logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 11 jun 2017 às 16:16
Prospecto do Draft 2017 – Georginho de Paula

Confira perfil técnico do armador, brasileiro com mais chances de ser selecionado no recrutamento deste ano

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

Georginho de Paula

Idade: 21 anos
País:
Brasil
Time:
Paulistano
Posição:
armador
Altura:
6’5.25’’ (1.96m)

Médias na última temporada (NBB): 10.8 pontos, 4.2 rebotes, 4.2 assistências, 1.2 roubos de bola, 0.4 tocos, 2.2 erros de ataque, 42.4% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 32.9% de acerto nos tiros de longa distância e 75.5% de conversão nos lances livres em 27.7 minutos de ação

Pontos fortes:

– Georginho é dono de uma das mais impressionantes combinações de estatura (1.96m) e envergadura (2.13m) em um prospecto de armação no planeta.

– Não se destaca atleticamente, mas possui condição adequada projetando jogar na NBA. Ajudado por boa mobilidade e passadas muito largas.

– Já acumula experiência atuando contra profissionais há alguns anos, no mais alto nível do basquete brasileiro.

– Excelente no jogo de transição, exibindo eficiência e boas decisões passando ou finalizando em quadra aberta.

– Evoluiu operando no post: mostra crescente capacidade para explorar oponentes mais baixos e interessante visão de quadra para fazer passes dessa posição.

– Controle de bola avançado, com facilidade para fintas e mudanças de direção, o que sugere potencial para criar separação para adversários.

– Georginho não precisa da bola nas mãos para causar impacto, pois movimenta-se com disposição no ataque e joga boa parte dos jogos do Paulistano sem a posse.

– Altruísta, criar para os companheiros é uma de suas grandes virtudes: enxerga o jogo por cima de defensores (altura), encontra ângulos para passes criativos (envergadura) e destaca-se no drive and kick.

– Não retém a bola e dinamiza as ações. Toma decisões rápidas passando e possui uma leitura rápida, natural do jogo.  

– Reboteiro produtivo para sua posição, que compensa a falta de fundamentos mais sólidos com seus braços longos.

– Por suas ferramentas físicas, o brasileiro oferece evidente versatilidade defensiva: cobre muito espaço e poderia marcar até três posições na NBA atual.

– Tem disposição para contestar arremessos no perímetro, sendo uma presença até intimidante com sua enorme envergadura.

– Ele é titular de um dos times finalistas do NBB e foi eleito para o Jogo das Estrelas da liga neste ano. São feitos notáveis para um garoto de 21 anos.

Pontos fracos:

– Além de não ser o atleta mais explosivo, Georginho precisa fortalecer físico para seguir desenvolvendo-se como ameaça no post.

– Faltam-lhe ímpeto e instintos agressivos no ataque. Trata-se de um jogador bem tímido nas infiltrações e buscando as próprias oportunidades, por exemplo.

– Apresenta algumas tendências ruins no drible, colocando-se em situações difíceis: para de bater bola precocemente, força-se a driblar em espaços curtos.

– Embora tenha evoluído como arremessador, ele continua inconstante e também possui uma mecânica pouco fluida, com baixo ponto de lançamento.

– É um mismatch ambulante que mostra sérios problemas de iniciativa e tomada de decisão aproveitando-se de tais situações.

– Aliás, sua tomada de decisão em linhas gerais carece de mais refinamento. Parece confortável demais em uma postura passiva.

– Seu jogo ofensivo limita-se ao ataque à cesta e linha de três pontos. Desenvolver um pouco de mid range game é importante para colocar pressão sobre as defesas.

– Sua proporção de assistências para erros de ataque não impressiona, refletindo o fato de ainda forçar passagem e passes em momentos poucos oportunos.

– Pela questão física e/ou falta de fundamentos, Georginho é limitado na defesa do pick and roll.

– Atenção e instintos defensivos precisam melhorar bastante. Hoje, ele depende em excesso dos atributos físicos para recuperar-se de erros básicos – o que funciona em âmbito local, mas será exposto em níveis superiores de competição.

– Trata-se de um prospecto menos desenvolvido do que se espera de um jogador de 21 anos.

Projeção: segunda rodada

Confira alguns lances de Georginho de Paula:

  • Mehmet Okur

    Quem ama os jogos de gerente
    http://mybasketteam.com/

  • Vitor Soares Pereira

    Uma boa comparação é com o Magic Johnson, mas com mais potencial defensivo por conta da envergadura.

    • Vinicius Ribeiro

      KKKKKKKKKKKKKKKKK, diz que é piada

    • AlexS.F.

      exatamente “uma boa comparação”

    • Luis Alves

      Pode crê

    • Maicon Gomes

      Mano..

    • Vitor Soares Pereira

      Já consigo ver o título olímpico em 2024, com a seleção formada por Georginho “Magic” de Paula e Lucas “The Dream” Nogueira.

      • Knickerbockers

        De Paula + Nogueira + Caboclo = Título. Bruno Caboclo MVP e cestinha do campeonato.

        • vinícius martins

          lucas dias do paulistano é bom tmb

    • Rrrr

      Essa comparação não tem sentido nenhum. Não irei nem tratar do fato de que um dos jogadores é um dos maiores de todos os tempos enquanto o outro é um jovem jogador de destaque no basquete brasileiro, que apesar da evolução dos últimos anos, ainda está muito atrás da Europa e dos Estados Unidos. Magic era um jogador que ficava com a bola e liderava seu time em quadra, dando muitas assistências e marcando muitos pontos, o que definitivamente não é o caso do Georginho. Além disso, Georginho é um jogador muito unidimensional, sendo que hoje é apenas um 3&D. Uma comparação a ser traçada é com o Ntilikina, que deve ser escolhido no top-10 do draft desse ano. Ambos são jogadores com ótimas ferramentas físicas, mas eles não as usam como poderiam; nenhum deles parece que será um jogador de protagonismo, ou seja, um líder dentro do time, mas sim boas peças de complemento e por último, ambos gostam do chute de 3 e não tem o hábito de infiltrar.

      • Sanliv

        Discordo, essa comparação com Ntilikina só faz mais sentido no quesito de envergaduras monstruosas, de resto, Ntilikina é tranquilamente um shooter melhor que o Georginho, também usa bem melhor as suas ferramentas na defesa (onde ele projeta pra ser ótimo, Georginho não consigo ver sendo ótimo), em compensação, o Georginho mostra ter melhor “PG skills”, ao menos, nessa altura. Tem um ball handling melhor que o do Ntilikina, que lhe dá mais projeção como “lead-guard” que o francês (que tem um ball handling bem limitado até, que é o que mais “puxa” ele pra baixo como prospecto, na minha opinião), apesar do Georginho gostar de jogar off-ball. Ambos mostram dificuldade finalizando próximo ao aro, mas eu dou uma vantagem pro Georginho aqui (mas o Ntilikina tem 3 anos a menos, tem mais tempo pra desenvolver, e tal)

        Pra falar a verdade, o Georginho me lembra mais o Isaac Bonga em termos de estilo, obviamente, não é uma comparação perfeita.

        Obs: o comentário do Vitor foi uma brincadeira, obviamente

        • Vinicius_nba

          “Georginho vai ser o novo Magic Johnson. Não vou falar mais nada”, afirmou Marcel, ao VinteUm. É o tipo de declaração que pode fazer um estrago, né? Então,
          depois da conclusão da resposta, fiz questão de perguntar ao técnico que história era essa de Magic Johnson, e ele respondeu: ”Anota, e depois vamos ver.”… –

          Veja mais em https://vinteum.blogosfera.uol.com.br/2015/02/18/apresentando-georginho-o-proximo-alvo-da-nba/

          • Vitor Martins

            Agora, antes que coce a vontade de sair tuitando por aí essa declaração, é melhor entender, enfim, o que Marcel estava pensando. O treinador se referia ao tipo de jogador que Georginho pode virar, e não, sobre o jogador que vai se tornar…

            – Veja mais em https://vinteum.blogosfera.uol.com.br/2015/02/18/apresentando-georginho-o-proximo-alvo-da-nba/?cmpid=copiaecola

            Bora dar a informação correta, né amigo?

            Galera fica zoando, mas o mlk tá numa final de NBB. Ano passado não era nem usado no pinheiros e esse ano contribui muito e já é dos melhores armadores do campeonato. Não acho que ele será draftado. Mas jogar basquete no Brasil, se profissionalizar, já é uma grande coisa. Que ele tenha uma carreira de sucesso, aqui ou na Europa. Que seja um jogador no nível de seleção brasileira, já vai ser espetacular.

          • Vinicius_nba

            Eu não dei informação, quem deu foi o jornalista. Também não fiz juízo de valor. Eu só colei o texto e fiz questão de indicar o link pra quem quiser ver a matéria completa.

          • Neto

            Vi uma análise bem relativista sobre potencial que acredito ser mais precisa:
            https://medium.com/@GabrielAndPaula/v%C3%ADdeo-an%C3%A1lise-e-relat%C3%B3rio-george-de-paula-1873a06cae6b

        • vinícius martins

          tipo não tem como comparar o basquete europeu com o brasileiro
          moss Ntilikina muito superior ta mais pronto

      • Vitor Soares Pereira

        Foi só uma piada kkkkkk

    • Tássio Marcel Hoffmann Coelho

      é sério isso? Jesus. Georginho jogador comum, duvido que seja draftado.

  • Branco O Pensador

    “no mais alto nível do basquete brasileiro”… e tipo o colege deles né?

    • Ricardo Stabolito Junior

      Não. Jogar contra jogadores profissionais, trabalhar com rotina de profissional, é sempre diferente. Talvez seja algo parecido em termos táticos.

      • Branco O Pensador

        Foi brinks, rlx

  • Luiz

    Caramba essa envergadura é incrivel, a mesma que jogadores bem mais altos que ele (Wiggins,Lebron,Carmelo)

  • Uncle Drew #DefendTheLand

    O nosso Giannis Antetokounmpo, rs. Bora Georginho! Tomara q seja escolhido no Draft.

  • Gabriel Ximenes

    Cara, gosto muito do potencial que o Georginho tem, mas na maioria das jogadas parece que lhe falta vontade…

  • Luiz Gustavo

    se tivesse 19 anos estaria na 1 rodada tranquilamente

  • Vinicius Suiciniv roquete

    “3 segundos do final do jogo, com o São Bernardo perdendo por 56 x 57, com a equipe da casa tendo direito a há 2 lances livres, dos 2 lances um é convertido, então em um ultimo ataque George Lucas (ala armador) da equipe do São Bernardo em arremessa do centro da quadra, e a bola nem acerta o aro.”

    https://www.youtube.com/watch?v=52wsozWZlsM

  • Gosto do Georginho, em uma franquia paciente com bom treinador que leve a sério o desenvolvimento de seus jovens ele pode se manter na NBA por um logo tempo, se conseguir uma seleção pelo Spurs por exemplo já teria 50% de chance de dar certo na liga, ao menos um confiável role player seria.

  • felipe fernando Oliveira

    Sendo muito otimista, acho que ele deveria ir pra Europa onde tem um jogo mais lento e menos físico, não aguenta NBA, e acho que não vá evoluir muito além do que é hije

  • arruda91 arruda

    Tomara que vá em uma franquia tipo Toronto que da paciência para se desenvolver, igual fizeram com o Lucas Bebe e estão fazendo com o Bruno Cabloco

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados