logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 28 abr 2017 às 23:35
Celtics conta com belo jogo coletivo e encerra série contra o Bulls

Celtics e Wizards classificam-se e agora se enfrentam em uma das semifinais do Leste; Clippers vence Jazz e força sétimo jogo

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Pedro Nery

(4) Boston Celtics 105 X 83 Chicago Bulls (2)

O Boston Celtics está garantido nas semifinais da conferência Leste. Em um jogo tranquilo, a franquia de Massachusetts foi até Chicago para superar o Bulls e fechar a série em seis jogos. Ao contrário das outras partidas, Isaiah Thomas não foi o principal destaque. Apesar disso, os vencedores contaram com um ótimo jogo coletivo para triunfar. Já pelo Bulls, Jimmy Butler foi praticamente o único jogador que se destacou.

Desde o começo do confronto, o Celtics mostrou que foi até Chicago com intenções de fechar a série e liderou o placar assim que a partida começou. Os visitantes estiveram na frente por algumas posses de bola durante todo o primeiro período e com tiros certeiros dos três pontos, terminaram na frente por 30 a 23 na primeira parcial.

No segundo quarto, com a bola bem movimentada resultando em vários arremessos sem contestação do adversário, os tiros de três pontos do time de Boston continuaram a cair, menos a do armador Isaiah Thomas, que falhou nas cinco vezes que tentou. Mesmo sentindo dores, Jimmy Butler tentava diminuir a distância no placar, mas viu o oponente terminar a primeira etapa na frente por 54 a 41. Dwayne Wade não estava em uma noite feliz, terminando o jogo com somente dois pontos e um aproveitamento de 1-10.

Para quem esperava uma reação do Bulls na segunda etapa, ficou decepcionado. O Celtics voltou ainda melhor do que estava e sem precisar contar com mais uma bela atuação de Isaiah Thomas, o bom jogo coletivo da equipe fez com que a diferença chegasse na casa dos 30 pontos. Ainda no terceiro quarto, todos os titulares da franquia de Boston já tinham pelo menos dez pontos anotados.

Com quase 30 pontos de vantagem restando doze minutos para o final de partida, Brad Stevens teve o luxo de poupar seus titulares e dar ritmo de quadra aos reservas. O Bulls conseguiu vencer a parcial por 24 a 17, mas em momento nenhum ameaçou o adversário no placar e só restou esperar o cronômetro zerar para dar adeus à temporada. O Celtics agora encara o Wizards que também nesta noite, classificou-se para as semifinais.

Boston
Avery Bradley: 23 pontos, cinco rebotes
Gerald Green: 16 pontos
Al Horford: 12 pontos, seis rebotes, sete assistências
Isaiah Thomas: 12 pontos, cinco rebotes, seis assistências
Jae Crowder: 12 pontos, cinco rebotes

Chicago
Jimmy Butler: 23 pontos, sete rebotes, três roubadas de bola
Robin Lopez: dez pontos, cinco rebotes


(4) Washington Wizards 115 X 99 Atlanta Hawks (2)

O Washington Wizards foi até Atlanta visitar o Hawks e pela primeira vez no confronto, um time conseguiu vencer fora de casa, e desta forma, fechou a série em seis jogos. O jogo contou com uma atuação incrível da dupla de armadores do Wizards. John Wall e Bradley Beal combinaram para 73 pontos (maior pontuação combinada dos jogadores nas carreiras). Já o Hawks teve como destaque o ala-pivô Paul Millsap e o armador Dennis Schroder, mas não foi o suficiente para levar sua equipe à vitória.

O duelo começou com os visitantes jogando melhor. Logo nos primeiros minutos a equipe de Washington esteve na frente do placar praticamente todo o tempo, mesmo que em alguns momentos o Hawks buscou uma reação e encostou no marcador. O Wizards conseguiu abrir dois dígitos ainda no primeiro quarto, e a parcial terminou 30 a 23 para o time do técnico Scott Brooks.

A primeira metade do segundo período continuou com o mesmo cenário do início do confronto, com os donos da casa atrás por algumas posses de bola. Mas com um belo aproveitamento nos tiros de três pontos e com vários contra-ataques, os visitantes engataram uma sequência de 19 a 4 e foram para os vestiários vencendo por 65 a 46.

Na volta do intervalo, o panorama do jogo continuou o mesmo: Wizards na frente por cerca de 20 pontos. Parecia que o Hawks já estava conformado com a eliminação na série, mas quando o cronômetro atingiu quatro minutos restantes para o fim do terceiro período, o time do técnico Mike Budenholzer embalou uma sequência de 17 a 4 e deixou o placar apontando 89 a 82 para o último quarto.

Logo nos primeiros minutos do período final, o Hawks continuou sua reação e com duas bolas de longa distância diminuiu a diferença para três pontos. A partir daí, Bradley Beal e principalmente John Wall assumiram controle total da partida e o time de Atlanta não encontrou um antídoto para parar a dupla de armadores do oponente. O resultado disto foi uma sequência de 22 a 9 e classificação garantida para o Wizards.

Washington
John Wall: 42 pontos, oito assistências, quatro roubadas de bola, sete erros de ataque
Bradley Beal: 31 pontos, três roubadas de bola
Markieff Morris: 17 pontos, oito rebotes, três tocos
Bojan Bogdanovic: dez pontos

Atlanta
Paul Millsap: 31 pontos, dez rebotes, sete assistências, quatro roubadas de bola, seis erros de ataque
Dennis Schroder: 26 pontos, dez assistências
Tim Hardaway Jr: 13 pontos


(3) Los Angeles Clippers 98 X 93 Utah Jazz (3)

Já o Los Angeles Clippers foi o único na noite que não permitiu ao adversário fechar a série. Mesmo jogando fora de casa, a equipe treinada por Doc Rivers contou com uma ótima atuação do armador Chris Paul para forçar o sétimo e decisivo jogo desta primeira rodada. Pelos donos da casa, Gordon Hayward mais uma vez foi o grande nome. O confronto que vai decidir quem avançará para as semifinais e enfrentar o Golden State Warriors será no próximo domingo.

A partida começou com as defesas superiores aos ataques. Os anfitriões na maior parte do tempo estavam na frente por duas ou três posses de bola, mas ao término da parcial o Clippers conseguiu equilibrar ações com cinco pontos seguidos de Luc Mbah a Moute e perdeu por 22 a 20 o primeiro quarto.

O equilíbrio do duelo manteve-se durante todo o segundo período. Sem Blake Griffin lesionado, Chris Paul era o principal nome dos visitantes enquanto o Jazz contava com boas atuações Rudy Gobert, Gordon Hayward e George Hill. A maior vantagem de uma equipe no período foi de cinco pontos dos donos da casa no meio do quarto, mas rapidamente o time de Los Angeles recuperou-se e foi para os vestiários vencendo por 47 a 45.

Na volta do intervalo, as equipes voltaram com uma proposta mais ofensiva e o jogo ficou mais dinâmico. Apesar de terem mudado o ritmo do confronto, o cenário de igualdade continuou. Foi somente com cerca de quatro minutos e meio para o fim do quarto que o Clippers converteu quatro ataques seguidos e abriu uma leve distância em relação ao oponente. Os times foram para o último quarto com o placar apontando 78 a 70 para os visitantes.

A defesa da equipe de Los Angeles melhorou no último período, permitindo ao Jazz anotar somente sete pontos em mais de oito minutos no período e mesmo sem um ataque muito eficiente, abriu 14 pontos neste momento do duelo. Mas a partir daí, a defesa do Jazz melhorou e forçou alguns erros de ataque do adversário, cortando a diferença para três pontos restando 43 segundos. Na chance de empatar o jogo, Joe Johnson errou um tiro de três pontos faltando três segundos para o fim. Bastou ao Clippers converter dois lances-livres e forçar a sétima e decisiva partida da série.

Los Angeles
Chris Paul: 29 pontos, oito assistências
DeAndre Jordan: 13 pontos, 18 rebotes, sete erros de ataque
Luc Mbah a Moute: 13 pontos, seis rebotes
Austin Rivers: 13 pontos, quatro rebotes
Jamal Crawford: 12 pontos

Utah
Gordon Hayward: 31 pontos, sete rebotes, quatro assistências
George Hill: 22 pontos, cinco rebotes
Rudy Gobert: 15 pontos, nove rebotes, três tocos

  • Hmmm #BC

    Nada tira minha felicidade hoje

  • Rômulo Franco Cardozo

    Os celtas estão mostrando que sua reconstrução está indo pelo caminho certo

  • Renato

    Uma pena a lesão do Rondo, mas de uma maneira geral o Celtics é muito mais equipe, e pode vencer o Wizards também, até pq o ponto forte do ataque do Wizards é o ponto forte da defesa do Celtics, será um grande confronto para 4×3.

  • Albert Medeiros

    Chicago serviu apenas pra fortalecer o Celtics, nada mais, era o time mais “feio” desses offs, Rondo fez proeza para fazer esse time funcionar, foi uma pena para o Hawks mas ter apenas dois jogadores dificulta um pouco, esse Howard é prejudicial demais, o cara é um encosto

  • owww

    E ainda falam q o cp3 é jogador de temporada regular

  • Rastaman

    Fiquei sabendo q o beal tomou um empurrão no ar q não marcaram nem falta, já procurei o lance e não achei se alguem tiver poste por favor

  • RL Green

    Pra cima Celtao!
    AB e AH muito constante na série, e Green tbm mostrou que pode ser uma arma importante pra nós, agora é se preparar pra mais um grande duelo!
    Rumo a final de conferência!
    #euacredito

  • Felipe Mendonça

    DeAndre Jordan engoliu o Gobert ontem, comeu vivo, muito dominante.
    E o que falar do Chris Paul? bola de baixo do braço, joga demaaaaaaaais!!!!

  • Thiago Pinto

    1 – eu acho que o Wade deveria ir para um time com chance de título ser o sexto homem, ou parar. Não tem mais condições físicas para ser um dos principais jogadores de uma franquia.

    2 – alguém pode me explicar pq Celtics x Wizards ja começa amanhã, enquanto Cavs x Raptors, que terminaram antes suas séries, só começam a série na segunda?

    • Denyson

      Pra mim o nome disso é manipulação pró Cavs, massssss não tenho provas.

  • Rdrigo Cruz

    Agora a chinela canta… prevejo muita treta em quadra na serie contra o Wizards…

  • Julio Zago

    Não se enganem Celtas, o Chicago estava dominando a série, mas não soube se reagrupar depois da lesão do Rondo. Evidente que o Celtics fez bons jogos na série, mas ontem por exemplo o Bulls não mostrou poder de reação algum, apenas Butler ameaçava, mas sozinho e com limitações pouco conseguiu.
    Portanto, para ter condições de fazer frente ao Wizards o time vai ter de melhorar bastante, principalmente no garrafão, a dependência de Horford ficou evidente demais, Gortat pode causar mais problemas que Lopez.
    A produção ofensiva coletiva também tem de se aprimorar, em alguns momentos dessa série, principalmente nos momentos finais, o esquema era: bola pro Thomas e ele que se vire.
    Por outro lado, Bradley cresceu demais nos dois jogos finais da série, isso nos dá um alento pois vamos precisar demais dele, o perímetro do Wizards é um dos melhores da liga.
    Orgulho Celta!

    • Não se engane meu caro.
      O Celtics simplesmente não estava lá, no que se diz ao emocional, nos dois primeiros jogos.
      Sem tragédia, provavelmente teria sido uma varrida ou um 4×1. Com ou sem Rondo.

      Lembre-se, o Celtics terminou a temporada como LÍDER, então não é o Celtics que tem que fazer frente ao Wizards, é o Wizards que tem que fazer frente ao Celtics 😉

      • Denyson

        Concordo, mas n pode subestimar, pq se o Wizards não fosse um desastre no início da temporada não seríamos líderes nem fudendo!

    • R Green

      Não se engane meu caro mas o “Se” não entra em quadra!
      “Se Rondo” , “Se a irmã do IT” “Se o Jordan jogasse” ” Se eu fosse a mãe Diná”…

      Não estou defendendo o Celtics, mas os Mães Dinas é uma coisa que me tira do sério! 😞

    • R Green

      Julio Zago essa mensagem do “Se” não foi pra vc, só aproveitando a deixa pra todos aqueles que estão falando do “se” Rondo….

  • Victor Chittolina

    Faltou uma coisa pra esse time do Bulls entrar pra história: vencer o jogo 3. Se isso tivesse acontecido, teria sido o primeiro time a deixar escapar uma vantagem de 3 x 0.

    • Doug

      Cara…e geral torce o nariz p o Rondo…p vc ver…

  • Danilo Veroneze #GreenRunsDeep

    o mais dificil foi a viagem

  • The Real Jay

    Como assim já tem jogo domingo? Então lets go Celticsss!

  • Fernando Henrique

    Bonita vitoria do Celtics ontem, construiu a vantagem cedo e mostrou que mesmo sem as bolas de 3 do Thomas é uma equipe bem solida
    Na serie contra o Wizards vejo muitas chances pra Boston. O ponto forte do Wizards, o ataque, é balanceado pela nossa defesa de perimetro incansavel. Bradley é um dos melhores defensores da nba, Smart é um dos mais esforçados, e os dois tem mantido esses titulos na pos temporada.
    Outro trunfo pra gente é a volta de Amir Jonhson. Ficou fora dessa serie inteira mas acho que volta a ter bons minutos agora. E mesmo nao sendo otimo jogador, é sempre bom ter alguem 100% descansado.
    E se o trash talk começar o mito KG manda mais um video, ensinando como responder a altura. Vamos enlouquecer o Joao Parede

    • Felipe Mendonça

      Você só citou o prós por parte do Celtics em relação ao Wizards, só esqueceu de citar que o Joãozinho Parede é um dos melhores, se não o melhor, marcador da liga na posição e com toda certeza do mundo vai marcar o Thomas. O Celtics vai até colocar o Bradley para marcar ele no ataque, mas na defesa é Thomas x Wall. E aí?
      Acho que pode complicar a vida do melhor pontuador de vocês que é muita das vezes a “única” opção de ataque desse roster Celta.

      • Fernando Henrique

        Tem razao, esse é um pró muito forte pro Wizards. O resto do time do Celtics mostrou que consegue melhorar quando o Thomas nao joga, ontem nas bolas de 3 foi assim, por exemplo. Mas se o Wall fizer o trabalho bem feito e conseguir anular o IT completamente nao tem Bradley ou AH que compensem.
        Mas o Wall precisa fazer isso em dois ou tres jogos, e ganhar os outros na base da raça
        Com certeza nao é serie pra menos de 6 jogos!

        • Felipe Mendonça

          Será uma série muito empolgante, a que eu mais quero assistir. hehehehe

          • R Green

            Acredito que AB e Smart serão muito importantes nessa marcacao em Wall e Be!

      • Celtics e Wizards já se enfrentaram 4 vezes essa temporada e o Thomas não foi parado pelo Wall em nenhum dos jogos, fazendo sempre mais de 20pts:

        Jogo 1 – 23pts – 10ast
        Jogo 2 – 25pts – 4ast
        Jogo 3 – 38pts – 5ast
        Jogo 4 – 25pts – 13ast

        Média: 27,8pts – 8ast

        ————————————————————

        O Wall, pelo contrário, sofreu com o Bradley em algumas ocasiões e só fez mais de 20pts em uma única ocasião:

        Jogo 1 – 19pts – 7ast
        Jogo 2 – 16pts – 8ast
        Jogo 3 – 9pts – 11ast
        Jogo 4 – 27pts – 7ast

        Média: 17,8pts – 8,2ast

        ————————————————————

        Thomas e Bradley x Wall e Beal, meio que se anulam.
        O grande fator X dessa série vai ser o Crowder.
        Se ele jogar o mesmo que jogou na série do Bulls, o Celtics está numa enrascada e dificilmente vencerá a série.

        No entanto, se ele voltar a ter boas atuações, não vejo como o Wizards possa eliminar o celtics

        • Denyson

          Ou Horford jogar o que jogou do jogo 3 pra frente. Ele atuou muito bem e conseguiu pontos acima da sua média nas partidas.

  • Brad

    Sem sacanagem, o que o Wall fez ontem no fim do 4°Q foi surreal, o Hawks teve uma improvavel reação, ai o Wall vai, liga o God mode e acaba com a brincadeira. Temporada espetacular dele, dá pro Wizards sonhar com uma final de conferencia e temp que vem ele vem p ser MVP.

  • Doug

    Cara, Gobert é um monstro na defesa, mas se ele melhorar só pouquinho ofensivamente, será pivô top…ele é muito fraco no ataque…dois metros da cesta é que nem arremesso do meio da quadra p ele…perdeu uma cestinhas q fizeram falta ontem…é claro q nesse time, ele é o Favors se complementam, mas se ele evoluirá nesse caminho, tanto melhor…

  • The Real Jay

    Domingo 14hrs Wizards@Boston. Não podemos vacilar perdendo jogos em casa, se não vai ser varrida, lets go Celtics!

  • Luc mbah Moute tem melhorado muito sua produção ofensiva, e o Clippers marcou muito bem, mas o jazz foi muito estagnado e o time tem que ser mais objetivo, não basta saber rodar a bola tem que executar melhor, o Clippers vai se sobressair melhor por ter um jogador sensacional como CP3 em quadra, já o Jazz com o Hayward muito oscilante e Joe Johnson bem marcado, Hood muito mal (20 %FG) e Favors 1/6 nos acertos é muito pouco pra um jogador de garrafão, o banco do LAC foi melhor também com Jamal e Speights entrando bem…

    Grande atuação dos verdes, e como o Avery Bradley subiu de produção desde o jogo 3…

    Wizards com sua dupla Wall-Beal infernizando com a defesa das Águias, certamente esse duelo entre Celtics x Wizards vai ser muito bom de acompanhar, então agora posso começar a ver os jogos do Washington inteiros rs…

  • PabloPierce34

    Posso estar enganado, Mas ao meu ver nao importa quem passa dessa serie, Será varrido pelo Warriors, Simples

    • Rogério A S Ifanger

      Pelo visto acho que desse lado Oeste ninguém vai segurar mesmo

      Só o Cavs numa eventual final e mesmo assim …… difícil

      • Maykon Johny

        Eu já acho mais fácil o outro finalista do Oeste conseguir dar mais trabalho ao GSW do que o campeão do Leste, seja ele qual for. Só acho…

        • Albert Medeiros

          Sempre falam isso, igual ano passado e vimos o que aconteceu

        • Rogério A S Ifanger

          Depende muito de como o Spurs passe …. se a seriei dor a 6 ou 7 jogos não da
          O time do Spurs tb e inconstante

          O Cavs tem o Lebron, isso conta muito

          Os Rockets não tem chance alguma se passar …. time não marca bem

          • Denyson

            Spurs x Rockets aposto no mínimo um jogo 6 pra qualquer um dos lados. O do GSW irá no máximo a um jogo 5. GSW caminha a passos largos pra mais uma final de NBA.

  • Albert Medeiros

    Atlanta final de conferência, depois semifinal de conferência e agora cai na primeira rodada, a leste não é baba assim não

    • Caseh

      O time a cada ano tá se desmanchando mais, natural esta queda.

      • Albert Medeiros

        Uma pena, simpatizo com o time

  • Seldon

    Jazz pipocou ontem…Celtcics e Wizards foram para acabar suas respectivas séries e conseguiram, bem que o Washinton depois de abrir uma bela diferença deixou o hawks encostar, Já, o Chicago foi dominado o jogo inteiro.

  • Rogério A S Ifanger

    Tava botando fé nesse Jazz …. mas depois de ontem nem sei se passa

    Cp3 fazendo a diferença, mas se passar não ganha um mísero jogo do GSW

    • Caseh

      Não se esqueça que até aqui cada um ganhou dois de três jogos como visitante.

  • Bruno Da Silva Francisco

    As pessoas ainda ficaram na dúvida entre morris e milsap??? Como isso .. há um abismo de distância.. …
    Haws conseguiu cortar a diferença e deixou em 5 pontos… aí vem os “salvadores” chutando de 3…. Schroeder e Calderón… Wall não perdoou e time voltou pro jogo…

  • Bruno Da Silva Francisco

    Sou milionário, já ganhei inúmeros prêmios da Nba, já joguei em algumas das principais franquias, já fui o mais dominante da minha posição, nunca fui campeão porém nem todos conseguem ter o anel do título – prazer D.howard

  • Uncle Drew #DefendTheLand

    Celtics Vs Wizards vai ser bem interessante. O time de Washington anda muito abusado, falando mt trash talk, estão mt confiantes. A série na temporada regular ficou empatada em 2 x 2. Sendo q as vitórias de cada equipe foram em seus domínios, jogando em casa.
    Quem conseguir roubar um mando de quadra, talvez encaminhe muito bem a vaga.
    O fator X nesta série será Otto Porter, pq caso ele apareça.. Celtics terá q ir para o Small Ball (desta vez acho q com Smart de titular) para ñ ser punido na defesa. Bradley irá ficar no Wall, Beal receberá marcação de Crowder, e Otto Porter receberia marcação do Thomas. Se o Porter aparecer na série irá forçar Boston a fazer ajustes de novo, por isto digo q ele é um fator X nesta série.
    Horford novamente pode ter problemas com o Gortat também. São vários duelos interessantes. Eu arriscaria esta série indo a 7 jogos.

    • Doug

      Boa análise prévia, Uncle. Penso q se Boganovic entrar c sede e jogar o q sabe tb, seria um trunfo p WAS…

    • Denyson

      Bem isso mesmo Uncle. Acho que irá a 7 jogos e teremos jogos bons entre os 2 times.

  • Damon

    Até agora sem surpreso nenhuma no leste e oeste.
    Torcendo pelo jazz passar do clippers kk

  • vsr.snake

    O elenco do Celtics é muito mais qualificado, ainda que tenha poucos jogadores “all star” – Thomas(esse ano), Horford(que ainda não pôde mostrar 100% do que fazia no Hawks) e o Bradley (pq é defensor de elite) – mesmo assim, eles possuem bons role players em quase todas as posições, pessoal novo e atlético e um técnico top.

    O Wizards tem o Wall que consegue fazer esse monte de jogador mediano (com exceção do Beal) jogar muito, e o Brooks que conseguiu ajeitar um time competitivo apesar de tudo. Mesmo assim, ainda vejo eles com uma boa desvantagem na série. Mas uma coisa pode mudar o panorama a favor do Wizards: o rendimento de Gortat e Morris. É notório que o Celtics tem seu ponto fraco no garrafão – a ausência de um pivô/PF defensor pra ajudar o Horford com rebotes e shot block é latente, algo muito explorado pelo Bulls (quando regido pelo Rondo). Só lembrar que Lopez, Portis e até o Zipser fizeram a festa quando bem acionados. Então acho que um dos caminhos que vai ser explorado é esse jogo com os big men, apesar deles serem uma naba na defesa, no ataque fazem uma graça, e o Wall sabe assistir eles.

    Jazz fazendo de tudo pra perder essa série que caiu no colo deles, eles precisam passar, pq o Clippers sem o Blake perde muito em volume de jogo e defensivamente, então seria presa fácil pro Warriors.

    • TRUETHIAGO

      Eu também prefiro que Utah passe, mas sejamos sinceros, o Clippers é freguezaço do GS com Griffin e tudo.

      • vsr.snake

        Pelo rendimento na temporada regular, Clippers fica em desvantagem enorme. Mas acaba que eles nunca se enfrentaram nos offs depois da ascensão do time de Oakland. O mais próximo que tiveram foi em 2015, quando o Clippers flopou pesado contra aquele time meia bomba com Harden e Howard.

        • TRUETHIAGO

          Nos offs realmente não, a última vez aconteceu em 2014, naquela Serie que foi uma das melhores daquele ano, que o Clippers venceu por 4×3 e ali que os Warriors meio que descobriram o potencial do Draymond Green (Griffin estava deitando pra cima do David Lee).

          Mas por serem adversários de divisão, já jogaram várias vezes depois disso, e o GSW está numa sequência de 10 vitórias contra eles, completos ou desfalcados. O último jogo vencido pelo LAC nesse confronto foi na rodada de Natal, também em 2014.

          https://www.youtube.com/watch?v=Hpk8Tnut_7I

  • Douglas Heat

    Pra mim ninguém tira o Cavs no leste, e no oeste acho muito difícil tirar o warriors.
    Mais uma final com os 2. Mas dessa vez vou torcer pelo warriors

  • Thiago26-NBA

    Celtics e Wizards tem tudo para ser uma baita série!!!
    Jazz passa…decide em casa.

  • Marcelo #Blackhawks&Bulls

    A razão do Clippers ainda estar vivo nessa série é o CP3, cara tá jogando demais. Pena que se o Clippers perder no jogo 7 ou então for varrido no próximo round, as pessoas vão chamar ele de amarelão e etc. Sendo que ele sempre costuma fazer a parte dele nos playoffs, se o resto não coopera ai são outros 500. Tomara que na próxima temporada ele aceite reduzir o salário pra ir num contender de verdade, seria foda no Spurs.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados