logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 3 maio 2017 às 00:08
Celtics amplia vantagem para 2 a 0 sobre Wizards

Confira também os detalhes do triunfo do Warriors sobre o Jazz

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Michel Zelazny

(OT) (0) Washington Wizards 119 x 129 Boston Celtics (2)

Boston Celtics e Washington Wizards jogaram nessa terça-feira pelo segundo confronto da série melhor de 7 pelas semifinais da Conferência Leste.

O jogo começou turbulento: após ficar fora do jogo 1 com uma torção no tornozelo em lance envolvendo Al Horford, Markieff Morris fez uma falta que colocou o pivô do Celtics na primeira fileira de espectadores com menos de um minuto de partida. Como no primeiro jogo, os visitantes tiveram um início superior ao do adversário. A vantagem chegou a dez pontos após cesta de dois pontos mais a falta de Morris. Pelo lado dos mandantes, parecia que apenas Isaiah Thomas era capaz de produzir algo, e seus 15 pontos não foram suficientes, visto que seu time perdeu o primeiro período por 42 a 29.

O segundo quarto foi marcado por uma reação do Celtics, similar ao primeiro duelo entre as equipes na série. Entre os destaques da equipe, vale destacar o armador reserva Terry Rozier, que vem tendo uma excelente participação pelos celtas nessa pós-temporada. O segundo-anista fez sete pontos em menos de três minutos e liderou a reação de sua equipe. O jogo voltou a ficar extremamente equilibrado, e John Wall foi o grande responsável por fazer com que o Wizards se mantivesse no topo. O armador da equipe de Washington fechou o primeiro tempo com 23 pontos e nove assistências, e o Wizards foi para o intervalo com uma vantagem de três pontos.

No final do segundo quarto, Avery Bradley e Otto Porter, em lances distintos, se contundiram e viraram dúvida para voltar ao jogo, mas ambos foram capazes de retornar para o terceiro quarto. Mas foi Wall que brilhou no começo do período, fazendo com que sua equipe abrisse nove pontos e forçando o técnico Brad Stevens a chamar tempo. Os ritmos voltaram a se animar quando Thomas caiu e bateu de cara no chão. Na posse seguinte, ele deu uma “cabeçada” em Otto Porter, que saiu de quadra com um acentuado sangramento nasal. Intencionalmente ou não, Thomas fez de Kelly Oubre Jr sua segunda vítima após uma nova cabeçada no rosto do adversário. Em quadra, a vantagem dos visitantes chegou a 14, mas os anfitriões se recuperaram bem e terminaram o quarto perdendo por apenas cinco pontos.

O quarto período começou com o Celtics melhor em quadra. Isaiah Thomas estava simplesmente endiabrado, fazendo 11 pontos no período em questão de alguns minutos. A liderança chegou após cesta de três de Bradley. Diferentemente da última partida, contudo, o Wizards nao deixou se intimidar pela festa da torcida adversária e o bom momento do Celtics. Depois de sofrer a virada, a equipe manteve-se focada e não demorou para responder na mesma moeda, abrindo cinco pontos a três minutos do fim após cesta de Morris. Nao demorou para o Celtics responder com duas bolas de três para empatar a partida em 110. Thomas colocou os mandantes na frente depois de deixar Morris na saudade com belo crossover, mas Porter ficou livre e acertou de três a 32 segundos do fim. Na posse seguinte, Thomas tentou por três vezes, até sofrer falta de Gortat e empatar o jogo. O Wizards não converteu em sua última tentativa, dando aos fãs pelo menos cinco minutos extras de ação.

A prorrogação começou com uma grande ausência para os visitantes: Marcin Gortat cometeu sua sexta falta na partida, e teve que sair de quadra mais cedo que desejado. O Celtics se aproveitou do desfalque e abriu três pontos de frente. O Wizards pareceu desorientado pela primeira vez no jogo inteiro, e Isaiah Thomas não perdoou: com 53 pontos, ele dominou o período extra, e o Celtics abriu 2 a 0 no confronto. As equipes voltam a se enfrentar na quinta-feira, dessa vez em Washington.

Destaques

Washington

John Wall: 40 pontos, 13 assistências, três roubadas de bola e três tocos
Markieff Morris: 16 pontos e seis rebotes
Marcin Gortat: 14 pontos e dez rebotes
Bradley Beal” 14 pontos, cinco rebotes e quatro assistências
Otto Porter Jr: 13 pontos e nove rebotes
Kelly Oubre Jr: 12 pontos e sete rebotes
Jason Smith: dez pontos

Boston

Isaiah Thomas: 53 pontos, quatro rebotes e quatro assistências
Al Horford: 15 pontos e 12 rebotes
Jae Crowder: 14 pontos e sete rebotes
Avery Bradley: 14 pontos e quatro rebotes
Terry Rozier: 12 pontos, seis rebotes e quatro assistências


(0) Utah Jazz 94 x 106 Golden State Warriors (1)

Complementando a rodada, o Utah Jazz foi a Oakland enfrentar o Golden State Warriors, dando início ao confronto válido pelas semifinais da Conferência Oeste.

O Jazz sabia que teria dificuldades para segurar o potente ataque do Warriors, e o começo do jogo mostrou exatamente isso. Apesar de segurar razoavelmente bem o adversário, a produção da equipe de Salt Lake City era simplesmente nula: foram mais de quatro minutos até a primeira cesta do time ser convertida. O problema é que o Warriors já tinha nove pontos na partida e liderava com folga. O garrafão do Jazz, composto por Rudy Gobert na rotação titular e Derrick Favors vindo do banco, foi o setor que liderou a reação da equipe, que ficou a apenas um ponto de distância, após cesta de Favors em rebote ofensivo. O choque foi o suficiente para os anfitriões acordarem e voltarem a abrir vantagem, fechando o primeiro quarto com seis pontos de frente.

No segundo período, David West e Draymond Green dominaram as ações ofensivas do Warriors nos primeiros minutos, e não demorou para a vantagem chegar a 14 pontos. Após atingir essa diferença, o jogo passou a ficar mais equilibrado: o Jazz não assustava, mas o Warriors não encontrava extrema facilidade para dilatar o marcador. Kevin Durant e Stephen Curry se revezaram no ataque, e fizeram todos os pontos do Warriors nos cinco últimos minutos do período. Do lado do Jazz, Gordon Hayward foi o cestinha da equipe no primeiro tempo, mas o ala não foi muito eficiente na sua seleção de arremessos, convertendo apenas três dos nove tiros tentados. O placar indicava 58 a 46 para os mandantes quando as equipes foram para o vestiário.

A ducha e conversa no intervalo parecem ter surtido efeito no Jazz, que começou o período muito mais ligado. No entanto, bastou piscar os olhos para o Warriors voltar a deslanchar, e a vantagem, que tinha caído para sete pontos, rapidamente voltou a 15. O panorama do jogo não era dos mais emocionantes: a impressão era de que o Jazz não tinha o suficiente para ameaçar o adversário, mas a equipe se mostrava insistente em não deixar o jogador sair completamente de mãos. Como no segundo quarto, a vantagem flutuou entre 10 e 15 durante quase toda a extensão do período, que terminou com o Warriors 11 pontos na frente.

No quarto derradeiro, o jogo finalmente saiu do ritmo previsível e equilibrado dos períodos anteriores. Para a tristeza dos torcedores do Jazz, contudo, foi o Warriors que se mostrou superior na hora decisiva, e a vantagem, que era relativamente tranquila, ficou ainda mais confortável com destaque para Draymond Green e Andre Iguodala. Depois de passar a barreira dos 20 pontos de diferença, o jogo já estava com seu destino sacramentado, e os minutos finais, marcados por uma leve reação do Jazz, foram praticamente questão de formalidade. O placar final foi 106 a 94 para o Warriors, que abre 1 a 0 na série e volta a enfrentar o Jazz nesta quinta-feira, novamente na Oracle Arena.

Destaques

Utah

Rudy Gobert: 13 pontos e oito rebotes
Gordon Hayward: 12 pontos, quatro rebotes e quatro assistências
Rodney Hood: 12 pontos e cinco rebotes
Joe Johnson: 11 pontos e cinco rebotes

Golden State

Stephen Curry: 22 pontos, sete rebotes e cinco assistências
Draymond Green: 17 pontos, oito rebotes e seis assistências
Kevin Durant: 17 pontos, cinco rebotes e cinco assistências
Klay Thompson: 15 pontos
Zaza Pachulia: dez pontos

  • Gustavo Santos

    Isiah Thomas colocou a bola em baixo dos mini braços e mostrou que é sim uma super estrela, gosto de mai dele desde o sacramento, ainda bem que cresceu seu jogo a esse ponto, uma estrela improvável nesse mundo de gigantes, mas vou dizer, wiz dia vezes deixou escapar vatagem de 14pts, assim fica difícil.

    • Doug

      Eu tb, mas ninguém poderia imaginar q esse cara chegaria nesse nível (acho que nem a mãe dele)…

    • ThiWallStar#DCFamily

      O banco não jogou nada, Jennings não acertava nem bandeja, e no time titular o Beal começou a tentar de qualquer jeito para conseguir uma boa pontuação individual, mas agora no Verizon se o Wall jogar o que jogou e o Beal ter uma atuação digna do seu potencial o Wizards tem tudo para deixar a série ainda mais emocionante …

  • JoaoCelta

    Tentando não rir de quem disse que o Wall iria engolir o Isaiah

    • ThiWallStar#DCFamily

      O time tem que ajudar também, até porque o Isaiah jogou muito, mas o que o Rozier equilibrou esse jogo foi um absurdo, se o Beal não estiver bêbado amanhã, tem tudo para ficar mais emocionante ainda no jogo 3 …

    • pedrokadf

      calma, ainda tem alguns jogos

      • JoaoCelta

        Ah tá…

        • pedrokadf

          Agora pode kkkk mas foi tenso né 4×3

  • Vincent Savino

    I.Thomas jantou o Wall na hora do vamos ver.

  • Rogério Rodrigues
    • Alex Alves

      Hahahaha muito bom o trailer. Lembrando que Sr. King é um Celta mas não dos fanáticos, curte mais uma MLB.

    • Guilherme Petros

      FANTÁSTICO!!! hahahahah

  • Paulo Sérgio

    Quando o cara quebra o recorde de pontos nos playoffs do maior time da história da NBA, esse cara merece ser eternizado. Como é bom ser Celta e ter esse cara no time
    #TheTooth
    #TheRealMVP

  • IThomas #ItsNotLuck

    E detalhe, hoje seria o aniversário da irmã dele. Que momento tá vivendo. Slc

  • Ithaiah Thomath #BC

    São tantas emoções

    • Guilherme Petros

      Melhor foto de avatar EVER!

  • Paulo

    Grupo Celta no WhatsApp: 12 992477657

  • Will

    – Que jogaço do Isaiah Thomas! É bom demais ver esse cara jogar!
    – Por enquanto, Golden State ganhando sem forçar. Jogo coletivo e eficiente. Muito bom!

  • R Green

    Vamo porra!
    IT monstro.
    Lets,go C,s!!!

  • Doug

    Olha, acho que poderia trocar a ordem do adjetivo no início da matéria: “Boston e Washington jogaram nesta terça-feria pelo segundo confronto da melhor série de 7 jogos pela semifinal da Conferencia Leste (foi o que a minha cabeça leu…)”…kkkk
    Partida fantástica…aquele pequeno ser não era humano, ou era um gnomo fantástico ou o mestre dos magos (e aqui muito oportuno) ludibriando a turma toda…partida linda do Celtão…time com brio…deu gosto de ver…esse time verde defende demais (isso nao aparece visivelmente em números)…alguém coloque o Bradley no 1st team defense, por favor…e que arregada feia do WAS…

    • Bruno Araujo

      Mestre Yoda!

    • Julio Zago

      Perfeito, como torcedor me sinto representado pelo Bradley, muita dedicação dentro de quadra.
      E que jogaço ontem! Partida extremamente pegada e disputada, Thomas não teve medo de porrada nem tampouco se omitiu no momento decisivo, pelo contrário, chamou a responsabilidade e venceu o jogo. Como é bom ver um jogador assim novamente com a camisa Celta.

    • Guilherme Petros

      Se não tiver o Bradley no 1 time de defesa vai ser uma sacanagem mto grande!
      Sei lá quem será o posição 1 do time, mas Bradley-Leonard-Green-Gobert tem que estar

  • João Ninguém

    FINAL DA NBA: WARRIORS vs CELTICS.

    • Gustavo Santos

      Só se a final tiver e times, pq o cavs vai chegar kkkkk

      • The Real Jay

        Ele está brincando, todos sabemos que a panela do Cavs é difícil de ser batida nessa temporada, quem sabe na próxima com a a chegada de mais um all star pro nosso time.

        • João Ninguém

          Exato.

        • Guilherme Petros

          Mas pense assim: se o Celtics se reforçar, o Cavs vai fazer o mesmo (parece maluco, mas eles vão se reforçar MAIS pra temporada que vem…)

          • João Ninguém

            Lebron só joga com panela.

          • Tira o Lebron de Cleveland e você ve onde chega esse time.
            Vai suar pra ir pros playoffs.

            Lebron É A PANELA por si só.

          • Vinicius Souza

            Mas seu eu não me engano o cap do cavs ja esta no alto, diferente do Celtics que tem um cap para no maximo dois all stars

          • Guilherme Petros

            Verdade, o Cavs teria que pagar as multas. Mas o Celtics vai atras de all star e o Cavs, de reforços pontuais (po, os caras ja tem 3 all stars no quinteto – sendo que um deles é Ele – e uns 4 ex-all stars no elenco…)

        • Andre T.

          diz que o cavs é panela, mas vai esperar ano que vem pros celtas trazerem um all star UAHSUHAHSUAHSHAHSAUHSUHAHSU, acho engraçado isso, antes de dar certo a ´´panela“ do cavs, os garotos de NY Knicks, Shumpert e J.R eram renegados, ninguem queria os caras, Love meteram o pau dizendo que tinha sido uma péssima troca com os wolves, e muitos até temporada passada nem all star o consideravam, ai de uma hora pra outra, quando os rivais do leste não tem capacidade de avançar nos offs, ai o todo mundo do Cavs vira all star, até channing frye e Dahntay Jones viraram all star e são panelas pros hater, chora não celta, se LeBron sogando sozinho e com times horríveis na quele cavs antes da saída dele, ja dava trabalho pra ´´panela“ que tinha o boston com KG, PP34, ALLEN e Rondo, imagina com jogadores bons ao lado, não é a toa que ele tem medias de 30ppg contra o Boston.

          • Gabriel S Monteiro

            ??????

            Love foi uma péssima troca? Wolves recebeu duas primeiras escolhas, e uma deles se chamava Bennet, um das escolhas mais doidas de todos os drafts, pelo contrário, todos falavam que com a volta de LBJ a Ohio, essa era a hora de investir pesado e ganhar, não esperar Wingins evoluir pra ter um time competitivo.
            Love já era excelente no Wolves fazia tempo, só não tina tempo, o que questionavam no Love era sua defesa, o que não é o ponto forte, mas ter sido uma troca ruim pro Cavs? NUNCA.
            Wolves foi obrigado a trocar Love ou ia perder ele de graça no fim do contrato.

            Shumpert defendem bem, e nada mais.. não é um jogador nada demais.
            J.R é um bom arremessador, é um cara bom pra ter no elenco, não pensando no temperamento.

            Ser renegados em NY não significa muita coisa, só olhar o que Melo está passando na Mão do velho Phill.

            Irving já tinha potencial pra ser All Star, o que sempre foi questionado era sua defesa, mas habilidade e poderio ofensivo sempre sobrou ali, o que ele não tinha era time.

            O que você não percebe é que que LBJ vai fazer 30 pontos com qualquer time que ele jogue nos Offs, ele é o melhor jogador do planeta.

            Acho esse papo de panela um saco, o cara tem direito de ir pra onde ele quer e jogar com quem ele quer, um optam por ganhar mais fácil, ou veem um melhor projeto, de jogo e vida que pode te levar a ganhar, outros preferem ficar em locais que se sentem mais confortáveis, talvez ganham ou não.. Como fez LBJ indo pra Miami, KD indo pro GW e KG e Allen indo a Boston.

            O Cavs hoje tem o melhor time no leste e um dos melhores da liga, nunca disse que não, a questão é que o time de Boston, em um final seria um baita desafio, não tem papo de Hater ou choro aqui, pelo contrario, sou Boston mas curto basquete no geral, gosto de ver bons jogos, só que pra comentar no mínimo faça uma boa análise só isso, achar que o Cavs vai ganhar é seu direito como torcedor, mas está generalizando um monte de coisas.. Abs

          • Andre T.

            ´´só que pra comentar no mínimo faça uma boa análise só isso“
            Desculpa, me esqueço que aqui está cheio de analista e comentarista da ESPN e NBAonTNT, perdão.
            Cara o que eu mais li aqui, principalmente depois da perda do título pro GSW foi que J.r e Shumpert não prestavam pra nada, Love nem de perto era o mesmo do Wolves, e que tinha sido uma péssima ideia a troca pelo Wingins e Irving era muita jovem e ´´peladeiro“, e isso eu li aqui nesse blog, ninguem me contou, agora foi o time ganhar o anel que do nada virou panela, favor não vim aqui me dar lição de moral ou coisa do tipo, que primeiro eu nem me dirigi a sua pessoa, se tomou as magoas pelo seu confrade celta não posso fazer nada.

            O que eu quis dizer, é que vejo muitos aqui usar esse termo panela e é chato pra caralho,e muito usado por hater, acho que o basquete é o único esporte coletivo onde surgiu esse termo ´´panela“, o que eu no caso nem de perto acho que esse Cavs é penela, esse penela é só mais um termo pra querer desmerecer ou criar desculpas pela má gestão de seus GMs em não conseguir montar um elenco bom.

            Tbm acho que se der Celtics e Cavs na final vai ser uma boa série pra ambos, só nos resta aguardar. Abs

          • Gabriel S Monteiro

            A questão do boa análise nem em pra você na real e pra galera que escreve muita besteira, não achei sei comentário vazio, só não concordo com ele, mas isso é de boa, entendo que leu isso sobr JR e cia.. é normal

            E a questão de brigar pela definição do que é panela ou não é a coisa mais chata que tem no site! hahaha

  • João Ninguém

    Thomas:THE REAL MVP.

  • Julio Zago

    Assisti os minutos finais e a prorrogação toda em pé ontem. Que jogaço, muita tensão, provocação, chance de vitória para os dois lados.
    Thomas se mostrou um craque de primeira grandeza ontem, decisivo, sem medo de porrada, todo o drama que ele vem passando parece que lhe dá ainda mais força.
    Hoje não é dia de ver limitações, defeitos, hoje é dia de saborear essa linda vitória de um time aguerrido acima de tudo e liderado por um craque indiscutível.
    Orgulho Celta!

  • Mathias

    Impressionante ver um cara de 1.75m jogar desse jeito! Wall também joga demais, mas na hora que o bicho pegou o Thomas destruiu ontem.

    • Guilherme Petros

      acho que o IT quer deixar BEEEEEEM CLARO quem é o melhor PG do Leste neste ano…

  • The Real Jay

    ” Hoje é o aniversário da minha irmã, ela faria 23 anos. O máximo que eu poderia fazer era ir lá e jogar por ela.” Que homão da porra!

    • João Ninguém

      Jogador viril.

  • Rafael Marques

    GSW em 4, Boston em 6. Quem discordar é clubista

    • Seldon

      tem grandes chances.

  • Barbudo

    IT Moooooooonstroooo ! O Pequeno Gigante !

    GSW com um pé nas costas, mais fácil que roubar jujubas de uma criança. Varrida 4×0 !

  • The Real Jay

    You know what time is it?

  • Diego Costa
    • Guilherme Petros

      O que um dado (altura) não faz, ne?

    • Luccas Campos

      A desgraça no atual recrutamento é que todo o sistema está focado nos defeitos, o cara é muito baixo, tem braços pequenos, uma parte do jogo é complicada, veio de uma universidade pequena, enfim, a avaliação não se dá necessariamente por conta do talento.

      • Vitor Martins

        Novo recrutamento? Ginibili foi escolhido em 57 no Draft, fera. Isso nos anos 90 ainda. Essas coisas acontecem. Se ele tivesse 10cm a mais teria sido escolhido antes? Talvez, mas são só conjecturas.

  • 76

    Que série fantástica! É isso que eu espero de uma série de playoffs

  • DNT

    -Gosto desse time do Celtics, impressionante o compromisso e o profissionalismo no IT, mas em uma eventual final com os Cavs acredito em uma varrida do time de Cleveland, há uma diferença muito grande de elenco.
    -GSW vai passear nessa série, tinha palpitado 4×2, mas mudei de opinião, acho que vai ser 4×1 ou 4×0.

    • Gabriel S Monteiro

      Acho Cavs favorito.. mas varrida já acho muuuuito exagero.

  • Rogério A S Ifanger

    Caso se confirmem as expectativas teremos GSW x Rockets e Cavs x Boston.

    Sei que é só uma expectativa, mas vai ser engraçado ver o GSW x Rockets

    Todo jogo acima de 120 pts kkkkk

    • Guilherme Petros

      Mas vc considera o Rockets favorito contra o Spurs?

  • DNT
    • Guilherme Petros

      Quaso rola outra contusão… rs

    • Arthur B. #LosSuns ☀️️

      Parecia um bêbado hahahaha

    • Bruno Gonçalves

      kkkkkkkkkkkkkkkkkk.

    • William Felton

      Tá procurando o Curry até agora rsrs.

    • Vai ter que fazer RPG para consertar a coluna depois disso.

    • pedrokadf

      meu deus kkkkk sacanagem

    • Chimbinha

      Se sou o Gobert pego ele pelo pescoço e dou um cachação pra nunca mais fazer de novo.

    • Zack Batista

      Possivelmente causou uma lesão corporal… Agora, foi culposa ou dolosa? Curry precisa ser indiciado..rs

    • Vinícius Maia

      Dançou mais que o Cameron Payne kkkkkk

      Sem exageros: não me lembro de alguém que tenha dançado tanto com dribles na NBA kkkk

    • Maicon Gomes

      Que isso kkkk, parecia que Curry tava driblando um bêbado rs

    • dirct

      Eu sempre digo: Gobert se sair de baixo da cesta é bem fraquinho e qualquer um deita, não limpa o tênis do Green.

  • DNT
    • Guilherme Petros

      Essa bola do curtinha do Beal foi sacanagem. Devia ter sentido o cansaço, os braços pesaram uns 20kg cada, pq não é possível, sem marcação e ele não costuma errar dai (não é nenhum CJ McCollun, mas normalmente nào erra daí…)

      • Andre T.

        tudo isso e mais a pressão da bola da vitória, ficou ridículo uhsuahsuhas

    • The Real Jay

      Quanto você falou que seria a série msm? rssss

      • DNT

        Cara, eu acho que vai ao jogo 7, mas o vencedor eu realmente não sei.

  • ThiWallStar#DCFamily

    13 pontos de vantagem e o Beal me vem com individualismo chutando a bola de três restando 15 segundos pro chute, ai o Jennings entra e começa a errar cesta mais fácil que bandeja … Agora a série vem pra Washington, e o Beal deve voltar com atuações de alto nível, acredito que está tudo em aberto ainda até porque a atuação do banco dos Wizards foi ruim exceto o Jason Smith … E se o time titular jogar bem e contar com o Bradley Beal ajudando o Wall, tem tudo para equilibrar ainda mais a série e possivelmente levar até o jogo 7 .

    • Gabriel S Monteiro

      Verdade, acho que agora o ponto chave é Boston conseguir ganhar um desses 2 jogos, se não acho que vai a 7 também.

      Beal irreconhecível, estava apático no jogo..

      • ThiWallStar#DCFamily

        Sinceramente, ele estava jogando mal ok, mas a equipe estava ganhando por 14 pontos fora de casa do Boston e ele chutando pra três marcado faltando 13 segundos para estourar o cronômetro, primeiramente ele tinha que pensar na vitória da equipe, depois em seu desempenho individual no jogo, ele é um ótimo jogador tomara que ajude o Wall e se redima nas partidas em Washington …

  • OldMateus

    Calma.. 1×0 pro Golden states em casa e o pessoal já fala em varrida, ai vira o mando,Jazz e wizzards ganham uma e o povo muda dnv.
    Cheio de Mãe Dináh por aqui.

    • pedrokadf

      verdade

  • Fernando

    Tudo definido já.
    Celtics X Cavs / Rockets X Warriors

    • William Felton

      Devagar com o andor, já diriam os sábios antigos.

    • Claudio R.

      tu achas??… ainda acho Wizards x Cavs e Warriors x Spurs

  • Eduardo Muniz

    Assisti ao jogo do Celtics x Wizards. Tenho alguns pontos a ponderar:

    1 – a jogada crucial do jogo, a roubada de bola do Bradley no Wall, foi faltosa. Ele segura a mão esquerda do Wall no momento em que o Wall faz a finta passando a bola por trás do corpo. Sei que é um lance difícil, entretanto, há 3 árbitros em quadra.

    2 – Wall estava arrebentando no jogo e no último quarto e na prorrogação me parece que ele cansou. A intensidade dele diminuiu e com isso o ímpeto da equipe tbm caiu.

    3 – Morris falou muito na série contra o Hawks. Agora tem que aguentar a pressão do Thomas e sem apelar.

    4 – Thomas jogou demais!!! E tá metendo uma puta banca tbm com trash talk e tudo. Vamos ver se vai detonar contra o Cavs numa eventual final de conferência ou se vai ser jantado com farofa pelo Lebron.

    Dito isto, foi um puta jogaço!!!! Acho que hj o jogo do Spurs x Rockets vai ser animal tbm!!

    • Vitor Martins

      Também achei falta. Aliás, a arbitragem forçou um pouco pro Boston quando eles estavam virando o placar. Normal também, acontece todo jogo. Basquete é muito dinâmico e interpretativo, a juizada sempre sopra a favor do time da casa pra evitar maiores complicações. Thomas eh foda, e mereceu ganhar.

    • The Real Jay

      ueuhehuhuehuehuehueehehueuhehuehuehhehue. 1ST TEAM ALL DEFENSE. O jogo todo fomos gafado e o cidadão fala isso!

      • Eduardo Muniz

        O que eu falei demais parceiro??? Eu falei que foi falta no lance, e não que o juiz ROUBOU para um time ou outro!! Vamos interpretar melhor.

        Não sabia que o Bradley foi eleito para o 1st team all defense. Isto é novidade.

        • Vinicius Souza

          A roubada do Bradley em cima do Wall foi totalmente limpa, alias o erro foi do próprio Wall que passou a bola por tras ao inves de ir para o screen.
          Enfim quem tem que reclamar dessa arbitragem é o Celtics, que nesses dois jogos foi prejudicado, com faltas bobas sendo marcado contra e, ate pisão na frente do juiz e este não marca.

          • Gabriel M.

            Foi muito falta, exatamente o que o @disqus_7W82v2xjvk:disqus falou, o bradley segurou a mão do wall.

          • Eduardo Muniz

            Bom, se segurar a mão do adversário é lance limpo no Basquete, então vou ter que reler as regras do jogo.

            Talvez eu tenha confundido com Futebol.

    • Gabriel S Monteiro

      Ser jantado pelo Lebron.. LBJ é o melhor jagador do planeta, ele engole quem ele quer, quando ta pra jogo não tem essa, ninguém segura.

      Boston indo pra um final, pra ganhar tem que fazer com que Irving não jogue nem Love, LBJ vem ora 30/40 pontos em Offs sempre!!

      • Eduardo Muniz

        Que Lebron é o melhor jogador do planeta, todos sabemos! Ele engole quem ele quer?? Nem sempre amigo. Kawhi, Iggy e Durant já o pararam várias vezes!!! Segura a emoção.

        LBJ vem para 30/40 pontos em Offs sempre???? SEMPRE????????

        Certeza mesmo que ele faz 30/40 pontos em todos os jogos dos offs???

        • Gabriel S Monteiro

          Só olhar o histórico dele nos últimos Offs, e ver as médias dele, Lebron querendo jogo não adianta, eu vejo ele dessa forma quando está com a mão quente e partindo pra dentro a real é que não dá pra marcar ele.

          Os únicos caras que vi de fato, pressionarem ele e incomodar foram Kawhi e Butler, Iggy também pode entrar, Leonard só é um dos melhores marcadores da liga e mesmo assim tem dificuldade, LBJ é fora de série, isso não dá pra discutir.

          Fora que eu não lembro o ultimo jogo importante em Offs que ele não tenha marcado no mínimo 20 pontos, não sou torcedor dos Cavs, mas sou realista em relação a um craque.

    • Falta onde? Jogada limpa!
      Por outro lado, o Crowder deu um tocassssso ultra limpo no fim do jogo também, e os juizes deram falta. Assim como no minuto final em que o Wall recebeu um passe com o pé pisando na linha de divisa do meio da quadra e juiz não marcou retorno de bola.

      Mas isso não importa, erros acontecem o jogo todo e pros dois lados. Dizer que um erro foi CRUCIAL é brincadeira né? Ainda mais quando teve mais erros contra o celtics do que a favor.

      No fim das contas, NESSE jogo, a arbitragem quase não influenciou. Então por favor, não use isso como desculpa.

      • Eduardo Muniz

        Cara, eu não disse que o erro foi crucial! Eu disse que a JOGADA foi CRUCIAL, pois foi nesse lance que o Boston decidiu a partida.

        Se vc acha que a jogada foi limpa deveria rever o lance, pq até onde eu sei, segurar a mão do adversário no Basquete é falta SIM!!

        Realmente os erros acontecem e para os 2 lados. Mas a arbitragem está lá para evita-los, não é mesmo? Eles possuem recursos, inclusive o replay da TV que permite mudar a decisão tomada pela arbitragem.

        E eu não usei nada de desculpas parceiro. Eu apenas ponderei fatos que percebi no embate.

        Não sou torcedor de nenhuma das duas franquias.

        Eu gosto da NBA e aprecio todos jogos bons e os grandes jogadores que a liga possui.

        Então por favor, deixe o fanatismo de lado e respeite argumentos alheios.

  • pedrokadf

    entusiasmo é grande, mas temos q esperar mais, só lembrando q o bulls abriram 2×0 jogando fora de casa…

    • OldMateus

      Se o wizzars empata essa serie ,oq vai ter de gente se contradizendo… não é pouca não.

      • pedrokadf

        Verdade amigo

    • The Real Jay

      Cara eu to tranquilo, essa série vai ser 4×3 pra Boston. Perdemos os jogos na casa dele e ganhamos os nossos simples.

      • pedrokadf

        Acredito em 4×3 tb
        Só não cravo para quem !!

    • Rafael Victor

      Pode crer! O Wizards vai engrossar pra cima do Celtics em casa! Tem nada decidido nessa série!

      • pedrokadf

        Exato

  • Bruno Gonçalves

    Warriors não jogou muito bem, ao meu ver…

    • William Felton

      Aproveitamento nas bolas de 3 pts foi baixo mesmo, sendo que tentaram o mesmo tanto de arremessos que o Jazz. E ainda assim ganhou por 12 pontos, com “garbage time”… imagina se os chutes de 3 tivessem caído como de praxe!

      • Bruno Gonçalves

        Sim, aproveitamento abaixo mesmo… Uma coisa que merece ressaltar é como David West está jogando bem… Ele tem feito o trabalho do pivô clássico muito bem, de costas para cesta segurando o marcador, bloqueando e distribuindo assistências perfeitas, que deixam os companheiros em ótima posição de finalização, além de um arremesso de curta distância consistente.

        • EDMAR

          Bem lembrado quando ele entrou junto com o Green o time começou a deslanchar….. Se o KD, Thompson, Curry e o Iggy tivessem um aproveitamento melhor ja teriam decidido no começo do 3°quarto, Clark tbm jogou demais heeein

          • Bruno Gonçalves

            Sim, Ian Clark tem jogado bem todos os últimos jogos. Tornou-se um reserva de confiança.

        • Rafael Marques

          Essa é a diferença entre um possível final entre GSW e Rockets, o time do barba vive ou morre dá bola de 3, já o Warriors mesmo sem o perímetro funcionando tem um leque de possibilidades ofensivas. (Apenas uma suposição desta final, acho que dá Spurs)

  • Felipe Oliveira

    Wall x Thomas – Que série!!!

    • pedrokadf

      E não esperava por isso

  • Rafael Victor

    O jogo parecia que ia ser do Wall, carregando o Wizards sozinho, mas no final o Formiga Atômica roubou a cena! Doutrinou no ultimo quarto e na OT, enquanto que o Wall deu uma sumida! Acredito que o Wizards vai melhorar nos próximos jogos e devam empatar a série, não é possível que o time que “pode bater o Cavaliers no Leste” seja eliminado tão facilmente!

    E o Jazz, pras condições atuais do time, até que não fez tão feio no jogo de ontem! Agora parece que o PipoCurry se machucou, passou um tempão fora do jogo de ontem!

    • Alex Alves

      A questão do Wizard que somente o Wall estava chamando o jogo, o Thomas embora seja um ÓTIMO jogador tem um time pelo menos ontem muito melhor (Graças a Deus) eu como Celta estava malhando o Horford esta jogando bem melhor nos offs embora ainda possa ir um pouco além ofensivamente na minha opinião.

      • Vitor Martins

        Mas o Horford é aquilo mesmo, dificilmente vai fazer mais. A torcida do Celtics (talvez por carência de um grande jogador de garrafão desde o Garnett) esperava um pivô que ele jamais foi.

    • Gabriel S Monteiro

      Wall tava visivelmente morto no fim do ultimo quarto e na OT, claro que Boston e IT tiveram méritos, mas Beal não ajudou em nada e Wall carregou o piano sozinho

  • PISTELTICS

    Vocês perceberam a provocação do Morris no Thomas?
    Logo depois do lindo crossover, o Morris vai ao ataque falando algo pro IT, que fica encarando ele por um tempo.
    Depois disso, o IT procura o Morris em todas as jogadas de ataque, e fica sambando com a bola na frente dele, querendo (e conseguindo) dezestabiliza-lo, tanto que no and-one monstruoso na prorrogação ele sai andando e vai atrás do Morris pra falar alguma coisa.
    Parece que ligou o modo demônio depois da provocação. KKKK

  • Uncle Drew #DefendTheLand

    Isaiah Thomas já colocou seu nome na história do Celtics. E se tratando desta franquia, isso não é pouco.
    Uma das maiores performances da história da franquia nos Playoffs.

  • pedrokadf

    REPRODUÇÃO ESPN –
    LeBron James está no caminho para superar Jordan; a pergunta é: ‘Vamos permitir que ele o faça?’

    LeBron James está no caminho para superar Jordan; a pergunta é: ‘Vamos permitir que ele o faça?’
    LeBron James está no caminho para superar Jordan; a pergunta é: ‘Vamos permitir que ele o faça?’
    Peço que leiam o texto até o final. Se, após a leitura, discordarem de mim, tudo bem. Mas, por favor, leiam. Quero deixar claro antes de começar que, neste momento, Michael Jordan ainda é o melhor jogador de basquete que o mundo já viu. Isso posto, posso começar o texto.

    Vamos voltar no tempo. Quando LeBron James amarelou nas finais de 2011 contra os Mavericks, se não todos, muitos amantes de basquete tiveram o mesmo pensamento: “Ok, agora ninguém jamais vai chegar perto do Jordan”. Só que, desde então, o que LeBron James tem feito não é apenas notável. É absurdo. É, simplesmente, a maior sequência da história do basquete. Ele é o melhor jogador da NBA desde que ele entrou na liga.

    Agora, vamos colocar aqui alguns números que mostram que, fatalmente, LeBron James terminará a carreira com estatísticas melhores que Michael Jordan.

    Por exemplo: LeBron se tornou (em porcentagem) um arremessador de 3 pontos melhor que Kobe Bryant, que, por sua vez, foi melhor que Michael Jordan nesse quesito.

    LeBron James 34,2% x 32,7% Michael Jordan

    Acho que todos aqui vão concordar que LeBron é maior e mais forte do que Michael; melhor passador e melhor reboteiro.

    Lebron James: 7 assistências e 7 rebotes de média
    Michael Jordan: 6 assistências e 5 rebotes de média

    Relembre as 6 melhores atuações da carreira de LeBron James nos playoffs da NBA
    Com pelo menos 6 anos restantes na NBA, se nenhuma lesão o atrapalhar, LeBron vai superar Michael em pontos, rebotes, assistências, porcentagem nos arremessos de quadra e aparições em finais. Isso não é pouca coisa, fã de esportes, não é.

    Vamos colocar mais alguns fatos na discussão!

    Quando LeBron deixa um time, esse time praticamente acaba. Quando ele deixou Cleveland, os Cavs deixaram de ser um time de 60 vitórias por temporada e foram direto para a primeira escolha do Draft, logo, foram o pior time da temporada seguinte.

    Um LeBron bicampeão saiu de Miami após 4 finais consecutivas. O que aconteceu com o Heat? Eles nem foram para os playoffs na temporada seguinte. Quando Jordan deixou os Bulls para tentar beisebol em 1993, Chicago, que tinha vencido 57 partidas na temporada anterior, venceu 55 na seguinte.

    Gostaria de reiterar que, na minha opinião, enquanto você lê este texto, Michael Jordan É o maior jogador de basquete da história. Sim, ele ainda é o ‘G.O.A.T.’.

    Por todos os ângulos: veja como se desenrolou a jogada da enterrada incrível de LeBron James
    Se, em 2011, perguntassem o que LeBron teria que fazer para se tornar o maior após a derrota vexatória para Dallas, eu diria que além de ser o melhor jogador da liga durante um bom tempo, ele teria de enfrentar e passar por todos os grandes concorrentes de sua geração. Kevin Durant, tchau. Dinastia Popovich, tchau. Golden State Warriors, tchau. Assim, James soma 3 títulos, 4 MVPs, 3 MVPs das finais.

    O que eu quero dizer é que, se um anel contra este Golden State Warriors de Durant, Thompson, Curry e Green não colocar LeBron, pelo menos, no mesmo patamar que Jordan, a resposta, infelizmente, será que LeBron ‘não pode’ passar Jordan. Quando digo “não pode”, quero dizer que “não vão deixar”. Jordan permanecerá intocável. E a resposta não pode ser essa. Simplesmente não pode.

    • pedrokadf

      Eu concordo bastante com o texto em vários pontos, ao meu ver james vai superar Jordan em quase tudo, pontos, rebotes assistências quiça títulos etc, menos no estatutos de goat, de melhor jogador de todos os tempos, acredito q essa coroa ngm tira de Jordan (assim como Pelé), apesar de não ser unanimidade em ambos os casos, a grande maioria assim entende !!

      • Albert Cavs

        Fato !

      • Claudio R.

        não vejo assim não… não vejo ninguem Alem de Pelé como intocavel em seu esporte… nem Tiger, nem Federer, nem Ali, nem Jordan… talvez só Phelps como atleta olimpico seja imbativel… Talvez, só ele e Pelé.

        • Felipe Mendonça

          Há quem conteste o Tom Brady como maior jogador da história da NFL mesmo depois dos 5 anéis, mesmo depois de elevar uma franquia pequena a uma franquia temida, mesmo depois da virada perdendo por 23 pontos faltando 2 minutos para acabar o 3/4, mesmo depois dele conquistar a Giselle Bunchen. Meu Deus do céu, o saudosismo não deixa que o “novo” venha a se tornar o “maior” dos seus respectivos esportes. Há quem diga que Kobe Bryant ainda está um patamar acima do LeBron e eu sinto muito, não na minha opinião. Enfim, vida longa a LeBron, Phelps, Bolt, Federer/Nadal/Djokovic, Messi/Cristiano Ronaldo, Tom Brady e por aí vai… os atletas que tiveram seu auge técnico de 2000 para cá estão reescrevendo a história de diversas modalidades.

          • Claudio R.

            pois é…esqueci do Brady, pra mim maior QB alltime e maior jogador da historia da NFL junto a Laurence Taylor e Jim Brown(a santa trindade da NFL)…. Pessoal tem medo do novo, tem medo do LeBron ser maior que o Jordan(de realmente conseguir isso), tem medo do Bolt ser melhor que Carl Lewis e Ben jonhson, que Federer é melhor que Rod Laver, que Phelps é maior que Mark Spetzs, que Floyd é melhor que Tyson…. enfim, tem medo da grandeza do novo…

          • Felipe Mendonça

            Na verdade os mais velhos tem medo de ver parte da sua história sendo apagada com seus ídolos sendo superados. Eu quero mais é que os próximos superem os ídolos de gerações anteriores, recordes estão aí para serem quebrados. Enfim, somos sortudos de viver nessa época e ver a história sendo escrita. Essa temporada da NBA por exemplo, olha a quantidade de atletas com mais de 25ppg, não é animal? Westbrook quebrando recordes de triple double, temporada passada o GSW superando o recorde de vitórias do Bulls do Jordan, isso tudo é maravilhoso.

          • Claudio R.

            tá animal msm a NBA…. queria mais recordes quebrados na NFL tbm…

          • Caseh

            Federer é o maior de todos os tempos no tênis, Phelps é maior que Spitz, mas LeBron não será maior que Jordan. Xiii não tenho “medo da grandeza do novo”, e agora José?

          • Juka

            Só dele conquistar a Giselle Bunchen , já merece status de GOAT!

          • pedrokadf

            Kkkkkkkk exato

          • pedrokadf

            Concordo com vc, existe um medo/receio desses novos jogadores superarem é de fato alguns já até seperaram os antigos é enorme…
            com relação a brady ele é o maior da nfl ao meu ver…

        • pedrokadf

          É complicado, é como eu falei, apesar de não ser unanimidade, grande part assim entende…
          retirar um rótulo é bastante complicado!!

    • Gabriel S Monteiro

      Bom texto!!!!!

    • Claudio R.

      texto lindo, excepcionalmente verdadeiro… Tenho certeza que ele terminará estatisticamente MELHOR que qualquer jogador que já pisou em uma quadra de basquete, e consistentemente será lembrado como o maior ala e o jogador mais completo e atletico que o esporte americano ja viu… Se será o GOAT, só a sequencia da historia dirá, é uma montanha tortuosa, íngrime demais pra quase todos os jogadores, mas não pra LeBron… Se vencer o time de 4 allstar com 2 mvp recentes, ele com certeza passará na minha visão Jabbar e se alinhará a Jordan não como lendario(pois já o é), mas como mítico, algo que só o 23 dos Bulls ainda é!!!… Pra mim o Monte Rushmore será: LeBron – Jordan – Jabbar – Magic

    • Rogério Rodrigues

      Que belo texto amigo. Concordo bastante com voce. Principalmente no medo que os mais velhos tem em exaltar os novos idolos/jogadores. E isso vale pra todos os esportes.

      • pedrokadf

        Um belo texto amigo, retirei da espn, concordo com vários pontos tb, principalmente neste q vc citou

    • Mathias

      Belo texto! Eu ainda penso que essa questão de GOAT é, logicamente, além de fatos e números, muito baseada em opinião e gostos pessoais. E tem sempre aquele saudosismo de que “ninguém chegará perto de fulano”, o que eu adoro discordar.

      Eu vi um pouco do Jordan no auge; embora torcedor dos Spurs (bem meia boca naquela época), simpatizava com os Jazz de Malone e Stockton e torci muito para Malone ganhar um anel, mas não deu. Jordan é um dos maiores esportistas que já vimos e acho que continuará sendo durante muito tempo. Mas ver o que James vem fazendo, após mais de uma década jogando em altíssimo nível, já em coloca em um nível diferente, perto do ‘GOAT”. Se esse ano os Cavs ganharem dos Warriors (o que eu não acredito muito), acho que mesmo quem não gosta dele concordará que ele chegou em um patamar que poucos conseguirão chegar.

      Mas enfim, eu não ligo muito para essas comparações, não idolatro nem Pelé, que nem vi jogar e acho arrogante-pra-carai. Meu jogador de basquete favorito é (foi) o Duncan e acho que nem Lebron vai me fazer mudar isso.

      • pedrokadf

        Faz sentido

    • João Ninguém

      Crianças falando bogagens.

    • Renato

      James nunca será Jordan. Se hoje a NBA tem essa expansão mundial isso se deve ao mito Jordan. Jordan e o único jogador a ter mais de uma partida acima dos 50 pontos em playoffs foram 6. Jordan tinha um FG absurdo, foi o jogador mais decisivo que vi jogar. James e Top 5, mas não o compare por números ao maior de todos, quem faz isso passa vergonha.

      • Graças ao Jordan?
        Quem reviveu a liga foi Magic e Bird. Jordan veio depois pra coroar a acensão.

        E pense que o Jordan foi importante para você e sua geração conhecerem o Basquete.
        Lebron é importante para essa geração.

        Odeio esse lance de intocável.
        Lebron está fazendo por merecer ter seu nome colocado no topo. Ele já está se colocando ao lado do Bird, e tem sim condições de se colocar ao lado do Jordan um dia.

        Mas claro, pra isso, ele AINDA precisa ralar.
        Mas não duvido que consiga um dia

      • Andre T.

        Esse é hater e não nega, esse texto se refere a exatamente pessoas como o Sr, seu Renato, fã do MJ que acham que ele é intocável e que fazem de tudo pra desmerecer quando alguem ameaça o seu ídolo. #pas

    • Gabriel Pereira Barbosa

      Que ele vai superar o Jordan em estatísticas todo mundo já sabe.
      Até pelo tempo sabático que o Jordan tirou, facilita um pouco.(Não estou desmerecendo)
      Se no fim da carreira vamos olhar pra trás e dizer ‘ esse cara foi mais impactante na liga que o Jordan’ aí o só o tempo que é o senhor da razão dirá.
      Eu acho que pode chegar em.Até torço pra que sim

      ……
      mas tem um detalhe em moçada.
      Não vamos esquecer que o Jordan foi campeão TRÊS vezes SEGUIDAS DUAS vezes na carreira.
      3×1!
      3×1!
      Liderar um time dessa maneira é algo notável,relevante chega ser assustador.
      Discutiremos no futuro.

      • pedrokadf

        Bem por aí Msm

      • Vinícius Maia

        Ninguém em sã consciência questiona os feitos de Jordan (apesar de um sujeito ter dito aqui um dia desses que Jordan foi um produto da mídia e que Pippen era o verdadeiro cara do Bulls kkk). A questão é que quando fazemos a comparação LeBron vs Jordan, poucos parecem dispostos a admitir que os feitos de LeBron, desde sua derrota diante do Dallas, são absurdos, como o texto bem ressaltou. Uma vez eu vi uma discussão aqui no jumper sobre quem era o mais COMPLETO (não o melhor) e teve gente dizendo que Jordan era mais completo que LeBron, mesmo com o LeBron levando a melhor em quase todas as estatísticas com exceção da pontuação e o mais bizarro eram as justificativas: LeBron pega mais rebote, dá mais toco e dá mais assistências do que Jordan, porque Jordan não gostava de jogar assim, mas se ele quisesse, faria tudo melhor que o Lebron.

        • Gabriel Pereira Barbosa

          A questão física conta muito nisso aí que você citou.
          E com certeza vai impactar muito na discussão que vai vir por aí daqui uns anos.
          Lebron que além de ser mais alto tem uma robustez física muito maior que a que o Michael tinha.
          Você pega o fato dele ter 5 centímetros a mais que o MJ e ser pelo menos uns 12 kg mais pesado.
          Isso tudo sem contar que naquela época as regras informais e formais da liga eram outras(FALO DAS PANCADARIAS MESMO KKKKKK)
          Talvez Lebron não tivesse tanta facilidade pra jogar lá dentro como tem hoje.
          Talvez o Jordan tivesse um jogo de perímetro ainda melhor hoje.
          Talvez..
          talvez….
          mais um ponto pra discussão

          • Vinícius Maia

            O Lebron, de fato, tem um físico privilegiado, mas para mim, o fato dele usar isso ao seu favor, também mostra sua genialidade, pois tem jogadores na NBA com um porte físico tão ou mais privilegiado que LeBron e não dominam o jogo como ele faz. Blake Griffin e Dwight Howard são alguns exemplos, D12 principalmente, que deveria ser um Shaq da atualidade considerando a vantagem física que ele tem em relação aos demais pivôs na liga (hoje eu não vejo um jogador de garrafão mais Atlético do que ele) para dizer que LeBron não seria um grande jogador se não tivesse o físico que tem, afinal ele poderia se reinventar. Stephen curry, por exemplo, é um mito nos arremessos, mas ele mesmo disse que focou em aperfeiçoar seu arremesso porque sabia que não teria altura nem força física para procurar o jogo próximo a cesta.

    • Andre T.

      Cara foi o que esses dias eu argumentei com um amigo aqui, os fãs de MJ, Magic ou qualquer jogador do passado, eles botam os seus ídolos num patamar que pra eles ninguem jamais ira alcançar, e quando tem algum jogador que ameaça e chega perto desses ídolos ai eles começam a diminuir qualquer feito desse jogador, não admitem de forma alguma que seus ídolos intocáveis perca seus postos, mas assim é o esporte cara, recordes e tudo mais são feitos para serem quebrados, belo texto.

  • Jean Brazuna

    Neste ano tirando Westbrook e o barba, se colocar o segundo como PG, o Isaiah Thomas é o melhor armador, e vou mais além, nesse ano pelo menos, ele só não jogou mais que o Lebron James no Leste.

  • Renato

    Celtics está jogando de forma inteligente, inicia a partida em ritmo lento e vai dando intensidade no decorrer do jogo, já o Wizards entra com sangue nos olhos e vai perdendo energia pro final.

    Toda vez que o Celtics abriu 2×0 em playoffs venceu a série, são 34 vezes na história, e acho que vencerá outra vez, o Celtics foi o time com maior número de vitórias fora de casa na temporada regular, atrás apenas do GSW, acho difícil não beliscar um jogo em Washington.

    A chave da série e a condição física, Celtics se poupou durante a temporada regular e o Wizards lutou até o fim por mando de quadra, e nitidamente falta condição física para alguns jogadores. Outro fator é o Thomas, se o Wizards conter ele tem chances, fora isso é muito difícil.

    • TRUETHIAGO

      Boston teve 23-18 jogando fora de casa, 4º melhor recorde, empatado com os Raptors; Warriors (31-10), Spurs (30-11) e Rockets (25-16) foram os melhores.

  • Felipe Mendonça

    Eu sinceramente esperava que por atributos físicos e pela fama de bom defensor do Wall, ele anularia simplesmente o melhor pontuador do Celtics, IT.
    Mas, porém, entretanto, IT está jogando demais, se o Wall não para ele, imagina o Irving????

    • Pedro Henrique

      Só que em um duelo contra os Cavs que iria marcar ele seria o J.R Smith e o Shumpert que são melhores marcadores que o K. Irving.

  • Pablo Leite

    Beal jogou muito mal ontem. Parecia que tinha passado no bar do ginásio antes do jogo, deve ter tropeçado nas próprias pernas umas 3 vezes. Fora isso, parece que o fôlego dos Wizards dura até o terceiro quarto. Uma coisa que Brooks deixava a desejar no OKC eram nessas rotações e tempo de quadra de jogadores. Pelo visto, não aprendeu.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados