker sair).
          Nenhum time precisa de 5 estrelas pra vencer…

    • Danilo Veroneze #GreenRunsDeep

      cp3 seria melhor e é FA

  • Andre S

    A diferença entre o Harder/Curry/ Leonard e o Weestbrook

    •Harder/Curry/ Leonard : trabalham PELO TIME, colaboram para q jogadores medianos cresçam, eles se tornam tão essenciais para alguma funçÂo importante no time, q faz a gente pensar q sâo alto nivel.

    •Weestbrook: o time trabalha PARA as estatisticas dELE, faz jogadores medianos caírem ainda mais de nível , fazendo a gente pensar q esse time q já chegou na Final da Conferencia em 2016 é um lixo e q eles são completamente inuteis prestam nem pra pegar um rebote, mas como se destacar sem oportunidade de se aprimorar em uma determinada função. Imagina a cabeça desses caras, se as tarefas fossem bem dividas, talvez eles tivessem avançado.

    • Andre S

      *Bom lembrar:

      -Ninguem levava o Warriors a sério, 2013 as pessoas ainda riam da possibilidade dos draftados Curry, Thompson e Green serem campeões.
      -O Spurs tiram leite de pedra ou melhor tiram talento de jogadores de nivel baixo, eles não tem muitos jogadores de destaque individual, mas em conjunto são forte demais.
      -Rockets também só tem 1 All Star, mas fazem os outros jogadores se sentirem importante.

      • Pundinzinho

        Quanta merda, meu deus!!!

      • Rogério Rodrigues

        Ai vc falou a diferença desses times. Eles tem TECNICOS que sabem aproveitar o melhor de seus jogadores.
        O Donovan não soube fazer isso com OKC

        • Guilherme Petros

          Ele fez o West ter média de TD. Como não soube aproveitar o máximo do jogador??

    • Vitor Martins

      É superficial essa análise. Eu não concordo com as pessoas dizem que o elenco de apoio do OKC é a pior coisa do mundo, é abaixo dos melhores da conferência, mas não é um lixo, está um lixo. É bem diferente isso. Se esperava de jogadores que não estão contribuindo muito, mas a culpa não é inteira do westbrook, vai muito mais do comando técnico da equipe. Ele se doa ao time e faz o necessário para atingir vitórias.

      • Guilherme Petros

        Concordo com vc. O elenco de apoio do OKC não é esse horror que todos falam. Tudo bem que não tem a profundidade de um Spurs, Cavs ou GSW, mas até ai, quem tem?

    • VIEIRA – CHICO

      é tô vendo que você terás que assistir os jogos do OKC/HOUSTON/GSW/SPURS

      todos estes jogadores citados tem a seguinte função – ser decisivo nos jogos – ou seja – O TIME TEM SIM QUE JOGAR PRA ELES – a única diferença que todos estes jogadores tem os suas chamadas válvulas de escape –

      BARBA tem o NENÊ/GORDON/WILLIANS/ANDERSON ATÉ O CAPELA

      CURRY tem o GREEN/THOMPSON/DURANT – bem nem preciso continuar

      LEONARD tem o técnico QUE JÁ DIZ TUDO

      Agora o RW0 tem o ROBERSON que nem sabe fazer um arremesso TEM dois pivôs que nem sabe defender e muito menos atacar direito TEM o OLADIPO QUE CAGOU NAS CALÇAS pelo playoffs TEM o filho do SABONIS que nem sei se estava nos jogos – bem preciso continuar ainda
      então RW0 – MONSTRO – MVP

    • Guilherme Petros

      Não concordo que o West joga pra ele. O esquema do Donovan é feito pra ele jogar assim, sem esse sistema de jogo, ele não teria uma média de TD. Ele pode errar a vontade pq o OKC é uma máquina de pegar rebotes ofensivos e, na defesa, faz box out pra ele pegar o rebote e partir pra cima mesmo. Faltam bons chutadores do perímetro (coisa que no Rockets sobra, por exemplo) e outro cara pra por a bola embaixo do braço. Mas isso td é o esquema tatico do time. Num Spurs, Mavs ou Grizzles da vida, ele jamais teria média de TD pq o time não joga assim…

  • Caio

    Westbrook fica forçando arremessos no ultimo quarto com 2/3 pontos de diferença.

    • Vitor Martins

      É… A culpa foi do Westbrook…

      • VIEIRA – CHICO

        culpa do Westbrook em colocar este time de lixo nos playoffs
        sem ele com certeza estaria disputando os últimos colocados
        na temporada

    • Rogério Rodrigues

      Mas o West é isso. Se acerta é um god se erra é o forçador.
      Naquele time é ele que tem que forçar mesmo, ou vai deixar o Roberson pra chutar? Ele acertou 3/21 de lance livre.

    • VIEIRA – CHICO

      vocês SÃO FODA – o CARA é um MONSTRO em quadra – ele praticamente sozinho faz a GRANDE diferença em quadra – sendo até superior ao Houston – único problema nesta estória toda e que o cara é um SER HUMANO – uma hora cansa e o corpo não aguenta
      quando ele tá em quadra OKC é superior e quando ele está no banco Houston é mais superior e a diferença e muito gritante – diferente com tá ou não o BARBA
      os FDP do time nem pra fazer bandeja e principalmente LANCE LIVRE – não presta
      RW0 – MVP

    • Caio

      Não falei que a culpa é do Westbrook, só acho que, perdendo por 2/3 pontos de diferença e faltando mais de 6 minutos para acabar o jogo, ele deveria buscar todas as opções que os outros jogadores do time estão dando, se não tiver nenhuma ai ele arremessa, ele simplesmente sai da quadra de defesa, chega perto da linha de 3 pontos e arremessa faltando muito pra estourar o tempo de posse de bola.

  • OldMateus

    Fico feliz de ver o time de Utah ganhando novamente, espero que vença essa serie e uma possivel surpresa contra os Warriors, apesar da qualidade imensa do time de Oakland , o Jazz tem um bom garrafão com o rudy gobert e a qualidade do elenco como um todo tbm tem ajudado demais. Vale lembrar ainda esse JJ que nasceu pra ser clutch, É o tipo de jogador que falta em diversas equipes da liga.

  • Rastaman

    Alguem tem alguma imagem com os números do westbrook na série? Só as estatísticas básicas com o plus/min, vou esfregar na cara de um hater

  • ThunderSPD-SuperPatrulhaDelta

    Fomos eliminados pra um time melhor,normal, agora é esperar a offseason chegar e montar um time decente pro west.sobre o Billy Donovan que tantos não gostam o cara na sua primeira temporada levou o thunder a uma final de conferencia e ficamos a um passo das finais,ele é o cara certo e inconpreendido por muitos deixem o homem trabalhar.

  • William Felton

    Tomara que o Jazz ganhe esse jogo 6 e acabe com isso logo, desmancha esse time inútil do Clippers de uma vez, pra evitar que essa inhaca sequer passe perto de playoffs mais uma vez.

    • Caseh

      Eita…

      • William Felton

        kkkk sou muito fã do Chris Paul, não consigo ver ele nessa bagunça não. Ele tem que vazar nessa offseason.

        • Eduardo Rebelatto

          Somos dois, Paul merece bem mais que isso. Griffin é uma piada, ALL star que não joga offs, cega dar raiva tantas lesões, sem falar no comando, doc Rivers é uma piada maior ainda

  • Dream Shake

    Fecho 4X1 a série pro Houston o Jumper acerto no palpite, agora é preparar o time que porque provavelmente vem o Spurs pela frente vai ser pedreira.
    E aproveitar o tempo de descanso para o Harden se recuperar por completo o tornozelo porque ontem nitidamente não estava 100%.

  • Vinicius Spursão

    Sabe o que e engraçado, quando o pop usa hack a shaq geral crítica , “a o Spurs não precisa disso, que lamentável e isso é aquilo, maior choradeira , o técnico o Rockets as ninguém fala nada né , tá bom .

    • Dream Shake

      Independente do time que usa isso o Hack deixa o jogo feio pra krai de assistir, a liga já devia ter mexido na regra a um bom tempo

  • rafael machado

    Westbrook está em uma faca de dois gumes agora. Depois de ver todos seus companheiros all stars sairem do time, o cara ficou com a cara do OKC, vai ser muito criticado por sair. O certo seria: o último que sair apaga a luz. Mas o caso é que o West vai ficar e o time do OKC não vai colocar um elenco bom em volta dele.

    • William Felton

      Eu se fosse ele, tentaria ajeitar uma troca. Isso é a carreira dele que tá em jogo, algo muito sério. Mas tem essa questão que vc colocou e realmente fica complicado pra ele sair agora.

  • Jean Tavares

    Eu acho que o thunder sempre teve um pouco de azar por enfrentar times equivalentes ou mais fortes. Eu comecei a acompanhar o time em 2011, quando foi eliminado pelo Dallas que foi campeão daquele ano. Em 2012 o time perdeu as finais para o heat. Em 2013, Westbrook sofreu uma lesão nos playoffs e o okc perdeu pra Memphis. No ano seguinte Durant foi MVP, o ibaka se lesionou e o time perdeu para o Spurs, que foi campeão daquele ano. Em 2015, Durant e Westbrook se lesionaram e o time não se classificou para os playoffs, por uma vitória eu acho. No ano passado o time de okc perdeu para o melhor time de uma temporada regular após estar ganhando por 3 a 1 e muito também pela atuação do klay no jogo 6.
    Então o que eu quero dizer é que em alguns anos o thunder perdeu para times que foram campeões, como Dallas, heat, Spurs e depois desses veio o gsw. E em outros o time sofreu por lesões. Mas isso é normal no esporte.
    E outra, o time sempre se baseou em entregar a bola pra estrela e ela resolve, já vi okc perder vários jogos por não fazer uma jogada trabalhada e criar arremessos mais fáceis.
    E na minha opinião nunca teve um super time, tinha e tem um time competitivo só que agora com menos talento. Harden nem preciso dizer o quanto evoluiu depois que saiu, ibaka não evoluiu o que esperavam.
    Esse ano nao tinha como esperar mais do que isso, Westbrook tentou carregar o time nas costas e chamar a responsabilidade, e se posicionou como o cara desse time tanto nos erros quanto nos acertos. Mas​ é isso, as críticas são para quem ainda pode melhorar.

    • POPOMITO

      O Thunder joga no OESTE , onde quase todos os times são equivalentes , então é normal só apanhar times fortes . Basta ver o Spurs que terminou em 2º no OESTE está penando para passar do time que terminou a temporada em 7º e ainda tá jogando sem dois dos titulares . No OESTE quem quiser ir longe já sabe que tem de enfrentar os melhores times da liga , com exceção do Cavs e mais um ou outro time do ESTE , então não se pode chamar de azar . Os Warriors para chegar nas finais nos últimos anos também tiveram de passar por times como Thunder , Rockets e Grizzlies . O Spurs quando chegou dois anos seguidos á final alguns anos atrás teve de enfrentar times como Warriors , Grizzlies e Thunder É assim o WILD WEST.

      • Jean Tavares

        Concordo, foram times que evoluíram vencendo rivais fortes. Coisa que eu acho que o thunder não conseguiu

  • Vitor Martins

    Rockets X Thunder parecia Brasil x Argentina em um campeonato mundial ou nas olimpíadas uns anos atrás, na época que o Huertas era um monstro, só faltou fazer chover, fez de tudo, terminou com uns 35 pontos (que no Basquete fiba valem uns 50), e o Brasil perdeu. Prigioni até deu uma declaração: “Huertas podia fazer uns 60 pontos, não importava, o plano era não deixar o restante do time jogar”. Westbrook é mito, mvp, mas vai ficar comemorando só individualidade mesmo. Basquete é time, coletivo, e isso o OKC não soube montar.

  • Albert Medeiros

    Lamarcão ano passado tava liderando o SAS nos offs, não sei se por motivo de saúde ele tá com o pé atrás ou se é por alguma movimentação tática

  • Kleber Ribeiro

    Bem…o que vimos até agora é o seguinte:
    – Era evidente que o OKC não passaria dos Rockets, afinal, uma andorinha apenas não faz verão. Acho totalmente engraçado para não dizer o contrário, a necessidade de desmerecer um jogador como Westbrook. O que ele fez já está na história, deixando o titulo de MVP até menor esse ano. Prestigiem e aproveitem para curtir um jogador fantástico.
    – O meu Spurs é um time envelhecido, não terá forças para uma eventual final de conferência com os Warrios. Se chegar a final, tio Pop pode dar como objetivo alcançado. Vem Paul George, vem ser feliz e ser campeão ao lado do Pop e do Kawhi…rs
    – Essa temporada é a melhor e tem tudo pra ficar na história.
    – E pra finalizar…prepare-se para mais uma final com os Warriors. Acho que vamos ter mais dois anos de hegemonia dos Warrios. Créditos para Kerr, não é só o time…ele.se mostrou um excelete técnico também. E o cupcake Durant, assim que colocar um anel no dedo, volta para Oklahoma jurando amor a cidade e tal, uma um reedição de LeBron James…rs.

  • Abel M

    Esta temporada : duelo Spurs vs Memphis ,9jogos até então,5vitorias para Spurs vs(todas em casa) e 4 vitorias para o Memphis (todas em casa)……observamos claramente que o factor casa está funcionar…..a não ser que o Pop quebre esse tabu….mas si a natureza funcionar normalmente sugiro k o 7 jogo seja realizado no ginásio NEUTRO

    • danielzera

      E jogar fora a unica vantagem de se classificar bem na temporada regular?

      • Abel M

        Kkkkkkkk…….óbvio que não né

    • Vamos contrariar esse padrão e fechar a série em Memphis então rs

  • Gustavo Santos

    Doi na vista gente vir com argumento de que “antes da temporada o rockets não estava bem nas projecoes”, não estava pelo momento e não pelo talento, o problema do rockets era momento e do okc talento, o time não tem uma segunda opção confiável de pontuação, o ala bate FT com a mãozinha de jacaré, cic complicado seguir adiante, com durant mascarada um pouco a deficiência do elenco, que ainda era mais forte com o Ibaka.

    • Luis Felipe

      Beleza. mas respeita o que os outros falam. Pode ser uma boa

      • Gustavo Santos

        Mas eu respeito, so não concordo, tenho o direito de ter a reação que quiser desde que isso não afete quem pensa contrário, entender a diferença entre discordar e respeitar pode ser uma boa tbm.

        • Luis Felipe

          Eu não me ofendi ,calma. É porque esse dói nas vistas e um pouco pejorativo e eu vejo o seu argumento muito bom tbm, apesar de ter a opinião oposta

          • Gustavo Santos

            Tranquilo, aqui na minha terra a expressão ” doer na vista” tem mais a ver com não concordar com algo do que mesmo com intolerancia, kkkkkkk, mas tranquilo.

  • Marcelo Desoxi

    Não quero ser chato, mas se o OKC não ganhou um título com Durant, Ibaka, Westbrook, James Harden e outros mais ou menos, eu não sei com quem time vai ganhar.

    O resultado, bem óbvio. Houston é muito melhor. Tinha gente alimentando que OKC poderia derrubar o GSW em uma revenge contra o Durant, ah pqp.

    • Jean Tavares

      Na época que o thunder tinha esse time sempre teve umas pedreiras forte pra encarar, como Dallas, heat e Spurs. E quando Harden tava lá não era o jogador que é agora, era bem diferente. Mas concordo, quem quer ser campeão tem que vencer os melhores times.

      • Marcelo Desoxi

        Não da pra ser campeão sem pegar pedreira cara. Não existe isso

        • Abel M

          Oeste é para machos não para meninas choronas

        • Jean Tavares

          Foi isso que eu disse, não tem como. Talvez tenha faltado um passo a frente para aquele time.

          • Aquino L.A.

            O pessoal não se lembra que depois de 2012 o Thunder sempre sofreu com lesões nos playoffs de seus principais jogadores. Durant já perdeu temporada, Westbrook e Serge Ibaka já perdeu séries de playoffs. Para mim esse time do Thunder não chegou em mais finais de NBA e não foi campeão por azar mesmo, devido as lesões que seus jogadores tiveram.

          • Jean Tavares

            Também acho que teve um pouco de azar. Eu acho que a grande chance de okc foi no ano passado, chegou muito perto de eliminar o gsw. E na final tudo poderia acontecer.

    • João Ninguém

      OKC é time pequeno por isso não ganhou título e nem vai ganhar nunca.

    • Mas quando foi as finais, seus astros ainda eram muito inexperientes, e não estavam no nível que estão hoje. Fora as lesões, em 2013 já não tinha mais o Harden, e o Westbrook se lesionou nos playoffs. Em 2014 o Ibaka se lesionou, em 2015 o Durant, ano passado foram mais longe do que o esperado. Além do banco, faz anos que o OKC tem um banco sem profundidade o GM meia boca deles não faz nada.

      • Marcelo Desoxi

        Naquelas finais Miami também não tinha banco. Só cinco jogadores passaram de 20 minutos por jogo: Battier, LBJ, D-Wade, Bosh e Chalmers, e também só eles fizeram mais de 10 pts per game. Thunder inclusive tinha um elenco mais profundo que o Heat ( Durant, West, Harden, Tabo, Ibaka, Fisher e até o Perkins). E sobre experiência, não sei se concordo. Durant e West, se não me engano, já tinham mais de 4 anos de NBA. O apoio era muito preparado com jogadores cascudos… slá cara. Acho que a oportunidade do OKC passou.

        • Não tinha experiência em finais, e o auge técnico deles ainda não havia chegado, essa é a principal diferença.

  • Guilherme Petros

    1. Jazz e Clipper. Que série, senhoras e senhores, que série! E JJ do it again. Ta gastando a bola nessa série, o Mr. Clutch.

    2. Suprs e Grizzles. De novo, que série! Empate do Grizzles foi inesperado e o time ta fazendo um jogo muito honesto, como sempre. Vai perder, claro, mas vai ser bonito de acompanhar.

    3. Rockets x Thunders. Pô, o Thunders conseguiu vencer 1, já é uma conquista e tanto, pq o Rockets jogou melhor a temporada regular inteira. Série sem surpresas.

  • Viktor Oliveira

    A questão é: Curry e LeBron são os tipos de estrela que atraem jogadores, estrelas não egoistas, que jogam muito pro time, que buscam deixar TODOS envolvidos com o jogo. São do tipo: to bem marcado e McCaw ou Shumpert estão livres, a bola vai pra um ou outro, por pura questão de confiança. Tanto que Iguodala foi atraido por falar que queria MUITO jogar com o Curry, por exemplo, após ser eliminado nos playoffs por ele. O que ninguém lembra, nem comenta. Falam que o Westbrook tem que forçar mesmo, eu não concordo. Muito dessa falta de ajuda que ele recebe é pelo acomodamento que todos os companheiros ficaram por essa mania e volume que ele bota nele mesmo, envolvendo pouco os companheiros. Muitas vezes observamos a falta de confiança do Oladipo que era um cara de muita agressividade em Orlando em partir pra cima e voltar a bola pro Russell, a falta de confiança do Taj em partir pra cima no post por receber poucas bolas ali, o zero desenvolvimento do Adams no post por pouco ser acionado, servindo basicamente pro P&R recebendo a bola poucas vezes, sendo esquecido boa parte do tempo. Westbrook é um monstro, mas ele não tira o melhor dos companheiros nunca e procura o melhor arremesso só quando lhe convém.

    • samuel

      Faço das suas, as minhas palavras. Tem um pouco de culpa o staff do Thunder também. Nesse sentido, a coordenação do Scoot Brooks fazia a rapaziada se desenvolver muito melhor.

    • Gabriel S Monteiro

      Concordo com você bastante, West hoje é o cara, ta voando, jogando muito, porém ele não é o tipo de pessoa que faz o time render, melhorando as qualidades dos companheiros!

    • Claudio R.

      concordo em genero, numero e grau

    • João João Florence!

      Bela análise!

    • Jadson Ramos

      Talvez tenha sido exatamente por isso que Kevin Durant decidiu deixar o OKC e acabou escolhendo o GSW pelo mesmo motivo de Iguodala.

  • Viktor Oliveira

    Aliás, tirando os lances livres temos que elogiar o EXCEPCIONAL playoff do Roberson. 15 ppg, 6 rpg. Ajudou no ataque e na defesa é um fenômeno, Harden sofreu MUITO. Jogador pra lá de útil.

    • Chimbinha

      Ele teve 15 pontos de média ou 15 pontos nas 5 partidas ? Heheheheh

      • Claudio R.

        kkkkkkkk

    • Dream Shake

      o mais difícil de acreditar que o cara é bom para acertar o arremesso de 3pts e ser tão ruim nos Ft, não lembro de um forward sofrer tanto para bater Ft só lembro dos pivos.

  • Uncle Drew #DefendTheLand

    O Houston Rockets venceu todos os 4º períodos por uma diferença de 39 pontos, no total.
    E além desse dado q o Yan colocou abaixo.. a diferença da produção do OKC quando Westbrook está em quadra, e quando não está.. é impressionante. Apenas em tocos, TOs, e assistências a stats são desfavoráveis. Mas, o Offensive Rating (uma soma de tudo q apenas um jogador faz para seu time para gerar pontos – pontos, FTs, Rebotes, assistências e etc – é de uma diferença de +51.0! Com Westbrook em quadra o time tem saldo positivo de 0.2 no geral, sem ele isso cai para NEGATIVOS 50.8! Isto nos Playoffs
    O restante das stats, inclusive do efeito do Westbrook no seu time dá para conferir aqui http://www.basketball-reference.com/players/w/westbru01/on-off/2017

  • Mais um jogo apertado, mas os reservas ajudaram muito e o Tony Parker foi muito bem, o complicado é ver o Green nulo ofensivamente, mas Lee e Ginobili que estavam mal na série ontem acordaram e contribuíram bem, é incrível como o Spurs ta conseguindo se virar bem sem pivô de ofício (Dedmon ontem só entrou no garbage time) contra esse Grizzlies, que ficaram com 51% nos arremessos, porem nos arremessos de 3 pontos o Spurs teve 50% contra 40% dos Ursos, jogos apertados, mas o importante é saber fechar bem no fim, não sei se conseguirão um índice de acerto assim no jogo 6 mas é importante passar melhor a bola como ontem…

    • Bruno Da Silva Francisco

      o impressionante dos spurs é como o time tem se adaptado ao longo dos anos com as mudanças no estilo de jogo que a NBA vai passando. Atualmente é um time que tem chutado bastante de 3 pontos… coisa inimaginavel a 3 anos atrás… Esta aprendendo a jogar sem um grande pivô de oficio, confiando demais em kahwi , pois o aldridge não consegue se adaptar totalmente ao estilo spurs de jogar ….

  • Uncle Drew #DefendTheLand

    Vendo essas stats acho q fica mais claro. Quando o Westbrook vai descansar… aí é q o Rockets aproveita a situação. Principalmente no 4º período onde o time do OKC está cansado, o estilo deles de transição a quase todo momento paga seu preço no final dos jogos.
    E o Westbrook, vendo seu time perdendo quase sempre o 4º período, precisa volta rápido para não deixar a diferença q seu time produziu escapar, e juntando o fator dele ainda está cansado (sem falar na temporada regular, ele só perdeu 1 jogo! Isso já vem se acumulando), mais a marcação muito boa do Patrick Beverley, atrapalhando em muitas situações, gera esse efeito dominó no OKC. Uma coisa é o Westbrook jogar 38 minutos – ele joga em intensidade muito alta praticamente toda hora, pega rebote, puxa contra-ataque, infiltra praticamente a todo momento- outra coisa é o LeBron jogar 42 – cadencia mais o jogo, sabe seus limites físicos e dosa isto -.
    Acho q o cansaço, além da parte técnica óbvio, foram fatores importantes. O Rockets aumenta de ritmo do último período, quando o OKC e sua estrela já estão cansados. Enquanto o Thunder prefere começar já em ritmo forte, produz uma vantagem alta.. mas sempre cede no final dos jogos.

    • Bruno Da Silva Francisco

      Essa comparação atual entre west e lebron acho totalmente sem parametro… pela diferença de times…. Talvez se pegasse os numeros do lebron no começo da NBA em cleveland, quando estava ” sozinho” nos cavs, talvez dê para comparar… São estilos e intensidades diferentes de jogar…. além de posições diferentes também !! kkkkk

      • Uncle Drew #DefendTheLand

        No inicio da carreira. Hoje lógico, o LBJ tem mais time e isso é mais visível. Mas quando era apenas LeBron praticamente, ele cadenciava mais as partidas (até pelo ritmo de jogo ser diferente tbem, jogavam com 2 jogadores de garrafão, ñ era Small Ball). O Westbrook toda hora ele é intenso.

      • Claudio R.

        eu acho pelo contrario, acho os estilos muito parecidos, tanto deles, como Bledsoe tbm, acho 3 jogadores muito parecidos em estilo de jogo(salvo devidas comparações de talento)

    • Eduardo Rebelatto

      Ue se LeBron sabe dosar o ritmo em quadra, ponto pra ele oras. West não precisa ir em todos os rebotes, não precisa brigar tanto assim por eles, sem falar que no ataque toda a posse ele quer participar. Na defesa ele não se esforça nada, se duvidar bem menos que LeBron.

      • Uncle Drew #DefendTheLand

        Mas isso ñ é algo só dele. O sistema é feito para tentar maximizar o Westbrook.
        Dizem q o Steven Adams vive só fazendo Box-Out para o Westbrook pegar os rebotes, e etc. Os próprios torcedores do OKC dizem isto.
        Não é só algo do Westbrook. É um sistema envolvido, ele abraçou de vez essa ideia.

        • Exato, pelas limitações técnicas do Thunder o time tem alguma chance de vencer se for assim. Steve Adams faz box out para o Westbrook, porque com ele pegando rebotes o contra-ataque do Thunder ganha em velocidade, as jogadas onde o Thunder se sobressaí, é com o Westbrook jogando dessa forma intensa.

        • Eduardo Rebelatto

          Eu sei que não é só culpa dele

      • Mas o LeBron tem melhores companheiros, ele cadencia seu ritmo, porque não precisa jogar com extrema intensidade o tempo todo. Já o Thunder é mais limitado, se não é assim, não consegue competir contra os adversário.

        • Eduardo Rebelatto

          Na primeira passagem do LeBron pelo cavs ele tinha mais minutos que o west hj é o time era tão ruim qto,então não é só pelo time

      • Pablo Leite

        Mas a questão dos rebotes é que os Pivôs do OKC bloqueiam justamente para o Westbrook pegá-los e acelerar a transição para ficar mais fácil ele decidir contra a defesa adversária. É um sistema.

      • Asf 152

        ontem ficou claro que os rebotes do west são importante, no início ele abriu mão da briga pelos rebotes e o time do Houston dominou nos rebotes de ataque, mais tenho que admitir que isso é um pouco de culpa do próprio time que deve treinar para ele pegar os rebotes, mais independente disso os rebotes dele são importantes para o time

  • Aquino L.A.

    Lebron passou boa parte da carreira sendo criticado por preferir dar passes para os companheiros de time, do que ele mesmo decidir nos momentos finais de jogos, chamavam ele de amarelão, pipoqueiro, etc… O argumento era que o craque do time tem que ser o homem da ultima bola, que em partes eu até concordo, precisou ganhar titulos para turma parar de critica-lo com isso.

    Oq eu vejo é que Westbrook sofre mais ou menos o mesmo tipo de crítica, se acerta arremessos em sequencia o chamam de monstro, craque, decisivo, etc… Se erra arremessos o chamam de burro, forçador, quer ganhar o jogo sozinho, etc… O Thunder irá precisar montar um time competitivo com condições de título para West ter seu jogo reconhecido, do mesmo jeito que aconteceu com Lebron que só foi parar de ser criticado a partir de 2012, quando foi campeão.

    • Mathias

      E mesmo após 2012 alguns entendidos disseram que o Lebron só ganhou porque fez panela. Aliás, mesmo após ganhar com os Cavs ano passado já vi nego dizendo que também só ganhou por causa do Love e Inving.
      O fato é que o West merece um time mais decente, pelo menos com dois bons jogadores que dividam um pouco a responsabilidade com ele. Ninguém ganhou nada sozinho, Jordan, Bird, Johnson…

      • Claudio R.

        e ninguem nunca irá ganhar sozinho… é um jogo muito complexo pra um jogador levar um time na regular em max nivel por 82 jogos e ainda ganhar 4 jogos por serie ate a final. sendo a primeira , a segunda e a terceira opção ofensiva e defensiva de um time, é simplesmente impossivel.

    • Pablo Leite

      Acho Westbrook grande jogador, mas o mal do OKC atualmente é que é um time pouco coletivo, focado quase que exclusivamente nele. Aí, quando a coisa aperta, é bola nele, e o adversário sabe e aperta ainda mais a marcação, fora o desgaste físico, mesmo para um monstro como ele. Thomas já dizia, não dá pra ganhar essa liga só com um jogador, mesmo que esse jogador seja Michael Jordan.

  • Uncle Drew #DefendTheLand
  • Uncle Drew #DefendTheLand
  • Bruno Da Silva Francisco

    a proxima temporada do westbrook vai ser complexa… Se o time contratar jogadores bons, ele pode ficar de boa comandando o time e vez ou outra fazer 1 triple double …
    Agora se mantiver o mesmo elenco, qual vai ser a motivação dele ??? tentar bater o proprio recorde de triple double ??? Thunder precisa se mexer pois os feitos do west colocam um problema para a temporada que vem…

    • Se tiver jogadores bons ele não precisará de outra temporada de triplo duplo, deve ficar próximo mas acho que não faria de novo.

    • Asf 152

      Ta rolando boatos do Griffin em, ele é natural de Oklahoma, e se ele vir vem outros, por isso que eu estou torcendo pro Clippers cai pro Utah

  • Rafael Victor

    Que time dificílimo de ser batido e duro na queda é o Grizzlies, como vendem caro as derrotas! Muito respeito!

    E o Jazz segue fazendo bonito! Que time!

  • Rafael Vieira

    Joe Johnson e o jogador mais clutch que vi jogar

  • LucsHeat
    • Luiz Fernando Azevedo

      kkkkkkkkkkkkkk

    • Asf 152

      Coach= Westbrook

  • PabloPierce34

    Nego fala merda demais, Vi alguem falando a respeito do time que chegou a final de conferencia ano passado e tal… So falar uma coisa eu vi nos playoffs da temporada passada Waiters ir bem em determinados momentos, sempre entrava e marcava seus pontos, Foye e etc… Esse ano sairam eles e principalmente Durant, Eu tenho certeza que se Durant e somente o Durant, estivesse no OKC nessa serie com esses mesmo jogadores, teria eliminado o Rockets, So que o ”se” nao entra em quadra e Durant nao esta, Agora tanto o Thunder, como o Proprio West tem que repensar o seu futuro, So nos resta aguardar os proximos Capitulos

    • Pablo Leite

      Durant está contundido, então, talvez fosse a mesma coisa.

  • Índian!

    Jazz tá bem todos jogadores estão recuperados de lesão, tem que ganhar esse jogo em Utah pra garantir essa vaga logo

    JJ o jogador mais Clutch da NBA, Hood , Gobert e Heyward jogaram bem ontem também

    – Farvors está uma desgraça o único que está abaixo no time , até o Diaw está ajudando mais que ele

  • Gabriel Pereira Barbosa

    e eu achando que sofrido é quem torcia pro Sixers ou Nets.
    Rapaz que sofrência desse Clippers.
    Será possível que nem em uma das melhoras safras de todos os tempos esses caras não vão beliscar nem uma final?

  • WHY NOT?

    Deu até vergonha ontem quando mostraram o Thunder sem o West em quadra.Presti tem que fazer algumas trocas e Sabonis e Abrines tem que evoluir.Também acho que está na hora de dar uma chance pro Dakari Johnson

    • felipe fernando Oliveira

      Muito bom você falar de Dakari pois até hoje eu acredito que apenas eu falo dele aqui. Não só dele mas na DLeague tem jogadores que podem ser muito produtivos. E aproveitando Daniel Hamilton é tão bom na defesa quanto Roberson e muito melhor no ataque, acho que já pode vim pro roster também.

  • Pablo Leite

    Como está boa essa série entre Clippers e Jazz. Aliás, tirando as séries do Cavaliers e Warriors, está tudo bom! Joe “Isolation” Johnson é dos poucos jogadores hoje em dia que se dão bem no “hero Ball”. A marcação fecha pra cima dele, ele consegue proteger a bola, bater pra cima e definir o ponto. Um jogador como os de antigamente, e que tem sido a grande surpresa destes playoffs!Junto com o Rondo (se voltar a jogar, principalmente).

  • Diego Costa

    Meio OFF: seja lá qual for a franquia que tentar contratá-lo, vai doer no CAP

    https://mobile.twitter.com/ShamsCharania/status/857275684527501312?p=v

    • LucsHeat

      Nunca fez nada demais pra ter um contrato que doa no CAP, mas como tem muito GM retardado não duvido alguem dar 18mi/Yrs pra ele kkkk basta lembra do Mozgovão da massa.

    • Alex Alves

      Hahahaha ninguém vai pagar muita grana por um reserva do Minessota, com os salários inflados daqui umas duas temporadas nenhum time vai ter CAP.

      • Diego Costa

        Sei lá, como disse o LucsHeat, GM desmiolado é o que não falta, além do novo empresário dele ser difícil nas negociações rsrs

  • Kidd mito

    É foda, LeBron nunca será Goat! Mas tenho que reconhecer que o cara é um craque, ganhando títulos com panela ou não, o cara já cravou o nome dele na história! O único cara que nunca foi criticado, justamente por ter ficado a maior parte do tempo dele em um time, e conseguiu ser campeão duas vezes foi o Hakeem! Ele foi campeão com um time ridículo,só tinha alguns jogadores de medianos pra baixo, com bons aproveitamentos na linha dos 3 pts, Hakeem teve uma temporada fora de série, sendo MVP e DPOY! Isso é pra poucos! E mesmo assim foi bicampeão com um Drexler bichado!

  • Asf 152

    Ontem eu percebi uma coisa sobre os rebotes do Westbrook, são totalmente necessário para o time, ontem, meio pelo fato dele ter tido de jogar mais tempo, parece que ele abriu mão um pouco da briga pelos rebotes e principalmente no primeiro tempo (que foi o que eu vi do jogo, dps fui ver o do Spurs) o Houston dominou no rebote de ataque e quando um Big Man do OKC consegui pegar o rebote, rapidamente um atleta dos Rockets roubava a bola dele, esse time do OKC tá osso, agora é torcer pro griffin vim né, ta rolando boatos e ele é natural de Oklahoma

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados