logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 1 maio 2017 às 13:15
Previsão: San Antonio Spurs (2º) x (3º) Houston Rockets

Com características opostas, rivais texanos devem fazer o confronto mais quente e equilibrado das semifinais

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Thiago Viana

Conferência Oeste: San Antonio Spurs (2º) x (3º) Houston Rockets

Confrontos na temporada: Spurs 3 x 1 Rockets

10 NOV – Rockets 101 @ 99 Spurs
12 NOV – Spurs 106 @ 100 Rockets
20 DEZ – Spurs 102 @ 100 Rockets
06 MAR – Rockets 110 @ 112 Spurs

Datas do confronto
01/05: Rockets x Spurs – 22h30 (em San Antonio)
03/05: Rockets x Spurs – 22h30 (em San Antonio)
05/05: Spurs x Rockets – 22h30 (em Houston)
07/05: Spurs x Rockets – 22h (em Houston)
09/05: Rockets x Spurs – Horário a ser definido (em San Antonio)*
11/05: Spurs x Rockets – Horário a ser definido (em Houston)*
14/05: Rockets x Spurs – Horário a ser definido (em San Antonio)*

* Se necessário

Horários de Brasília

San Antonio Spurs (61-21)

Maior sequência de vitórias: 9 em duas ocasiões (entre 11 de novembro a 26 de novembro) e (entre 13 de feveveiro a 08 de março)
Maior sequência de derrotas: 3 (entre 8 a 12 de abril)

Time-base

Tony Parker (PG)
Danny Green (SG)
Kawhi Leonard (SF)
LaMarcus Aldridge (PF)
Dewayne Dedmon (C)

Reservas com mais tempo de quadra

Pau Gasol (PF/C)
Patty Mills (PG)
Manu Ginobili (SG)
David Lee (PF)
Jonathon Simmons (SF)

Técnico: Gregg Popovich

Líderes (temporada regular)

Pontos: Kawhi Leonard (25.5)
Rebotes: Pau Gasol (7.8)
Assistências: Tony Parker (4.5)
Roubos de bola: Kawhi Leonard (1.8)
Bloqueios: LaMarcus Aldridge (1.2)


Houston Rockets (55-27)

Maior sequência de vitórias: dez (entre 1 e 17 de novembro)
Maior sequência de derrotas: três (entre 28 e 31 de março)

Time base:

James Harden (PG)
Patrick Beverly (SG)
Trevor Ariza (SF)
Ryan Anderson (PF)
Clint Capela (C)

Reservas com mais tempo de quadra:

Lou Williams (PG)
Eric Gordon (SG)
Sam Dekker (SF)
Montrezl Harrel (PF)
Nenê (C)

Técnico: Mike D’Antoni

Líderes (temporada regular)

Pontos: James Harden (29.1)
Rebotes: James Harden (8.1)
Assistências James Harden (11.2)
Roubadas de bola: Trevor Ariza (1.8)
Bloqueios: Clint Capela (1.2)

leonard-harden

Análise do confronto:

Com a segunda e terceira melhores campanhas gerais da NBA na temporada regular, San Antonio Spurs versus Houston Rockets tem tudo para ser o confronto mais quente dessa rodada de playoffs. Na temporada regular, o Spurs levou a melhor em três dos quatro confrontos entre as franquias texanas. Os jogos foram marcados pelo equilíbrio, com três deles sendo vencidos por uma diferença de apenas 2 pontos, e com o outro terminando com uma vantagem de 6 pontos favorável ao Spurs. Esse confronto tem muita rivalidade e história e a tendência é que haja jogos tão duros quando os quatro da fase regular.

22 anos se passaram para que um dos confrontos de maior rivalidade da NBA voltasse a acontecer na pós-temporada. A rivalidade entre as franquias existe pela proximidade das cidades texanas e pelos grandes confrontos dos anos 80 e, principalmente, 90, quando os excepcionais pivôs Hakeem Olajuwon e David Robinson travaram grandes duelos. As equipes se enfrentaram três vezes em séries de playoffs, com Houston levando a melhor em todas. Em 1980, o Rockets passou pelo Spurs por 2 a 1. No ano seguinte, nova vitória: dessa vez por 4 a 3, na semifinal da conferência Oeste, mesma fase que vão se enfrentar a partir dessa noite.

olajuwon-robinson

O grande confronto entre os times aconteceu em 1995, pelas finais da conferência Oeste. Naquela ocasião o Rockets bateu o Spurs por 4 a 2 e, posteriormente, faria 4 a 0 no Orlando Magic na final da NBA. Os jogos foram marcados por atuações gigantes dos astros por Hakeem Olajuwon, que teve médias de 35.3 pontos, 12.3 rebotes, 5 assistências e 4,8 tocos, enquanto o Almirante David Robinson teve médias de 23.8 pontos, 11.3 rebotes e 2.1 tocos naquela memorável final do Oeste.

Hoje os principais jogadores das equipes não estão mais no garrafão. O ala-armador James Harden e o ala Kawhi Leonard, para muitos dois dos três melhores jogadores da temporada, são as principais armas da equipes. Mais uma vez candidato forte ao prêmio de melhor defensor da temporada, Kawhi tem grande impacto dos dois lados da quadra, sendo o melhor defensor e principal pontuador de sua equipe. O ala possui números de MVP: 25.8 pontos – com 48.5% de arremessos de quadra e 88% da linha de lance livre, além de 5.9 rebotes, 3.6 assistências e 1.8 roubada de bola.

Falando em MVP, James Harden é tido como o principal candidato ao prêmio e isso não é atoa. O Barba liderou seu time na grande campanha da temporada regular. Após a chegada do técnico Mike D’Antoni, Harden mostrou toda sua capacidade de comandar uma franquia em quadra e seu Q.I de basquete. O astro liderou a NBA em assistência, com média de 11.2, além de ser o segundo maior pontuador da temporada, anotando 29.1 por jogo. O ala-armador ainda liderou o Rockets em rebotes (8.1).

Mas não só do confrontos de astro se resume esse grande duelo. No banco de reservas temos dois dos principais responsáveis pelas ótimas campanhas: Gregg Popovich e Mike D’Antoni. Com 5 títulos da NBA com o Spurs, maior número de vitórias por uma mesma franquia e 20 participações seguidas em pós-temporada, Popovich é um dos maiores técnicos da história da NBA e também um dos melhores da atualidade. Ele faz que mesmo em um momento de “reconstrução”, após a aposentadoria de Tim Duncan e queda física de Ginóbili e Parker, a franquia siga no topo. Jogo coletivo, defesa forte e escolhas inteligentes nos momentos de decisão seguem caracterizando seu time.

pop-dantoni

Do outro lado, Mike D’Antoni voltou a ter a chance de comandar um time na NBA após passagens frustrantes por New York Knicks e Los Angeles Lakers. D’Antoni se encaixou perfeitamente com o elenco montado. Fez Harden mostrar o melhor basquete da carreira, impôs seu jogo de transição rápida e voltado ao ataque, com muitas posses de bola por jogo e finalizando as jogadas rapidamente. O seu time só pontuou menos que o Warriors durante a temporada. Ele soube aproveitar a capacidade de vários dos seus jogadores arremessarem bem de longa distância e baseou seu jogo ofensivo nisso, com sua equipe quebrando o recorde de cestas de três pontos em uma temporada, com 1181 convertidas nos 82 jogos.

As duas equipes chegam sem grandes problemas para a semifinal. Enquanto o Spurs pode contar com todos seus jogadores, o Houston não terá apenas o lesionado Sam Dekker, ala que pouco jogaria na série. Enquanto o Spurs tem a segunda melhor defesa da temporada, o Rockets tem o segundo melhor ataque. A diferença é que o time de Popovich tem um equilíbrio maior entre defesa e ataque, o que pode fazer a diferença na série. O Houston tem mais força ofensiva também vinda do banco, com Eric Gordon e Lou Williams, dois fortes candidatos ao prêmio de melhor reserva da temporada, além da experiência e qualidade do pivô brasileiro Nenê, que foi protagonista do jogo 5 que fechou a vitória do Houston Rockets por 4 a 1 sobre o City Thunder.

O Spurs teve mais dificuldade do que o esperado contra o muito bom time do Memphis Grizzlies. Nesse confronto, além das excelentes partidas de Kawhi, Tony Parker mostrou um nível acima do visto na temporada regular, o que será essencial nesse confronto. Beverley, que é um dos armadores que melhor marca na liga, tentará frear as infiltrações e impeto ofensivo do francês, que foi o segundo maior pontuador do time na primeira rodada de playoffs. Para contrapor o poderio ofensivo dos rivais, não bastará ao San Antonio marcar bem. Além de Parker, LaMarcus Aldridge tem que ser mais parecido com o da versão da pós-temporada passada, auxiliando Kawhi na pontuação.

Apesar de não ter uma defesa forte, assim como todos os times de D’Antoni, há bons defensores em Houston, como Beverley, Ariza, Nenê e Capela, que podem complicar em alguns momentos específicos o ataque adversário. Do outro lado da quadra há muita variação. James Harden deve ser bem marcado por Danny Green e Kawhi Leonard, mas ele mostrou ter inteligência para saber a hora de infiltrar e cavar faltas e, sobretudo, envolver muito bem seus companheiros. Com Gordon, Williams, Ariza e Anderson sendo armas letais no perímetro.

aldridge-anderson

O ataque do Rockets pode trabalhar também com os pick and rolls usando Clint Capela e Nenê. Eles e Ryan Anderson formam combinações de garrafões que devem criar problemas para Aldridge, David Lee e Pau Gasol defenderem. Dedmon pode ser importante no jogo físico defensivo. Anderson chutando de longa distância pode ser um problema para Aldridge, que faz uma temporada pior que a primeira pelo Spurs na parte ofensiva, além de não ter evoluído o suficiente defensivamente. Danny Green segue defendendo bem e encaixado no jogo do time, mas baixa a pontuação e aproveitamento ruim estão sendo pontos fracos. Ele voltar a matar algumas bolas do perímetro ajudaria muito o ataque do Spurs

O bom trabalho de bola ofensiva do Spurs pode ser um ponto chave no confronto, garantindo à equipe algumas cestas fáceis diante de uma defesa menos sólida. Na temporada regular, os comandados de Popovich conseguiram fazer os de D’Antoni arremessarem apenas 28% de três pontos. Quando mais a série se alongar, pode ser pior para o San Antonio, que tem um pouco mais velho e menos físico. Característica do Houston, o jogo de transição rápida e o volume de bola de três pode ser chave para chegar à final, mas esse tipo de jogo algumas vezes é “8 ou 80”, garantindo vitórias quando a bola está caindo, mas sendo desastroso em um dia ruim dos arremessadores.

Palpite
San Antonio Spurs 4 x 3 Houston Rockets

  • POPOMITO

    Três pontos fundamentais para o Spurs eliminar Houston na próxima fase :

    DEFESA : Leonard terá de marcar o Harden o máximo tempo possível . Como se viu nos jogos entre os times durante a temporada o único jogador dos Spurs que consegue condicionar um pouco o jogo do Harden é o Leonard . Green e principalmente o Parker já mostraram que não conseguem fazer nada defensivamente contra ele . Popovich vai ter de colocar o Leonard na marcação ao Harden logo no inicio dos jogos e não esperar só pelo final do jogo para fazer isso , porque ai o jogo já pode estar fora do alcance .

    RITMO DE JOGO : O Spurs vai ter de baixar o ritmo de jogo o máximo possível e jogar em meia quadra para evitar que Lou Williams , Eric Gordon e principalmente James Harden tenham espaço para serem aqueles jogadores decisivos que têm sido durante a temporada. Quanto mais lento , físico e feio forem os jogos melhor para o Spurs . Quanto mais rápido e espaçado for os jogos melhor para Houston .

    BANCO : Tendo Houston um dos melhores bancos da liga , o banco do Spurs vai ter de ter uma contribuição activa e regular durante as partidas , pois como deu para ver na eliminatória contra OKC , o banco de Houston consegue pontuar com muita facilidade e se jogadores como Ginobili e Gasol demostrarem a mesma irregularidade da eliminatória contra Memphis , o banco pode ser o FACTOR X dessa série . Ainda mais com Lou Williams e Nene jogando bem do jeito que vêm jogando . Ginobili e Gasol vão ter de conseguir acompanhar o ritmo dos adversários .

    P.S. : Claro que mais importante que tudo isso será o desempenho de Parker , motor e cérebro do time . Quem como eu acompanha o Spurs regularmente sabe que o desempenho do Parker e o sucesso do time andam sempre de mãos dadas , principalmente quando chegam os playoffs . Se durante a temporada regular o time consegue sobreviver sem boas contribuições regulares do Parker , muito pelo facto da maioria dos jogos ser mais acessível , nos playoffs , onde só estão os melhores times e a maioria dos melhores jogadores da liga , um VINTAGE PARKER será fundamental para o sucesso do time .

    PREVISÃO : 4 X 3 ( SÓ NÃO SEI PARA QUEM , TAL É O EQUILIBRIO ENTRE AMBOS ).

    • Guilherme Petros

      Vai ser animal. Dois estilos de jogo bem definidos e diferentes, muita gente boa em quadra, com poder de decidir e dois dos melhores bancos da NBA pra não deixar o jogo baixar o nível nem se tivesse garbage time! rs

      • Maurilei Teodoro

        Acredito que poderá ser a melhor série dos offs, incluindo as que ainda virão !!!

    • Bruno E Carla Savarege

      Acho que Pop não colocará Kawhi logo de cara pra marcar o barba, muito arriscado pendurá-lo de falta. Green vai ter que se virar pra segurar o Harden.

      • Knickerbockers

        Muito arriscado mesmo, ainda mais pelo fato do Barba ficar cavando faltas o jogo todo.

  • Brad

    Acho que só com o Kawhi no Godmode e marcando no seu melhor possivel o Harden pro Spurs vencer. Minha opinião é 4 x 2 Houston

  • Guilherme Petros

    Tudo pra ser a melhor série desses playoffs (contando todos os confrontos, inclusive final – a menos que na final tenhamos uma coisa tipo ano passado: 7 jogos e muita pegada! rs)

  • Maurilei Teodoro

    Mesmo eu achando uma pequena vantagem para o Houston, aposto no Spurs em 7 jogos. Irei contra o Spurs somente no embate com Warriors e Cavs !!

  • Bruno Da Silva Francisco

    Os SPURS é mais time que os Rockets , assim como era mais time que o thunder.. Só que nem sempre o melhor time vence…. Colocar o kawhi para marcar o harden de cara é uma burrice que o Pop não deve fazer… Time vai precisar muito da sua defesa e ataque coletivo. Confio nos meninos Bertrans e Simmons para surpreender !!
    Go Spurs

  • vsr.snake

    No ataque a questão é se o Spurs vai conseguir cadenciar o jogo e como o Rockets vai ser o volume de jogo do Rockets, visto que Spurs tem muito pegador de rebote ali.

    Na defesa, o tem que ver como o Spurs vai lidar com o perímetro, sem perder controle do garrafão. No caso do Rockets, tem que ver se eles vão se dispor a defender hehehehehe

  • Gustavo Santos

    Outra série pra 7 grandes jogos. Arrisco um 4×3 para o spurs.

  • Thiago26-NBA

    Nenê neles!!!

  • Octavio

    Acho vão errar feio em Jumper 4 x 1 ou máximo 4 x 2 .

  • Concordo com o relator, também acho que vai até o jogo 7, mas torcerei pro Spurs conseguir fechar em 4×2..

  • Asf 152

    Os jogos vão ficar equilibrados até meados do ultimo quarto, ai o Harden vai começar a cometer erro e o Kawhi vai decidir no final, pelo menos foram assim os jogos da temporada regular ou no mínimo dois jogos, não vi os outros dois

  • Felipe Rodrigues

    Acho q dificilmente essa serie não chega a 7 jogos.

  • Bruno E Carla Savarege

    Acho que vai ser realmente decidido no ataque do Houston contra defesa do San Antonio. Com certeza o ataque dos Spurs renderá mais contra a fraca defesa dos Rockets do que rendeu contra o Memphis. Estou curioso para saber as definições de match-ups, quem vai marcar Kawhi? Beverley ou Ariza? E o Harden? Kawhi ou Green? Minha opinião vence Spurs em 7 jogos.

  • Marcelo Desoxi

    Hora do Nenê ter 30 minutos +.

  • Felipe D.

    Acho sinceramente no máximo 6 jogos, Spurs faz 4×2 no Rockets.
    Spurs enfrentou um dos piores adversários pra ele no 1st Round, impactou demais os números ofensivos, o que será totalmente diferente agora com a defesa de Houston. Também acho que somente o Kawhi possa marcar o Harden, os outros do perímetro de San Antonio não tem condiçoes.

  • Millo

    Acredito no Houston! Vai barba!

  • ThiWallStar#DCFamily

    Discordo, acho que o Huston é afavorito pelo confronto, time bem encaixado e o Beverley marcando fortíssimo … não acredito que o Spurs leve mais que 2 partidas sinceramente …

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados