logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 7 jun 2017 às 09:16
Em desvantagem na série, LeBron rejeita mudanças no estilo de jogo do Cavaliers

Equipe sofreu 245 pontos nos dois primeiros jogos da série

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Freitas

 

Duas partidas, duas derrotas por larga margem. O Cleveland Cavaliers entra no terceiro embate da série final da NBA com a obrigação de superar o Golden State Warriors na noite desta quarta-feira. No entanto, a equipe de Ohio não deverá alterar o seu ritmo de jogo. De acordo com o astro LeBron James, o Cavs está habituado a jogar de forma acelerada e rejeitou qualquer mudança.

“Esse não é o nosso jogo. Nós não jogamos basquete lento”, disse James. “Nós jogamos em nosso ritmo. Nós jogamos o nosso jogo. Nós chegamos aqui jogando do nosso jeito. Nós vencemos muitos jogos jogando assim, então não vamos mudar”.

O Cavs sofreu 245 pontos nos dois primeiros jogos e, mesmo com uma evidente melhora na segunda partida, foi derrotado por 19 pontos. O ritmo do time na série tem sido o maior de todos os tempos da carreira de LeBron. Segundo dados do site ESPN, o Cavs teve 105.5 posses de bola nas finais. Em média, James contabiliza 90.6 posses por jogo em 14 anos na NBA. Apesar disso, o técnico Tyronn Lue seguiu o mesmo discurso do camisa 23.

“É o nosso jogo. Nós não vamos mudar o nosso estilo de jogo por causa do nosso adversário”, afirmou Lue. “E estou confiante de que podemos jogar desse jeito, e nós o fizemos no ano passado. Muita gente disse que nós não podíamos. Mas esse é o nosso jogo. É o que nós somos. E nós não vamos fazer uma mudanças porque estamos enfrentando o Warriors”.

A terceira partida da final acontece nesta quarta-feira, às 22h (horário de Brasília). A ESPN transmite.

  • Marcelo Desoxi
  • Rômulo Franco Cardozo

    Não acredito que o ataque seja um problema, mas se não mudarem a defesa e conseguirem envolver os reservas na pontuação acredito não ser possível reagir.

  • The Doctor

    Bem, acredito q o Cavs vai ter q jogar os seus 100% pra ter chances de uma vitória, o TT tem q ter mais minutos em quadra, o JR tem q tentar ser um pouco menos afobado, a marcação do Klay no Irving tem sido impecável, por isso o jogo tem q ter volume no Love, q está indo muito bem na série e deixar o LeBron ditar o ritmo do jogo, o Cavs tem q acertar a mão se realmente quiser manter o seu jogo e sonhar com uma virada…

  • Chimbinha

    espero que seja um blefe, porque o sujeito que não muda ,mesmo estando errado( nesse caso ,tomando 2 surras), é muito ,mas muito burro.

  • AlexS.F.

    é dificil de opinar, se continuar desse jeito realmente é pouco provável 4 vitorias mas alguém acha que o Cavs jogando mais devagar vai mudar algo na série?

    O Problema pro Cavs é muito mais simples, eles não conseguem defender Durant e Curry. Se os dois continuarem jogando desse jeito fica dificil demais.

    • Marcelo Desoxi

      Jogar mais devagar vai ajudar o Cavs. Lembre-se que o melhor jogador do time é um veterano, e os outros dois Alls-Stars são feitos de vidro.

  • THIAGO GONZAGA

    Até certo ponto concordo com eles, se você diminui o ritmo enfrenta a defesa do Warriors toda montada e fechadinha o que complica muito jogo do Lebron e Irving, principalmente se as bolas de 3 não estiverem caindo. Agora o que não pode é cair na correria do Warriors porque seria suicídio, o time do Cavs chega morto no terceiro quarto. O mais viável seria dosar, uma hora acelera depois joga em meia quadra até para confundir a defesa do Golden.

  • Rafael Vieira

    Na boa, acho que o Lebron vai ser varrido, o ataque do Warriors e muito forte, e o Cleveland nao tem as peças necessarias para marcar o time do Warriors, Irving, Jr smith, Love, sao fracos na defesa, e sem defesa nao da pra ganhar. Talvez consiga ganhar um jogo em casa, mas no maximo um

    • Erich Zager

      e o gsw tbm não tem pra marcar o cavs…discussão inócua esse lance da defesa…são dois times que tem muita capacidade ofensiva e uma defesa média…se o cavs desanda a meter bola no jogo 3 o gsw nao segura a onda tbm nao…como um todo, nenhum dos times que jogou esses playoffs tem defesa como o principal do time…nao é a atoa que poucos jogos foram definidos por menos de 10 pts nos playoffs dessa temporada…

      • Luiz Gustavo

        como assim o gsw tem defesa média?? kkkkk
        tem 3 caras no quinteto titular que poderiam facilmente pegar All Defensive Team, que são KT,KD e Green. O Warriors tem uma das melhores defesas da liga.

        • Leonard

          Acho que o menino Erich veio para comentar em todos os cantos, mas bastante besteira kkkkkkkkkk
          Brincadeiras a parte, respeitemos suas opiniões, embora discorde fortemente delas… principalmente quando o quesito é a defesa do Warriors, pois sou da mesma ideia de um tal de Popovich de que eles possuem uma puta defesa!

          • Chico virilha

            Vdd ,esse cara tá é noiado

          • Erich Zager

            pra essa geração, 2015 pra frente, sim….num contexto um pouco maior, eu acho que não….

          • TRUETHIAGO

            Gregg Popovich, vulgo geração 2015, sobre esse GSW:

            “They’re REALLY talented, but that’s not the whole equation. That’s not everything that describes them,” Popovich said following San Antonio’s 129-115 loss. “This is maybe the best defensive team in the league, on top of everything. So they don’t just play with talent, they execute on the defensive end of the floor. On offense, no team is more unselfish, finding the open man. … They get credit for that. Coaches are always trying to get their team to do that, but they’ve got a multitude of people who are unselfish in that regard and play a beautiful game, and on top of that play D on the other end.

            “So they deserve a lot more credit than ‘well they’re talented, they’re supposed to win.’ That is disrespectful to them in my book. They’re way, way more than just their talent.”

            http://www.sbnation.com/2017/5/23/15683156/gregg-popovich-praises-warriors-spurs-playoffs-game-4

          • Erich Zager

            popps é um gentleman né…é um time que não foge a regra do ataque ganha jogos, defesa ganha campeonatos…e isso é um fato que se evidencia nos playoffs…hoje agt tá numa época que se o jogador constantemente contesta os arremessos ele já é considerado bom pq essa geração como um todo é péssima na defesa, é uma geração bem estilo harden na defesa, mas o basket é jogado dos dois lados da quadra e é isso que gsw entendeu e o kerr deixou claro ontem no pós jogo…

          • TRUETHIAGO

            Você acha que ele não foi sincero nessa declaração? Disse tudo isso somente por elegância? Que não é o que ele pensa de verdade?

          • Erich Zager

            pelo contrário, acho que ele é dos únicos que deixa clubismo de lado e fala o que pensa sem fazer média com ninguém…e é um gentleman pq faz isso sem desrespeitar ninguém…

          • Erich Zager

            realmente, vamos seguir o hype e não ter senso crítico algum…mesmo tendo jogado competitivamente e mesmo tendo acompanhado a NBA desde 1995…realmente, ter opinião é besteira…

          • Leonard

            Que é isso irmão, senso crítico? Jogar competitivamente? Que mérito é esse cara? hahahaha
            Apenas li suas opiniões e disse que discordo da maioria delas, isso não faz de mim certo ou de você errado. Apenas temos opiniões diferentes, apenas dei uma zoada porque a maioria do pessoal está discordando de você e a zoeira é natural aqui no Jumper.
            Sem conclusões precipitadas amigo, geração 2015 kkkkkkkkkkk

        • Erich Zager

          da liga, dessa temporada, sim…de um contexto maior, como eu quis dizer, não..não é pq o nível das defesas na liga inteira baixou que eu tenho que achar a defesa dos caras sensacional…

  • Celtics pride

    Se jogar igual os 3/4 e 4/4 dos últimos dois jogos veremos uma varrida então hehe

  • TRUETHIAGO

    O Lue não recebe scouts dos jogos ou tem preguiça de estudar?! O pace médio das Finais passada foi de 92.0, enquanto o desses 2 primeiros jogos está em 103.0. Obviamente que esse ritmo é mais favorável aos Warriors, mesmo que os Cavs não sejam exatamente um time lento, se for comparar ao redor da liga. Uma estratégia que dá certo, sei lá, contra o Raptors, não necessariamente trará os mesmos resultados contra o GSW.

    Agora, também é muito simplista pensar que basta desacelerar e, pronto, achamos o antídoto dos Warriors. Não, porque o GS pode se adaptar ao jogo menos frenético, com mais jogadas em meia quadra e tal, não é uma equipe que se resume a correria, fastbreak points, bolinhas de 3 e blá blá blá.

    Tanto que se pegarmos o gráfico disso, o jogo que teve disparadamente menos pace na última Final foi o Game 4 (84.3), ou seja, na teoria o cenário ideal para os Cavs, certo? Na prática, não… Foi justamente a única vitória do GSW jogando em Cleveland (depois de tomarem 30pts no Game 3), quando abriram 3×1. Detalhe: com Curry e Thompson combinando para 63 pontos, a melhor marca da dupla naquela Serie.

    Resumindo, é um negócio bastante complexo. Esse ajuste no PACE é apenas UM de vários outros fatores que os Cavs vão precisar arrumar para estender essas finais. Continuando nesse padrão visto até o momento, aí a tendência é realmente toda pro GSW.

    • Erich Zager

      baixar o “pace” ou o ritmo do jogo é fácil, não é complexo…não tem nenhum time juvenil em quadra…o warrios não são nenhum primor defensivo pra pressionar o jogo todo…então é chegar no ataque, rodar a bola, deixa o lebron fazer um falso armador e arremessa na maciota, sem precipitar…não dá pra arremessar, bota o lebron pra bater pra dentro e descolar 2 lances livres ou uma bandeja fácil…esse é o jogo do cavs…

      • TRUETHIAGO

        Depende do que você entende por “primor defensivo”, GS lidera praticamente tudo nesse setor: eficiência, OPP FG% e 3-PT%, OPP TO, roubos, tocos… Enfim, defensivamente é onde existe a maior diferença entre as duas equipes, isso é bem óbvio.

        Quanto a complexidade, eu não disse que diminuir ou aumentar é complexo, e sim que não necessariamente os resultados acontecem de acordo com a teoria. Como exemplifiquei, a partida das finais passada que teve o menor número de posses foi esse 4, teoricamente o cenário ideal para os Cavs, e o resultado foi adverso, pois o Warriors também consegue ser perigoso se adaptando, por mais que eles prefiram jogar com pace alto.

        • Erich Zager

          eu n sou de apegar a estatísticas, assisto os jogos e não vislumbro em nenhum time da NBA hoje uma capacidade de “shutdown defense” que nem tínhamos em outras epocas…muitos dos to’s do cavs nos jogos 1 e 2 foram erros básicos…muitos arremessos precipitados, bola maluca…o cenário ideal pra cavs, como sempre foi, é uma produção absurda do lebron e puxar o time com eles…pedir algo de diferente é fora da realidade..

          • TRUETHIAGO

            Claro que não dá para comparar com outras épocas, tem que comparar com os ATUAIS. A final é GSW x CLE, em 2017. O Warriors não está enfrentando os Bad Boys ou, para pegar um exemplo menos distante, os Pistons de 2004 (tinham uma puta defesa!). Assim como também não cabe comparação no lado ofensivo, pois o Warriors atual é muito superior nesse sentido se você for ficar comparando times de décadas passadas e ESTILOS diferentes.

            Estatísticas de fato não dizem tudo, deixei isso bem exposto na minha mensagem, nem sempre a teoria e a prática convergem. Porém, logicamente que não é somente “sorte” ou uma coincidência que em qualquer métrica defensiva que a gente pegue, esse GSW esteja no topo. Mas podemos deixar elas de lado e falar do que assistimos…

            Assistiu o a marcação do Klay Thompson, especialmente no Jogo 1? 1-12 FG quando ele constestou arremessos! Ops, foi mal, esqueci que não era pra citar números. E o Durant, marcando como nunca antes na carreira? Aqueles roubos de bola, tocos que ele deu no Irving, Love, até o LeBron ele conseguiu incomodar algumas vezes, foram erros básicos do Cavs e não uma excelente defesa do Warriors?

            Desculpe, mas tu já havia subestimado o GS no tópico da previsão, se depois do que VIU nesses dois primeiros jogos quiser permanecer dando soco em ponta de faca, não sou eu que irei te convencer do contrário. Boa sorte!

          • Danilo Mota

            Insistente e pouco lógico, um dos que acham que o Cavs simplesmente não tá jogando bem como se o GSW não tivesse responsabilidade nenhuma sobre isso, e precisa acompanhar mais principalmente sobre defesa, posso estar errado, é esporte, mas não sei se os Cavs conseguem ir além, pareciam estar no maximo esforço no jogo passado, mesmo assim o final tem sido o mesmo desde o jogo 2 entre os times da fase regular. me PARECE que os cavs não tem o suficiente para ganhar do GSW, os Spurs (com Leonard) seriam maior desafio.

          • TRUETHIAGO

            Heheheh, modéstia a parte, eu estou acostumado com esses comentários, pois quem acompanha aqui no Jumper sabe que de certa forma “defendo” esse GSW desde 2014, quando eram tratados com bastante desdém. Aqueles mantras de que era apenas uma fase, que quando chegassem os playoffs, nos jogos mais pegados, não iriam dar conta, as bolas de 3 parariam de cair, etc, viviam sendo repetidos.

            Nem vejo problema em não gostar do estilo dos caras, torcer contra, e tal, cada um é livre para isto. Só que na hora de ANALISAR precisa deixar de lado essa parte, ou então não vamos a lugar algum no debate.

            Ridículo ficar rebaixando os caras, tratando como uma equipe comum, são 3 temporadas acima das +60 vitórias, batendo o recorde histórico dos Bulls que ninguém imaginava ser possível (e tiraram sarro do Thompson quando ele disse na offseason de 2015 que a meta era +70W, rs), enfim, estamos sim presenciando um time histórico e diferenciado. Especial. Alguns vão justificar que essa má vontade é devido a escolha do Durant, mas vem muito antes disso.

            Ah, para não ser injusto, vi diversos internautas daqui dando o braço a torcer nesse caminho, que inicialmente também tratavam esse time do GSW digamos de maneira “hater” e depois se renderam.

          • Erich Zager

            olha, não torço pra nenhum dos dois, e já que a discussão é macro eu não preciso ficar limitado a fase atual ou a esta temporada…o gsw tem seu mérito por estabelecer um novo padrão de jogo, que assim como qualquer outro, uma hora vai ser mudado…se você analisar a liga nos últimos 30 anos, sem dúvida alguma, na fase atual o poder de marcação da liga, como um todo, é muito menor do que já foi…por isso pra mim, num olhar macro a defesa do GSW é normal, mas dentro do contexto desta temporada, sim, está acima da média…o que são coisas distintas…já quanto ao potencial do cavs…esse eu não subestimo…principalmente após a temporada passada…agora, realmente, quem ve a liga de 2010 pra cá, com certeza o gsw apresenta algo muito acima do resto…e vai ficar marcado na história da liga…

          • TRUETHIAGO

            Ué, eu também não torço para nenhum deles (minha foto de perfil mostra por qual franquia tenho maior apreço), mas isso não me impede de apreciar outras equipes, que mereçam tal suporte. Sou um grande admirador dos Spurs e essa consistência absurda sob o comando do Popovich, para dar um exemplo.

            E o problema não é você pegar times do passado como base, o problema é que você faz isso apenas para contrapor ao GSW. Se a defesa dos Warriors é média e blá blá blá, não se compara com outras do passado, etc, a dos Cavs PIOR ainda. Disso que estou falando, a comparação nesse caso precisa ficar entre eles, ou as outras equipes da ATUALIDADE. Quer pegar o passado como referência? Beleza, mas use a mesma régua para todo mundo.

            Quanto ao seu último parágrafo, kkkkkkkk…
            Como falei ali, seus comentários não foram os primeiros e certamente não serão os últimos buscando desmerecer esse time do Warriors. E, não, ver grandeza neles não tem nada a ver com ter começado a acompanhar em 2000, 2010, ser influenciado pelo Roby Porto (essa usam direto) e blá blá blá.

            Vários daqui, também mais saudosistas, já mudaram de opinião e mesmo que não torçam, admirem ou gostem de assistir eles jogam, RESPEITAM e os colocam no hall dos grandes, que é onde merecem estar.

          • Erich Zager

            hahahahaha essa do roby porto é comédia…quando eu falo de acompanhar de 2010 pra cá é pq pra quem começa a assistir em determinada época, essa época vira referencia…e pra quem tem essa referencia, de fato, os caras são os melhores…isso é indiscutível, vão marcar a década positivamente…
            não acho que discordar seja desmerecer os caras não…pelo contrário, não estaríamos debatendo se os caras fossem uns zé ruelas…
            como também não acho que comparar times de épocas diferentes e preferir por um ou outros seja coisa de saudosista….
            acho que a grande virtude do time do gsw, principal lição do kerr, foi o senso de equipe e o equilíbrio no jogo, algo que está bem em falta na liga e é um debate que vai muito além, pq chega até o basquete universitário dos eua…ter um time que ataca e defende coletivamente, com exceção do spurs, é algo que acabou e que era normal anos atrás…
            essa mudança veio com shaq e kobe,,,iverson, tmac, big 3 do celtics…jogo concentrado em poucos jogadores, pouca marcação, muitos pontuadores…não é atoa que só o spurs do pops faz frente a todo grande time nos últimos 20 anos…
            debater, de fato, a grandeza do gsw na história da liga é um tema prum artigo próprio…

          • TRUETHIAGO

            Concordo que quem começou a acompanhar nos últimos anos terá os melhores times do momento como referencial, acho que isso vale para qualquer esporte, vai muito além da NBA.

            Saudosismo eu quis dizer em termos de estilo de jogo, não sei se é seu caso, mas muitos dos que criticavam o GSW usavam esse argumento, por ser um time que não segue a linha “old school”, joga muito em transição, arremessos do perímetro, ou seja, diferente do basquete de décadas atrás, mais físico, low post, jogadores de garrafão, etc. Por mim, sem problemas preferir esse ou aquele, desde que sem rebaixar um para exaltar outro.

            E estou de pleno acordo que o diferencial desse GSW é ser uma equipe equilibrada. Por mais que as estatísticas não devam ser levadas a ferro e fogo, é muito difícil montar um time que consiga fazer tantas coisas bem feita, dos dois lados da quadra. Geralmente se um time é muito forte ofensivamente, deixa a desejar do outro lado (Houston, Nuggets, CLEVELAND) e vice versa, quando é forte defensivamente, deixa a desejar no ataque (Jazz, Grizzlies, Hawks). Apenas Warriors e Spurs conseguiram figurar, nessa temporada, tanto no top 10 de Eficiência Defensiva quanto Ofensiva.

            Não sei se foi sua intenção desde o início, mas pra mim as suas mensagens iniciais estavam sim dando uma impressão de ter sido mais demérito dos Cavs do que mérito dos Warriors, por enquanto (e o post do Danilo ali reforça isso). Pra mim, é justamente o contrário.

          • Denyson

            Vou por essa linha também. O que tinha de gente no jogo 1 falando que o GSW passou o carro foi o fato do cavs jogar mal. E não que o Warriors eh mt bom. Só começaram a se render dps do jogo 2, onde o Cavs pra mim jogou no máximo das suas forças e se fudeu (diferença de 19 e garbage no final). Cleveland tem chance, eh inegável, principalmente na QLA. Mas cm a vontade e fome que os caras estão eh 4×0 ou 4×1 nessa série. Pra mim

          • Albert Cavs

            Fato.

          • Edson Eu

            Disse tudo. Uma análise séria precisa enxergar essas coisas, o resto é criancice de quinta série.

          • Erich Zager

            você citou os diferenciais do jogo….por isso que eles ganharam o jogo…mas reflita que se os cavs não tivessem, além disso tudo, desperdiçado tantas bolas bobas no ataque, o que a partida seria…nao é subestimar o gsw…mas também não é supervalorizar o que ficou num jogo como se isso fosse se repetir na séria inteira…

      • Cássio

        Zé boquinha já diria pra dentro Lebron !!

  • Erich Zager

    estou achando precipitado pensar que será uma varrida…independente das declarações, a ainda vai rolar em cleveland e só quem morre na véspera é peru de natal…quanto às declarações, não é cabeça dura…mas eles não podem demonstrar pra mídia que estão preocupados com a forma de jogar do adversário e tem que focar neles mesmos…da mesma forma que eles tem dificuldades para marcar os warriors…o warrios também não tem jogadores pra marcar bem o time todo do cleveland…vira uma discussão inócua…hora do cleveland controlar as ações em casa e empatar a série…como vao fazer isso? só o jogo vai dizer…como dizia o mike tyson…”todo mundo tem uma estratégia pra me vencer, até tomar um soco na cara” essa é a lógico…todo mundo tem uma estratégia, mas só saberemos o que vai rolar na hora que a bola subir…

    • Chico virilha

      Pqp q cara retardado

    • Luiz Gustavo

      Klay Thompson marcando Irving.
      Durant marcando LeBron.
      Draymond Green marcando Love.

      Pelo menos pro big three de Cleveland o Warriors tem jogadores parar marcar bem.

      • Erich Zager

        sinceramente, nada de mais…com exceção da produção do irving o lebron e o love não tao sofrendo nada pra jogar…

  • Vitor Medson

    Basta Irving resolver jogar, minimamente, descente. Pronto! Ja temos um djoko.

  • Paulo

    Na minha opinião, o problema do Cleveland nesses 2 jogos não foi o estilo de jogo, e sim as péssimas atuações de quase todo o seu elenco. Os únicos que estão realmente jogando bem são LBJ e Kevin Love; o resto está uma verdadeira negação: JR Smith e Richard Jefferson só sabem fazer faltas idiotas e tropeçar nas próprias pernas, Thompson está pegando menos rebotes que o Curry, Irving está completamente anulado pelo KT e não tem conseguido fazer nada, Korver está pipocando nas bolas de 3, Deron Williams já devia ter se aposentado, Shumper é o Shumpert(isso já explica tudo) etc.

    Com Irving jogando o “fino da bola” e Thompson e JR tendo boas atuações, Cleveland tem totais chances de vencer esses 2 jogos em casa. Do contrário, leva varrida.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados