logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 3 jun 2017 às 15:17
Dos filhos dos filhos

Gustavo Freitas analisa o possível fim de uma parceria que durou seis anos em Los Angeles

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Freitas

Uma carreira brilhante na NBA nem sempre é coroada com um título. Karl Malone, John Stockton, Charles Barkley, Patrick Ewing, Chris Mullin, ídolos do Dream Team, deixaram a liga sem o anel de campeão. Da atualidade, astros como Chris Paul e Blake Griffin, jamais estiveram próximos disso. E o pior: o Los Angeles Clippers não aproveitou as poucas chances que teve de dar isso a eles. Agora, corre sérios riscos de perder ambos na agência livre.

Tudo bem. O Clippers até montou times interessantes desde a chegada de Paul, naquela troca que o Los Angeles Lakers reclama (em partes, com razão) até hoje. O problema é que os altos salários de seus melhores jogadores acabaram impedindo contratações de impacto ao grupo que já tinha DeAndre Jordan. Ficou engessado e sem ter para onde ir. Buscou veteranos ou jovens em ascensão, mas era muito pouco para as pretensões de uma franquia que ia atrás do campeonato.

Paul não deve ficar. Será uma surpresa, inclusive. Por mais que exista ambiente nos vestiários, carinho da torcida e tudo mais, chega uma hora em que as prioridades começam a ser revistas. A ambição de um jogador, aos 32 anos e próximo de seu último grande contrato, passa a ser apenas uma: o título.

Essa busca frenética que levou Barkley ao Houston Rockets, Mullin ao Indiana Pacers e Malone ao Lakers, às vezes custa caro. Gary Payton, por exemplo, após fracassar ao lado de Malone em Los Angeles, passou pelo Boston Celtics e só conseguiu aos 45 do segundo tempo, no Miami Heat, como reserva. Não que seja demérito para ninguém sair do banco, mas a reputação de um jogador está em jogo. Deron Williams, que no início da década era discutido com Paul sobre quem era o melhor armador da época, largou tudo no Dallas Mavericks para se juntar ao Cleveland Cavaliers. Também como reserva.

Vamos pensar na parte financeira. Paul ainda está no auge. É um dos melhores jogadores de sua posição, sem dúvida alguma, e teria mais cerca de US$ 24 milhões a receber em 2017-18. Ele tem uma cláusula em seu contrato que o permite optar por sair. Vale lembrar que em sua carreira, o armador recebeu aproximadamente US$ 245 milhões apenas em acordos na NBA, fora publicidades ou utilização de determinado material esportivo aqui e ali. Na cotação de hoje, ele contabiliza mais de R$ 845 milhões em 12 anos. Isso corresponde a nada menos que o sujeito vencer 13 vezes sozinho na Mega Sena, que estava acumulada em R$ 60 milhões no último dia 31. Acha mesmo que o problema dele é financeiro? Seus filhos, os filhos dos filhos, e os filhos dos filhos dos filhos, estão assegurados por décadas, já que o atleta não é daqueles que você aponta como esbanjador, ou que torra a grana em apostas tolas.

A parte esportiva, então, é uma questão importante. Haveria competitividade suficiente para seguir sendo um dos melhores jogando no San Antonio Spurs, tido como o principal candidato a contar com seus serviços? É importante ressaltar que Tony Parker está lesionado e a melhor previsão para o seu retorno é em dezembro ou janeiro. Além disso, Parker é três anos mais velho e já mostrou estar em decadência física. Apareceu bem nos playoffs, mas ainda longe do que fizera antes. Paul teria pelo menos dois meses para se garantir por ali sozinho, com tempo para compreender o sistema de jogo de Gregg Popovich e liderar o time texano com Kawhi Leonard.

Seu salário no Spurs, porém, ficaria longe de suas últimas pedidas. E voltamos sobre o financeiro. Paul não precisa mais de grandes contratos. Está realizado nisso. A equipe, no entanto, está com o teto salarial próximo de estourar para a próxima temporada. Apenas com LaMarcus Aldridge, Pau Gasol, Leonard e Parker, o time está comprometido em cerca de US$ 71 milhões. Gasol tem uma player option de US$ 16 milhões e ninguém em sã consciência acredita que ele vai abrir mão disso, especialmente após uma temporada decepcionante. Parker será expirante.

Existe a possibilidade de um sign and trade, ou seja, o Clippers assina com o astro para então, negociá-lo com o Spurs ou seja lá qual for o time. Para dar certo, Paul, mais uma vez, precisaria abrir mão dos US$ 24 milhões que teria direito em 2017-18 e tornaria-se agente livre irrestrito. A partir disso, o Spurs teria de “empacotar” alguns contratos e enviar ao time californiano para o salário bater. Não chega a ser uma manobra tão complicada assim.

Já Griffin, na mesma situação, ainda pode fazer com que outros agentes livres se juntem a ele no Clippers. A tendência, hoje, é de ficar onde está. Não com o mesmo salário, pois ficou defasado após o novo teto da NBA. Mas com todo o seu talento e versatilidade, é capaz de manter a equipe nos playoffs, desde que com as peças certas. Jrue Holiday e Jeff Teague, por exemplo, são free agents daqueles subestimados e que não chegariam para receber contrato máximo. Na ala, Danilo Gallinari é uma das melhores opções do mesmo estilo dos armadores. Ou seja, dá para fazer algo interessante ali. Mas, assim como o Spurs, o Clippers é engessado. J.J. Redick é agente livre, Luc Richard Mbah a Moute tem player option, Jamal Crawford, aos 37 anos, possui mais dois de contrato garantido pela bagatela de US$ 14 milhões anuais. Doc Rivers não se ajuda. Ainda mais com o seu filho, Austin, ganhando quase US$ 35 milhões em três temporadas.

Este parece ser o fim de uma parceria que foi mais impactante em highlights do que em resultados na hora em que mais importava. O Clippers falhou por seis anos seguidos. Sem essa de que fulano foi “amarelão”. Os contratos estão aí para provar que não basta ter dois ou três astros. É preciso ter elenco equilibrado suficiente para superar adversários cada vez mais fortes. Se não deu título agora, quando vai dar?

  • Vinícius Maia

    Gostei muito da análise. Já pensava que era hora do o desmanche, mas o texto levantou alguns “detalhes” que as vezes passam despercebidos. Gosto demais dessa dupla, mas duvido muito que cheguem a algum lugar juntos, ainda mais com o cap engessado. Já tiveram elencos melhores ao redor deles e fracassaram. Com o elenco atual e o cap engessado, o cenário não vai melhorar.

    Sobre o CP3, seria muito bem vindo no cavs. Zoeira kkkkk

    Acho que o Spurs seria um ótimo destino para ele. Creio que se encaixaria muito bem lá e poderia contribuir para o lamarcão voltar a jogar bem (se ele fez deandre Jordan jogar bem, lamarcão iria ser jogador de 30 pontos).

    Além do CP3, eu estava pensando: o Spurs poderia tentar trazer o Lavine. É um pouco arriscado porque já teve uma lesão grave, mas eu, particularmente, vejo muito potencial no Lavine e eu acho que a diretoria do Spurs tem que recomeçar a considerar uma pequena reformulação nesse elenco. Não precisa ser uma reconstrução total, mas eles precisam adicionar alguns novos talentos que possam dar suporte ao Leonard e como Popovich faz um bom trabalho desenvolvendo jovens, eu acho que o Lavine seria uma boa adição.

    • Thiago26-NBA

      Concordo, se o Pop ficar apostando só em caras mais velhos, não vai ganhar mais nada.

  • Thiago26-NBA

    interessante.

    Eu não vejo outra equipe a não ser o Spurs, podendo bater de frente com o GSW ou no Leste ( Cavs, Celtics), com chances de ganharem o anel.Se o CP3 permanecer no Clippers, não vai ganhar o anel. É o destino….ali ele não ganha, o Clippers não é time ainda para título, não joga aquele puta basquete para ser campeão.

    Grffin, pode ser um futuro próximo da franquia, já que a idade dele não é tão pouco e não tão velho, mas acredito que não vai ser no Clippers que ele também vá ganhar o anel. Se eu fosse qualquer um dos dois, sairia.

    PS: Que puta dinheiro o CP3 já ganhou….cacete!!!!

  • Marcelo Bulls #VoltaMJ

    Se eu fosse o CP3 assinava com o spurs por 2 anos (player option), e abriria mão de boa parte do salário que poderia receber, pra não deixar o CAP tão engessado.

  • AlexS.F.

    assina com o Spurs, ai vamos ter 3 times incriveis.

    • Vitor Martins

      Spurs precisará mais do que o Paul pra fazer frente ao GSW no Oeste. Talvez alguém no garrafão.

      • Gustavo Santos

        Concordo com você.. C. Paul é um grande jogador, mas apenas ele eu não acredito que seja o suficiente para o Spurs ser tão melhor do que é hoje… A não ser que de repente Paul se encaixe bem no esquema e consiga fazer o LMA render mais

  • Marcelo Desoxi

    Falando sobre a carreira individual do Paul, eu esperava mais.
    Depois das seasons 07-08 e 08-09 achei que ele iria beliscar o prêmio de MVP um dia. Só que depois disso ele nunca mais atingiu 20 pontos por jogo, nem nunca alcançou as 11 assistências.
    Boa parte dos insucessos do Clippers passam por ele também.
    Ainda assim é inegável que ele é um jogador sensacional, e que muitas vezes tem seus recursos ofensivos e defensivos bem subestimados.

    • vsr.snake

      As médias do CP3 das últimas 4 seasons são de 19 pts, 10 assists e 2 stls, considerando que o time tem bem mais opções ofensivas (Griffin, Crawford e Reddick), o rendimento dele é tão bom quanto era em New Orleans. Nunca foi cotado pra MVP por outros motivos, e quase ninguém contesta o fato dele ter sido o melhor armador da NBA nesses últimos 8 anos.

      • Marcelo Desoxi

        Opinião minha cara, esperava mais dele, se você não , ótimo.

  • Regis

    Vergonha esse contrato do Crawford. Mais 28 milhões pra um cara que só pontua?

    • Albert Medeiros

      Em muitos jogos é a bola de segurança do time…

    • Igor Neves

      Absurdo é esse contrato do Rivers que não faz 40% do que o Crawford faz.

  • djwhites

    mesmo com o paul não vejo o spurs ganhando uma serie do gsw…..vai melhorar bastante obvio mas não o suficiente pra bater nos warriors……

  • Cassio

    Vontade de jogar no spurs varios jogasores devem ter. Agora o gasol fudeu o cap do spurs, se manu parar aniatiar o gasol. Aí a coisa muda.

    • Guilherme Petros

      Cara, Gasol é cascudo, ele foi bem quando veio do banco. Vai surpreender no Spurs na proxim temporada. Nem ele e nem Pop são burros, vão fazer acontecer. Se até o David Lee voltou a jogar basquete, pq duvidar de um PUTA JOGADOR como o Gasol?

  • Vincent Savino

    Se quer ser campeão, não adiantará nada ir para o Ex-purs. Infelizmente só o cavs pode fazer frente ao gsw e, ainda assim, lá por 20×80 de chances.

    • Luiz Fernando Azevedo

      A final ainda não acabou…rs

      Calma…rs

      GSW tem mais time e técnico, mas do outro lado tem o melhor jogador da liga..rs

      Warriors são favoritos, mas tem muita coisa para acontecer ainda!

      • Vincent Savino

        Você só não pode esquecer que o GSW está jogando o jogo no qual pode ser derrotado, ou seja, jogando como um time normal da nba e, ainda assim, está dando lavada. Se o jogo apertar, vão espaçar a quadra e ficar com os arremessos de três sem qualquer critério, esse estilo com eles é imbatível. Klay + Curry + Durant….3 dos 5 melhores chutadores da liga. Infelizmente não dá para ninguém contra essa panela.

  • Gustavo Rocha

    Acho que todos querem ver Paul nos Spurs. Excelente ARMADOR. Acredito que o melhor nessa função, já que caras como Curry, Irving e Westbrook não são simplesmente armadores. Tomara que aconteça.

  • Nilton Junior

    Já que o Holliday é FA o CP3 poderia cogitar voltar a New Orleans. Seria bacana de ver ele organizando pra Davis e Cousins.

    • Vinícius Maia

      Pelo fato de CP3 estar envelhecendo e não ter tempo a perder, como o texto citou, eu acho que ele não se arriscaria no Pelicans. Eu acho que seria arriscado voltar para o Pelicans devido ao temperamento descontrolado do Cousins. É um grande jogador, sem dúvidas, mas seu comportamento mimado pode prejudicar muito a equipe dentro das quadras e também abalar o clima nos vestiários. Spurs seria uma alternativa mais certa.

  • THE BULLS23

    Faltou clippers está no leste. Rivaliza com Cavs.

    • Luiz Fernando Azevedo

      Rivaliza nada..rs

      Não passou nem do Utah..rs

  • Millo

    Na minha opinião o GSW não vai manter esse time todo! Deve sair nego dai

    • Rafa Oliveira

      Depende, se o time aceitar pagar as multas e continuar sendo incrivel e dando lucro acho que não, eles estão em um mercado bem grande e a NBA está em expansão. O time tem tudo pra criar uma dinastia e uma base de fãs que consumam o seu produto. É pesar os prós e os contras mas acredito que o GSW tem tudo pra manter o time titular e atrair jogadores pelo minimo que seja. Parece que eles tem consciencia disso.

    • djwhites

      pior que vai….pelos menos os titulares vão ficar….green tem mais 3 anos e klay tem mais 2 anos de contrato….curry vai renovar e durant ja avisou que vai renovar mesmo ganhando menos…..portanto esse time não vai desmanchar tão cedo……do outro lado o trio do cavs tambem tem contrato longo……cavs e gsw vão dominar a liga por um bom tempo ainda……

      vejo 3 cenario pro paul…..1 fica no clippers ganhando um bolada……2 vai pro spurs ganhando menos pra tentar um anel mesmo sendo bem dificil……3 volta pra “casa” e vai levar o pelicans aos offs mas sem chance de titulos tambem…..

      • Rdrigo Cruz

        Pra mim, com Paul e parker vindo do banco, SAS bate de frente com o GWS

        • Thomazbrasil

          Não bate não. Desculpe, mas precisa de algo mais.

          • Kleber Ribeiro

            Thomaz…nao só bate..como tem reais chancez de ganhar…puxa o historico de confrontos com Kawhi em quadra…3×1..com duas vitórias acachapantes. CP3…The Claw e titio Pop…grandes chances de anel no dedo. Veja o que ele fez com esse monte de velhinhos…rs.

        • Pedro Cortez

          Sem o Paul ja bateu cara, mas sem o Leonard fica dificil. Ano que vem com o CP3 e o Leonard acho que bate tranquilamente de frente.

          • Will

            Com o CP3 e um pivozão no lugar do LMA, os Spurs melhoram significativamente. Não sei se isso seja o suficiente pra bater de frente com o GSW, mas que seria um salto qualitativo dos bons, isso seria.

        • Vinícius Maia

          Na minha opinião, além de trazer o CP3, o Spurs precisa dar uma leve renovada nesse elenco. São muitos veteranos nesse time que estão em visível decadência física. O Spurs precisa adicionar alguns jovens a esse elenco se quiserem voltar a sonhar com o topo da NBA.

  • The Point-GOD

    Como simpatizante do lac espero que ele fique, cp3 é um cara muito família sem dúvida que antes de ir ele vai pergunta o que a Jada acha de morar em san antonio,que ta longe de ser uma cidade badalada, e o Chris adora o LA lifestyle, e toda aquela mídia e eventos…Espero que ele fique no clippão. Que saia o bixado e venha o Melo!

  • Marcelo Desoxi

    Alguém aí acha que o Buffon/Dybala/Dani Alves devem ir para o Real Madrid, porque perderam a final da Champions League ?
    #pas

    • Luiz Fernando Azevedo

      kkkkkkkkkkkkk

    • Guilherme
    • J. Carlos

      O time do Real é muito forte, os 3 seriam reservas.

      • Felipe Monteiro

        Sinceramente?

        Buffon entraria no lugar do Navas.
        Dani Alves no lugar do Carvajal.
        Dybala no lugar de Isco.

        Facinho, facinho!!!!

        • King Cuban #MFFL

          O Carvajal é melhor que o Alves neste momento…

    • Felipe Monteiro

      né…..kkkkkkkkkkkk

      Acho que estes 3 citados ai tem mais culhão do q uns e outros…

  • FariaSixers #TheProccess

    Clippers no leste seria legal de se ver, pois os times que lá competem são mais tranquilos para equilibrar a partida, aí sim poderia disputaria uma final de conferência …

  • Daniel Nogueira

    Essa player option do Gasol é de lascar.

    • Guilherme Petros

      Vai valer a pena pro Spurs manter o Gasol. Pode ficar tranquilo.

  • Norrin Radd

    Tá certo que ser campeão é o objetivo de todos.
    Óbvio.
    Mas na NBA ultimamente tá todo mundo igual ao Smeagol do Senhor dos Anéis, atrás do “my precious” como se fosse a única coisa que valesse a pena na vida.

    • Felipe Monteiro

      Efeito de um certo Bundão que abandonou o barco para se juntar aos seus algozes…

  • Gabriel S Monteiro

    Com Paul no Spurs vejo um time beeem forte pra brigar com GW.

    Se for levar em conta que CP3 é excelente marcador, organizador e pontuador, tem tudo pra encaixar bem com Leonard e LaMarcus, não sei se ganharia em uma final, mas acreditaria em uma série indo a 7 jogos.

    Hoje o maior problema lá é Leonard ter que carregar o piano nas costas sem ajudas, ter que pontuar basicamente sozinho, as vezes com ajuda do Parker, Manu, LaMarcus.. que não são regulares, o que é bem diferente de ter um CP3 fazendo o time jogar..

    Também não acredito muito que Griffin vai ficar, a tendência é que o time piore, acharia loucura dele ficar, vai ter boas propostas de vários times, vamos ver, a movimentação dele no mercado por mudar muito o patamar de vários times!

    • Rômulo Franco Cardozo

      Queria o Griffin no Boston, seria um UP gigante!

  • Erich Zager

    Sr. Gustavo Freitas…por partes, iniciando pelo CP3…é isso que acontece quando se deixa de ir pro LAL e aceita ir prum projeto maluco no LAC…decisão errada, ganhou dinheiro….mas agora é a última tentativa de anel e vai sair pruma franquia que dispute isso…por mais que se tenta elaborar um texto em sentido contrário, o LAC nunca foi contender de título da NBA ou mesmo de conferência…ele aceitou ser o franchise player por imposição da liga, mas chega uma hora que não dá mais…
    Agora com relação ao Griffin. Tem talento pra ser franchise player de uma franquia de mediana pra baixo..e se o LAC voltar pra esse patamar, OK…Mas numa franquia de topo ele teria que aceitar, sim, ser um role player, o que não passa da realidade dele…pra isso acontecer, ele vai ter que abrir mão de dinheiro…vai me desculpar, mas ele não é capaz de manter ninguém nos playoffs com “uma ajuda” de alguns jogadores medianos…é um time sem rotação e muito previsível…

    • Gustavo Freitas

      Primeiro lugar, realmente não. O Clippers quase sempre brigou pelos primeiros desde a união Paul-Griffin. Quando teve chances de fazer algo, morreu na praia todas as vezes. Muito por conta dos altos salários concentrados em dois ou três e o elenco de apoio acabava ficando abaixo da média. Como você disse, sem rotação e previsível.

      • Erich Zager

        Vai saber o que rola nos bastidores da liga, mas hornets por clippers foi meio 6 por meia dúzia né…notícias do destino do Reddick?

  • Acho q os Lac sempre tiveram times muito bons, mas por um motivo ou outro não conseguiram ganhar seus titulos… seria muito legal vê-los no Boston, porque o time tem organização e daria muito bem pra jogar o IT na 2, com Bradley vindo do banco, e o Horford de pivo, assim como daria sim pro CP3 jogar nos Spurs, também seria legal, mas no Spurs ainda faltaria um cinco de respeito, infelizmente o LMA parece aqueles meninos mimados que tem que ser o dono do time (tipo o West), então não está jogando o que pode render

  • Tárcio

    Time pequeno é uma M%$5.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados