logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 18 maio 2017 às 14:41
Prospecto do Draft 2017 – Justin Jackson

Ex-ala de North Carolina será possível escolha de loteria no recrutamento deste ano

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

Justin Jackson

Idade: 22 anos
País natal:
Estados Unidos
Universidade:
North Carolina
Experiência:
junior
Posição:
ala / ala-armador
Altura:
6’8.25’’ (2.03m)

Médias na última temporada: 18.3 pontos, 4.7 rebotes, 2.8 assistências, 0.8 roubos de bola, 0.2 tocos, 1.7 erros de ataque, 44.3% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 37.0% de acerto nos tiros de longa distância e 74.8% de conversão nos lances livres em 32.0 minutos de ação

Pontos fortes:

– Dono de ótima altura e envergadura (2.11m) para atuar nas posições dois e três, nos dois lados da quadra, entre os profissionais.

– Jackson tem ótima mobilidade e agilidade para seu tamanho. Move-se com fluidez pela quadra, o que fica claro por estar em constante movimentação em quadra.

– Finalizador eficiente em torno da cesta, embora não seja um jogador físico, por conta de seus braços longos e um floater bastante desenvolvido.

– Reconhecido como um jogador inteligente, que toma decisões rápidas em quadra e comete poucos erros de ataque (1.7 por partida).

– “Reformou” a mecânica de arremesso no último ano e mostrou sensível evolução como chutador de longa distância, com maior volume da carreira, na temporada passada (37%). Consistente na linha de lances livres também.

– Jackson é um passador subestimado: tem ótima atenção ofensiva, sólida visão de quadra e proporção positiva de assistências por desperdícios de bola.

– A versatilidade defensiva é uma de suas maiores qualidades. Pode marcar todas as posições do perímetro, soa ter agilidade lateral para manter-se à frente até de armadores na NBA.

– Parece ser um jogador consciente de sua função dentro do time, que evolui ano a ano. Mentalidade ideal para um role player.

Pontos fracos:

– Apesar da agilidade e mobilidade, Jackson passa longe de ser o prospecto mais explosivo e veloz do recrutamento.

– Ainda muito franzino e avesso ao jogo de contato. Jogando como ala, ele deverá ser constantemente explorado por atletas mais fortes no poste baixo.

– Seu controle de bola mostrou avanços recentemente, mas ainda não ameaça no drive and kick ou criando separação para defensores.

– Nunca arremessou tão bem quanto na última temporada, o que levanta suspeitas. Trata-se realmente de uma evolução ou fenômeno de um ano só?

– Ele é um marcador versátil, mas a qualidade defensiva não se reflete em números brutos. Não possui instintos apurados protegendo a cesta ou quebrando linhas de passe, o que desemboca em médias baixas de tocos e roubos de bola.

– Jackson ainda é bem inconstante. Seu foco parece questionável: “desliga-se” de tempos em tempos, perde-se em movimentações básicas.

– Por mais que seja esforçado, a postura, recursos técnicos e idade avançada não sugerem grande upside.

Comparação: Tony Snell (Milwaukee Bucks) e Matt Barnes (Golden State Warriors)

Projeção: vinte primeiras escolhas gerais

Confira alguns lances de Justin Jackson:

Legenda:
– Junior (terceiro ano universitário)

  • Esse acho que vai flopar. Vai ser fundo de banco.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados