logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 22 maio 2017 às 13:40
Manu Ginobili: “Spurs precisa lutar com os soldados que tem”

Equipe texana terá que superar desfalques cruciais para tentar evitar eliminação dos playoffs

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

O San Antonio Spurs terá um desafio dos mais complicados nesta segunda-feira. Desfalcado do armador Tony Parker – e, provavelmente, sem Kawhi Leonard e David Lee também –, o time vai tentar evitar a eliminação dos playoffs com uma vitória sobre o (invicto) Golden State Warriors. O veterano Manu Ginobili sabe que o resultado é improvável, mas a obrigação dos texanos é acreditar.

“A verdade é que vencer será difícil demais, mas precisamos lutar com os soldados que temos. Ninguém vai sentir pena de nós. Ninguém vai entregar isso em nossas mãos”, cravou o ala-armador argentino, depois da derrota na terceira partida da série decisiva da conferência Oeste. O Spurs precisa vencer os próximos quatro jogos para derrubar o franco favorito e chegar às finais da temporada.

Mas como vencer o único time sem derrotas nos playoffs? Para Ginobili, envolve mais do que o time de San Antonio mostrar seu melhor. “Espero que estejamos mais atentos, erremos menos e estejamos mais inspirados no ataque do que no jogo 3. Tentar melhores arremessos e não deixá-los correr. Para ganhar, nós precisamos ser nota dez – e eles têm que jogar nota sete”, resumiu.

  • Rodrigo Soares

    è isso. Não adianta ficar com pena de si mesmo, o que passou passou passou, é decepcionante acabar a temporada desse jeito sem o principal armador e o melhor jogador do time ? Sim.
    Mas só resta entrar em quadra a dar o melhor de cada um ,e nisso o Ginobili tem dado uma lição em muitos, sempre com muita força e vontade em quadra.

  • Mathias

    “…Para ganhar, nós precisamos ser nota dez – e eles têm que jogar nota sete”
    É bem isso.

  • É cair de pé, no momento é o melhor que pode ser feito.

    • William Felton

      Pra mim, Diogo, independentemente do resultado de hoje [a não ser que seja uma hecatombe de proporções inéditas, o que eu não acredito], o Spurs já “caiu” de pé, em virtude do que fez até aqui, sobretudo no último jogo.
      Dadas as circunstâncias super desfavoráveis, eles conduziram muito bem e valorosamente o jogo, até onde dava.
      Sou fãzaço do Pop e da franquia como um todo.

      • Realmente. O time do Spurs sem Kawhi é no máximo bom e consegue jogar de igual com o GSW. Pop realmente é gênio.

  • THIAGO GONZAGA

    Queria que os Spurs ganhassem pelo menos um jogo, mais sinto que GSW vai entrar a 1000km/h para arrasar nos dois primeiros quartos.

  • vsr.snake

    A questão é que o único líder que restou pra esse elenco do Spurs foi o Ginobili, que joga só 20 minutos pela idade que tem. Lamarcus é só decepção, infelizmente, desde que veio pro Texas só viveu de lampejos.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados