logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 30 abr 2017 às 10:00
Previsão: Cleveland Cavaliers (2º) x (3º) Toronto Raptors

Favoritos, atuais campeões reeditam finais de conferência do ano passado com time canadense

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

lowry-vs-cavaliers

Conferência Leste: Cleveland Cavaliers (2º) x (3º) Toronto Raptors

Confrontos na temporada: Cavaliers 3 X 1 Raptors

28 OUT – Cavaliers 94 x 91 Raptors
15 NOV – Raptors 117 x 121 Cavaliers
05 DEZ – Cavaliers 116 x 112 Raptors
12 ABR – Raptors 98 X 83 Cavaliers

Datas do confronto

01-05: Raptors x Cavaliers – 20h00 (em Cleveland)
03-05: Raptors x Cavaliers – 20h00 (em Cleveland)
05-05: Cavaliers x Raptors – 20h00 (em Toronto)
07-05: Cavaliers x Raptors – 16h30 (em Toronto)
09-05: Raptors x Cavaliers – Horário a ser definido (em Cleveland)*
11-05: Cavaliers x Raptors – Horário a ser definido (em Toronto)*
14-05: Raptors x Cavaliers – Horário a ser definido (em Cleveland)*

* Se necessário
Horários de Brasília

Cleveland Cavaliers (51-31)

Maior sequência de vitórias: seis (entre 25 de outubro e 5 de novembro)
Maior sequência de derrotas: quatro (entre 7 e 12 de abril)

Time-base

Kyrie Irving (PG)
J.R. Smith (SG)
LeBron James (SF)
Kevin Love (PF)
Tristan Thompson (C)

Reservas com mais tempo de quadra

Iman Shumpert (SG)
Deron Williams (PG)
Channing Frye (C/PF)
Kyle Korver (SF/SG)
Richard Jefferson (SF)

Técnico: Tyronn Lue

Líderes (temporada regular)

Pontos: LeBron James (26.4)
Rebotes: Kevin Love (11.1)
Assistências: LeBron James (8.7)
Roubos de bola: LeBron James (1.2)
Bloqueios: Tristan Thompson (1.1)

Líderes (playoffs)

Pontos: LeBron James (32.8)
Rebotes: Tristan Thompson (11.0)
Assistências: LeBron James (9.0)
Roubos de bola: LeBron James (3.0)
Bloqueios: LeBron James (2.0)

Toronto Raptors (51-31)

Maior sequência de vitórias: seis (entre 23 de novembro e 03 de dezembro; entre 17 e 27 de março)
Maior sequência de derrotas: cinco (entre 18 e 25 de janeiro)

Time-base

Kyle Lowry (PG)
DeMar DeRozan (SG)
DeMarre Carroll (SF)
Serge Ibaka (PF)
Jonas Valanciunas (C)

Reservas com mais tempo de quadra

Norman Powell (SG)
Cory Joseph (PG)
P.J. Tucker (SF)
Patrick Patterson (PF)

Técnico: Dwane Casey

Líderes (temporada regular)

Pontos: DeMar DeRozan (27.3)
Rebotes: Jonas Valanciunas (9.5)
Assistências: Kyle Lowry (7.0)
Roubos de bola: Kyle Lowry (1.5)
Bloqueios: Lucas “Bebê” Nogueira (1.6)

Líderes (playoffs)

Pontos: DeMar DeRozan (23.5)
Rebotes: Serge Ibaka (8.3)
Assistências: Kyle Lowry (5.2)
Roubos de bola: Kyle Lowry (1.8)
Bloqueios: Serge Ibaka (2.3)

lebron-e-derozan-2

Análise do confronto

Inicialmente, é difícil analisar perspectivas para a reedição das finais de conferência do ano passado. Os quatro jogos realizados entre Raptors e Cavaliers na campanha regular pouco servem como indicativos: as três primeiras aconteceram no início da temporada e acabaram decididas por quatro pontos ou menos, enquanto a última é comprometida porque os campeões decidiram poupar seus três astros. Esses times ainda não ficaram frente a frente com seus elencos reforçados ao longo do ano.

Os canadenses passaram pelo Bucks, na primeira rodada dos playoffs, apoiados em uma estratégia de congestionamento do garrafão e rapidez na transição defensiva que envolveu a substituição do pivô Jonas Valanciunas pelo ala Norman Powell no quinteto titular. A mudança promovida pelo técnico Dwane Casey não só mostrou ousadia e criatividade, mas também foi uma prova de versatilidade do reforçado elenco de Toronto. Dito isso, esse plano não deverá funcionar contra o Cavs.

Congestionar o garrafão é muito mais arriscado (e improdutivo) contra o Cavaliers, pois o elenco tem um grupo bem mais capacitado de arremessadores para rodear LeBron James e Kyrie Irving. Os campeões não vão se incomodar com a eventual desaceleração do ritmo dos jogos também, já que até preferem atuar com média menor de posses por partida. Além disso, os comandados de Tyronn Lue sabem explorar formações mais baixas nos rebotes ofensivos – como se cansaram de expor nos dois últimos playoffs.

Esse último ponto é importante porque as formações mais baixas, especialmente com dois armadores, são uma característica forte da rotação do Raptors. Seriam particularmente importantes para que o time tenha versatilidade na marcação de Kyrie Irving – basicamente, não “canse” unicamente Kyle Lowry na tarefa – e da movimentação rápida de bola que caracteriza a ofensiva de Ohio. Sofrer potencialmente nos rebotes é um preço válido a pagar para ter essas vantagens?

Além de Irving, um dilema que qualquer elenco encara contra o Cavaliers é quem marca LeBron. Quem pode marcar o melhor jogador do mundo? Os canadenses ainda não têm uma resposta para isso: o astro teve médias de 27.7 pontos, 8.3 rebotes e 9.7 assistências, com 51% de conversão nos tiros de quadra, nos três confrontos diretos desta temporada. Mas, aparentemente, Toronto estará mais preparado para esse (inglório) desafio agora.

lowry-e-irving

LeBron ainda não enfrentou o Raptors desde as chegadas de P.J. Tucker (defensor individual físico, forte) e Serge Ibaka (trocas de marcação e proteção de aro), que se somam a DeMarre Carroll e Patrick Patterson como alternativas para encarar a grande referência do adversário. Quando não se tem resposta para uma pergunta, o melhor que você pode possuir são opções – e o elenco de Casey parece ter mais variações do que qualquer outro time do Leste.

O caminho para os canadenses chocarem o mundo está na fraquíssima defesa de pick-and-roll do Cavaliers. Embora tenham “varrido” o Pacers, os atuais campeões cederam 1.08 pontos por posse aos ballhandlers de Indiana em tais situações – a pior marca entre todas as 16 equipes da primeira fase dos playoffs. E, agora, eles apenas vão enfrentar o time que mais pontuou via P&Rs na última temporada e que reúne dois dos melhores infiltradores da NBA em Lowry e DeMar DeRozan.

Salvo uma grande evolução defensiva repentina, a tendência é que ambos tenham caminho livre para atacar a cesta no primeiro bloqueio bem-sucedido na bola – e sem os defensores altos, de braços longos, por todos os lados para incomodá-los como contra o Bucks – e só precisem atentar à maior permissividade de contato das arbitragens nos playoffs para não se prenderem a excessivas tentativas de cavarem faltas e lances livres.

Isso é um trunfo importante porque, se Lowry e DeRozan tiverem sucesso dessa forma, o Cavaliers ficaria quase obrigado a manter um protetor de aro em quadra pela maior parte da partida (Tristan Thompson) e complicaria o uso das formações com Channing Frye como pivô, por exemplo – o que vem se revelando totalmente imarcável, pergunte ao Pacers no terceiro jogo da série anterior. Valanciunas teria melhores condições para atuar assim também.

Analistas consideram que o Raptors possui o elenco mais bem montado para tentar parar o Cavaliers no Leste. E, provavelmente, eles estão certos: possuem opções para marcar LeBron, variados jogadores que permitem ajustes a diversas situações e a experiência de ter disputado a decisão do Leste da última temporada. Mas será que isso é o bastante para derrubar um favorito tão destacado? Que tem o melhor jogador do mundo, também possui elenco farto em alternativas e o know how de campeão? Em uma palavra, improvável.

Palpite: Cavaliers em seis jogos.

  • R Green

    Cavs em 5

  • Rafael Vieira

    Cavs em 7. Vai ganhar pelo mando de quadra

  • The Real Jay

    Acho que dá cavs em 6

  • William Felton

    Cavs 4 x 0.

  • Maurilei Teodoro

    Cavs em 5, e se DeRozan e Lowry jogarem bem, Cavs em 6.

    • Will

      Também penso dessa forma.

  • Douglas Mavericks

    Cavs em 5 jogos, se o Lowry é DeRozan jogarem bem e ao mesmo tempo, em algum jogo
    da série.

  • Diego Costa

    Varrida do Cleveland, mas se os popcorn brothers vierem pra série, talvez o Toronto ganhe 1 ou 2 jogos.

  • Norrin Radd

    4 x 2 para as Lebronzetes.

  • Gustavo Santos

    Derozan e Lowry teriam que jogar em alto nível todos os jogos para dar graça nesta série. Mas acho que o Cavs leva a série em 5 jogos

  • vsr.snake

    Sei lá, acho o Casey bem apático, no sentido variação de jogo, durante os jogos. Ele espera o time ir pra um buraco pra ver se faz alguma coisa, e isso tem sido maior problema do time do norte.

    O elenco do Raptors é de fato muito robusto, em todas as posições. Eu vejo que Carroll, Ibaka e o lituano tem que render bem pro Raptors ter chances, principalmente pq Lebron geralmente encontra mais dificuldades quando enfrenta shot blockers.

    Só lembrar do Pacers em 2013, que levou o Heat a 7 jogos nas finais da East, um time que protegia muito bem o aro, ou do Warriors em 2015, com Iggy e Green dobrando contra o Lebron.

    Também tem o fator oscilação de Derozan, e, principalmente, Lowry. Lowry vai ter que marcar o Kyrie mesmo, mas ele pode tirar vantagem desse match-up, pq o armador do Cavs não é lá dos defensores mais empenhados, dá pra jogar em cima dele fácil.

    Mas, juntando isso tudo, não acho que será varrida do Cavs, mas, a não ser que o Raptors tenha uma postura de competidor ao longo da série toda, o time de Ohio não vai ter dificuldades em passar.

    • Ricardo Stabolito Junior

      Eu acho Casey muito, mas muito ruim em playoffs, vsr.snake. Não sabe parar os jogos no momento certo, não faz bons ajustes. Mas ele mandou bem contra o Bucks.

      Basicamente, o Bucks morreu após as mudanças do Raptors no jogo 4. Dos 144 minutos finais, Milwaukee só comandou a série naqueles seis ou sete da recuperação dos 25 pontos.

      • vsr.snake

        SIm, os dois últimos jogos do Raptors foram bem diferentes, ele conseguiu empurrar os jogadores do Bucks pra fora do garrafão, especialmente o Giannis, que teve que chutar bem mais de longa distância, que não é o forte dele. O Monroe, que tava dando muito trabalho com o Valanciunas em quadra, também passou a ser menos efetivo. Fora que o Ibaka e o Carroll (esse que tava sumidão nos primeiros jogos), apareceram mais depois da mudança.

    • Marcelo Desoxi

      Casey < all

  • xmaah

    se o putão fez aquele estrago imagina o cavs completo.

    • Pedro Henrique

      quem é o putão ?? kkkkkk

      • Arthur

        antetokoumnpo

  • Paulo Cesar

    Raptors em 7, com buzzer beater do Lowry

    • Guilherme Petros

      Do Lucas Bebe

  • Rafael Victor

    Outra varrida do Cavaliers! Se o Bucks não fosse um time imaturo, tinha forçado o sétimo jogo e eliminado o Raptors! Lowry e DeRozan são dois pipoqueiros! Sem chances pro Clube do Barney nessa!

  • Paulo Henrique

    4×1 Cavs

  • Victor Chittolina

    Essa rodada vai ser difícil pro Cavs. Vão ter extrema dificuldade pra marcar o DeRozan e as bolas de 3 não vão cair. Vai ser um caos.

    Cavs vence em 4 partidas.

    • Pedro Henrique

      Vai ter picolé é Shumpert

    • Vitor Medson

      kkkkkkkkkkkkkk

    • Luiz Fernando Azevedo

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Daniel Nogueira

      Kkkkkkk

    • Guilherme Petros

      Matou a pau!
      analise perfeita!

  • JoaoFJ

    Liggins era um bom marcador e o Cavs se desfizeram dele. Acho q vai fazer falta nessa série pra marcar o DeRozan , a não ser q o LeBron vá marcar ele

    • Pedro Henrique

      Shumpert? o cara parou o PG13 nos dos 2 últimos jogos.

      • JoaoFJ

        Shumpert é mto burro

        • Daniel Nogueira

          Mas ele marcou bem..rs

  • Marcelo Desoxi

    Acertei o 4×2 ano passado.

    Esse ano vou de 4×3 Cavs.
    ! Olha as médias do futuro GOAT na série contra Indiana , sucesso.

    • Matheus Oliveira

      Futuro ? Esse já é desde que pisou na quadra a primeira vez.

  • Enzo Soares

    Raptors in six

  • Matheus Oliveira

    Cavs em 6

  • Beto #53DiasParaoDraft #MFFL

    Cavs 4×2 Raptors

  • Daniel Nogueira

    Caça em 5

    • Daniel Nogueira

      Cavs*. Maldito corretor ortográfico…rs

  • Mattews HeatNation

    Também aposto no 4×2 Cavs com o Raptors dando um pouquinho mais de trabalho por ter tido mais dias de descanso q o ano passado.

  • Heitor b

    O Raptors tem time p eliminar o cavs. mas são cagões. Cavs em 6

  • Cavs 4×1 Raptors

    • Guilherme Petros

      Tbm acho que qq coisa além de 5 jogos será uma zebra.

  • Guilherme Petros

    4×1 pro Raptons com DeMare Carrol fazendo a última cesta no estouro do cronômetro do jogo 5.

    Ou isso, ou uma varrida do Cavs mesmo… rs

  • Felipe D.

    Cavaliers vencem a serie fazendo 4 a 1 no Raptors

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados