logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 4 jun 2017 às 12:21
Para Brad Stevens, Celtics ainda tem “longo caminho a percorrer” para ser campeão

Técnico ainda vê necessidade de grande e contínuo progresso para que time chegue ao topo da liga

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

Um futuro muito promissor parece estar desenhado para o Boston Celtics. O time chegou às finais do Leste nesta temporada, terá a primeira escolha do próximo draft e ainda conta com flexibilidade salarial para tentar a contratação de um astro na offseason. A situação aparenta ser excelente, mas o treinador Brad Stevens vê bastante trabalho ainda a ser feito para recolocar a equipe no topo da NBA.

“Nós ainda temos um longo caminho a percorrer. Tivemos um ótimo ano e fizemos uma campanha muito boa por conta disso. Progredimos, mas ainda não foi bom o bastante – e, como já disse antes, bom o bastante é o único nível que realmente importa quando se trabalha em Boston”, avaliou o técnico, após a eliminação da equipe dos playoffs, diante do Cleveland Cavaliers.

Stevens sabe que, para subir de patamar e desafiar o tricampeão da conferência, o elenco passará por inevitáveis mudanças. No entanto, ele não vê os jogadores que deverão sair do Celtics como, necessariamente, um problema na trilha da glória do time. O jovem comandante possui ótimas lembranças de todos e aponta-os como participantes da jornada de possível sucesso da franquia.

“Não importa se esses jogadores estarão conosco no próximo ano ou não, pois eu terei uma grande afinidade com cada um deles – e todos os que já passaram por aqui também. Mas espero que tenhamos um bom número de atletas continuando conosco e, obviamente, um grupo fortalecido com algumas das oportunidades que surgirão no draft”, explicou o técnico.

O primeiro reforço que deve chegar para Stevens é o armador Markelle Fultz, que tem tudo para ser o selecionado de Boston com a primeira escolha do recrutamento deste ano. O treinador de 40 anos deixou o comando da Universidade de Butler para assumir o Celtics em 2013 e acumula 166 vitórias e 162 derrotas como técnico na NBA.

  • Cassio

    Renovar thomas + braley ferra o cap da equipe. Temos q draftar fultz, desenvolvê-lo penaando nele atuar junto com thomas e usar bradley pra trocas visando profundidade no elenco. Pra próxima season o time deveria ser thomas,bradley,hayward, algum ala-pivô que não comprometa e horford. Segunda unidade rozier,smart,brown, amir jhonson e olynyk.

    • Enzo Soares

      Banco fraco. EU não trocaria o Bradley nem a pau …

      • Vinícius Maia

        Nem eu. É um ala armador que não compromete no ataque e é um defensor de alto nível (não é fácil encontrar um bom defensor de perímetro, ainda mais SG, posição cada vez mais carente na liga). Se eu fosse GM, Thomas e Bradley para mim seriam os únicos intocáveis. O resto, dá para negociar

    • Baiano #MPJrCelta 🐳 👴 ☘

      Recomendo esta leitura

      http://celticsbrasil.com.br/um-olhar-profundo-sobre-thomas-e-os-rumores-seu-respeito/

      Um olhar profundo sobre Thomas e os rumores a seu respeito

      Deixar Amir no roster e esquecer que Zizic vem aí…

    • paulo hamk

      trocar o bradley? sério? rapaz.. eu adoro o IT mas pra mim uma dupla com Fultz+bradley tem muito mais futuro.

      • Rômulo Franco Cardozo

        Não acredito que IT saia dos celtas, não faz o menor sentido, o cara é simplesmente nosso melhor jogador!

        • paulo hamk

          eu também não mas entre o IT e o Bradley eu prefiro o bradley.
          obs não sou celtics mas gosto muito da franquia.

          • Rômulo Franco Cardozo

            Eu também, mas é inegável que o Anão mudou o Boston de patamar

  • Vinícius Maia

    Vei, eu nunca gostei muito do Celtics nem do Lakers (nunca gostei dos times muito badalados nos esportes kkkk), mas Stevens e Thomas me fizeram simpatizar com essa equipe. Eu acho esse técnico genial e tem tudo para construir uma grande história no Celtics, desde que a diretoria traga bons jogadores para serem treinados por ele. Sobre a situação do time, eu volto a repetir: na minha opinião, tem que ir com tudo para a agência livre. Teremos muitos jogadores bons livres de contrato e fora os que podem ser negociados em trocas. Como Paul Pierce disse, você tem um time que ficou em primeiro na conferência e foi finalista na conferência. Com um time desses, não tem que pensar em reconstrução ou em desenvolver novos talentos. Tem que pensar em reforçá-lo para ganhar campeonatos. O Celtics merece isso pela sua grande história.

    • ADL

      Vai dizer que vc eh cavs por causa do darius miles?

      • Hahah

      • Vinícius Maia

        Sou por causa do LeBron e de varejão. Não tenho menor problema em falar isso. O primeiro contato que eu tive com a NBA, foi assistindo o jogo dos calouros de 2004 quando LeBron era um calouro. Gostei de vê-lo jogar, naquela época, falavam dele como o novo Jordan e pouco tempo depois de eu assistir esse jogo, varejão foi draftado. Escolhi torcer para o time do “novo Jordan” que tinha um Brasileiro no elenco

        • Marco Antonio Brasil

          Cara sabe o que é curioso? Quando comecei a torcer para o Lakers, no início dos anos 90, pelo menos no Brasil, o time badalado era o Bulls, o Lakers só perdia e eu não conhecia nenhum outro torcedor do time. Eu era criança e so anos depois fui conhecer a história da NBA e saber que meu time não só perdia kkkk. Infelizmente também acabei por conhecer nossa insuportável torcida kkk
          Obs: também passei a simpatizar com o cavs por causa do varejão.
          Abs

          • Vinícius Maia

            Quando eu comecei a “acompanhar” NBA (acompanhava lendo noticias e conversando com colegas que acompanhavam, porque só fui ter acesso mesmo a uns 6 anos atrás), o Lakers ainda estava em alta. Foi em 2004, pouco antes da troca que envolveu o O’Neal e, além do O’neal, Kobe estava em franca ascensão. Mas, eu era moleque e além de ter essas coisa de torcer para o “mais fraco”, como ainda tinha cabeça de moleque, eu não gostava do uniforme do Lakers e achava a quadra do Celtics feia, por isso não gostava dos dois (coisa do moleque mesmo kkkkk). Eu escolhi o Cavs porque assisti um jogo dos calouros de 2004 que um colega gravou em VHS e me emprestou. Ai eu vi LeBron James, o narrador falou que as pessoas enxergavam ele como o novo Jordan e depois veio o varejão, ai pensei “esse vai ser o meu time: tem o novo Jordan e um brasileiro que treinou no mesmo clube que eu” (eu treinei na adolescência e clube que eu treinei foi onde Varejão começou a jogar kkk)

          • Rafael Tenorio

            Insinuar que não torce por um time por ser badalado afirmando que passou a torcer pelo lakers quando eles não ganhavam nada me soa inconsistente… Faria sentido se fosse os bucks ou suns, etc.. Ganhando ou não ganhando, os lakers são uma força de marketing, são da principal cidade do estado mais rico dos EUA, enfim… Não foi de graça, nem uma coisa inocente, tem muita grana envolvida nesse “se tornar torcedor”.

          • Vinícius Maia

            “passou a torcer pelo lakers quando eles não ganhavam nada me soa inconsistente”. Em primeiro lugar, eu não sou ‘laker’. A imagem do meu perfil deixa isso bem claro

            Em Segundo lugar, em momento algum eu critiquei quem torce por um time “badalado”, vitorioso e tudo mais, pelo contrário, em inúmeras “conversas” sobre esse assunto aqui no Jumper, eu sempre disse que isso é natural, afinal todo mundo quer ver seu time ganhar.

            Cada um tem suas motivações para torcer para um time. Como eu disse, as minhas foram bestas, coisas de um garoto de 13 anos, mas foram as minhas motivações na época.

  • djwhites

    celtics com esse elenco atual não tem chance nenhuma de titulo……e quando gsw e cavs decairem esse grupo do celtics tambem vai estar em decadencia……

    • The Real Jay

      Como assim? Jaylen Brown, a possível escolha do Fultz que tem tudo pra ser uma estrela. Tá longe de decadência.

      • Sanliv #RIPChris

        Calma, não é tão fácil ser uma estrela assim

      • Vincent Savino

        Não, ele não tem tudo para ser uma estrela, ele tem tudo para ser a first pick.

      • Aquino LA

        Jaylen Brown? Ele mostrou ser um jogador promissor, mas daí a virar um jogador referência para um time que pretende ser contender é outros 500…

        Fultz será a primeira escolha do draft, mas muitas first pick não vingam, seja por lesão ou deficiência técnica mesmo… A base hoje do time do Boston é que levou a equipe a final do leste, estará sim envelhecida quando GSW e Cavs decaírem…..

  • Erich Zager

    busquem o JJ e um pivo…não dá pra imaginar esse time vingando com o olenyk e com arremessadores pouco dinâmicos na rotação ofensiva…o que esse técnico faz com esse time é mágica…e a mágica não funciona eternamente…

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados