logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 30 maio 2017 às 08:35
Marcelinho Huertas analisa finais: “Warriors é favorito, Cavs tem que fazer jogo físico para ganhar o título”

Ex-armador do Lakers ainda comentou sobre o impacto de LeBron James em quadra

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Lima

Agente livre depois de atuar por quase duas temporadas pelo Los Angeles Lakers, o armador Marcelinho Huertas está de férias em São Paulo, onde participou do programa ESPN League dessa segunda-feira. Entre outros assuntos, o jogador de 34 anos analisou as finais da NBA, que começam nesta quinta-feira (1). Huertas considerou o Golden State Warriors favorito, mas deu a receita para o Cleveland Cavaliers conquistar o bicampeonato.

“O time do Golden State é letal em transição. Eles têm arremessadores em qualquer momento, começam a ficar com a mão quente, em transição, eles chegam e chutam, mesmo defendidos. A chance que o Cleveland tem é fazer um jogo físico. Foi assim que conseguiram tirar o título de Golden State no ano passado. O Cavs é superior fisicamente ao Warriors. Então, o jogo físico na defesa é primordial se Cleveland tem alguma esperança de ganhar o título”, afirmou o armador.

Huertas falou também sobre o astro LeBron James, que chega à sétima final seguida. “Ele nem é o jogador mais talentoso, mas tem um impacto no jogo muito grande. Ele é um jogador capaz de dominar muitos aspectos do jogo. O impacto, a liderança que ele tem, o posicionamento na quadra. Ele faz coisas que outros jogadores não têm a capacidade. Ele está preocupado em fazer os companheiros melhores, em fazer o time ganhar”, finalizou.

Contratado pelo Lakers, em setembro de 2015, Huertas disputou 76 partidas com a camisa do time angelino até ser trocado para o Houston Rockets, há três meses, quando foi imediatamente dispensado. O jogador aguarda a abertura do mercado (1º de julho) para definir seu futuro na liga.

 

  • Vitor Medson

    Quando eu vejo alguém falando que LeBron não e talentoso só me vem a cabeça que as pessoas acham que só quem e talentoso são os jogadores tipo (Irving, Curry, Kobe etc). Você falar que um cara que domina praticamente todos os fundamentos do jogo, com um QI altíssimo de basquete, aliado ao físico-atlético impressionante que consegue jogar em no minimo 4 posições sem perder rendimento, não e tao talentoso … E de cair o cu da bunda.

    • Lucas

      Eu entendi que ele disse que ele é talentoso mais não é o mais no sentido de habilidade creio eu, ele não tem o drible mais bonito, não tem o arremesso mais bonito, não tem o passe mais plastico mais é o mais dominantes e mais completo.

      • Real LAL !

        Imagina se ele fosse mais ”plástico” passando não é mesmo?. rs

    • Marcelo Bulls #VoltaMJ

      Sempre vejo alguém falando isso na página da ESPN e NBA Brasil lá no facebook.

    • Little Stéfi Caury

      Cara, existe uma linha muito similar entre talento e habilidade

      Talento você tem naturalmente, habilidade você adquire

      Lebron não é o mais talentoso, mas é o mais hábil.

      • Vitor Medson

        Defina ”talento”. Acho que a maioria confunde talento com plasticidade.

    • Nilton Junior

      Eu entendo como a facilidade e naturalidade como o cara pontua. LeBron é muito talentoso, mas tbm é fruto de muito treino e força de vontade. Só lembrar de como ele jogava no início da carreira. Era muito mais no físico que no recurso (não que ele não já o tivesse). Hj ele consegue pontuar de maneira natural, mas dou mais crédito a força de vontade em melhorar que ao talento dele. Mas é óbvio que sem talento o cara pode treinar absurdamente que não será tão grande quanto ele já é.
      Enfim acho que o Huertas não quis desmerecer, apenas dizer que não é o mais habilidoso da liga.

      • Vinícius Maia

        “Era muito mais no físico que no recurso”. O fato de um jogador saber usar seu atleticismo a seu favor, por si só, já não seria uma demonstração de técnica, habilidade ou seja lá qual nome queiram dar? Digo isso não apenas pelo LeBron, pois já vi muita gente tentando desmerecer Shaq porque esse também abusava de seu porte físico avantajado. Mas ser forte e atlético, não significa que um jogador vai conseguir se impor e dominar o jogo. Blake Griffin e Dwight Howard são caras mais atléticos do que LeBron e Shaq respectivamente, mas não chegam nem perto de dominar o jogo como eles. Por isso eu não concordo muito com essas análises que tentam reduzir os jogadores a meras “aberrações físicas”. E digo mais: muitos caras, no lugar do Shaq, seriam vistos como desprivilegiados por serem gordos e pesados, mas Shaq, ao contrário, usou isso ao seu favor.

        • Vitor Martins

          Acho que vcs estão discutindo o sexo dos anjos, pq de maneira nenhuma Huertas e nem ninguém estão menosprezando o LeBron. Ele só quis dizer que (subjetivamente) o jogo dele não é o mais bonito, apesar de ser o melhor.

          • Vinícius Maia

            Talento e plasticidade para mim são coisas bem distintas. Realmente LeBron não é o mais plástico. Mas o foco do meu comentário nem foi esse também. Eu apenas aproveitei o comentário do Nilton para abordar um assunto que sempre vem a tona em discussões sobre a capacidade do LeBron e que eu não concordo, que é quando as pessoas tentam desmerecer atletas mais privilegiados fisicamente.

          • Vitor Medson

            Então se ele quis dizer isso, se expressou de maneira equivocada. Tem que saber utilizar as palavras corretas.

        • Nilton Junior

          Concordo totalmente Vinícius. Eu não quis desmerecer ngm. Acho ainda que LeBron é muito mais que apenas uma aberração física. Shaq além de ser o cara mais pesado a pisar profissionalmente em uma quadra tinha uma mobilidade inexplicavel pra alguem do seu TAMANHO.

      • Vitor Medson

        Quando alguém fala que LeBron e mais fruto de treino e forca de vontade, parece que ele no começo era um burro, que não entendia nada do jogo. Todos esses jogadores são fruto de treino e forca de vontade. Talento, sozinho, não leva ninguém a lugar algum.

        • Nilton Junior

          Cara eu não quis dizer isso de jeito nenhum. Quem tem um pensamento desse não conhece o início dele.

  • Talento e inteligência para mim são sinônimos. Existem vários tipos de inteligência, assim como vários talentos. Acho que minimizam o talento do James por não ter drible nem jogadas de habilidade, mas praticamente todos os outros talentos que envolve o esporte ele tem.

    • Vitor Martins

      Acho que na realidade foi só uma maneira do Huertas se expressar. Eu trocaria “talentoso” por “habilidoso”

      • dirct

        Exato! Ele não quis desmerecer o LeBron tanto é que disse que ele tem o maior poder de impacto sobre o time, a questão é que o jogo do LeBron embora seja o mais dominante não é o mais “plástico”

  • Rômulo Franco Cardozo

    O cara está dominando a liga por no mínimo 7 anos, se desconsiderarmos o tempo de fominha dele na primeira passagem por Cleveland, quando carregava um time fuleiro nas costas. Se isso não for talento o que será?! Estou zuando, mas entendi o que huertas quis dizer… só foi infeliz ao escolher as palavras! rsrsrs

    Quanto a análise, concordo com ele, os CAVS não podem deixar o GSW gostar do jogo, senão é caixão!

  • FariaSixers #TheProccess

    Galera, vocês sabem se a liga de Verão da NBA vai ser transmitida por algum canal ou pelo League Pass?

    • Vitor Martins

      Corajoso

      • FariaSixers #TheProccess

        kkkk pq?

        • Vitor Martins

          Os jogos são muito ruins cara. Os armadores prendem muito a bola pra mostrar serviço, não é um bom exemplo pra NBA. Galera faz projeções nada a ver. Tyus Jones jogou muito bem, foi MVP e as pessoas começaram a falar que ele seria um astro. Pois é. São bem chatos os jogos. Acho que não vale a pena nem se vc quiser ver um calouro saindo das fraudas hehehe. Mas o tempo e os olhos são seus, né? Assista por livre e espontânea vontade, você já deve ter visto e se divertido antes, pra mim não rola.

          • FariaSixers #TheProccess

            Ah sim cara, eu concordo contigo sabe ?! mas eu acho que tem uma coisa legal na summer league, que é você ver algum jogador draftado em posições não muito bem sucedidas ter um pouco de tempo em quadra que não é o caso que vemos na temporada regular, e quero ver se o Okafor vai ser utilizado pelos sixers, não acho a qualidade das partidas muito elevadas, porém dá para analisar o tempo extra que cada jogador pode ter em quadra individualmente durante a temporada …

    • TRUETHIAGO

      A já tradicional de Las Vegas, ano passado, dava pra ver até no WatchESPN.

      Agora as de Utah e Orlando, que são menos times e jogos, eu não sei dizer.

      • FariaSixers #TheProccess

        Obrigado cara, sabe se o Okafor vai jogar pelos sixers?

        • TRUETHIAGO

          Acredito que não jogue, e também nem vejo sentido. SL serve mais para os garotos recém-draftados, ou mesmo aqueles undrafteds que fazem uns contratos não garantidos.

          De qualquer forma, só devem definir isso após o Draft. Eu chutaria no máximo um Luwawu, Poythress e Shawn Long, entre os jogadores que do elenco que terminou a temporada.

          • FariaSixers #TheProccess

            Holmes acharia bom colocá-lo também …

  • Nilton Junior

    Gosto da análise do Huertas e entendo quando ele falou sobre ser menos talentoso. Não denegriu a imagem do LeBron, simplesmente enalteceu a força de vontade de um cara que treinou muito pra ser o que é. Ngm falou que ele não é talentoso, pelo amor de Deus, o cara foi colocado na terra pra jogar basquete, mas se comparar a parte ofensiva com Durant ou Curry por exemplo a gente consegue ver que eles tem mais facilidade natural pra pontuar de mais locais da quadra que o LeBron que no começo da carreira não arremessava tão bem quanto hj. Ou seja, fruto de um treinamento constante e levado a sério.

    • Vitor Medson

      Cara você viu o inicio de carreira do Curry? Ele nem de longe conseguia pontuar de todas as maneiras. Assim como o Durant, LeBron, Kobe, Jordan, Magic etc. Ninguem entra na liga com 18-19-20-21 anos completo. Todos os astros foram evoluindo com o tempo dentro da LIGA. Mas sabem como foram evoluindo/? A base do treinamento, estudo, treinamento, estudo. So voce olhar Irving hoje. Pontuador muito melhor do que a 3 anos atras. Mais completo. Entende melhor o jogo hoje.

      • Nilton Junior

        Sim cara, eu entendo, só to justificando o comentário do Huertas. Ele não quis desmerecer o LeBron muito menos eu.

        • Vitor Medson

          Eu acho que ele escolheu a palavra errada entao.

  • dirct

    Concordo totalmente com a opinião do Huertas, o GSW é claramente mais time, tem mais talento, faz mais pontos e toma menos pontos que os CAVs e se os CAVs quiser ter alguma chance vai ter que partir para o confronto físico e tentar travar o jogo do GSW, se entrar na correria e fazer um jogo lá e cá vai ser atropelado bonito.

    • Vitor Martins

      E foi assim que eles viraram o 1-3, na base da fiscalidade mesmo. Dominando o jogo. O GSW sempre se embananou quando o adversário tem um jogo mais físico. Foi assim na final de conferência contra o OKC também.

      • dirct

        Exato! Fazer jogo franco lá e cá com este time do GSW é pedir pra perder, pra tentar travar o GSW o jogo tem que ser físico, pegado cheio de faltas, a bola não corre, o jogo sempre lento, nesta circunstâncias os CAVs tem chance, no jogo franco ninguém hoje bate este time do GSW.

  • Vinícius Maia

    Apesar de ser torcedor do Cavs, também acho que o GSW é favorito. Isso não quer dizer que eles irão ganhar, mas favoritos eles são, pois tem um poderio ofensivo maior (são quatro all-stars no quinteto titular), possuem uma excelente defesa e, como o Huertas enfatizou, três desses quatro all-stars, quando estão quentes, chutam marcados e matam as bolas. Só não concordo com a parte de que o LeBron não é o mais talentoso rs

  • Marcelo Desoxi

    Vai ter previsão das finais não ?

  • DNT

    Olha a moral do menino marcemito, dizendo que o Lebron não é o mais talentoso rsrsrs

  • Bruno Macedo

    BR sendo BR não é mesmo kkkk

    • xmaah

      os brasileiro n respeita os limite
      eles ri dos limite eles vê limite e diz
      kkkkkkkkk limites.

  • Guilherme Ferreira

    Huertas errou em relação ao Lebron ,ele é um dos mais talentosos, mas na “habilidade” há outros superiores,
    Talento é algo que eh natural do jogador (força, altura, evergadura, resistência, potencia,)
    habilidade é os atributos do jogo, algo que se pode treinar e evoluir, (passe, chute, drible, posicionamento, etc)
    Ex. Shaq era um cara extremamente talentoso, mas medianamente habilidoso
    Hakeen foi um cara com talento ok pra bom, só q extremamente habilidoso

  • Norrin Radd

    Calma gente, o cara falar que o Lebron não é o MAIS talentoso da NBA não significa que ele não tenha talento NENHUM.
    Uma coisa é a pura verdade, ver o cara no outro lado da quadra deve dar desânimo, o homem assusta qualquer um com liderança, força física e habilidade bem acima da média.

  • Leonardo

    Discordo do Huertas em várias questões, mas vou deter apenas em uma.

    Cavs não é mais o mesmo time do ano passado onde Lebron e Irving jogaram praticamente solitários no alto nível. Não depende mais só da força para ganhar, se fizerem um bom jogo de bola de três podem bater o GSW pela sua própria arma. Afinal também possui bons chutador: Love, Frye, Korver e em segundo nível todos os outos sabem chutar de 3 relativamente bem tbm, Lebron, Irving, Schumpert, Smith e Jefferson. Além disso, conta com uma coisa que nunca teve nesses últimos anos em que esteve nas finais, um segundo armador experiente e que já demonstrou ter qualidade. Deron, pode manter certo nível em quadra quando Irving não estiver e quando estiverem ele, Lebron e Irving em quando embora seja mais fraco defensivamente as armações melhoram exponencialmente, o que ajuda os chutadores.
    O que quero ressaltar é que o Cavs não depende só da força e jogo físico, mas pode sim ganhar com jogos de chutes de 3 e rebotes de ataque também., sem falar nos talentos individuais, que pra mim não estão em desequilíbrio com o GSW

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados